A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Matéria Mental Universo O Todo de forças dinâmicas, expressan- do o pensamento do Criador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Matéria Mental Universo O Todo de forças dinâmicas, expressan- do o pensamento do Criador."— Transcrição da apresentação:

1

2 Matéria Mental

3 Universo O Todo de forças dinâmicas, expressan- do o pensamento do Criador.

4 Indivíduo Matéria Mental em agitação constante, plasmando criações temporárias para atender nossas necessidades de progresso

5 Nos fundamentos da Criação vibra o pensamento imensurável do Criador e sobre esse plasma divino vibra o pensamento mensurável da criatura, a constituir-se no vasto oceano da força mental em que os poderes do Espírito se manifesta.

6 Pensamento da Criatura Fluxo energético do campo espiritual de cada um.

7 Ondas de Pensa- mento

8 Angélica Super-ultra-curtos Operam no micro e no macro- cosmo, em nome da Sabedoria Excelsa, formando condições adequadas e multiformes à expansão, sustentação e projeção da vida.

9 Humanos Curtas, médias e longas Indiretamente controlada pelo comando superior interfere no acervo de recursos do Planeta, aprimorando recursos na direção do plano angélico.

10 Animais Fragmentárias Influenciados pela direção humana, serve em trabalho nas regiões inferiores da Terra rumo às conquistas da humanidade.

11 Corpúsculos Mentais

12 O pensamento, agente essencial para nossa realizações nos planos físicos e extrafisícos, ainda é matéria. Analogamente ao plano físico, o pensamento é composto por átomos, também associados em cargas positivas e negativas.

13 Podemos da mesma forma, devido à falta de nomenclatura apropriada, denominarmos tais princípios em: Núcleos, prótrons, neutrons, posítrons, elétrons ou fótons mentais.

14 O Halo Vital ou Aura de cada criatura, devido as correntes atômicas sutis dos pensamentos mais habituais, está sujeito às normas estabelecidas pela lei dos Quanta de Energia e nos princípios da mecânica ondulatória.

15 Essas forças, em constante movimento ou estado de agitação pelos impulsos da vontade, estabelecem para cada pessoa uma onda mental própria, que, conforme as leis da ondulatória, lhes imprimirá a frequência e a cor peculiares.

16 Nos processos comuns do dia-a- dia os átomos mentais regular- mente excitados produzirão ondas muito longas correspondendo à manutenção de calor

17 Nos processos de reflexão ou oração no campo do pen- samento produzir- se-a ondas de comprimento médio, corres- pondendo à produção de luz interior.

18 Nos processos de emoções profundas ou dores indizíveis será atingido o núcleo dos átomos emitindo raios muito curtos ou de imenso poder transformador do campo espiritual à exemplo dos raios gama.

19 Indução da Mente

20 Campo de Einstein

21 Indução

22 Processo através do qual um corpo que detenha propriedades eletromagnéticas pode transmití-las a outro corpo sem contato visível.

23 No reino dos poderes mentais a indução exprime processo idêntico, a corrente mental é suscetível de reproduzir as suas próprias peculariedades em outra corrente mental que lhe sintonize.

24 E, tanto na eletricidade quanto no mentalismo, o fenômeno obedece à conjugação de ondas, enquanto perdure a sustentação do fluxo energético.

25 A matéria mental é o instrumento sutil da vontade, atuando nas formações da matéria física, gerando as motivações de prazer ou desgosto, alegria ou dor, otimismo ou desespero, representando turbilhões de força em que a alma cria seus próprios estados, atraindo para si mesma os agentes de luz ou sombra, vitória ou derrota, infortúnio ou felicidade.

26 Formas Pensamento

27 Pelos princípios mentais que influenciam em todas as direções, encontramos a telementação e a reflexão comandando todos os fenômenos de associação, desde o acasalamento dos insetos até a comunhão dos Espíritos Superiores.

28 Emitindo uma ideia, passamos a refletir as que se lhe assemelham, ideia essa que para logo se corporifica, com intensidade correspondente à nossa insistência em sustentá-la, mantendo-nos assim, espontâneamente, em comunicação com todos os que nos esposem o modo de sentir.

29 É nessa projeção de forças, a determinarem o compulsório intercâmbio com todas as mentes encarnadas ou desencarnadas, que se nos movimenta o Espírito no mundo das formas-pensamentos, construções substanciais na esfera da alma, que nos liberam o passo ou no-lo escravizam, na pauta do bem ou do mal de nossa escolha.

