A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

II WORKSHOP DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL A Ergonomia na Saúde e Segurança do Trabalho Cristian de Souza Freitas, MSc.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "II WORKSHOP DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL A Ergonomia na Saúde e Segurança do Trabalho Cristian de Souza Freitas, MSc."— Transcrição da apresentação:

1 II WORKSHOP DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL A Ergonomia na Saúde e Segurança do Trabalho Cristian de Souza Freitas, MSc

2 TRABALHO X SAÚDE “Qualquer que seja o conceito que se tem a respeito de saúde, não se pode deixar de reconhecer que ela está estreitamente relacionada com a maneira pela qual o homem produz seus meios de vida (TRABALHO) e satisfaz suas necessidades (CONSUMO), reproduzindo nesse duplo movimento, as relações sociais que mantém com outros homens.” “tripaluim”

3

4

5 International Institute for Menagement Development •Segurança X Competitividade –Países com menor percentual de acidentes fatais proporcionais ao seu número de trabalhadores tem maior competitividade –Empresa mais prevencionista •Perde menos com absenteísmo

6 A ergonomia tem sido fator de aumento de produtividade e da qualidade do produto bem como da qualidade de vida dos trabalhadores, na medida em que a mesma é aplicada com a finalidade de melhorar as condições ambientais, visando a interação com o ser humano.

7 QUALIDADE DE VIDA QUALIDADE DE VIDA Um Conceito Empresarial “Qualidade de Vida no Trabalho é o conjunto de ações de uma empresa que envolvem a implantação de melhorias, inovações gerenciais e tecnologias no ambiente de trabalho” FRANÇA., 1998

8 A ergonomia surgiu em função da necessidade do ser humano cada vez mais querer aplicar menos esforço físico e mental, nas atividades diárias. MAIS ERGONOMIA = MENOS ESFORÇO FÍSICO E MENTAL

9 ERGONOMIA = SOLUÇÃO

10 No lar No transporte No lazer Na escola Principalmente, no ambiente de trabalho Ou seja, em todos os lugares. Aplicações da Ergonomia

11 Mas, afinal, o que realmente é Ergonomia?

12 Ergonomia é a disciplina científica que trata da compreensão das interações entre os seres humanos e outros elementos de um sistema e a profissão que aplica teorias, princípios, dados e métodos, ao design a fim de otimizar o bem estar humano e o desempenho global dos sistemas. Definição Internacional de Ergonomia da Associação Internacional de Ergonomia [IEA] San Diego, USA 1/08/2000

13 OBJETIVOS DO SISTEMA COMPONENTES INANIMADOS COMPONENTES HUMANOS EQUIPAMENTOS FERRAMENTAS MÁQUINAS SER HUMANO • TRABALHADOR EFICIÊNCIA E CONFIABILIDADE ESTUDO DO SISTEMA EM ERGONOMIA

14 Cognitivo Sistema Operacional MostradorPercepção Ação Controle Homem Máquina Ambiente de Trabalho

15 Ergonomia Física Ergonomia Cognitiva Ergonomia Organizacional Domínios de Especialização da Ergonomia

16

17

18

19 Enfoque da Ergonomia Ser humano Necessidades, habilidades e limitações dos usuários/trabalhadores Garantir a eficácia e a eficiência

20 Ação Ergonômica ConfortoDesconfortoDoença ProativaReativa

21 No conteúdo do trabalho (a tarefa atribuída ao trabalhador no seu posto de trabalho e a maneira como é executada e organizada). No operador (o indivíduo que ocupa o posto de trabalho em questão). Nos aspectos físicos da interface homem-tarefa- máquina (dimensionamento e características físicas das estações de trabalho). Ergonomia: tipos de atuação A Ergonomia se baseia (diagnóstico):

22 Ergonomia e Segurança A ergonomia é mais precisamente uma metodologia que pode ser utilizada para atingir a segurança e a produtividade. A principal meta da ergonomia é o projeto de sistemas de tal modo que eles se tornem produtivos, seguros e mais confortáveis e agradáveis no uso.

23 Segundo Helander (1997), há dois principais efeitos resultantes das melhorias ergonômicas: os erros dos operadores podem ser reduzidos a eficiência ou velocidade da operação pode ser aumentada. Ergonomia e Segurança

24 A Ergonomia tem como foco a atividade de trabalho das pessoas, como objeto à situação onde esta ocorre e como finalidade a transformação para melhor deste sistema. ERGONOMIAERGONOMIA Atividade de Trabalho Situação de Trabalho Foco Objeto Finalidade Transformação Positiva Tarefa Execução Requisitos Condições Contexto Possibilidades

25 Tarefa / Atividade Equipamento / Hardware Usina / Instalações Recursos Humanos Procedimentos Operacionais AMBIENTE DE TRABALHO Elementos de um Sistema de Gestão de Segurança

26 Ações ergonômicas nas organizações através do desenvolvimento de uma gestão em ergonomia vem a incentivar os empregados a novos hábitos de vida, desenvolvendo na empresa uma nova cultura saudável, gerando um melhor ambiente de trabalho, melhorando com isso a produtividade em uma empresa.

27 Conhecimentos Habilidades Experiência  Competência

28 O Gerenciamento Ergonômico (GE) é uma metodologia que faz parte de um Sistema de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho, aplicada por equipe responsável, que tem como principais objetivos: •Qualidade de Vida •Saúde Física e Mental •Prevenção de Acidentes (DORT) •Melhor Ambiente de Trabalho •Atendimento a legislação •Contribuir nas certificações •Organização do Trabalho •Gestão Participativa

29 AÇÕES ERGONÔMICAS •Normas •Avaliações •Treinamentos •Multi-inter-disciplinaridade •Pesquisa – Ciência •Participação

30 “Se eu consegui ver alguma coisa mais longe, é porque subi e me apoiei em ombros de gigantes” Isaac Newton


Carregar ppt "II WORKSHOP DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL A Ergonomia na Saúde e Segurança do Trabalho Cristian de Souza Freitas, MSc."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google