A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A SOCIEDADE MINERADORA Lavagem do Ouro, de Rugendas, 1835.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A SOCIEDADE MINERADORA Lavagem do Ouro, de Rugendas, 1835."— Transcrição da apresentação:

1 A SOCIEDADE MINERADORA Lavagem do Ouro, de Rugendas, 1835

2 OURO: A SOLUÇÃO PARA A CRISE Em Portugal... Se arrastava uma grave crise econômica desde a metade do século XVII; Os portugueses saíram de duas grandes guerras: uma contra a Espanha e outra contra a Holanda; As guerras tiveram altos custos e, por causa dos conflitos, Portugal perdeu importantes colônias na África e na Ásia. No Brasil... Queda do preço do açúcar na Europa;

3 Entre 1690 – 1780 a população da colônia passou de 300 mil habitantes para 2 milhões e meio. A CORRIDA DO OURO Descoberta de ouro em Vila Rica, hoje Ouro Preto; Interesse pelo ouro causou: deslocamento de pessoas de várias partes do Brasil e a vinda de escravos africanos; Dificuldades de sobrevivência: fome, miséria, falta de moradia; Início das plantações, criação de animais (pecuária) e comércio com outras regiões; A moeda era o ouro.

4 Causa: disputa por ouro entre paulistas e portugueses; Emboabas: palavra de origem tupi que significa aves de pés emplumados; Vitória dos emboabas; Comerciante português Manuel Nunes Viana foi aclamado governador; Separação da capitania do Rio de Janeiro das de São Paulo e Minas; Fundação de vilas: Ribeirão de Nossa Senhora do Carmo: hoje Mariana, Vila Rica, Sabará, São João del Rei e outras. A GUERRA DOS EMBOABAS 1707 –1709

5 Contexto da Guerra dos Emboabas Crescimento da Mineração Maiores disputas pela posse da Terra Até o momento, não havia órgãos para o controle Conflitos Paulistas, habitantes da região das minas, enfrentavam os forasteiros (Emboabas), que acabaram vencendo a disputa. Derrotados, os paulistas se retiram da região e se deslocam para o oeste, onde acharam ouro onde atualmente se encontra os estados de Goiás e Mato Grosso.

6 Criação da Intendência das Minas: encarregada de controlar a exploração de ouro, cobrar impostos e fazer justiça na região As jazidas eram divididas em datas: lotes que possuíam ouro; Distribuição das DATAS (lotes): o descobridor escolhia duas, uma era do Rei, os mineradores com mais escravos ficavam com as maiores; Impostos: o mais importante era o QUINTO; Derrama: cobrança forçada dos impostos em atraso. O CONTROLE SOBRE O OURO

7 Data: 1720 Local: Vila Rica, Minas Gerais Líder: Felipe dos Santos (tropeiro) Causas: criação das Casas de Fundição, onde o ouro era pesado, retirado o quinto e transformado em barra Insatisfação do povo Inicio da revolta que tinha como pontos principais: redução dos preços dos alimentos; fim das Casas de Fundição Revolta reprimida Líderes presos e mortos Criação da Capitania de Minas Gerais REVOLTA DE VILA RICA

8 O CONTROLE SOBRE OS DIAMANTES Descoberta de diamantes na no Arraial do Tijuco (atual cidade de Diamantina/MG). Atuação do governo português: Expulsão dos moradores locais; Divisão da terra em lotes, ficando com o lote que havia uma grande mina; Leiloou os demais lotes entre os homens brancos da região; Criou a Intendência dos Diamantes (1734).

9 A INTENDÊNCIA A INTENDÊNCIA DOS DIAMANTES DOS DIAMANTESINTENDENTE: Poder de vida e de morte sobre os habitantes do local; Incentivo à prática da delação;CONTRATADOS: Homens que tinham direito a explorar as minas de diamantes em troca de parte da riqueza (arrendamento); Foram acusados pelo governo português de enriquecimento ilícito;

10 Com a Mineração houve uma integração entre as capitanias devido a necessidade de abastecimento da região das Minas Sul e Norte Carne São Paulo Alimentos Surgimento de Estradas MINERAÇÃO E MERCADO INTERNO

11 CONSEQUÊNCIAS DO CICLO DO OURO Povoamento de áreas no interior do Brasil; Crescimento da vida urbana; Surgimento de novas vilas e cidades; Mudança da capital do Brasil de Salvador para o Rio de Janeiro; Desenvolvimento do porto do Rio de Janeiro, onde o ouro era embarcado para Portugal; Deslocamento do eixo econômico do Nordeste para o Sudeste; Consolidação do mercado interno.

12 Sociedade mineradora Ricos Camadas médias Homens livres pobres Escravizados

13 RIQUEZAS DA ÉPOCA DO OURO

14

15

16 igreja de São Francisco de Assis, clássico da arte Barroca: mais igrejas da cidade: igreja de São Francisco de Assis, clássico da arte Barroca: mais igrejas da cidade:

17 O Barroco Mineiro Antônio Francisco Lisboa - ALEIJADINHO


Carregar ppt "A SOCIEDADE MINERADORA Lavagem do Ouro, de Rugendas, 1835."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google