A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Conferência Estadual de Saúde do Amazonas Participação da Comunidade no SUS Francisco Júnior* Manaus, 19 de Outubro de 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Conferência Estadual de Saúde do Amazonas Participação da Comunidade no SUS Francisco Júnior* Manaus, 19 de Outubro de 2011."— Transcrição da apresentação:

1 1 Conferência Estadual de Saúde do Amazonas Participação da Comunidade no SUS Francisco Júnior* Manaus, 19 de Outubro de 2011

2 2 Constituição Federal Dos direitos sociais Art.10 É assegurada a participação dos trabalhadores e empregadores nos colegiados dos órgãos públicos em que seus interesses profissionais ou previdenciários sejam objeto de discussão e deliberação.Art.10 É assegurada a participação dos trabalhadores e empregadores nos colegiados dos órgãos públicos em que seus interesses profissionais ou previdenciários sejam objeto de discussão e deliberação. Da saúde Art. 198 As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado com as seguintes diretrizes:Art. 198 As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado com as seguintes diretrizes: I I II -.. II -.. III - participação da comunidade. III - participação da comunidade.

3 3 LEI 8.080, de 19 de setembro de 1990 TÍTULO V Capítulo II 2.1 Da gestão Financeira Os recursos financeiros do Sistema Único de Saúde (SUS) serão depositados em conta especial, em cada esfera de sua atenção, e movimentados sob fiscalização do respectivo conselho de saúde. Os recursos financeiros do Sistema Único de Saúde (SUS) serão depositados em conta especial, em cada esfera de sua atenção, e movimentados sob fiscalização do respectivo conselho de saúde.

4 4 LEI 8.142, de 28 de dezembro de 1990 Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde – SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área de saúde e outras providências.

5 5 Fundamentos do Controle Social no SUS O desenvolvimento da Cidadania; O desenvolvimento da Cidadania; A construção de espaços democráticos; A construção de espaços democráticos; O reconhecimento de interesses diferentes e contraditórios na sociedade; O reconhecimento de interesses diferentes e contraditórios na sociedade; A construção de políticas e o desenvolvimento de programas e ações que beneficiem o conjunto da população; A construção de políticas e o desenvolvimento de programas e ações que beneficiem o conjunto da população; A ação permanente; A ação permanente; A vigilância, pelo cidadão, da ação do estado objetivando o Bem Comum e contra a prevalência dos interesses privados.A vigilância, pelo cidadão, da ação do estado objetivando o Bem Comum e contra a prevalência dos interesses privados.

6 6 Papel da Sociedade Civil na Defesa Do SUS Conhecer e zelar pelo respeito aos Princípios e Diretrizes do SUS, especialmente: O direito universal à saúde; O direito universal à saúde; A integralidade da atenção; A integralidade da atenção; A igualdade do acesso; A igualdade do acesso; A descentralização; A descentralização; O Controle Social; O Controle Social; A Gestão Única e Estatal do Sistema com Fundos e Conselhos de Saúde em cada esfera de governo; A Gestão Única e Estatal do Sistema com Fundos e Conselhos de Saúde em cada esfera de governo; O financiamento solidário entre as três esferas de governo e a aplicação adequada dos recursos;O financiamento solidário entre as três esferas de governo e a aplicação adequada dos recursos;

7 7Continuação –Exigir o cumprimento das Diretrizes para as Políticas de Saúde aprovadas nas Conferências de Saúde; – Zelar para o cumprimento das deliberações e resoluções dos fóruns de Controle Social do SUS: Conferências e Conselhos de Saúde; – Rejeitar a desregulamentação e a precarização do trabalho na saúde em todas as formas de apresentação; – Exigir o cumprimento dos Princípios e Diretrizes para a gestão do Trabalho, estabelecidas pelo Conselho Nacional de Saúde; – Exigir boa qualidade na prestação dos serviços de saúde; – Exigir que sejam elaborados e implementados os Planos de Saúde, contendo os Planos Anuais de Educação na Saúde, descentralizados e regionalizados, para todos os atores sociais que atuam junto ao SUS.

8 8 Controle Social/Conselhos de Saúde Início da década de 90 – Municipalização;Início da década de 90 – Municipalização; Plenária Nacional de Conselhos de Saúde – PEC 169;Plenária Nacional de Conselhos de Saúde – PEC 169; Final da década de 90 – CIBs e CIT;Final da década de 90 – CIBs e CIT; Gestão do Movimento Social – Nov/2006 a Fev/2011Gestão do Movimento Social – Nov/2006 a Fev/2011 Momento atual e o decreto de regulamentação da lei Momento atual e o decreto de regulamentação da lei

9 CONTEXTUALIZAÇÃO DA ATUAÇÃO DOS CONSELHOS DE SAÚDE ATUAÇÃO FRAGILIZADA Deficiente intervenção das entidades Atuação pautada pelas demandas pontuais NÃO OBEDIÊNCIA À LEGISLAÇÃO = IMPUNIDADE DESCUMPRIMENTO DAS DELIBERAÇÕES = IMPUNIDADE ATUAÇÃO LIMITADA DO MINISTÉRIO PÚBLICO E PODER JUDICIÁRIO = IMPUNIDADE AUSÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO E FISCALIZAÇÃO DOS ENTES FEDERADOS = IMPUNIDADE 9

10 CONSTRUÇÃO DA PARTICIPAÇÃO AMPLA E MASSIVA CAMPANHA DE MÍDIA PERMANENTE PROCESSO DE FORMAÇÃO DE QUADROS ATRAVÉS DAS ENTIDADES AFINS INTERVENÇÃO NOS DIVERSOS ESPAÇOS DE PARTICIPAÇÃO/PROPOSIÇÃO-DESCENTRALIZAÇÃO Locais de trabalho Conselhos Gestores Conselhos locais Conselhos de Saúde 10

11 11 Estrutura dos Conselhos de Saúde no Brasil Brasil/telefone

12 12 Estrutura dos Conselhos de Saúde no Brasil Brasil/Fax

13 13 Estrutura dos Conselhos de Saúde no Brasil Figura 3 – Acesso a Fonte: Cadastro Nacional de Conselhos de Saúde Brasil/

14 14 Instrumento de criação DecretoLeiPortaria Brasil

15 15 Adequação à Resolução CNS nº 333/2003 Sim (4.480) 89% Não (569) 11% Brasil

16 16 Atualizado em 02/08/ Semanal Quinzenal Mensal Bimestral Trimestral Semestral Outro Fonte: Cadastro Nacional de Conselhos de Saúde Periodicidade de Reuniões Brasil

17 17 Atualizado em 02/08/2006 Presidência por segmento UsuárioTrabalhador de Saúde Prestador de Serviço Gestor Brasil

18 18 Francisco Júnior *Farmacêutico Membro da Mesa Diretora do Conselho Nacional de Saúde, onde representa a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social da CUT. Secretário Geral da 14ª Conferência Nacional de Saúde


Carregar ppt "1 Conferência Estadual de Saúde do Amazonas Participação da Comunidade no SUS Francisco Júnior* Manaus, 19 de Outubro de 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google