A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudar a influência do fenómeno da ciência física no funcionamento de uma máquina têxtil – o foulard projecto de física a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudar a influência do fenómeno da ciência física no funcionamento de uma máquina têxtil – o foulard projecto de física a."— Transcrição da apresentação:

1 estudar a influência do fenómeno da ciência física no funcionamento de uma máquina têxtil – o foulard projecto de física a

2 âmbito ° este estudo insere-se no mestrado integrado em engenharia têxtil, nomeadamente no âmbito da disciplina de física a. ° ao longo de 2 meses de execução do estudo foi objectivo, estudar a influência do fenómeno da ciência física no funcionamento de uma máquina têxtil – o foulard.

3 âmbito ° que factores físicos estão presentes no tingimento de um tecido pelo processo contínuo e semí- contínuo? exemplo de um foulard

4 tinturaria ° conferir à fibra uma cor uniforme em toda a sua extensão, permitindo obter cores práticas sob o ponto de vista de uso, dar aos têxteis um aspecto mais agradável e dar resposta às necessidades da moda ou da tradição.

5 foulard de impregnação fonte:

6 esquema de funcionamento fonte:

7 tingimento de malha/tecido processo semí-contínuo ° o processamento do artigo é efectuado por combinação do processo contínuo (impregnação prévia em foulard) com descontínuo (tratamento posterior). ° ex.: pad-roll, pad-batch, pad-jigger

8 pad-batch fonte:

9 pad-roll fonte:

10 pad-jigger fonte:

11 tingimento de malha/tecido processo contínuo ° o processamento do material têxtil é efectuado de uma forma contínua, com impregnação prévia em foulard, secagem e lavagem subsequentes na mesma máquina, em unidades distintas. ° ex.: pad-dry-steam, pad-dry-termosol.

12 diagrama do processo pad-dry-steam

13 diagrama do processo pad-dry-termosol

14 case study cálculo da taxa de expressão segundo o parâmetro pressão

15 enquadramento ° no tingimento por impregnação, o tecido é impregnado com uma a solução ou dispersão do corante, sendo esprimido numa máquina denominada por Foulard, constituída pelo balseiro e pelos rolos espremedores.

16 enquadramento ° foi objectivo neste case study calcular a taxa de expressão, ou de absorção, ou ainda o “Pick up” de diferentes amostras, com a variável pressão.

17 enquadramento ° a taxa de expressão é em tudo idêntica à taxa se absorção de humidade. ° a taxa de absorção de humidade exprime a quantidade de água que uma fibra retém, e a taxa de expressão exprime a quantidade de banho que a amostra absorve.

18 esquema de funcionamento foulard

19

20

21

22 a importância da taxa de expressão ° a pressão que se aplica é determinante da chamada taxa de expressão (T. E.) ou de absorção, definida por:

23 influências ° a taxa de expressão é influenciada por: – pressão aplicada – contextura e composição do tecido – velocidade – temperatura e composição do banho de impregnação – diâmetro dos rolos – dureza do revestimento – etc.

24 força ○ em física, FORÇA é o único agente do Universo capaz de alterar o estado de repouso ou de movimento de um corpo ou sua deformação. ○ para um corpo de massa constante a força resultante sobre ele possui um módulo igual ao produto entre massa e aceleração.

25 influências ° a taxa de expressão é influenciada por: – pressão aplicada – contextura e composição do tecido – velocidade – temperatura e composição do banho de impregnação – diâmetro dos rolos – dureza do revestimento – etc.

26 pressão ○ a pressão (símbolo: p) é a força normal exercida por unidade de área ○ a unidade que mede a pressão é o Pascal (Pa), equivalente a 1 Newton por área de 1 m quadrado.

27 influências ° a taxa de expressão é influenciada por: – pressão aplicada – contextura e composição do tecido – velocidade – temperatura e composição do banho de impregnação – diâmetro dos rolos – dureza do revestimento – etc.

28 força de atrito ○ o atrito é uma força natural que actua apenas quando um objecto está em contacto com outro e sofre a acção de outra força que tende a colocá-lo em movimento. ○ esta força é causada pelo contacto dos dois corpos ou meio em que se move o corpo em movimento.

29 força de atrito ○ o atrito com uma superfície depende da força natural entre o objecto e a superfície. ○ quanto maior a força normal, maior será o atrito.

30 influências ° a taxa de expressão é influenciada por: – pressão aplicada – contextura e composição do tecido – velocidade – temperatura e composição do banho de impregnação – diâmetro dos rolos – dureza do revestimento – etc.

31 velocidade ○ velocidade é a medida da rapidez com a qual um corpo altera a sua posição. a velocidade média, que é uma medida da velocidade, é a razão entre um deslocamento e o intervalo de tempo levado para efectuar esse deslocamento.

32 aplicação ° objectivo  cálculo da taxa de expressão, com posterior tingimento com corantes directos ° artigos  malha e tecido 100% CO ° material  balança analítica  tesoura  foulard

33 aplicação ° reagentes:  água  corante ° condições:  velocidade dos cilindros espremedores: 3 m/min  pressão dos cilindros espremedores: 3 bar  três passagens das amostras pelo Foulard

34 conclusão ° por fim podemos concluir que a taxa de expressão é influenciada pela pressão aplicada e pela contextura e composição do tecido, pois quanto maior a pressão dos rolos espremedores sobre o artigo menor será a quantidade de banho absorvido, isto é, menor o “Pick-up”.

