A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Terapia de Contrapulsação Terapia Pré - Operatória com BIA © Datascope Corp. 2001.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Terapia de Contrapulsação Terapia Pré - Operatória com BIA © Datascope Corp. 2001."— Transcrição da apresentação:

1 A Terapia de Contrapulsação Terapia Pré - Operatória com BIA © Datascope Corp. 2001

2 A Terapia de Contrapulsação Inicialmente introduzida na pratica clínica no final dos anos 60. O catéter do BIA é posicionado na descendente toráxica da aorta, distal a artéria subclávia esquerda. A contrapulsação é uma terapia estabelecida em inúmeros tratamentos médicos e cirúrgicos O balão é programado para inflar e desinflar em sincronia com o ciclo mecânico cardíaco para aumentar a oxigenação ao miocárdio e reduzir a demanda de oxigênio do miocárdio.

3 Consumo de O 2 OfertaDemanda Insuflação do BIA Desinsuflação do BIA = Efeitos primários da terapia de contrapulsação

4 Diástole: Insuflação do BIA Aumento da perfusão coronária Sístole: Desinsuflação do BIA Diminuição do esforço cardíaco Diminuição no consumo de oxigênio pelo miocárdio Aumento do débito cardíaco

5 A = Um ciclo cardíaco completo B = Pressão diastólica final sem assistência C = Pressão sistólica sem assistência D = Aumento diastólico E = Pressão diastólica aórtica final reduzida F = Pressão sistólica reduzida Aumento da perfusão da artéria coronária mmHg C D A B E F Redução da demanda de O 2 pelo miocárdio B Avaliação da sincronização

6 Pressão do VE Sistólico Diastólico final Ventrículo Esquerdo Volume Esforço de ejeção Tensão na parede Fluxo Sanguíneo Fluxo coronário Débito cardíaco Fluxo sanguíneo renal Pressão Aórtica Sistólica Diastólica Maccioli, GA, et al; Journal of Cardiothoracic Anesthesia 1988 June; 2(3): Efeitos fisiológicos da terapia de contrapulsação Cardíaco pós-carga Pré-carga

7 © Datascope Corp Estratégia terapêutica para cirurgia de revascularização coronária de alto risco Otimizando os benefícios clínicos e econômicos da terapia de contrapulsação.

8 Histórico Globalmente, pacientes são submetidos a cirurgia cardíaca por ano. Deste total,12.5% são considerados pacientes de alto risco* 1 A taxa de mortalidade continua elevada: entre 4.8% a 14.3%* 2 Dados atuais, demonstram o benefício da intervenção precoce com a terapia de contrapulsação em pacientes de alto risco. *1 Personal communication from Jan Christenson based on own practice *2 Dietl, CA, et al. Ann Thorac Surg 1996;62:

9 Preditores de mortalidade pós revascularização cirurgica Prioridade de operação Cirurgia cardíaca prévia Fração de ejeção do VE Número maior de artérias com estenose significativa. ACC/AHA Guidelines for Coronary Artery Bypass Graft Surgery. [Circulation 1999; 100: ] Idade Sexo % de estenose no tronco principal da artéria esquerda O Maior dos riscos: Urgência na operação / Idade / Uma ou mais revascularizações cirurgicas prévias.

10 Christenson, JT, et al; Annals Thorac Surg 2000; 70:510-5 Definição de revascularização cirúrgica de alto risco: Pacientes apresentando ao menos dois dos seguintes fatores de risco: Função ventricular esquerda pobre (< 30%) Angina instável Estenose superior a 70% no tronco principal da coronária esquerda Revascularização cirúrgica prévia

11 Objetivos Revisar publicações randomizadas e retrospectivas, sobre os benefícios clínicos e econômicos da terapia de contrapulsação quando utilizada precocemente no processo de intervenção.

12 Foco Avaliar a eficácia e custo-benefício da terapia precoce de contrapulsação em pacientes de cirurgia coronária de alto risco acessando os seguintes dados: O tempo Ótimo pré-operatório para a inserção do balão, Tempo em circulação extra - corpórea, Consumo de drogas pós procedimento, Período de estadia Mortalidade

13 Estudo Randomizado 60 pacientes Sem BIA N= 30 BIA pré procedimento N= 30 T2 = 2 horas T12 = 12 horas T24 = 24 horas [Número de horas antes de ligar a aorta] Christenson, JT, et al; Annals Thorac Surg 1999; 68: Tempo pré-operatório Ótimo do uso de BIA em pacientes submetidos a cirurgia de revascularização coronária de alto risco

14 Christenson, JT, et al; Annals Thorac Surg 1999; 68: Desmame from CPB (p<0.0001) 30 Min. (p<0.0001) 12 Horas (p=0.0046) 48 horas (p=0.0008) 72 horas (p<0.0001) 96 horas (p=0.0521) Grupo I [S/ CBIA]Grupo II [CBIA] Média do índice Cardíaco Tempo pré-operatório Ótimo do uso de BIA em pacientes submetidos a cirurgia de revascularização coronária de alto risco

15 Christenson, JT, et al; Annals Thorac Surg 1999; 68: Período de Intubação [horas] Estadia em Ter.intensiva [horas] Período total de estadia hospitalar [dias] 12.2 Grupo I [S/ BBIA] Grupo II [BBIA] p= p< p=0.002 Tempo pré-operatório Ótimo do uso de BIA em pacientes submetidos a cirurgia de revascularização coronária de alto risco


Carregar ppt "A Terapia de Contrapulsação Terapia Pré - Operatória com BIA © Datascope Corp. 2001."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google