A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

B12- A VITAMINA QUE FALTA Como a dieta estritamente vegetariana não contém produtos de origem animal, a vitamina B12 deve ser conseguida em outras fontes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "B12- A VITAMINA QUE FALTA Como a dieta estritamente vegetariana não contém produtos de origem animal, a vitamina B12 deve ser conseguida em outras fontes."— Transcrição da apresentação:

1

2 B12- A VITAMINA QUE FALTA Como a dieta estritamente vegetariana não contém produtos de origem animal, a vitamina B12 deve ser conseguida em outras fontes. Veja aqui as opções.

3 As dietas vegetarianas, sejam elas lactovegetariana, ovolactovegetariana ou vegetariana estrita, também chamada de vegan, podem proporcionar todos os nutrientes necessários para que alguém desfrute uma saúde boa e vigorosa. O nutriente que talvez se constitua uma exceção seja a vitamina B12.

4 Na realidade, tanto a alimentação ovolactovegetariana como a lactovegetariana incluem normalmente, uma quantidade adequada de vitamina B12. Isso porque os 2 modelos contêm produtos lácteos que proporcionam quantidade suficiente dessa vitamina.

5 Desde que o organismo absorva a vitamina B12, não deve haver problemas. No entanto, em uma dieta vegan, por não incluir qualquer produto de origem animal, a questão é diferente. Se a citada vitamina não for fornecida pelos alimentos, precisa ser encontrada em outra fonte.

6 A quantidade de vitamina B12 necessária ao organismo é pequena. As estimativas variam de 1 a 6 microgramas por dia. Se for ingerida em quantidades maiores, não haverá problemas. “Mas apesar de serem necessárias quantidades tão pequenas dessa vitamina, se a ingestão não for suficiente, os riscos são elevados”, diz a Dra. Suzanne Havala, da Universidade da Carolina do Norte.

7 Tomar uma quantidade adequada de vitamina B12 não é suficiente, pois o organismo tem de absorvê- la, o que nem sempre é o caso, quer as pessoas sejam vegetarianas ou não. As consequências de ingerir ou absorver muito pouco da vitamina são graves e facilmente evitáveis.

8 Para compreendermos a razão pela qual esse nutriente é tão importante, devemos conhecer a sua ação. A vitamina B12 estimula o uso de proteínas, gorduras e hidratos de carbono pelo organismo e aumenta a energia. É necessária para a divisão celular, ajuda a manter o sangue saudável, contribui para o bem- estar do sistema nervoso e protege contra doenças cardíacas. Também previne a perda de memória e a deterioração mental.

9 Anemia Perniciosa Uma das consequências mais graves da deficiência de vitamina B12 é a anemia perniciosa e os problemas neurológicos que a acompanham. Os sintomas podem ser sutis no início, mas as consequências não o são.

10 Essa é uma doença muito difundida, considerando que afeta muitos sistemas orgânicos. Não é apenas anemia, mas há perda de hemoglobina, glóbulos brancos e da função das plaquetas. É uma doença neurológica, gerando a chamada ataxia, ou seja, as pessoas andam aos tropeços e não conseguem caminhar em linha reta. Ficam com as mãos e os pés dormentes.

11 Outros sintomas incluem mau- humor e depressão, perda de memória, insônia e tontura. Também pode haver apatia, sensação de cabeça leve e dificuldades respiratórias. Como o organismo, nesse caso, estará fabricando menos glóbulos brancos que lutam contra infecções, o indivíduo fica mais vulnerável a doenças. Da mesma forma, o corpo não substitui suficientemente rápido as células que forram o intestino, o que resulta em perda de apetite, vômito e diarréia.

12 “É uma doença debilitante”, diz o Dr. John Tracy, “e, até certo ponto, irreversível. Logo que sejam verificadas todas as manifestações neurológicas e deficiência da vitamina B12 na anemia perniciosa, talvez a pessoa não se recupere completamente.”

13 Além dos vegetarianos estritos, há certos grupos de pessoas que provavelmente poderão sofrer de deficiência de vitamina B12, incluindo mulheres grávidas, ou que amamentem, fumantes, pessoas que tomam suplementos de potássio, a longo prazo. A esses acrescente- se pessoas que tiveram parte do estômago removido por cirurgia e que não tenham suficiente fator intrínseco (fabricado no estômago) necessário para a utilização da vitamina. Indivíduos de quem foi retirado o íleo precisam prestar atenção especial à vitamina B12, porque nessa porção do intestino ela é absorvida.

14 Mas o maior grupo propenso ao risco de deficiência dessa vitamina é o de pessoas com mais de 50 anos. Estima- se que até 30% das pessoas mais idosas sejam incapazes de absorver adequadamente a B12 por causa de um decréscimo no ácido estomacal. Caso você se ache em uma dessas categorias, consulte o médico sobre a possibilidade de tomar suplementos, ou injeções de vitamina.

15 Talvez pelo fato de a vitamina B12 ser uma parte essencial de tantas funções orgânicas, o corpo a acumula, recicla e é muito eficaz em preservar o que já possui; o que significa que não é destruída com facilidade.

16 Fontes Já houve quem visse a terra como fonte de vitamina B12, razão pela qual não lavavam bem os vegetais e frutas frescos, o que representa um perigo à saúde. Embora seja possível, até certo ponto, obter vitamina B12 da terra, diz o Dr. Tracy, “também são obtidas outras coisas altamente prejudiciais como Eschaerichia coli e tétano, por exemplo.”

17 Há outras boas maneiras de se obter a vitamina. O ovo e os produtos lácteos podem proporcioná- la. Já se pensou que alimentos como o tempeh, rebentos de soja, vegetais marinhos e a espirulina fossem boas fontes. Hoje se sabe que esses alimentos não contem a forma de vitamina B12 que o organismo pode usar. No entanto, há alternativas com as quais podemos contar, disponíveis no dia- a- dia.

18 Uma dessas fontes alternativas são os alimentos enriquecidos com a vitamina B12. Os cereais do desjejum são um exemplo. O leite de soja é outro. O tofu e substitutos da carne também podem ser enriquecidos. Porém, de longe, a maneira mais fácil de saber que se está recebendo a dose de vitamina B12 necessária é tomar um suplemento, que pode ser um multivitamínico, um multivitamínico e sais minerais, ou simplesmente um suplemento de vitamina B12. Se desejar acrescentar ao suplemento alimentos enriquecidos, ótimo. O organismo adaptará o nível de absorção de acordo com as necessidades.

19 Se você está seguindo uma dieta vegetariana estrita há mais de 3 anos, e tem dúvidas sobre a quantidade de vitamina B12 ingerida, consulte o médico. Através de exames, ele indicará o caminho a seguir.

20 Para maiores informações: Revista Vida e Saúde


Carregar ppt "B12- A VITAMINA QUE FALTA Como a dieta estritamente vegetariana não contém produtos de origem animal, a vitamina B12 deve ser conseguida em outras fontes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google