30 Corrente Elétrica Corrente Mental

31 Dínamo: aparelho que gera corrente contínua conver- tendo energia mecânica em elétrica, através de indução eletro-magnética. Dínamo Espiritual: Converte o trabalho psicofísico em forças mento-eletromagnéticas. O Espírito é um dínamo gerador, indutor, trans- formador e coletor, ao mesmo tempo, com ca- pacidade de assimilar correntes contínuas de força e exteriorizá-las simultaneamente

32 Gerador Elétrico: Dispositivo utilizado pa- ra a conversão da ener- gia mecânica, química ou outra forma de energia em energia elétrica. O aparelho gerador não plasma correntes elétricas e sim produz determinada diferença de potencial entre os seus terminais, facultando aos elétrons a movimentação necessária.

33 Se desejamos manter a diferença de potencial devemos manter o gerador trabalhando de modo a manter o fluxo eletronico constante, de vez que a corrente circulará no condutor, em vista do campo elétrico existente entre os dois corpos.

34 Fluxo de energia mento- eletromagnéticos: fluxo de on- das da entidade comunicante e do médium, são dois campos distintos onde existe uma dife- rença de potencial. O fio condu- tor é a aceitação do médium em receber o fluxo, formando assim a corrente Para manter a corrente é necessária consevar entre ambos um gerador de força, que nesse caso é a contínua aceitação do médium.

35 A harmonia eletromecânica do sistema atômico se verifica toda vez que se encontre neutro ou quando as unidades positivas ou unidades do núcleo são em número idêntico ao das negativas ou aquelas de que se Constituem os elétrons, estabilidade essa que decorre dos princípios de gravitação nas linhas do microcosmo.

36 Existe essa capacidade de afinização entre um Espírito e outro, quando a ação de plasmagem e projeção da matéria mental na entidade comunicante for, mais ou menos, igual à ação de receptividade e expressão na personalidade mediúnica..

37 Dispomos em toda parte de fontes de força eletro- motriz devido à distribuição das cargas elétricas. Temos igualmente variados mananciais de força mediúni- ca, mediante a permuta harmoniosa, consciente ou inconsciente, dos princípios ou correntes mentais, sendo possível observá-los, em nosso caminho, alimentando grandes iniciativas de socorro às necessidades humanas e de expansão cultural.

38 Usinas diversas espalham-se na paisagem terrestre, alentando sistemas de luz e força, na criação do conforto e da atividade, em cidades e vilarejos, campos e estâncias, e associações mediúnicas de vária espécie se multiplicam nos quadros morais do mundo, nutrindo as instituições maiores e menores da Religião e da Ciência, da Filosofia e da Educação, da Arte e do Trabalho, do Consolo e da Caridade, impulsionando a evolução da espiritualidade no plano físico.

39 Fontes de força elétrica para uso não industriais: -Efeito Piezelétrico : Microfones - Efeito Termoelétrico: Pirometros - Efeito Fotoelétrico: Medidores Fontes de força mediúnica com fraco teor: -Restauração moral do próximo - Aplicação de passes - Conduta nobre dentro do lar

40 Em todas as atividades mediúnicas, porém, nas quais a mente demande a construção do bem, sejam elas de grande porte ou de singela apresentação, a importância do trabalho a realizar e a luz da Vida Superior são sempre as mesmas, possibilitando ao Espírito a faculdade de falar ao Espírito na obra incessante de aperfeiçoamento e sublimação.

41 Circuito Elétrico e Circuito Mediúnico

42 Circuito Elétrico Circuito onde há um condutor de ida e outro de volta da corrente, abrangendo o gerador e os aparelhos de utilização (Geração, transmissão, transformação e distribuição da energia).

43 Circuito Elétrico Para atingir tal objetivo conta também com recursos especiais (Geração, manobra, proteção e medida).

44 Circuito Mediúnico Campo de integração onde circula uma corrente mental onde é mantida a sintonia psíquica entre o emissor e o receptor

45 Circuito Mediúnico Há o trajeto de ida (Vontade-apelo) e o trajeto de volta (Vontade- resposta) sob o comando da entidade comunicante e a concordância do médium.

46 Circuito Mediúnico Recursos do Cérebro utilizados: Ideação, seleção, auto-crítica e expressão.

47 Circuitos Aberto e Fechado A corrente, em sentido convencional, no circuito elétrico, é expedida do pólo positivo do gerador, circula nos aparelhos de utilização e volta ao gerador, alcançando-lhe o pólo negativo, do qual passa, por intermédio do campo interno do gerador, ao pólo positivo, prosseguindo em seu curso.

48 Circuitos Aberto e Fechado Para que a corrente se mantenha, é imprescindível que o interruptor de manobra se demore ligado ou, que o circuito esteja fechado, de vez que em regime de circuito aberto a corrente não circula.

49 Circuitos Aberto e Fechado Na corrente mental para que o fluxo seja alimentado é indispensável que o pensamento constante de aceitação e adesão do médium esteja em equilíbrio (O Circuito tem que estar fechado).

