A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fernanda Milito – Consultoria de imagem Curso de Personal Stylist e Consultoria de Imagem FERNANDA MILITO Consultoria de imagem Fernanda Milito é formada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fernanda Milito – Consultoria de imagem Curso de Personal Stylist e Consultoria de Imagem FERNANDA MILITO Consultoria de imagem Fernanda Milito é formada."— Transcrição da apresentação:

1 Fernanda Milito – Consultoria de imagem Curso de Personal Stylist e Consultoria de Imagem FERNANDA MILITO Consultoria de imagem Fernanda Milito é formada em Consultoria de Imagem e Personal Stylist por Sabina Donadelli e atua desde 2000 como Consultora de imagem e Personal stylist. É membro da AICI (Association of image consultants international), a mais importante associação de consultoria de imagem do mundo. Fernanda dá palestras e workshops sobre o assunto, organiza e produz desfiles de moda, atua no treinamento de vendedores e profissionais da área e é responsável pela produção de moda de apresentadores de programas de televisão e artistas.

2 Fernanda Milito – Consultoria de imagem Índice  Módulo I – Surgimento da atividade do Profissional de Imagem e atuação no mercado  Módulo II – Identificando Biotipo e Proporções  Módulo III – Formato do corpo  Módulo IV – Estilo Pessoal  Módulo V – Guarda roupa  Módulo VI - Análise das cores  Módulo VII – Looks para ocasiões especiais

3 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO I SURGIMENTO DA ATIVIDADE DO PROFISSIONAL DE IMAGEM E ATUAÇÃO NO MERCADO

4 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO I – SURGIMENTO DA ATIVIDADE DO PROFISSIONAL DE IMAGEM E ATUAÇÃO NO MERCADO HISTÓRICO DA PROFISSÃO DO PERSONAL STYLIST E CONSULTOR DE IMAGEM: A idéia de Consultor de Imagem surgiu nos EUA e existe há 30 anos. Quando foi iniciada essa atividade profissional, se dirigia apenas a políticos, modelos e esportistas. Nos últimos seis anos houve um aumento significativo na utilização deste serviço. Em 2002 já existiam cerca de 200 mil profissionais especialistas em imagem trabalhando em todas as camadas de público. Hoje em dia essa profissão está em franca ascensão e atua na valorização da identidade pessoal e profissional de forma tão importante quanto outros trabalhos de consultoria de carreira e negócios. A consultoria de imagem é usada para a adequação e valorização da imagem em diversas situações profissionais, sendo mais utilizada pela classe política, artística, por dirigentes de grandes empresas e profissionais que sentem a necessidade de valorizar ou agregar outros recursos à imagem profissional e pessoal. Os meios de comunicação se sofisticam e evoluem rapidamente, e a sociedade tem a necessidade de imagens que os valorize e promovam uma identificação mais do que nunca. DIFERENÇAS ENTRE PERSONAL STYLIST E CONSULTORES DE IMAGEM: O trabalho em si do Personal Stylist é voltado único e exclusivamente á moda. Esse profissional tem como objetivo vestir uma pessoa adequadamente, respeitando biotipo, cores, estilo pessoal estilo de vida, ou seja aproveita o melhor da moda e adapta ao estilo da pessoa. É dever do personal stylist descobrir o estilo do cliente e conciliar ao mesmo tempo o tipo físico e o interior dele, fazendo com que se sinta mais confortável e confiante em suas roupas e, por conseqüência, expressando com autenticidade seu verdadeiro eu. O Consultor de imagem avalia a imagem geral de uma pessoa considerando pele, cabelo, maquiagem e também orienta a o cliente sobre comportamento e etiqueta social. Encontrar um estilo é um dos aspectos mais importantes para se explorar e valorizar a imagem pessoal. É importante saber também que, para vestir alguém, é preciso sair de seus valores e ver o outro. Um profissional que resolve modificar totalmente o estilo de uma pessoa do dia para a noite, impondo seu gosto pessoal, faz com que o cliente perca a sua identidade; ele vai se olhar no espelho e ver que não é ele. Uma transformação tem de ser lenta e respeitar o estilo do cliente “Toda pessoa tem um estilo pessoal baseado em sua história de vida, profissão, idade, local onde mora, biótipo e hobby”

5 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO I – SURGIMENTO DA ATIVIDADE DO PROFISSIONAL DE IMAGEM E ATUAÇÃO NO MERCADO IMAGEM VISUAL / COMUNICAÇÃO VERBAL E NÃO VERBAL: Estudos mostram que 55% da primeira impressão que as pessoas tem de você é baseada na sua aparência e ações, 38% em seu tom de voz e 7% no que você diz, demonstrando assim que somos criaturas visuais. Nos primeiros dez segundos você estará sendo julgado quanto a classe social, a situação financeira, à personalidade e ao nível de sucesso. Essas impressões ditam como será a interação com a pessoa julgada: se positiva, há aceitação, porém, caso seja negativa, a tendência é fechar a porta para ela. A comunicação verbal fazemos uso das palavras para nos expressar. A comunicação não verbal ocorre através de códigos e das características físicas, expressão facial, linguagem corporal e características vocais. IMAGEM X IDENTIDADE: 1.A imagem é o produto da imaginação seja ela consciente ou inconsciente; 2.A imagem é como os outros nos vêem, nos percebem; 3.A Identidade é quem somos; 4.Conceito resultante de um conjunto de experiências que apresentamos em relação a um produto uma personalidade, uma empresa, etc.

6 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO I – SURGIMENTO DA ATIVIDADE DO PROFISSIONAL DE IMAGEM E ATUAÇÃO NO MERCADO ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DE IMAGEM NO MERCADO E SUAS ATRIBUIÇÕES: O Profissional de imagem tem como atribuições:  Assessorar e orientar clientes na escolha e uso adequado de cores, texturas, e tecidos que irão valorizar o tipo físico.  Orientar sobre como se vestir apropriadamente em diversas ocasiões, sejam elas profissionais ou pessoais.  Auxiliar na montagem de uma guarda-roupa coordenado, com o objetivo de facilitar o dia-a-dia do cliente  Orientar compras coordenadas como o etilo do cliente  Ajudar o cliente a se vestir com economia/inteligência.  Orientar sobre cabelo/maquiagem/cores assim como sobre etiqueta e linguagem corporal. CLIENTES EM POTENCIAL: Profissionais liberais, personalidades, executivos, apresentadores, políticos e pessoas que querem se vestir bem. O Público alvo são pessoas financeiramente bem posicionadas, mas é preciso analisar bem o trabalho que será desenvolvido com o cliente antes de dar o orçamento, tudo deverá ser levado em conta, desde um look para um evento de apenas um dia, como casamentos até para grandes eventos como as semanas de moda.

7 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO I – SURGIMENTO DA ATIVIDADE DO PROFISSIONAL DE IMAGEM E ATUAÇÃO NO MERCADO DICAS IMPORTANTES SOBRE A PROFISSÃO: Na divulgação dessa atividade é importante lembrar que a profissão não combina muito com anúncios em jornais e revistas: Leia livros e revistas, visite sites sobre moda, mantenha-se atualizado sobre as últimas tendências nacionais e internacionais. A internet é uma grande ferramenta de pesquisa disponibilizando em tempo real todas essas informações. Sempre que possível participe de eventos de moda nacional e internacional. Para se aperfeiçoar na profissão ofereça-se para trabalhar como assistente ou estagiário de um Personal Stylist, mesmo que não seja remunerado, lembre-se que o que vale é a experiência. Afilie-se como membro das associações nacionais e internacionais de Personal Stylist e Consultores de imagem. Muitas pessoas e empresas recorrem as associações da área quando buscam um profissional. Isso valoriza bastante a profissão. Quando já estiver atuando tente aparecer na mídia, mesmo que seja local, seja falando do seu trabalho ou sobre assuntos relacionados a moda. Isso é uma excelente forma de divulgação. Faça uma rede de contatos com pessoas ligadas a moda como produtores de programas de TV, editores de revistas de moda ou jornais. Tenha um diferencial na profissão, pois lembre-se que a melhor propaganda ainda é o boca a boca e se seu cliente ficou satisfeito com seu trabalho, com certeza irá indicá-lo a outras pessoas. Faça cartão de visitas e envie mala direta divulgando seus trabalhos. Crie um site ou um blog divulgando seu trabalho Faça parceiras com locais bem frenquentados como eventos, boutiques, centros de estética e saúde, Spa´s, salões de beleza. Dê palestras em empresa para secretárias e executivos, esses profissionais valorizam muito a credibilidade que a boa imagem traz. Dê treinamento a vendedores e gerentes de lojas sobre como orientar melhor seus clientes Dê Assessoria a lojistas na compra de peças para compor a coleção da loja com o objetivo de orientar o cliente a compor seu guarda-roupa da estação.

