A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comunicar em Público António Abernú. Comunicar A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comunicar em Público António Abernú. Comunicar A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos."— Transcrição da apresentação:

1 Comunicar em Público António Abernú

2 Comunicar A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos como suporte para esse fim. Falar, ouvir e pensar.

3 Comunicar A primeira condição para que haja comunicação é a presença de um emissor e um receptor. Componentes da comunicação Emissor, receptor, mensagem, canal de propagação, o meio de comunicação, o feedback e o ambiente onde o processo comunicativo se realiza.

4 Comunicar Formas de comunicação • Verbal; • Não – Verbal; • Mediada.

5 Comunicação | Não verbal Produzimos e recebemos uma quantidade elevada de mensagens que não vêm expressas em palavras. Geralmente mantém uma relação de interdependência com a interacção verbal. As mensagens não verbais têm mais significado que as mensagens verbais.

6 Comunicação | Verbal Expressão oral é a mensagem falada. Expressão Oral | Dicção | Respiração | Ressonância | Velocidade | Pausa | Volume | Tom | Alternância | Vocabulário

7 Expressão Oral Respiração Calma, serena, que não seja demasiado sonora ou ruidosa. Respiração abdominal – maior domínio da saída de ar. Ressonância 3 cavidades de ressonância: nasal, pulmonar e a cabeça. Velocidade Encontrar uma velocidade na oralidade, com a qual estejamos confortáveis e o público também.

8 Expressão Oral Pausa As pausas são o nosso pensamento. E é o tempo e espaço para o público criar as suas imagem e assimilar a nossa mensagem. Volume Tal como a velocidade, trabalhar num volume confortável e que não nos obrigue a esforços com as cordas vocais. Tom Tom agradável, confiante, empático, engraçado, sedutor e vivo.

9 Expressão Oral Alternância Usar todos os pontos por forma a criar variações e alternâncias no discurso para não o tornar monótono. Vocabulário O que entendamos e nos sentimos melhor. A simplicidade é a mais efetiva das mensagens.

10 Expressão Oral |Dicção Falar com a articulação e modelação corretas. Torna a expressão oral mais compreensível; Aumenta a eficiência da argumentação; Cansa menos e melhora a imagem perante o público. Pode parecer, se a dicção for má, que a pessoa não está preparada. Má dicção pode levar a audiência a pensar que a pessoa tem uma formação deficiente ou inferiormente intelectual.

11 Expressão Oral |Dicção Erros comuns Trocar “pr” por “p + vogal + r” Omissão do “r” ou vogal final; Supressão de vogais internas; Erro de colocação de consoantes. Troca de consoantes. Vícios | Palavrões e gírias; | Obscuridade; | Cacofonia | Pleonasmo; | Chavões. Não ter medo de abrir a boca.

12 Expressão Oral |Comunicação Empenhe-se na comunicação. Só ensaiando e experimentando se pode lá chegar. A mentira exige um esforça acrescido. Contar as coisas como elas são e com certezas é bem mais simples. Escutar atentamente para apreender a “consistência interior” dos outros. Para comunicarmos eficientemente, devemos “expandirmo- nos” para fora da nossa zona de conforto.

13

14 Expressão Corporal O estudo da expressão corporal tem como finalidade principal não só investigar os meios que o orador usa para melhor estabelecer a comunicação com o público mas também persuadi-lo por meio dos sinais corpóreos.

15 Expressão Corporal Reforça uma idéia. Confunde-se com o próprio argumento. Para podermos “gesticular” ( conjunto de gesto do corpo, incluindo a expressão facial) com eficiência, é preciso saber adequar a expressão corporal com o ambiente e a mensagem transmitida.

16 Expressão Corporal | Gestos Todo e qualquer movimento corporal. O rosto humano - a fisionomia, é um jogo de gestos. Ao conjunto de todos os gestos dá-se o nome de linguagem gestual. Linguagem Corporal Corresponde a todos os movimentos gestuais e de postura que fazem com que a comunicação seja mais efectiva.

17 Linguagem Corporal Com o aparecimento da palavra falada os gestos foram tornando-se secundários, contudo eles constituem o complemento da expressão, devendo ser coerentes com o conteúdo da mensagem. Cuidado, pois muitas vezes a boca diz uma coisa, mas o corpo diz outra completamente diferente.

18 Linguagem Corporal|Cabeça A parte do corpo com maior importância na comunicação, uma vez que é a parte mais observada pelo público. Não valeria nada uma boa gesticulação com as mãos se a expressão do rosto for inconveniente ou apática. A melhor posição é aquela que se utiliza para conversar com um amigo. Nem alta, nem baixa. A cabeça deve acompanhar a linha traçada pela visão, facilitando o movimento dos olhos.

19 Cabeça | Linguagem Facial O semblante funciona como um indicador da sinceridade daquilo de que se fala. A expressão fácil deve actuar como um reforço do que se diz. Provavelmente o ponto mais importante da comunicação facial encontra-se nos olhos, o foco mais expressivo da face. |Nas conversas telefônicas a ausência de expressões faciais reduz significativamente a disposição do receptor para interpretar a mensagem.

20 Linguagem Corporal|Tronco Incorreto Manter uma postura excessivamente rígida; Dirigir o olhar a uma parte do público sem girar o corpo; Balançar de um lado para o outro; para a frente e para trás; Dobrar o tronco para a direita e para a esquerda. Correto Agir com naturalidade; Manter o tronco direito; Girar o tronco, sem exagerar, na direção em que se olha.

21 Linguagem Corporal|Postura Manter sempre que possível uma postura clássica, serena, confiante e amigável.


Carregar ppt "Comunicar em Público António Abernú. Comunicar A comunicação humana é um processo que envolve a troca de informações, e utiliza os sistemas simbólicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google