A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico Valéria Ramalho Santos Projeto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico Valéria Ramalho Santos Projeto."— Transcrição da apresentação:

1 Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico Valéria Ramalho Santos Projeto de pesquisa apresentado à Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, para obtenção do título de mestre em Ciências. São Paulo 2004

2 2 1.Introdução 1.1.Contexto Risco de amputação 10 vezes maior na população diabética com perda da função renal; Risco de amputação 10 vezes maior na população diabética com perda da função renal; Progressão importante das calcificações das artérias nos pacientes em hemodiálise. Progressão importante das calcificações das artérias nos pacientes em hemodiálise. Deery HG, Sangeorzan JA. Saving the diabetic foot with special reference to the patient with chronic renal failure. Infect Dis Clin North Am. 15(3):953-81, 2001.

3 3 1.Introdução 1.1.Contexto

4 4

5 Hipótese Prevalência de 10% de Doença Arterial Obstrutiva Periférica (DAOP) em pacientes nefropatas em programa dialítico. Prevalência de 10% de Doença Arterial Obstrutiva Periférica (DAOP) em pacientes nefropatas em programa dialítico Objetivo Determinar a prevalência de doença aterosclerótica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico em Sergipe. Determinar a prevalência de doença aterosclerótica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico em Sergipe.

6 6 2.Métodos Aprovado pelo Comité de Ética em Pesquisa da Uncisal, dia 29/09/2004 protocolo nº259. Aprovado pelo Comité de Ética em Pesquisa da Uncisal, dia 29/09/2004 protocolo nº Local Clinese – Aracaju (SE) Nefroclínica – Aracaju (SE) 2.1.Tipo de Estudo Transversal. Transversal.

7 7 2.3.Amostra Critérios de inclusão: paciente nefropata em programa dialítico programa dialítico Critérios de exclusão: idade inferior a 18 anos, gestante, alteração psiquiátrica, índio,amputado gestante, alteração psiquiátrica, índio,amputado de membro inferior bilateral, paciente que de membro inferior bilateral, paciente que tenha participado de outra pesquisa científica tenha participado de outra pesquisa científica nos últimos 3 meses. nos últimos 3 meses.

8 Amostragem: pacientes nefropatas em programa dialítico estimados em 400 em Sergipe Consentimento livre e esclarecido - Resolução 196/1996 do Conselho Nacional de Saúde; - Declaração de Helsinque.

9 Variáveis Variável primária Prevalência da doença arterial periférica Prevalência da doença arterial periférica Índice tornozelo-braquial Valor normal = 0,9 a 1,1 Valor normal = 0,9 a 1,1 Doença arterial periférica <0,9 Doença arterial periférica <0,9 Isquemia crítica <0,4 Isquemia crítica <0,4 Zierler RE, Sumner DS. Physiologic assessment of peripheral arterial occlusive disease. Vascular surgery 4 ed. Philadelphia: Saunders, p

10 Variáveis secundárias Idade Idade Sexo Sexo Sedentarismo Sedentarismo Tabagismo Tabagismo Obesidade Obesidade Diabetes Mellitus Diabetes Mellitus Hipertensão arterial Hipertensão arterial Dislipidemia Dislipidemia

11 Dados complementares Exames laboratoriais Exames laboratoriais Diagnóstico prévio e acompanhamento da doença arterial obstrutiva periférica Diagnóstico prévio e acompanhamento da doença arterial obstrutiva periférica Controle dos fatores de risco Controle dos fatores de risco Diálise peritoneal x hemodiálise Diálise peritoneal x hemodiálise Presença de dor em membros inferiores Presença de dor em membros inferiores Antecedente de amputação maior/menor Antecedente de amputação maior/menor

12 Método estatístico Cálculo do tamanho da amostra: serão analisados todos os pacientes nefropatas em analisados todos os pacientes nefropatas em diálise, estimados em 400. diálise, estimados em Análise estatística: método descritivo, desvio padrão, calculando intervalo de confiança de padrão, calculando intervalo de confiança de 95% para cada ponto estimado. 95% para cada ponto estimado.

13 13 3. Resultados parciais Pacientes avaliados: 60 Pacientes avaliados: 60 Prevalência de DAOP (ITB<0,9): 6,6% Prevalência de DAOP (ITB<0,9): 6,6% Presença de ITB>1,2: 16,6% Presença de ITB>1,2: 16,6%


Carregar ppt "Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica de membros inferiores em pacientes nefropatas em programa dialítico Valéria Ramalho Santos Projeto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google