8 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES

9 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES IDENTIFICANDO TIPOS FÍSICOS E CONHECENDO MEDIDAS: Tipo físico As formas do corpo variam de pessoa para pessoa; duas pessoas podem usar o mesmo numero, mas ter formatos de corpo diferentes, pois além da variedade de etnia há a miscigenação, e não se esqueça de eu as forma do corpo de uma pessoa mudam conforme avança a idade; por tudo isso, o que cai como uma luva para uma pessoa pode não dar certo para outra. Para determinar o tipo físico do cliente vamos fazer análise horizontal e vertical, tirar medidas e verificar proporções. É importante observar itens como postura, barriguinha, bumbum arrebitado x falta de bumbum, quadril largo x estreito demais, ombros largos x estreitos, peito aberto x fechado, seios muito grande x seios muito pequenos, panturrilha, coxas, defeitos físicos (braços mais longo que outro, sequelas de acidentes). No caso das mulheres ainda situações de pós-parto. Tabela de Medidas

10 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Ideal – Peso ideal, ombros e quadris alinhados, cintura fina (+ / - 25 cm menor que a medida do busto / quadril) seios de tamanho médio, curvas suaves, coxas proporcionais. É raro ! Triangulo – Os ombros são mais estreitos que os quadris / coxas, geralmente seios pequenos, cintura fina, costas estreitas, em geral engordam no bumbum e coxas e geralmente tem as pernas grossas. Triangulo invertido – Os ombros são mais largos que os quadris/coxas, seios fartos, costas largas, geralmente engordam no torso e braços, a maioria tem pernas longas e finas. Retângulo – Peso ideal ou acima, ombros, quadris e cintura praticamente alinhados, sem cintura definida, engordam por inteiro, pernas geralmente arredondadas. Ampulheta: Linhas arredondadas, ombros e quadris alinhados, cintura bem estreita, geralmente engordam nos quadris e coxas, busto cheio, bumbum e quaris arredondados. Oval – A região da cintura é a parte mais larga do corpo, ombros e quadris são mais estreitos e seios pequenos, ombros geralmente caídos, pernas finas, engordam primeiro na cintura e na barriga.

11 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Triangulo – Os ombros são mais estreitos que os quadris / coxas, geralmente seios pequenos, cintura fina, costas estreitas, em geral engordam no bumbum e coxas e geralmente tem as pernas grossas. Objetivo desse tipo físico: Esconder o quadril largo e a coxa volumosa e aumentar a largura dos ombros. Chamar a atenção para a parte de cima do corpo para chegar a um equilíbrio Evitar:  Calça cigarrete ou strech  Detalhes na altura dos quadris como bolsas, bordados, babados, etc.  Calças com pregas  Cintos largos ou muito fininhos jogados nos quadris  Blusas ou vestidos de alças finas  Casacos e jaquetas na altura do quadril de corte quadrado  Saias e vestidos rodados, tipo godê ou com pregas  Minissaia curtíssima  Manga raglã  Parte de cima da roupa com cores escuras, sendo a parte de baixo clara. Abusar  Golas volumosas e cheias de detalhes  Mangas de ombros caídos  Linhas horizontais que saiam do ombro ou detalhes no ombro  Colares e brincos que chamam atenção para a parte superior do corpo  Ombreiras discretas  Saias e calças secas de cores escuras e corte reto (não muito justo)  Parte superior da roupa de cor clara, colorida ou estampada, parte de baixo escura.

12 Fernanda Milito – Consultoria de imagem Módulo II – Identificando Biotipo e Proporções TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Triangulo invertido – Os ombros são mais largos que os quadris/coxas, seios fartos, costas largas, geralmente engordam no torso e braços, a maioria tem pernas longas e finas. Objetivo desse tipo físico: Balancear o volume entre os ombros e o quadril Evitar:  Blusas de tecidos volumosos com muitos detalhes na altura do busto ou de linhas horizontais  Blusas ou jaquetas curtas, acinturadas ou não  Calças justas de boca afunilada  Ombreiras  Mangas de ombros caídos  Mangas bufantes  Saias e vestidos justos e afunilados  Blusas de decote canoa, frente única e tomara que caia Abusar  Manga raglã ou cava americana  Saia evasê rodada ou reta  Modelos soltos  Camisas (sem golas exageradas)  Twin-set  Cores escuras na parte de cima  Blusas de linhas simples  Blusas modelos cachê-coeur  Saias ou calças com volume na parte de baixo. As pantalonas são grandes aliadas  Vestidos acinturados por pences  Minissaia

13 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Retângulo – Peso ideal ou acima, ombros, quadris e cintura praticamente alinhados, sem cintura definida, engordam por inteiro, pernas geralmente arredondadas. Objetivo desse tipo físico: Criar a ilusão de uma falsa cintura Evitar:  Camisas ou camisetas largas ou retas, curtas ou compridas  Golas altas  Casacos e jaquetas de corte reto e nunca usados com cinto  Jaquetas curtas  Blusa de lã com pontos grossos e largos  Vestidos de corte reto Abusar  Looks acromáticos  Vestidos de cintura baixa  Cardigã longo  Calças com pregas  Calças boca de sino  Blusas e camisetas levemente acinturadas por pences  Detalhe de pences em camisas e camisetas  Casacos e jaquetas acinturados e ajustados por pences na altura do joelho ou do quadril  Detalhes verticais como zíperes e pespontos  Blusas com decote V ou U  Vestidos sem recortes eu afinem a silhueta  Cintos usados de forma diagonal ou deslocados  Tricô de malha fina ou acinturada  Calça pantalona

14 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Ampulheta: Linhas arredondadas, ombros e quadris alinhados, cintura bem estreita, geralmente engordam nos quadris e coxas, busto cheio, bumbum e quaris arredondados. Objetivo desse tipo físico: Minimizar a coxa, valorizar a cintura fina, disfarçar o busto para não aparecer muito volumoso, se a mulher for esbelta e tiver altura mediana, poderá usar quase todos os tipos de roupa, pois fica mais fácil valorizar o tipo físico. Se estiver acima do pesa, tenha prudência quanto ao tipo de roupa que usará. Evitar:  Malhas de tricô volumosos ou roupas com muito volume que esconda as formas  Linhas horizontais  estampas na altura do busto ou coxa  ombreiras  casacos amplos de corte quadrado  vestidos largos de corte reto Abusar  Calças de corte reto e cintura baixa  Vestidos tipo envelope trespassado ou justo (não agarrado) e levemente acinturado  Linha verticais  Saias fluidas evasê ou justas (não exagere). Decida de acordo com o estilo pessoal  Casaco de lã na altura dos joelhos e amarrados por cinto

15 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS FEMININOS: Oval – A região da cintura é a parte mais larga do corpo, ombros e quadris são mais estreitos e seios pequenos, ombros geralmente caídos, pernas finas, engordam primeiro na cintura e na barriga Objetivo desse tipo físico: Criar uma linha que alongue e chamar a atenção par o rosto e ombros Evitar:  Roupas : claras com brilho, que deixam a barriga de fora, com listras horizontais, com pregas babados e drapeados, com tecidos volumosos,  Calças: de cintura baixa e com muitos detalhes; boca de calça afunilada ou larga demais, fuseau ou strech; com pregas.  Blusas: camisetas muito largas, com alça muito fina, por dentro da calça  Vestidos: com alças finas, justos e afunilados, com recorte abaixo do busto,  Saias: justas, afuniladas e rodadas  Jaquetas : curtas e recorte quadrado  Acessórios: gola tipo rolê, ou echarpes justas ao pescoço, colar tipo coleira ou de muitas voltas, cintos e faixas que marquem a cintura Abusar  Cardigã e casacos abaixo do quadril de recorte e caimento retos  Vestido de cintura baixa ou com corte diagonal  Listras verticais ou diagonais, pences e recortes  Calças de corte reto, com o comprimento tocando o peito do pé  Roupas de cores escuras  Roupas do tamanho certo, nem largas, nem justas  Devote em V ou U  Mangas ¾ mais largas  Twin-set lembre-se que o ideal é que a bainha esteja abaixo do quadril  Saia reta ou ligeiramente evasê

16 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Ideal – Os ombros são mais largos que os quadris/coxas, peito aberto e costas largas, geralmente engordam no torso e braços, geralmente tem pernas longas e finas. Exceção quando a largura do ombro é exageradamente maior que do quadril (tipo surfista) Triangulo – Os ombros são mais estreitos que os quadris/coxas, peito fechado, costas estreitas, geralmente engordam no bumbum e coxas, geralmente tem as pernas grossas e barriguinha avantajada. Retângulo – Peso ideal ou acima, ombros, quadris e cintura praticamente alinhados, sem cintura definida, engordam por inteiro, pernas geralmente finas Oval – A região da cintura é a parte mais larga do corpo, ombros e quadris são mais estreitos e seios pequenos, peito fechado ombros geralmente caídos, pernas finas, engordam primeiro na cintura e na barriga.

