A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO DAS FUNÇÕES SISTÓLICA E DIASTÓLICA Márcio Alves de Urzêda, M.D.; MSc.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO DAS FUNÇÕES SISTÓLICA E DIASTÓLICA Márcio Alves de Urzêda, M.D.; MSc."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO DAS FUNÇÕES SISTÓLICA E DIASTÓLICA Márcio Alves de Urzêda, M.D.; MSc

2 Função sistólica Pré-carga: –É a força de resistência ao encurtamento sistólico das miofibrilas; –PD 2 do VE. Contratilidade: –Propriedade do músculo cardíaco em alterar sua conformação induzido por estímulo químico ou hormonal; –Extensão e velocidade de encurtamento da fibra miocárdica (Experimentalmente). Pós-carga: –Força de estiramento das miofibrilas durante a diástole e determina o estiramento máximo no fim da diástole; –Estresse da parede do VE no fim da sístole.

3 Análise isovolumétrica; Taxa de aumento máximo da pressão sistólica no VE (dP/dt); dP/dt: –VE: mmHg/seg.; –VD: mmHg/seg.; –Aumento com inotrópicos positivos. Análise de Fase de Ejeção (Função sistólica)

4 Trabalho de ejeção: ( Pressão-Volume) –Reflete a contratilidade quando a contração ventricular é homogênea); –Normal: g.m/m 2 ; –IC: < 40 g.m/m 2 ; –IC severa: < 25 g.m/m 2. Análise de Fase de Ejeção (Função sistólica) PSVE – PDVE TSVE: VS Se Insuficiência mitral PSAo – PCP TSVE: VS

5 Fração de ejeção: (Volumétrica) –FE = (VDF-VSF) VDF Taxa de ejeção sistólica: (Volume x Tempo) –FE = (VDF-VSE) VDF x TE Velocidade de encurtamento (Volume x Tempo) –FE = (VDF-VSE) VDF x TE Análise de Fase de Ejeção (Função sistólica)

6 Relação estresse – Fração de Ejeção Função sistólica

7 Relações de estresse de parede/encurtamento Função sistólica

8 Distensibilidade diastólica do VE (Relação pressão-volume) Função diastólica


Carregar ppt "AVALIAÇÃO DAS FUNÇÕES SISTÓLICA E DIASTÓLICA Márcio Alves de Urzêda, M.D.; MSc."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google