50 Circuitos Aberto e Fechado Em regime de circuito aberto ou desatenção do médium a corrente de associação mental não se articula.

51 Resistencia Propriedade que assinala o gasto de energia elétrica no circuito, gerando calor.

52 Resistencia Dissipação de energia mental, destinada à sustentação da base entre o Espírito comunicante e o Médium.

53 Indutância A energia é acumu- lada no campo mag- nético provocado pela corrente (Bobina) impedindo alterações

54 Indutância Se o circuito elétrico é desligado os compo- nentes, não devem serem interrompidos de chofre, mas sim reduzidos devagar evitando danos.

55 Indutância A energia mento-eletro- magnética é armazenada no campo da associação mental entre a entidade comunicante e o médium impedindo variações.

56 Indutância Devido à fragilidade dos tecidos celulares envolvidos no plano físico e no plano espiritual não devem serem submetidos a interrupções intempestivas, sendo necessário atenuar-se-lhe a intensidade, quando se lhe trace a terminação, para que se impossibilite a formação de extracorrentes magnéticas, capazes de operar desajustes e perturbações físicas, perispiríticas e emocionais, de resultados imprevisíveis para o médium, quanto para a entidade em processo de comunicação.

57 Capacitância Acumulação da energia no campo elétrico. Um capacitor acumula energia elétrica duran- te a carga, restituindo- a ao circuito no momento da descarga.

58 Capacitância Propriedade que possibilita o armazenamento de recursos espirituais no circuito – Sintonia Psíquica

59 Capacitância Os elementos suscetíveis de con- densar essas possibilidades, no cam- po magnético da conjunção mediú- nica, expressam-se na capacidade conceptual e interpretativa na região mental do médium, que acumulará os valores recebidos da entidade que o comanda, devolvendo-a com a possível fidelidade ao serviço do circuito mediúnico na ação do intercâmbio.

60 Velocidade Velocidade dos impulsos elétricos: Igual à velocidade da luz ( Km/s) Sujeitos a dois fatores: pressão elétrica e resistência elétrica.

61 Continuidade Se alimentarmos um circuito elétrico, através de um gerador, em regime de uniformidade, o grau de intensidade da corrente será constante, em cada setor do mesmo circuito.

62 Continuidade Assim como se faz neces- sária uma corrente liquida, em circulação e massa constantes, é imperioso se façam cargas de bilhões de elétrons, por segundo, para que se mantenha a pro- dução de correntes elétri- cas de valores contínuos.

63 Curso dAguaFluxo ElétricoCorrente Mediúnica Pressão hidráulica Diferença de potencial elétrico Sintonia Psíquica Obstáculo no Cano Resistência Elétrica Desatenção do Médium Usa de BombaUso de Gerador Pensamento Constante e Aceitação da Influência

64 Sintonia Não é anulação da vontade do médium, claro desrespeito à sua personalidade e violação ao livre- arbitrio.

65 Sintonia Abolição de preocupações-extras e perda de tempo com assuntos inferiores ao trabalho no bem.

66 Sintonia Sustentação por esforço próprio e não por exigência dos Espíritos Benevolentes e Sábios, em clima de responsabilidade, alegremente aceita, e de trabalho voluntário, na preservação e enriquecimento dos agentes condutores da sua vida mental, no sentido de valorizar a própria cooperação, com fé no bem e segura disposição ao sacrifício, no serviço a efetuar-se.

67 Recorremos às comparações em foco apenas para lembrar aos nossos companheiros de estudo a imagem de correntes circulantes, recordando, ainda, que a corrente líquida, comumente vagarosa, a corrente elétrica muito rápida e a corrente mental ultra-rápida podem ser adaptadas, controladas, aproveitadas ou conduzidas, não podendo, entretanto, suportar indefinida armazenagem ou detenção, sob pena de provocarem o aparecimento de charcos, explosões e rupturas, respectivamente.

68 Na distribuição prestante das águas, no circuito hidráulico, são necessários reservatórios e canais, represas e compor- tas, em edificações adequa- das. Na aplicação da corrente elétrica, em circuitos correspondentes, não podemos prescindir, como na administração da força eletromotriz, de alternadores inteligentemente estruturados, para a dosagem de correntes e voltagens diversas, com a produção de variadas utilidades.

69 E no aproveitamento da corrente mental, no circuito mediúnico, são necessários instrumentos receptores capazes de atender às exigências da emissão, para qualquer serviço de essência elevada, compreendendo-se, desse modo, que a corrente líquida, a corrente elétrica e a corrente mental dependem, nos seus efeitos, da condução que se lhes imprima.


Carregar ppt "Matéria Mental Universo O Todo de forças dinâmicas, expressan- do o pensamento do Criador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google