17 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Homem de estatura baixa: Evitar:  Barras italianas  Sapatos de salto alto  Gravatas e lapela largas  Paletós, jaquetas ou parcas largas e/ou muito compridas  Calças de cavalo baixo Abusar  Look do mesmo padrão de tecido e cor  Riscas verticais  Calça na cintura  Ombreira discretas  Blazer que modela mais o corpo  Padronagens miúdas (listas, estampas)  Camisas com lapelas pontudas e colarinho mais estreito

18 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Homem com sobrepeso: Evitar:  Mangas muito largas ou justas  Calças com pregas  Ombreiras em evidencia  Lapelas largas  Paletós acinturados  Coletes, pois dão mais volumes  Listas horizontais  Estampas chamativas  Camisetas curtas e justas de cor clara  Roupas coloridas ou brilhantes  Malhas caneladas Abusar  Look do mesmo padrão de tecido e cor  Riscas verticais  Calça na cintura  Ombreira discretas  Blazer que modela mais o corpo  Padronagens miúdas (listas, estampas)  Camisas com lapelas pontudas e colarinho mais estreito

19 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Homem tipo atleta: Evitar:  Camisas mais justas. O ideal é que caiam confortavelmente sobre o corpo  Ombreiras  Listas horizontais  Estampas exageradas  Roupa social justa, tanto calça quanto paletó Abusar  Roupas esportivas

20 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Homem de estatura alta: Evitar:  Gravatas muito finas  Camisas e malhas de listas largas verticais  Look monocromático  calça de cós muito alto ou muito baixo Abusar  Listas horizontais  calça com barra italiana  Camisas coloridas, pois vão chamar mais atenção do que a altura  Ombros maiores  Paletós um pouco mais compridos  Calcas com pregas

21 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES TIPOS FÍSICOS CLÁSSICOS MASCULINOS: Homem com barriga pronunciada: Evitar:  Coletes  Camisas justas e curtas  Estampas grandes Abusar  Cós de calça na altura do umbigo  Jaquetão – desde que não seja de estatura baixa  Camisas de cores escuras  Tecidos mais pesados e com boa caida, sem marcar a gordurinha

22 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES ILUSÃO DE ÓTICA Para parecer mais alto:  Usar linhas verticais como decote V, calças e blazer aberto  Usar monocromáticos ou valores semelhantes  Usar meia e sapatos do mesmo tom  Evitar linhas horizontais ( bainha italiana, barra estampada) e contrastes  Usar paletó de 3 botões e risca de giz  Usar sapatos com um pouco de salto.  Usar cintos estreitos, combinando ou na cor da roupa, sem fivela chamativa;  Chamar a atenção para os ombros  Evitar blusas terminando na altura da cintura  Evitar casacos e/ou jaquetas muito curtos  Usar túnicas e ou tops estilo blousée Para parecer mais baixo:  Usar detalhes horizontais com lapelas grandes, listas horizontais, bainha italiana e bolsos  Usar contraste e cor  Usar detalhes grandes na roupa  Evitar muitas linhas verticais  Evitar monocromáticos  Evitar detalhes muito pequenos proporcionalmente ao tamanho do cliente  Usar fivelas e cintos mais largos Para parecer mais magro  Usar linhas verticais  Usar monocromáticos  Usar cores médias e escuras com cores vivas perto do rosto  Usar linhas fluidas  Evitar linhas horizontais abaixo do ombro  Evitar peças largas ou justas demais  Evitar abotoamento duplo  Usar saias retas e/ou levemente afuniladas Para parecer mais gordinho  Usar detalhes horizontais, cintos largos, listras, barra italiana, bolsos  Usar pregas  Usar tecidos volumosos com textura  Usar sobreposições  Usar contraste  Evitar linhas verticais  Evitar três botões ou paletós acinturados

23 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES ILUSÃO DE ÓTICA Para abrir os ombros e equilibrá-los com o quadril:  Chamar atenção para os ombros e peitoral  Usar ombreiras  Usar linhas horizontais na região do ombro ex. lapelas que apontam para cima e para fora, decote canoa  Usar blusas e camisas coloridas com calças e saias escuras  Evitar bolsos na altura dos quadris  Evitar mangas com punho detalhado  Usar linhas verticais abaixo da cintura  Evitar blusas e casacos marcando muito a cintura  Evitar calças saias e vestidos que afunilam na barra  Evitar decotes muito profundos, tomara-que-caia, um ombro só  Evitar cintos caídos ou muito largos na altura dos quadris  Evitar colares lenços, echarpes muito compridos Para aumentar e/ou levantar ombros caídos  Usar ombreiras  Usar detalhes horizontais na blusa/camisa  Usar golas e lapelas eu apontem para fora e para cima  Evitar manga raglã  Usar decotes quadrados e canoa  Evitar blusas muito justas ou evasê  Evitar tomara-que-caia e blusas de alcinhas muito fininhas. Para desviar a atenção do tornozelo e panturrilha:  Evitar calças que terminam no tornozelo ou panturrilha  Evitar sapatos muito chamativos  Usar salto mais baixos  Evitar calça e saia muito justa (que afunilam no tornozelo ou terminam na altura da panturrilha.  Evitar botas de cano curto, sandálias amarradas ou com tiras no tornozelo, sapatos de gáspea muito alta  Evitar meia-calça muito clara Para suavizar ombros largos demais ou quadrados  Usar manga raglã  Chamar atenção para o centro do corpo com decote V, blazer aberto, lapelas longas e estreitas  Evitar detalhes no ombro  Evitar mangas bufantes

24 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES ILUSÃO DE ÓTICA Para disfarçar as coxas:  Usar roupas que não prendam o movimento  Evitar tecidos agarrados e/ou volumosos abaixo da cintura  Evitar bolsos na altura dos quadris  Usar calças retas e soltas  Evitar shorts muito curtos  Evitar mangas com punho desenhado  Evitar blusas e casacos acinturados que terminem na parte mais larga no quadril  Usar saias e vestidos soltos, mas sem volume  Evitar saias muito curtas Para alongar as pernas visualmente:  Usar roupas com linhas verticais abaixo da cintura  Usar calças retas, com vinco  Usar monocromáticos  Evitar cintura baixa  Evitar barra italiana  Usar cintos, meias e sapatos da mesma cor da calça  Usar um pouco de salto com saias abaixo do joelho  Usar saltos  Evitar cintos caídos ou muito largos na altura dos quadris  Evitar tiras no tornozelo e sapatos gáspea longa Para diminuir o volume do bumbum:  Usar calças retas e soltas  Evitar bolsos na altura das nádegas  Evitar saias e shorts muito curtos  Evitar cintura baixa ou alta  Usar blusas e casacos soltos  Evitar blusas e casacos acinturados  Evitar tecidos muito agarrados e/ou volumosos abaixo da cintura  Evitar estampas muito grandes  Usar saias e tecidos soltos sem volume ou pregas  Saias caem melhor do que calças  Evitar cintos caídos ou muito largos na altura dos quadris Para Para ter bumbum mais cheio (especialmente no perfil):  Evitar roupas muito agarradas  Usar calças retas e soltas  Usar saias e vestidos soltos  Usar calça jeans strech  Usar calça com bolso atrás

