A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo preliminar da utilização de filtros plantados com macrófitas (constructed wetlands) no tratamento de águas de drenagem urbana no municipio de Florianópolis/SC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo preliminar da utilização de filtros plantados com macrófitas (constructed wetlands) no tratamento de águas de drenagem urbana no municipio de Florianópolis/SC."— Transcrição da apresentação:

1 Estudo preliminar da utilização de filtros plantados com macrófitas (constructed wetlands) no tratamento de águas de drenagem urbana no municipio de Florianópolis/SC. Estudo preliminar da utilização de filtros plantados com macrófitas (constructed wetlands) no tratamento de águas de drenagem urbana no municipio de Florianópolis/SC. Saneamento Ambiental; Drenagem Urbana de Águas Pluviais; Controle da Poluição; Saneamento Básico Christiano J. de Anhaia Pereira, (PUIC) - Curso de Engenharia Ambiental e Campus Ponte do Imaruim Introdução As atividades humanas exercem influencia direta na qualidade da água, e em contrapartida, o uso indevido dos condutos destinados ao escoamento de água de chuva, como o lançamento clandestino de esgotos domésticos vem a interferir diretamente em uma das finalidades do sistema de drenagem urbana, que é a recarga do aqüífero, conduzindo águas contaminadas, contrario a sua finalidade. A somatória das contribuições de águas servidas urbanas vem a atenuar os níveis limitadores da capacidade do ecosistema, importando prejuízos à segurança e ao bem estar da população, causando grande depleção das propriedades físicas, químicas e biológicas da água drenada e despejada em praias, lagoas e/ou mar, criando adversidades às atividades sociais e econômicas, bem como aos usos benéficos dos sistemas ambientais, como a recreação. O presente projeto visa implantar uma área piloto de tratamento por zona de raízes, das águas residuárias provenientes de parte da bacia do morro da caixa, no sentido Av. Ivo Silveira – Parque de Coqueiros. Na localidade é evidenciada a problemática de ligações clandestinas de esgoto para o sistema de drenagem, constatada no canal de deságüe para a baia, dentro do Parque Municipal de Coqueiros. Objetivos Avaliar o desempenho de “wetlands” construídos para o tratamento de uma parcela das águas residuárias escoadas pelo sistema de drenagem urbana, atualmente com deságüe sem tratamento no Parque Municipal de Coqueiros, Município de Florianópolis Acompanhar a evolução dos valores de pH, turbidez, DBO, sólidos totais, na entrada no sistema de tratamento e na saída do efluente final; Avaliar o desempenho individual de espécies de macrófita testadas no meio filtrante (Tipha ssp. e Juncus ssp.); Avaliar a possibilidade da utilização em escala real, de filtros plantados com macrófitas, no tratamento de todo efluente drenado da bacia do Morro da Caixa com declividade (escoamento por gravidade) para o Parque Municipal de Coqueiros; Metodologia 1ª ETAPA: Elaboração do diagnóstico das fontes geradoras de esgoto doméstico na comunidade do Morro da Caixa analisando-se os traçados de esgoto pluvial existentes entre o topo de morro e o Parque de Coqueiros. Resultados 1ª ETAPA: Habitantes previstos: segundo a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento - CASAN, Agência Regional de Florianópolis, o número estimado de habitantes sem ligação à rede coletora de esgotos, que residem no Morro da Caixa e que contribuem para o sistema de drenagem do Parque de Coqueiros, é de 669 habitantes. Volume de Esgoto Gerado por dia: segundo a CASAN, o volume estimado de esgoto gerado pela população do Morro da Caixa é de 120 litros/habitante.dia. Volume total gerado por dia: 84,00 m³/dia; 2ª ETAPA: Elaboração de projetos de dimensionamento e instalação de um protótipo experimental de sistemas de tratamento por zona de raízes, com a caracterização do material filtrante, forma de escoamento e dimensão das requeridas áreas de infiltração em escala reduzida – projeto piloto. 2ª ETAPA: Conclusões Verificou-se a tendência esperada nos gráficos quanto à assimilação de efluente no sistema de fitoremediação – zona de raízes. Os parâmetros avaliados para o desempenho do “wetlands” no tratamento de uma parcela das águas residuárias escoadas pelo sistema de drenagem urbana, mostraram-se satisfatórios. Os parâmetros analisados imprimem grande propensão de utilização deste tipo de sistema na depuração da carga de DBO lançada nos condutos pluviais do parque, todavia sugere-se a verificação da eficiência do sistema no polimento de oléos e graxas, surfactantes, remoção dos compostos nitrogenados e fosforados. Referências JORDÃO, Eduardo Pacheco; PESSÔA, Constantino Arruda. Tratamento de esgotos dométicos. 3. ed. Rio de Janeiro: ABES/RJ, p. PHILIPPI, Luiz Sérgio; SEZERINO, Pablo Heleno. Aplicação de sistemas tipo Wetlands no tratamento de águas residuárias: utilização de filtros plantados com macrófitas. Florianópolis: Ed. do Autor, p. SPERLING, Marcos von. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. 2. ed. rev. Belo Horizonte: DESA, p. SPERLING, Marcos von. Estudo e modelagem da qualidade da água de rios. 1. ed. rev. Belo Horizonte: DESA, p.


Carregar ppt "Estudo preliminar da utilização de filtros plantados com macrófitas (constructed wetlands) no tratamento de águas de drenagem urbana no municipio de Florianópolis/SC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google