A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRÉDITO IMOBILIÁRIO Plano Empresário Abril de 2006 Abril de 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRÉDITO IMOBILIÁRIO Plano Empresário Abril de 2006 Abril de 2006."— Transcrição da apresentação:

1 CRÉDITO IMOBILIÁRIO Plano Empresário Abril de 2006 Abril de 2006

2 2 2 Produção - Santander Banespa Evolução da Produção Pessoa Jurídica - Contratos Aprovados (SFH) Fonte: Crédito Imobiliário. Abril R$ 250MM

3 3 3 Mercado – março / 06 Ranking de Contratações – operações de aquisição e construção (SFH) º em Volumes 4º em Unidades 2º em Volumes 4º em Unidades 4º em Volumes 6º em Unidades 4º em Volumes 6º em Unidades 4º em Volumes 6º em Unidades 4º em Volumes 6º em Unidades Fonte: Abecip

4 4 4 Mercado – Março / 06 Ranking de Contratações – operações de construção (SFH) - PJ Fonte: Abecip

5 5 5 Mercado – Março / 06 Ranking de Contratações – operações de aquisição (SFH) - PF Fonte: Abecip

6 6 OBJETIVO Empréstimos às pessoas jurídicas para a produção de empreendimentos residenciais, com liquidação do saldo através de repasses Público alvo: Incorporadores e construtores de empreendimentos residenciais

7 7 REQUISITOS BÁSICOS DA INCORPORADORA Experiência de mercado Mínimo 5 empreendimentos residenciais concluídos DO TERRENO Livre e desembaraçado de quaisquer ônus Escritura definitiva em nome do proponente Registrada no S.R.I. competente

8 8 DO EMPREENDIMENTO Estritamente de uso residencial Localização: Fundamental Adequado a proposta do projeto e ao mercado imobiliário local Boa liquidez de mercado Mínimo de 20 unidades por empreendimento Valor de venda mínimo: R$ 80mil/ unid REQUISITOS BÁSICOS

9 9 MODALIDADE DE EMPRÉSTIMO S.F.H. Valor unitário médio de empréstimo até R$ 350mil Taxa de juros 12% aa Taxa de abertura de crédito- TAC Até 1,5% sobre o valor da operação

10 10 V. máximo de empréstimo, limitado a : 70% do custo de construção (unid. financ) 83% do Valor máximo de repasse possível Índice de garantia mínimo >= 2,00 Índice de recebimentos previstos >= 1,20 Prazo máximo: 42 meses, inclui 6 de carência de comercialização ( 36 meses para obra + 6 meses de carência ) Garantias da operação: Hipoteca do empreendimento Fiança dos sócios Penhor dos recebíveis imobiliários Outras, se for o caso PARÂMETROS OPERACIONAIS BÁSICOS

11 11 O cálculo do custo de construção não inclui: custo do terreno, despesas de propaganda despesas de vendas despesas financeiras Não serão financiadas unidades: permutadas, com financiamento direto, quitadas ou com quitação até as chaves PARÂMETROS OPERACIONAIS BÁSICOS

12 12 LIBERAÇÃO DE PARCELAS Em parcelas mensais de acordo com o cronograma físico financeiro e mediante vistoria de obra e documentação OK LIQUIDAÇÃO DO SALDO DEVEDOR Repasses Utilização dos recebíveis empenhados Recursos próprios PARÂMETROS OPERACIONAIS BÁSICOS O BANCO NÃO ANUIRÁ COMO INTERVENIENTE QUITANTE Liberação de hipoteca: contra pagamento

13 13 PASTA MÃE – documentos da empresa e empreendimento Início de análise até 60 dias antes da data da liberação da última parcela CONDIÇÕES OPERACIONAIS DOS REPASSES Conforme política operacional vigente para PF SuperCasa Própria até R$ 350mil SuperCasa 20não há PROPONENTES- compromissários compradores Início da análise até 30 dias antes da data da liberação da última parcela REPASSES- OPERACIONALIZAÇÃO Financiamento aos promitentes compradores

14 14 Repasses- condições operacionais VANTAGENS EXCLUSIVAS DO SUPERCASA PRÓPRIA Taxas de juros reduzidas e decrescentes Prêmios de R$ ,00 líquidos, por meio de sorteio mensais Devolução de 20% do valor financiado, corrigido no final do contrato Assistência lar 24 horas, para realização de serviços de emergência, inclusive SuperCasa 20.

15 15 Repasses- condições operacionais SUPERCASA 20- outros planos

16 16 FLUXO DE APROVAÇÃO PRÉ ANÁLISE TÉCNICA consulta 1 semana

17 17 PRÉ ANÁLISE TÉCNICA- CONSULTA INCORPORADORA/ CONSTRUTORA Currículo detalhado Organograma Dados financeiros preliminares PROJETO Projeto aprovado Ficha resumo Canais: Gerente de relacionamento Prazo de análise: até 1 semana ANÁLISE DAS PROPOSTAS

18 18 FLUXO DE APROVAÇÃO PRÉ ANÁLISE TÉCNICA consulta 1ª FASE Estudo Técnico e financeiro 1 semana média 60 dias