25 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES ILUSÃO DE ÓTICA Para suavizar o tamanho dos seios:  Usar linhas verticais, decote V, blazer aberto, camisa com botões  Se o peito for caído, evitar decotes muito profundos  Usar blusas mais soltas, em tecidos leves  Evitar golas muito grandes cobrindo o busto  Evitar mangas eu terminam na altura do peito  Evitar volume na altura do peito (textura, estampa, pregas, bolsos, sobreposições, coletes, spencers, boleros, etc.  Evitar calças, saias, vestidos de cintura alta  Evitar cintos largos Para aparentar seios maiores  Adicionar volume na altura do peito (textura, estampa, pregas, bolsos, sobreposições, coletes, spencers, boleros, etc.)  Evitar decotes profundos e blusas muito justas  Evitar colares compridos  Echarpes, lenços e colares curtos ajudam a criar volume na região do seio Para afinar e/ou alongar o braço:  Usar manga raglã  Usar punhos discretos  Evitar mangas justas ou largas demais  Evitar mangas curtas demais Para disfarçar braços finos demais ou compridos demais  Usar mangas com punho ou mangas com detalhes  Evitar mangas largas  Evitar raglã, mangas muito justas ou muito curtas  Ideal manga ¾. Para disfarçar a parte mais cheia do braço  Evitar regatas e mangas curtas  Evitar mangas justas demais, curtas demais e transparentes  Evitar mangas bufantes ou com detalhes  Ideal manga ¾.

26 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES ILUSÃO DE ÓTICA Para disfarçar barriguinha (ou barrigona):  Chamar atenção para os ombros  Usar blusas e casacos soltos  Evitar blusas e casacos marcando a cintura  Evitar estampas muito grandes  Evitar padronagens carregadas  Usar camisa por dentro da calça, levemente solta  Usar túnicas ou tops estilo blousée  Evitar calças e saias de cintura baixa ou alta  Dar preferência a saias ao invés de calças  Evitar cintos caídos ou muito largos Para alongar o torso:  Usar cintos combinando com a camisa  Linhas verticais em blusas e camisas  Usar cintura baixa  Usar suéteres sobre a calça  Usar paletó mais longo  Usar colares longos e echarpes compridos  Evitar tops e casacos muito curtos, coletes, spencers e boleros  Evitar calças, saias e vestidos de cintura alta ou com cós muito largo  Usar faixas e cintos estreitos ou caídos Para alongar/afinar o pescoço  Usar decotes mais abertos (especialmente V)  Evitar golas altas e decote careca  Usar colarinho mais baixo  Usar echarpes e lenços mais longos, de tecidos leves, evitando amarrá-los muito próximos ao pescoço  Evitar colares muito curtos e gargantilhas Para disfarçar o pescoço comprido e fino  Usar golas altas  Usar colares curtos e gargantilhas  Usar echarpes e lenços amarrados no pescoço  Evitar decotes muito abertos e profundos  Evitar brincos longos e estreitos

27 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO II – IDENTIFICANDO BIOTIPO E PROPORÇÕES PONTO FOCAL – Disfarçando as imperfeições

28 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III FORMATOS DO ROSTO

29 Fernanda Milito – Consultoria de imagem Módulo III – FORMATOS DO ROSTO A Escolha dos acessórios deve estar em harmonia com o tipo de traço do cliente. Traços mais delicados pedem acessórios mais delicados. Traços angulares pedem acessórios com linhas mais retas em angulares GRANDE PEQUENO ANGULARES ARREDONDADOS SUAVES BEM DEFINIDOS Além da delicadeza dos traços é preciso considerar o tamanho das pessoas. Pessoas maiores precisam de acessórios maiores e as pessoas menores, acessórios pequenos. Para identificar o tipo de rosto, você pode medí-lo, fotografá-lo ou apenas observar. O importante é detectar o formato do rosto, prestar atenção ao tipo de contorno. Se você optar por medir:  Meça o rosto na altura das bochechas, no ponto mais largo  Meça o rosto na altura do maxilar, no ponto mais largo  Meça a largura da testa

30 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO ROSTO OVAL CARACTERÍSTICAS  Comprimento igual a 1,5x a largura  Um pouco mais estreito no maxilar que nas têmporas  A linha do cabelo é geralmente arredondada  É considerado o formato ideal de rosto RECOMENDAÇÕES Acessórios: Pode usar praticamente tudo, contando que seja proporcional ao tamanho do rosto; brincos de tamanho médio, próximos a orelha são a melhor escolha; se o pescoço for muito curto, evitar pingentes Decotes: Qualquer estilo Óculos: Usar armações tão largas ou um pouco mais largas que a parte mais larga do rosto; a parte superior da armação deve seguir a linha da sobrancelha; evitar armações que repitam o formato do maxilar; evitar hastes muito baixas

31 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO ROSTO REDONDO CARACTERÍSTICAS  Largura igual ao comprimento (pode haver pequena variação)  Queixo e linha do cabelo arredondados RECOMENDAÇÕES Acessórios: Usar brincos mais longos que largos, ovais ou pontudos e argolas estreitas; colares abaixo da base do pescoço, formando um desenho oval; evitar brincos muito redondos, cheios, grandes, perto da orelha e argolas redondas e grandes. Decotes: Verticais, em V, colarinhos um pouco abertos Óculos: A armação não deve ser muito mais larga que o rosto; evitar óculos redondos; a parte superior deve seguir a linha da sobrancelha; evitar hastes decoradas ou chamativas.

32 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO ROSTO RETANGULAR CARACTERÍSTICAS  Longo, mais longo que largo (mais que 1,5x a largura)  Tem a mesma largura de testa e maxilar, sendo os dois mais quadrados  Tem o maxilar mais estreito e as linhas mais arredondadas RECOMENDAÇÕES Acessórios: Usar brincos de tamanho médio ou grande que ajudem a adicionar volume ao rosto, como botões e argolas arredondadas; evitar brincos longos e argola finas e compridas; evitar colares compridos Decotes: (longo), horizontais, amplos quadrados, colarinhos bem abertos (retangular), decotes horizontais, amplos e redondos. Óculos: A armação deve ajudar a encurtar o rosto; ara criar uma ilusão de um rosto mais largo, ela deve acentuar mais a largura que a altura; a parte superior deve seguir a linha da sobrancelha; a parte inferior deve apontar para baixo; experimente hastes decoradas ou em cor contrastante.

33 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO CORAÇÃO / TRIÂNGULO INVERTIDO CARACTERÍSTICAS  Testa larga e maxilar estreito, queixo delicado e linhas do rosto mais angulares  No formato coração o pico a viúva (uma entradinha de cabelos forma de v no meio da testa) é acentuado e queixo delicado  No Triângulo invertido linhas mais angulares RECOMENDAÇÕES CORAÇÃO Acessórios: Pingentes ovais com a base mais larga para adicionar volume a altura do queixo; evitar brincos grandes e botões; os acessórios devem ser mais arredondados TRIANGULO INVERTIDO Acessórios: Pingentes ovais com a base mais larga para adicionar volume na altura do queixo; evitar brincos grandes e botões; os acessórios devem ser mais geométricos. Decotes: Horizontais, amplos, redondos ou quadrados Óculos: A armação deve ser da mesma largura ou um pouco mais estreita que a testa; a parte superior deve seguir a linha da sobrancelha; a parte inferior deve apontar para fora; usar hastes mais baixas.

34 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO PERA/TRIÂNGULO & DIAMANTE CARACTERÍSTICAS PERA/TRIANGULO – Maxilar largo e testa estreita DIAMANTE – Maçãs do rosto super salientes, testa e maxilar estreitos RECOMENDAÇÕES Acessórios: Usar brincos que adicionem volume a parte superior do rosto, na região do lóbulo; o comprimento não deve estar na linha do maxilar; devem ter forma angulares que apontam para cima; evitar brincos muito pequenos e pingentes longos. Decotes: verticais como U e V, lapelas estreitas e colarinhos abertos Óculos: A armação deve equilibrar as partes superior e inferior de seu rosto; ela não deve ser mais estreita que a parte mais larga do rosto; o ideal é usar armações um pouco mais largas ou tão largas quanto a parte mais larga do maxilar; usar hastes decoradas ou em cor contrastantes; elas devem estar posicionadas acima da linha dos olhos.

