A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INVESTIGANDO A AÇÃO DE FORÇAS PÁGINA 194 – LIVRO DIDÁTICO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INVESTIGANDO A AÇÃO DE FORÇAS PÁGINA 194 – LIVRO DIDÁTICO."— Transcrição da apresentação:

1 INVESTIGANDO A AÇÃO DE FORÇAS PÁGINA 194 – LIVRO DIDÁTICO

2 O QUE É FORÇA? Força é um conceito comum no nosso quotidiano, que está frequentemente associado à noção de força mecânica, como por exemplo, no caso da força que fazemos para empurrar um caixote, para levantá-lo, atirá-lo, puxá-lo, ou da força que fazemos para nos segurarmos quando estamos num comboio, que tem as habituais oscilações, travagens, etc.

3 REPRESENTAÇÃO DE FORÇA VETOR: símbolo matemático que possui direção, sentido e intensidade ou módulo

4 COMO MEDIR UMA FORÇA? DINAMÔMETRO A escala usada é Newton (N) 1Newton corresponde à força que um objeto de 100 g faz na nossa mão quando o seguramos

5 FORÇAS DO COTIDIANO PESO P = m.g P = peso m = massa g = aceleração da gravidade

6 DIFERENÇA ENTRE PESO E MASSA Massa: quantidade de matéria presente em um corpo. Do que depende a massa de um corpo? Da composição em termos de átomos e do estado do corpo se está em repouso ou em movimento. A massa é a mesma em qualquer lugar do universo Peso: depende do local onde o corpo está. Na Terra o peso do corpo é um, na Lua é outro e assim por diante.

7 CÁLCULO DO PESO VIMOS QUE P=m.g CONSIDERANDO QUE g na Terra é 9,8 m/s 2 e na Lua g=1,6 m/s 2, calcular o peso de uma pessoa com massa m=50Kg na Terra e na Lua.

8 FORÇA NORMAL É a força que o apoio faz em um corpo. É perpendicular (faz ângulo de 90º) à superfície de apoio

9 FORÇA DE TRAÇÃO Tração é a força aplicada em um corpo por intermédio de um fio, corda ou cabo.

10 FORÇA ELÁSTICA É a força que atua em um material elástico (molas, borracha, etc) e o deforma. A Lei de Hooke permite relacionar a força elástica com a característica do material e sua deformação, do seguinte modo: F el = k.x, onde F el é a força elástica k é a constante elástica da mola x é a deformação sofrida

11 Força de Atrito A força de atrito aparece em razão das rugosidades existentes nas superfícies dos corpos. O atrito depende da força normal entre o objeto e a superfície de apoio; quanto maior for a força normal, maior será a força de atrito. Matematicamente podemos calcular a força de atrito a partir da seguinte equação: F at = μ.N Onde o μ (letra grega mi) é chamado de coeficiente de atrito que depende da natureza dos corpos em contato e do estado de polimento e lubrificação da superfície.

12 Força de Atrito Estático Representado por F e ela é a força que está contrária à tendência de movimento F ate = μ e.N Onde μ e é o coeficiente de atrito estático Força de Atrito Cinético Também chamado de força de atrito dinâmico, esse é o atrito que aparece quando os corpos estão em movimento, ou seja, ele é contrário à movimentação dos corpos. F atc = μ c.N Onde μ c é chamado de coeficiente de atrito cinético.

13 FORÇA DE RESISTÊNCIA DO AR Quando um corpo se movimenta em contato com um líquido ou um gás, esses meios aplicam forças que se opõem ao movimento.

14 FORÇA DA RESISTÊNCIA DO AR Para corpos que se movimentam no ar, a força de resistência que o ar aplicará sobre eles é dada por: Fr = k.A.v 2. Fr = força de resistência do ar (N). k = constante que depende do formato do corpo e do tipo de fluido A é a área de seção transversal do corpo, sendo essa perpendicular à direção do movimento v = velocidade (m/s)

15 FORÇA RESULTANTE

16

17 FORÇA DE MESMA DIREÇÃO E SENTIDO OPOSTO

18 SOMA DE FORÇAS

19 FORÇAS DE DIREÇÃO E SENTIDOS DIFERENTES

20 SOMA DE FORÇAS

21


Carregar ppt "INVESTIGANDO A AÇÃO DE FORÇAS PÁGINA 194 – LIVRO DIDÁTICO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google