35 conclusão ° por fim podemos concluir que a taxa de expressão é influenciada pela pressão aplicada e pela contextura e composição do tecido, pois quanto maior a pressão dos rolos espremedores sobre o artigo menor será a quantidade de banho absorvido, isto é, menor o “Pick-up”.

36 conclusão ° por fim podemos concluir que a taxa de expressão é influenciada pela pressão aplicada e pela contextura e composição do tecido, pois quanto maior a pressão dos rolos espremedores sobre o artigo menor será a quantidade de banho absorvido, isto é, menor o “Pick-up”.

37 classificação dos debuxos ° podemos caracterizar os debuxos da seguinte forma:  ligamentos fundamentais  ligamentos derivados  ligamentos compostos  ligamentos múltiplos  ligamentos especiais

38 classificação dos debuxos ° podemos caracterizar os debuxos da seguinte forma:  ligamentos fundamentais  ligamentos derivados  ligamentos compostos  ligamentos múltiplos  ligamentos especiais

39 ligamentos fundamentais ° debuxos a partir dos quais todos os outros derivam:  tafetá  sarja  cetim

40 tafetá ° é o debuxo mais simples e mais comum. ° possui uma aparência lisa quando produzido com fios finos e aspecto granulado quando produzidos com fios grossos. tafetádebuxo do tafetá

41 sarja ° a sarja apresenta cordões nítidos a 45º se o n.º de fios da teia/cm for igual ao n.º de fios da trama/cm. sarjadebuxo da sarja

42 cetim ° evita o efeito pronunciado de cordões em diagonal, resultando artigos com aspecto liso e brilhante. cetim de 5 pesado debuxo do cetim de 5 pesado

43 objectivos na tinturaria ° objectivos bem definidos ° gestão controlada ° capacidade tecnológica ° capacidade humana

44 objectivos na tinturaria ° objectivos bem definidos ° gestão controlada ° capacidade tecnológica ° capacidade humana

45 objectivos bem definidos ° tingimentos na cor, sem defeitos e dentro das especificações requeridas ° tingimentos à primeira: 95% (tendendo para 100%) ° tingimentos defeituosos: 2.5% por causas inerentes ao tingimento + 2.5% por causas anteriores (tendendo para 0%)

46 objectivos bem definidos ° minimização de gastos energéticos e de água ° minimização de níveis de poluição ° aproveitamento racional da capacidade instalada ° cumprimento de prazos

47 tingimentos defeituosos ° reprocessamento: 30% mais caro para correcções e 170% para retingimentos, diminuição da qualidade, atrasos ° rejeição de encomendas ° pedido de reduções de preço ° litígios em tribunal

48 tingimentos defeituosos ○ é essencial para a tinturaria que a taxa de expressão seja constante não só ao longo do tempo como também a toda a largura do tecido, para assegurar a obtenção de tonalidades constantes. ○ as desigualdades centro / ourelas, determinadas frequentemente por um endurecimento diferencial dos rolos ou um certo arqueamento, podem ser eliminadas empregando sistemas que permitem regular a pressão aplicada ao longo do comprimento dos rolos.

49 tingimentos defeituosos

50

51

52 factores de risco da não-qualidade ° tipo de substrato têxtil ° preparação do material: impurezas, grau de branco ° temperatura-tempo ° parâmetros máquina: pressão, velocidade, taxa de expressão, etc.

53 objectivos na tinturaria ° objectivos bem definidos ° gestão controlada ° capacidade tecnológica ° capacidade humana

54 gestão controlada PARTESINTERESSADASPARTESINTERESSADAS PARTESINTERESSADASPARTESINTERESSADAS Melhoria Contínua do Sistema de Gestão da Qualidade Melhoria Contínua do Sistema de Gestão da Qualidade PARTESINTERESSADASPARTESINTERESSADAS PARTESINTERESSADASPARTESINTERESSADAS Gestão de Recursos Responsabilidade da Gestão Realização do produto (e/ou serviço) Realização do produto (e/ou serviço) Input Output Produto Serviço Produto Serviço REQUISITOSREQUISITOS Medição, Análise, Melhoria Medição, Análise, Melhoria SATISFAÇAO

55 ciclo de deming (pdca) Planear - Prever Fazer - Executar Controlar – Verificar Actuar – Reagir PLANDO ACTIONCHECK Melhoria Contínua

56 ciclo de deming (pdca) ○ PLAN (planear) – estabelecer os objectivos e os processos necessários para apresentar resultados de acordo com os requisitos do cliente e as políticas da organização ○ DO (fazer) – implementar processos ○ CHECK (verificar) – monitorizar e medir processos e produto em comparação com políticas, objectivos e requisitos para o produto e reportar os resultados. ○ ACT (actuar) – empreender acções para melhorar continuamente o desempenho dos processos.

57 gestão controlada

58 objectivos na tinturaria ° objectivos bem definidos ° gestão controlada ° capacidade tecnológica ° capacidade humana

59 capacidade tecnológica

60 objectivos na tinturaria ° objectivos bem definidos ° gestão controlada ° capacidade tecnológica ° capacidade humana

61 capacidade humana

62 perguntas & respostas obrigado pela atenção! ○ José Neto ○ Sandra Costa ○ Sandra Cunha


Carregar ppt "Estudar a influência do fenómeno da ciência física no funcionamento de uma máquina têxtil – o foulard projecto de física a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google