35 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO III – FORMATOS DO ROSTO QUADRADO CARACTERÍSTICAS  Testa, maxilar e maças do rosto na mesma largura, queixo e linha do cabelo quadrado RECOMENDAÇÕES Acessórios: Usar brincos de tamanho médio, redondo e angulares com cantos arredondados; pingentes que não adicionem largura ao rosto nem chame atenção par ao maxilar; evitar brincos quadrados ou botões exagerados; evitar gargantilhas. Decotes: verticais como U e V, lapelas estreitas e colarinhos abertos Óculos: A armação deve evitar chamar a atenção para a parte inferior do rosto; usar armações que apontam para cima, elas não devem ser mais estreitas nem largas que a parte mais largado rosto; usar hastes decoradas ou em cor contrastante; posicionadas acima da linha dos olhos.

36 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV ESTILO PESSOAL

37 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL Para o profissional encontrar a roupa ideal para seu cliente, cinco itens devem ser analisados: 1.PERSONALIDADE:Identifique-a e saiba como a pessoa quer ser projetada perante os outros 2.ESTILO DE VIDA: o que a pessoa faz em geral e as roupas que precisa para tias atividades 3.CORES:as que realçam mais as melhores características da pessoa 4.CORPO:as partes do corpo que mais favorecem a pessoa devem estar em evidencia e a que menos favorecem devem ser escondidas 5.ESTILO DE ROUPA: o estilo que mais favorecerá a pessoa A função do consultor é ajudar o cliente a descobrir/identificar seu estilo (além das cores, que mais lhe caem bem) e desenvolver roteiros para todas as ocasiões. Estilo tecnicamente é uma forma de apresentar elementos que simbolizam uma mesma categoria de classe. Existem 7 padrões universais de estilos. Toda pessoa é a combinação de dois ou três estilos. Para levantar o estilo do cliente é preciso entender a relação que ele tem com a roupa. ESPORTIVO TRADICIONALELEGANTE CLÁSSICOS ROMANTICO SEXY DRAMÁTICO CRIATIVO TEMÁTICOS

38 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO ESPORTIVO OU NATURAL Quem segue o estilo esportivo não consome tempo com vaidades; esse estilo está ligado a praticidade, ou seja é prático para usar e cuidar. A limitação desse estilo está nas ocasiões formais e nas profissões ultraconservadoras. PREFERÊNCIAS Roupas confortáveis que não apertam; Despojadas e alegres, sobreposição de peças; Roupas funcionais com design esportivo; Detalhes com bolsos, zíperes e galões; Tecidos naturais de fácil cuidado e duráveis; tecidos opacos, firmes e texturados Acessórios simples, funcionais e de fácil combinação com as roupas; Bolsas grandes e práticas; Cores vivas e pastel, neutras e tons terrosos, com três ou quatro cores no visual; Sapato baixo ou de plataforma

39 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

40 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO TRADICIONAL O estilo tradicional impõe respeito, deixando as pessoas que o usam com ar formal, por ser muito serio e rígido. As pessoas que seguem esse estilo são tradicionais em relação a imagem e à aparência e não seguem moda. É o visual aceito universalmente no meio profissional, pois além de transmitir um ar conservador é um visual maduro, passando confiabilidade para aqueles que a cercam. PREFERÊNCIAS Segue o padrão clássico e estruturado, com poucos detalhes e linhas retas; Roupas fluidas que não modelem o corpo; Cores sólidas, estampas miúdas e discretas; cores neutras para ternos, claras para camisas e escuras a medias para gravatas Tecidos opacos, lisos e estruturados, tecidos com lã, seda e jérsei; Visual composto de duas ou três cores

41 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

42 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO ELEGANTE A pessoa que segue o estilo elegante é impecável na aparência, nunca está de mais nem de menos, nem segue modismos, esbanja charme, personalidade e refinamento. É imponente e exigente. Passa uma imagem refinada, chic, que pode chegar a intimidar os outros por sua austeridade. Gosta de investir em peças bonitas, duráveis e, sobretudo de boa qualidade. É um estilo apropriado para qualquer ocasião, principalmente para atividades formais e proeminentes. PREFERÊNCIAS Linha mais clean, roupas com poucos detalhes, e que combinam entre si; Roupas de boa qualidade e que possa usar durante anos, não seguem a moda passageira; suavemente estruturadas, bem talhadas, com poucos detalhes, com corte e caimento perfeitos; Tecidos sofisticados, opacos, lisos sem texturas e fluidos; fibras naturais de qualidade; Cores monocromáticas, tom sobre tom; cores neutras e discretas, claras ou escuras; escuras para ternos e gravatas e claras para camisas. Estampas de motivos abstratos Grifes e combinações luxuosas nos conjuntos;

43 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

44 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO ROMÂNTICO A mulher romântica resgata toda a graça, delicadeza e feminilidade de outros tempo sem sua roupa, beleza é sua teoria. Tem aparência delicada e fresca. O Homem ao mesmo tempo elegante e romântico. PREFERÊNCIAS Roupa com formato e textura delicada; roupas e sapatos de linhas arredondados, roupas estilo princesa; os homens optam pro formas desestruturadas, com silhueta em forma de ampulheta larga; Itens como rendas, laços, fitas; Estampas florais, texturas delicadas; tecidos semi-opacos, fluidos, lisos ou com leve textura Cores sutis, leves, sem contraste, cores claras monocromáticas ou análogos; Flor na lapela, fivelas, faixas no cabelo; Bolsas pequenas e macias, de formato arredondado; Vestidos e sais leves, fluidos, de estampas florais e tons pastel. Acessórios como camafeu, perolas, marcassita, jóias e bijuterias antigas

45 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

46 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO SEXY É uma mulher carismática, exuberante, muito atenta com o corpo e os efeitos que causam nos homens. Tudo que revela o corpo faz parte do guarda-roupa. É um estilo ideal para a noite, muito adotado por cantoras, atrizes e modelos. Homem muito preocupado com seu físico, confiante, namorador, sensual. PREFERÊNCIAS Segue tendências internacionais de moda; Tecidos que marcam o corpo; Decotes, fendas, linhas reveladoras; os homens gostam de roupas que modelem o corpo e que façam aparecer alguma parte dele; a silhueta é em forma de ampulheta com cintura bem definida Tecidos transparentes, com brilho, variados e misturados; Cores chamativas, ousadas (vermelho e preto); homens cores fortes como o preto e azul; Estampa de pele de animal, como cobra, tigre, etc. Saltos Bijuterias em postos estratégicos, como pulseira no tornozelo. Brincos de argola, braceletes, brincos grandes, principalmente strass.

47 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

48 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO CRIATIVO É o estilo que vale tudo, mistura, inova não segue regras de vestiário, não existe o certo e o errado, valem ate roupas do armário da vovó. O que mais caracteriza o estilo á a mistura o mix. Homem anticonvencional, original, autoconfiante e aventureiro. PREFERÊNCIAS Cores terrosas, néon ou ousadamente sóbrias, visual de uma ou várias cores; Acessórios rústicos, étnicos; Roupas e acessórios antigos, Roupas feitas com tecidos de tapeçaria; Estampas japonesas, peles de animais Tecidos variados, misturados e pintados manualmente, Mistura eclética de tecidos e designs, Cores contrastantes, misturadas e peças de toque clássico e antigo.