19 19 1ª FASE – ESTUDO TÉCNICO E FINANCEIRO ELABORAÇÃO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICO Documentação técnica completa Prazo até : 20 dias DOCUMENTAÇÃO FINANCEIRA Balanço e fluxos de caixa Consistência das informações COMITÊ DE CRÉDITO INSTRUMENTO DE ALOCAÇÃO DE CRÉDITO condições operacionais da aprovação documentação para contratação validade: 180 dias Prazo total médio: 60 dias ANÁLISE DAS PROPOSTAS

20 20 FLUXO DE APROVAÇÃO PRÉ ANÁLISE TÉCNICA consulta 1ª FASE Estudo Técnico e financeiro 2ª FASE contratação 1 semana média 60 dias média 20 dias

21 21 2ª FASE – CONTRATAÇÃO DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA COMPLEMENTAR DOCUMENTAÇÃO JURÍDICA APROVAÇÃO DOC TÉCNICA E JURÍDICA EMISSÃO DO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ASSINATURAS REGISTROS ATENDIMENTO DAS CONDICIONANTES INÍCIO DE LIBERAÇÃO DAS PARCELAS ANÁLISE DAS PROPOSTAS

22 22 FLUXO DE APROVAÇÃO PRÉ ANÁLISE TÉCNICA consulta 1ª FASE Estudo Técnico e financeiro 2ª FASE contratação GESTÃO 1 semana média 60 dias até 42 meses média 20 dias

23 23 GESTÃO GESTÃO DOS CONTRATOS MEDIÇÕES MENSAIS DE OBRA POSIÇÃO DE COMERCIALIZAÇÃO MENSAL ANUÊNCIAS NOS COMPROMISSOS OK PENHOR DOS RECEBÍVEIS OK LIBERAÇÃO DAS PARCELAS AMORTIZAÇÕES EXTRAORDINÁRIAS LIQUIDAÇÃO DO SALDO DEVEDOR

24 24 TARIFAS ESTUDO DE VIABILIDADE 1 BlocoR$ 1.500,00 2 BlocosR$ 2.000,00 3 BlocosR$ 2.500,00 ANÁLISE JURÍDICA R$ 1.000,00 VISTORIA E MEDIÇÃO MENSAL DE OBRA 1 blocoR$ 500,00 2 BlocosR$ 700,00 3 blocosR$ 1.000,00 REAVALIAÇÃO SEMESTRAL 1 BlocoR$ 1.080,00 2 BlocosR$ 1.530,00 3 BlocosR$ 1.800,00 ANÁLISE PASTA MÃE/ COMPRADORES R$ 700,00 / R$ 300,00

25 25 MODÊLOS DE PLACAS DE OBRA Banco Santander Banco Banespa

26 26

27 27

28 28 Superintendência de Crédito Imobiliário PJ SUPERINTENDÊNCIA Gilberto Shideo Saito tel: (11) GERÊNCIA GERAL Fábio Noçais da Silva tel: (11) Henrique T. Onuki tel:(11) Thais Rocha Mineiro Sá tel: (11) Rubens Nelson Torres tel: (11) GERÊNCIA OPERACIONAL Carlos Roberto F. da Silva tel: (11) Elaine Cristina S. Paranhos tel: (11) Vânia Moraes Montagner tel: (11) Av. Guido Caloi, 1000, bloco 01, 3ºandar Jd São Luiz, São Paulo/SP cep: , Fax:(11) Fim

29 29 I.G. = Valor de avaliação do empreendto (unid fin) >= 2,00 valor total do empréstimo exemplo: -valor de avaliação das unidades financiadas: R$ 25MM -valor total do empréstimo: R$ 7,8MM portanto: IG = 25,00 = 3,21 7,80 ÍNDICE DE GARANTIA - IG

30 30 I.R.P. = A+B+C >= 1,20 A: Total de promessa de repasses + FGTS D B: Estoque x 60% (valor de Avaliação ou venda) o menor dos dois valores C: Total Recebíveis da fase de carência D: Total liberado + à liberar exemplo:  10 unidades vendidas com promessa de repasse de R$ 750M e total de FGTS de R$ 50M. Total: R$ 800M  Estoque de 20 un com valor de avaliação de R$ R$ 4.000M  Total de recebíveis fase de carência, inclusive chaves: R$ 400M  Total do empréstimo liberado: R$ 1.000M  Total do empréstimo a liberar: R$ 1.500M Portanto: IRP= 800M+ R$ 4.000Mx 60%+ R$ 400M = 1,44 Ok ! R$ 1.000M+ R$ 1.500M ÍNDICE DE RECEBIMENTOS PREVISTOS - IRP

31 31 Registro Obrigatório no cartório de títulos e documentos contrato e aditivos para as vendas pós contrato Vinculação Fase de construção: Liberação para conta livre movimentação Fase de carência: amortização do saldo, independente do volume de repasses previstos TCC - Termo de concordância de penhor e hipoteca Somente para as unidades vendidas antes da assinatura do contrato de empréstimo Anuência - compromissos de venda e compra Obrigatória para todas as unidades vendidas após a assinatura do contrato de empréstimo PENHOR DOS RECEBÍVEIS

32 32


Carregar ppt "CRÉDITO IMOBILIÁRIO Plano Empresário Abril de 2006 Abril de 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google