49 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

50 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO IV – ESTILO PESSOAL ESTILO MODERNO A imagem que a pessoa de estilo moderno nos passa é de alguém distante, ao mesmo tempo sofisticada, com visual cosmopolita. Um elegante exagerado pode ser a definição desse estilo. Estilo que faz um mix de tendências internacionais. PREFERÊNCIAS Roupas estruturadas, com ombreiras, arquiteturais; Cores fortes no contraste como o preto e branco, preto e vermelho, preto e amarelo ou com visual de apenas uma cor, cores sólidas de tramas fechadas; os homens optam por cores neutras par a ternos e escuras a médias para as gravatas. As cores vivas também estão presentes nesse estilo. Estampas exageradas, de bolas grandes, geométricas ou abstratas; Formas estruturadas, roupas com formato de triangulo invertido, ombros destacados, golas exageradas. Roupas de alfaiataria masculina; Sapatos de bico quadrado de plataforma; Acessórios grandes (geralmente usa somente um) Bolsas grandes Roupas de couro

51 Fernanda Milito – Consultoria de imagem

52 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V GUARDA-ROUPA

53 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Objetivo:  Maximizar o uso do que o cliente já possui  Identificar “faltas” no guarda-roupa  Separar roupas apropriadas para cada ocasião  Retirar as peças que não funcionam mais  Evitar erros nas próximas compras  Economizar ao comprar somente o necessário  Poupar tempo ao se vestir (e sair-se bem)  Ter um guarda-roupa mais arrumado Passo a passo: Um cliente poderá contratar o serviço da consultoria completo. Neste caso, quando você chegar ao guarda-roupa, já conhecerá mais ou menos bem o cliente e será simples organiza, eliminar “sobras”, determinar “faltas”. Porém se você for contratado somente para cuidar do guarda-roupa será necessário que, através de um questionário ou entrevista, você procure pontos importantes tais como:  Dados da personalidade do clientes (se conseguir, inclusive o estilo)  Estilo de vida (rotina)  Objetivos  Preferências  Dificuldades e/ou problemas

54 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Primeiro Passo – Entrevista (exemplo) Veja abaixo um guia com algumas perguntas que poderão lhe ajudar a responder os pontos acima. É muito importante que você complemente as sugestões abaixo criando um roteiro próprio para conhecer o seu cliente. Isto vai tornar o seu trabalho exclusivo no mercado e aumentar as chances de satisfação do seu cliente. ALTURA:PESO: 1.Você está feliz com seu corpo (comente)? Tem alguma coisa que lhe incomoda muito ? 2.Com que roupa você dorme ? 3.Se seu guarda-roupa estivesse pegando fogo e você pudesse pegar uma ou duas peças, o que você salvaria ? 4.O que não usaria jamais ? 5.Quem é a mulher/homem (real ou ficção) que lhe serviria de modelo ? (ou que lhe inspira, ou que você gostaria de parecer ? 6.Quais as suas cores favoritas? (cite uma, duas ou três) 7.Assinale os adjetivos com os quais mais se identifica 8. Qual das quatro palavras abaixo define melhor a sua personalidade/estilo

55 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Primeiro Passo – Entrevista (exemplo) 9.Fale um pouco sobre você 10.Porque você gostaria de ter uma assessoria de imagem ? Como você acha que a assessoria de imagem poderia influencia na sua vida pessoal e profissional ? Segundo Passo – A limpeza do guarda-roupa (closet-cleaning) Depois de levantar informações importantes sobre o cliente, mãos a obra! Para cada peça você deverá responder o seguinte roteiro: 1 – Inventário das peças usáveis ( ) a roupa valoriza o tipo físico – 2 pontos ( ) tem bom caimento – 2 pontos ( ) a cor valoriza – 2 pontos ( ) está em boas condições – 2 pontos ( ) está atualizada – 2 pontos RESULTADO 8 a 10 = a peça deve permanecer no guarda-roupa 5 a 7 pontos = verifique se a peça o pode ser alterada/atualizada 0 a 4 pontos = elimine a peça imediatamente IMPORTANTE: a idéia é criar uma pilha de peças sobre as quais se tem dúvida (eliminar ou não) e olhar 24 horas depois é um truque antigo que ainda funciona

56 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Terceiro passo - Coordenação das peças que já existem Depois de eliminar o que não serve mais, você vai começar a montar os casulos. Os casulos são grupos de 5 a 12 peças que podem ser combinadas entre si, formando vários trajes.  Escolha uma estampa para dar início ao grupo. Se optar por trabalhar sem estampa, escolha uma cor dominante  Escolha mais 5 a 8 peças para usar no grupo  Escolha peças básicas, com linhas simples  Cada peça deve combinar com, pelo menos outras duas  Não repita peças no mesmo estilo  Escolha os acessórios para serem usados com estas roupas  Monte grupos para diferentes ocasiões (trabalho, lazer, festa) dependendo da demanda do cliente. Outra técnica menos adotada que também agrada, especialmente se o cliente tem pouca roupa, é eleger as “top 15” do guarda-roupa. E, a partir delas tentar montar novos looks (formar um ou dosi casulos), complementar com as outras coisas que o cliente tem e gosta. Quarto passo – Determinar o que está faltando Esta é a hora de você, caso se sinta a vontade, vender um Personal Shopping. Prepare a lista com sugestoes de peças e procure apresentá-la de forma original. Este trabalho é freqüentemente cobrado por hora(nunca menos que duas independentemente de quantos peças vai comprar). Mas você pode mostrar um pacote completo e inclur este trabalho. Ou ainda você poderá apresentar as sugestões de peças e onde encontrar e o cliente ira avaliar se tem disponibilidade financeira e/ou necessidade de que você vá ao shopping com ele.

57 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Quinto passo – A arrumação das peças no guarda-roupa Pode ser feita por:  Peças  Cores  Atividade  Estilo Mais duas idéias mais aceitas são separar por cores ou, se houver espaço, separar por casulo. Outra idéia que agrada bastante na hora de arrumar o guarda roupa do cliente é fotografar as pecas e montar um book com as coordenações. Ou colocar um cada casulo as fotos das possibilidades daquele grupo. Procure valoriza o que o cliente já possui com idéias criativas, aproveitando roupas de trabalho para passeio e vice- versa. Muitas vezes colocando um acessórios diferenciado você cria um novo Look e isto, geralmente agrada muito. Uma outra coisa importante de se considerar é a visualização. Se o cliente não enxerga o que tem no guarda roupa, terá dificuldades em se vestir. Colocar adesivos nas gavetas de camisetas, ginástica, blusinhas de festa, baladinhas, etc. é sempre interessante. Ou colocar as fotos das peças do lado de fora. Destine a primeira gaveta para lingerie. A seguir, estabeleça como critério de frequência de uso.

58 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Sexto passo – Manutenção das peças  Tricôs – devem ser guardados dobrados em prateleiras. Vestidos e saias também podem ser guardados dobrados.  Roupas de couro – podem ser limpas com uma ou duas gotas de óleo de amêndoas.  Lingeries e underwear – podem ser guardados em caixas de plástico transparentes, sacos de tecido  Meias – esqueça o velho e bom rolinho. Eles acabam com o elástico das meias; coloque os pés juntos e dobrados e coloque tudo em pé para facilitar a visualização.  Cintos – os que pertencem a um traje específico devem ficar no cabide com a roupa; os outros podem ser guardados enrolados (sempre com a fivela para dentro para não riscar) ou pendurados dependendo do gosto e disponibilidade de espaço.  Sapatos – devem “descansar” do lado de fora do armário por algumas horas após o uso. Sapatos de couro usados para trabalhar merecem uma folga (usar dia sim e dia não). Não dever ser empilhados e sim guardados em caixas separadas ou prateleiras com as fotos do lado de fora. Se não houver espaço, opte pela sapateira de pendurar atrás da porta.  Bolsas – Devem ser guardadas em sacos de tecidos com visor ou foto do lado de fora. Convém deixar o enchimento dentro para que mantenham a forma original.  Acessórios – devem ser colocados em caixas de ferramentas pequenas ou caixas de anzol para facilitar a visualização. Separe jóias de bijuterias.

59 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO V – GUARDA ROUPA VANTAGENS DE TER UM GUARDA-ROUPA INTELIGENTE Sétimo Passo – caprichos extras Para que o cliente não fique na mão em uma situação de emergência você deve orientá-lo a ter também em uma gaveta ou canto do armário:  Uma boa escova de tecidos  Papa-bolinhas  Caixa de costura  Cremes de limpeza de sapatos  Não limpe o armário com lustra móveis por dentro  Sprays perfumados próprios para roupas O Uso de sabonetes, muito comum entre mulheres, é uma pratica altamente desaconselhável, pois aumenta a umidade podendo danificar as peças. O mesmo é válido para porta ternos e vestidos de plástico. O ideal é usar sacos TNT com visor de plástico.

60 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI ANÁLISE DE CORES

61 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES A cor é uma mensagem poderosa na comunicação da moda, além de ser um item importantíssimo no efeito da imagem pessoal, pois a cor exerce força psicológica e física. Ela interfere na sua imagem perante as pessoas, e representa a maneira como sentimos. A cor tem o poder de estimular, tranquilizar, deprimir, atrair ou repelir; ela pode nos trazer poder, prazer e sofisticação. Já foi provado cientificamente através de testes que as cores estimulam nossos sentidos, elas comunicam diferentes qualidades as quais respondemos em vários níveis. As diferentes cores e nuances podem passa diferentes efeitos melhorando a compreensão. IDADE = VELHO OU JOVEM DENSIDADE = GROSSO OU FINO ENERGIA = ANIMA OU DESANIMA HUMOR = ALEGRA OU ENTRISTESSE FORÇA = FRACO OU FORTE SABOR = AZEDO, PICANTE, ADOCICADO TEMPERAMENTO = QUENTE OU FRIA PESO = PESADO OU LEVE Para entendermos melohor a sutil diferença entre as cores devemos sempre comparar umas as outras. Isto facilita a visualização dos diferentes efeitos melhorando a compreensão.

62 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES COR X MATRIZ CORES PRIMÁRIAS CORES SECUNDÁRIAS CORES TERCIÁRIAS

63 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES COLORAÇÃO PESSOAL Desenvolvida na década de 40, nos EUA, pelo pintor suíço Johannes Itten, a análise das cores é um sistema visual para se determinar as cores que mais combinam com um determinado individuo de acordo com a sua cor de pele, olhos e cabelo. Nos anos 80 a estilista Suzanne Caygill, estabeleceu quatro tipos básicos de pessoas utilizando como referencia as estações do ano. Assim surgiu a paleta sazonal, mas esse trabalho só ficou conhecido com a publicação do livro “Color of Beautiful, de Carole Jackson. De acordo com o livro, assim como as pessoas tem características físicas diferentes (estrutura óssea, formato do rosto tipo de cor do cabelo, olhos, etc.) as quatro estações também tem suas características. Por exemplo o outono é uma estação dourada...uma pessoa identificada como “outono” deve procurar cores terrosas, quentes e profundas conforme as características desta estação. Características das estações PRIMAVERACores claras, brilhantes, alegres e luminosas que refletem animação VERÃOCores suaves, acinzentadas e sutis que refletem refinamento OUTONOCores quentes, profundas e terrosas que refletem dinamismo INVERNOCores puras, intensas e dramáticas que refletem sofisticação

64 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES APLICANDO A ANALISE DE CORES NO CLIENTE A análise de cores tem como objetivo selecionar as cores que mais valorizem, complementem e harmonizem o cliente, facilitando a compra de roupa, acessórios, maquiagem, tintura de cabelo etc. Durante a análise de cores, o Personal Stylist avalia a cor da pele, olhos e cabelos e então determina a “estação”, o profissional deve escolher e sugerir as cores que mais favorecem. As colhes escolhidas são aquelas que tem as mesmas “qualidades” do cliente. Usar as cores certas:  Ilumina  Dá uma aparência saudável  Descansa  Rejuvenesce  Harmoniza  Melhora a textura da pele  Equilibra as formas Usar as cores errada pode:  Apagar  Dá uma aparência cansada  Envelhecer  Deixar as pessoas pálidas  Acentua marcas de expressão e manchas  Distorce as proporções

65 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES EXEMPLOS DE PALETA PESSOAL PRIMAVERAOUTONO INVERNOVERÃO

66 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VI– ANÁLISE DE CORES APLICAÇÃO DO ATESTE DE COR Através da análise do teste cores você saberá quais as tonalidades que valorizam seu biótipo e ajudam a compor o melhor visual para roupas, acessórios, tom de cabelo e maquiagem. Para mais informações sobre este serviço entre em contato pelos telefones (19) e

67 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS

68 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJES PARA TODAS AS OCASIÕES A roupa é sempre um cartão de apresentação e as pessoas são o que vestem. Portanto ter muito cuidado e respeito com os protocolos é importante Vestir-se bem é demonstrar sucesso e equilíbrio. Não é verdade que quando uma pessoa sobe na carreira ela procura vestir-se melhor para fazer jus a responsabilidade que lhe foi atribuída e igualar-se aos seus superiores ? Muitos até trocam a marca de suas roupas por uma grife de melhor qualidade Não se arrisque nem sugira aos seus clientes roupas de cores berrantes e gravatas psicodélicas ou inadequadas para uma ocasião especial. Tenha cuidado com os acessórios. Na dúvida prefira a discrição e o conservadorismo. Lembre se que roupa bem usada, na hora adequada é sinal de segurança e pode até demonstrar parte da personalidade e nível cultural.

69 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS BLACK-TIE, TÊNUE DE SOIRÉE OU RIGOR O Traje de gala é o mais sofisticado dos looks. Não dá para inventar sob risco de cometer um erro fatal. Quem sai para uma festa assim está definitivamente indo a um acontecimento especial e diferente. Para mulheres, vestidos longos ou curtos sofisticados. As roupas são mais estruturadas. É a vez dos decotes profundos e transparências. Os tecidos podem ser preciosos: brocados, metalizados, tafetá e seda, shatungs, georgettes. Nada de mini saias curtíssimas. Cuidado com franzidos e estampas. Saltos altos, meias finíssimas, carteiras e bolsinhas de metal são bem vindas.

70 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS BLACK-TIE, TÊNUE DE SOIRÉE OU RIGOR (DICAS PARA MULHERES) Abusar de :  Grandes echarpes  Estolas no tecido do vestido  Sapatos cobertos com o mesmo tecido da roupa  Mantôs que cubram totalmente a roupa  Spencers com bordados  Pequenos paletós em tecidos nobres Evitar :  Combinar roupa, bolsa, sapato e estola tudo igualzinho  Se o vestido for estampado os acessórios devem ser lisos e não precisam ser da mesma cor ou material. Abusar de :  Grandes echarpes  Estolas no tecido do vestido  Sapatos cobertos com o mesmo tecido da roupa  Mantôs que cubram totalmente a roupa  Spencers com bordados  Pequenos paletós em tecidos nobres LEMBRETE:  As jóias definitivamente saem do cofre. O importante é não pecar pelo excesso.  A maquiagem deve ser impecável e os cabelos bem elaborados.  Mulheres com mais de 30/35 devem optar por prender os cabelos. Cabelos lisos e/o muito longos ficam melhor para as jovens.

71 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS BLACK-TIE, TÊNUE DE SOIRÉE OU RIGOR (DICAS PARA HOMENS) Para os homens o smoking ! Pode ser clássico com 1 botão e gola de bico ou moderno modelo de 3 botões com gola social. Já está despontando o modelo de 4 botões, conhecido como Smoking europeu. Gola xale nem pensar. A camisa deve ser rigor plissada e a gola pode ser social do tipo vovô (mais usada). A gravata recomendada é a borboleta e a faixa deve ser sempre na cor da mesma. Se no convite constar “Black-Tie” o rigor deve ser absoluto a gravata tem que ser obrigatoriamente preta. Os sapatos devem ser lisos e prefira os clássicos em verniz. Sapatos de amarra não tem nada a ver com smoking. Os pequenos detalhes como abotoaduras, relógios, barba e cabelo bem feitos são detalhes que fecham com chave de ouro. Pode-se usar gel e perfume sem exagero. Ocasiões Bailes, recepções, banquetes, casamentos formais e comemorações especiais quando constar no convite.

72 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS SUMMER OU DINNER JACQUET Uma opção para os dias quentes de verão é o paletó branco de summer ou dinner acompanhado de gravata borboleta, faixa e calça pretos. Agora vale a gola xale para paletó do summer, mas para o dinner a gola é de bico. Muitos fogem dessa alternativa porque acham que ficariam parecidos com um garçom (não é pior do que calça com lista de cetim), mas é uma opção chique e elegante usada por muita gente famosa. Ideal para festa a beira da piscina em hotéis de luxo ou no campo. Se no convite não constar estes trajes, tenha cuidado e, na duvida prefira o preto, pois é bem mais seguro.

73 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TIPOS MAIS COMUNS DE TRAJES MASCULINOS FRAQUE É originário do "hábito de frade". Fazia parte do guarda-roupa do homem elegante de 1840, na Inglaterra, onde, até os dias atuais, só é utilizado durante o dia. No Brasil ele é considerado formal e usado à noite. A sua modelagem lembra um pinguim, com duas abas longas atrás, sem o corte na cintura, na parte da frente. MEIO-FRAQUE Os mais tradicionais têm um só botão e, por isso, deixam à mostra a camisa e a gravata, razão pela qual devem estar sempre bem alinhados. É uma versão tropical do fraque. Utiliza-se com colete de cetim cinza claro e com camisa branca, seja social ou à rigor. CASACA Do francês "casaque". É o traje mais formal e só deve ser utilizado à noite, em casamentos importantes. Há casacas com ou sem gola. Têm o paletó cortado na cintura, na parte da frente, formando um "V". As lapelas são de seda e os mais tradicionais têm 3 botões de cada lado. As Casacas que têm a aba de traz curta são chamadas Meia-Casacas. SUMMER Tem o paletó mais aberto, apropriado para o verão, como o próprio nome diz. As lapelas costumam ser em tecidos brocados, discretos, em tons azuis e vinhos, além do preto. É utilizado com camisa do tipo vovô e gravata Plastrom, no mesmo tom da lapela. Entretanto, se a lapela for preta há liberdade de escolha na cor da gravata. TÚNICA Foram usadas na antiguidade até a Idade Média. Há dois tipos básicos de Túnicas, as Tradicionais e as do tipo Jaquetão. As Túnicas, em geral, têm a gola abotoada no pescoço, mas há aquelas que possuem a gola um pouco mais aberta. Dizem que os termos foram originados a partir dela. SMOKING Também conhecido com Tuxedo nos Estados Unidos (lá não existe a acepção desta palavra), homenagem a um Club onde o mesmo foi lançado por um socialite de nome Griswold Lorillard, em Tornou-se peça formal ao longo do tempo, com o aprimoramento das versões até chegar-se nos paletós atuais, com golas arredondadas, tipo xale, ou com lapelas pontudas com acabamento de cetim preto. Os mais tradicionais têm um só botão. Há também os de abotoamento duplo ou jaquetão com 04 botões" (smoking jacquet). Devem ser sempre utilizados com camisa do tipo vovô plissada, gravata borboleta e faixa horizontal. Para os Noivos admite-se o uso de colete e gravata do tipo Plastrom (escreve-se com "m" mesmo).

74 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TIPOS MAIS COMUNS DE TRAJES MASCULINOS DINNER JACKET Paletó preto ou azul-marinho com lapela de cetim, brocado ou liso. O preto é ideal para ser usado à noite. Suas lapelas são pontudas (conhecidas como gola de bico) e as gravatas que os acompanham devem ser de sua cor e tecidos. Ele é curto atrás, parecendo-se com uma Casaca sem cauda e o "V" na parte da frente é bem mais aberto. RAFINATTI Possui a lapela (ou gola) em tecido fassoné brocado, cujo comprimento vai da altura do pescoço até a base (barrado). Possui 03 botões e é ideal para usar com camisa de gola padre, com botão forrado ou bottom. JAQUETÃO RIGOR Lembram os ternos de abotoamento duplo. Há outros modelos com golas xale em fassoné ou pied-de-poule e outros detalhes. Há também o Jaquetão Europa. TERNO 3 BOTÕES (Convencional) São tradicionais e ficam bem para qualquer pessoa devido ótima simetria. Abotoe-os sempre de cima para baixo e, se quiser deixar um botão aberto, que seja sempre o último. TERNO JAQUETÃO ( Convencional ) Paletó trespassado na frente, com barra reta e em geral, possui quatro ou seis botões. É considerado mais formal do que o terno de três botões. BLAZER ( Convencional ) Inspirados nas antigas "japonas" usados por oficiais e praças por cima do uniforme. O seu nome está relacionado a um Capitão da Marinha Britânica, chamado H. M. S.Blazer, que instituiu o seu uso em É um coringa do guarda-roupa, pois combina com camisa esportiva ou social, calça jeans ou social, com gravata ou sem gravata. Evite-o em ocasiões muito formais, principalmente à noite. Pode ter 2 ou 3 botões, mas não o utilize com botões dourados e nunca arregace as suas mangas.

75 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TENDENCIA 2009 PARA HOMENS – 2 BOTÕES Os ternos do momento são os com 2 botões, assim como os de 3 botões o último botão também deve ficar aberto e não esqueça de abri-los quando sentar. OUTRAS DICAS IMPORTANTES: * O terno preto deve ser evitado no meio profissional, mais indicado para eventos sociais; * Cuidado com o preto total, pode parecer brega; * Nada de usar sapato com sola de borracha; * Os mais antenados pode combiná-los com tênis ( Só não vale tênis para prática esportiva) * A largura da gravata deve ser proporcional a lapela do terno; * Calças com pregas também estão em baixa; * O tecido mais indicado é pura lã, tem para o inverno e verão; * Se usa bastante, compre o melhor que seu bolso puder pagar, vale o investimento.

76 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE SOCIAL OU PASSEIO COMPLETO (MULHERES) Evitar :  Decotes  Fendas devem ser discretos  Acessórios ou jóias muito extravagantes Abusar de : Eventos diurnos:  Conjuntos de crepe;  Tailleurs de seda;  Vestidos de Mousseline  Vestidos podem ser sem alça c/ bordados discretos  Tecidos fluidos e nobre que vão da seda ao tafetá  Bolsas pequenas, sandálias ou sapatos de salto alto Eventos noturnos:  Xales, echarpes, blazers e spencers, mas tudo deve ser sofisticado.  Pérolas ou uma bijuteria sofisticada  Maquiagem e cabelos bem cuidados

77 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE SOCIAL OU PASSEIO COMPLETO (HOMENS) Totalmente formal. Os homens devem abusar do terno de padrão único escuro, com camisa social e gravata. Sapato social escuro. Usado em casamentos, formaturas, jantares formais, coquetéis, comemorações noturnas. É necessário que se use terno escuro ou risca de giz, camisa branca, azul claro ou marfim, gravatas sem estampas com comprimento na altura do cinto ou listradas que além de clássicas nunca saem de moda. Os sapatos devem ser de couro liso, admitindo os modelos de amarrar, de preferência na cor preta. Para quem tem dúvida nas camisas, confira na etiqueta os tamanhos. Os números 2, 3 ou 4 são as mais esportes e números 39, 40 ou 41 são as mais sociais.

78 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE PASSEIO, ESPORTE FINO OU TÊNUE DE VILLE (MULHERES) Abusar de : Eventos diurnos:  Pantalonas e túnica  Tailleurs de calça ou saia com blazer  As bolsas podem ser mais esportivas e maiores Eventos noturnos:  Pretinho básico com acessórios, salto alto e bolsa pequena  Tecidos mais secos: seda, supre-100, linho, algodão e jérsei Evitar :  Nada muito brilhante nos acessórios e nem na maquiagem

79 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE PASSEIO, ESPORTE FINO OU TÊNUE DE VILLE (HOMENS) Esse traje é um pouco mais formal do que o traje esporte, mas não tão sofisticado quanto o social. Na parte da manhã e a tarde é permitido o uso de calças esportivas com blazer, ternos claros com mocassins marrom ou preto. À noite dê preferência ao terno cinza e azul, com mocassim preto e gravata

80 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE ESPORTE (MULHERES) Evitar :  Sedas e brilhos  Acessórios pesados  Se o programa for ao ar livre pode-se usar chapéu. Abusar de :  Rupas estampadas  Camisetas coloridas  Calças e camisas  Vestidinho de alça  Tecidos como crepes, algodão e linho  Calças e sais com suéter (inverno)  Mocassin,  Terninho esportivo  Veludos, camurças e malhas  Tecidos rústicos e naturais,  Maquiagem leve  Bolsas grande de palha ou lona  Sandálias e sapatilhas baixas

81 Fernanda Milito – Consultoria de imagem MÓDULO VII– LOOKS PARA OCASIÕES ESPECIAIS TRAJE ESPORTE (HOMENS) Este é o traje mais informal e simples. “Esporte” não quer dizer com qualquer roupa e muito menos de academia. Aqui não valem shorts, bermudas e sandálias de dedo. Para homens, em uma ocasião mais social o ideal é a calça esporte (aceita-se jeans em bom estado é claro), camisa sem gravata e sapato esporte como um mocassim de couro ou um drive O Visual esporte é sempre mais descontraído, mas deve primar pelo bom gosto. Pode usar ainda, uma camisa pólo ou esporte e uma calça caqui ou jeans Este traje normalmente é usado em festas diurnas como almoços

82 Fernanda Milito – Consultoria de imagem Designed by STATUS – Virtual Assistant Services – Suporte Administrativo Remoto   (NEXTEL) ID 89*5363


Carregar ppt "Fernanda Milito – Consultoria de imagem Curso de Personal Stylist e Consultoria de Imagem FERNANDA MILITO Consultoria de imagem Fernanda Milito é formada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google