A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento de Um Curso On-Line Silvia Helena Cardoso e Renato M. E. Sabbatini Parte I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento de Um Curso On-Line Silvia Helena Cardoso e Renato M. E. Sabbatini Parte I."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento de Um Curso On-Line Silvia Helena Cardoso e Renato M. E. Sabbatini Parte I

2 É a primeira fase de elaboração de um curso, e é extremamente importante para se conseguir bons resultados Define o que se quer alcançar e como alcançar Decide o que se quer fazer e o que se quer atingir com o curso e como isso será conseguido Segue uma seqüência sistemática de etapas

3 Fases de Desenvolvimento de um Curso I. Plano II. Desenvolvimento III. Implementação IV. Gerenciamento V. Avaliação

4 Fases de Desenvolvimento de um Curso I. Plano - Necessidades, objetivos, custos, estrutura, filosofia didático-pedagógica, etc. II. Desenvolvimento - Conteúdo e utilização de recursos e ferramentas III. Implementação - Disponibilização, execução, acompanhamento, avaliação, manutenção VI. Gerenciamento - Alunos, atividades, processos administrativos IV. Avaliação - Eficiência do gerenciamento, avaliação da instrução em relação aos objetivos, aplicação de verbas

5 O Plano Documento escrito que conterá todos os elementos do curso, e que servirá como base para: –A busca de recursos para sua realização –A aprovação pelas autoridades educacionais relevantes –A sua divulgação (informações públicas) –O desenvolvimento e a execução Deve ser elaborado em conjunto com todos os membros da equipe de docentes e desenvolvedores Pode utilizar ferramentas adequadas

6 Questões na Definição do Plano Para quem? Para que? Como? O que? Quando? Quanto?

7 Etapas na Definição do Plano Como será a interação? Como satisfazer as necessidades dos estudantes? Como satisfazer as necessidades dos estudantes? Interação Quais são suas necessidades? Como serão disponibilizados os recursos? Quem serão os estudantes? Qual será o tipo do curso? Como será a avaliação? Quanto custará, quanto tempo?

8 Os Elementos do Plano 1. Específicos do Curso Título do curso Tipo de curso Ementa Público-alvo Pré-requisitos Metodologia de seleção Objetivos do curso Duração e carga horária Corpo docente Conteúdo programático Material instrucional Metodologia didática Formas de apresentação Formas de interação Avaliação Critérios de aprovação

9 Os Elementos do Plano 2. Específicos do Desenvolvimento Equipe de desenvolvimento e suas atribuições Cronograma físico-financeiro Ferramentas de planejamento e acompanhamento Ferramentas de software que serão utilizadas Plataforma de EAD a ser utilizada Fontes de material instrucional e metodologia de aquisição e conversão Plataformas de hardware para desenvolvimento e disponibilização

10 Ementa do Curso Todo curso deve ser descrito brevemente através de uma ementa, que contenha sucintamente em um parágrafo: –Código e título –Tema principal e objetivo –Conteúdo (relação resumida dos tópicos) –Aplicabilidade e/ou resultados –Outra característica peculiar do curso –Tipo e carga horária

11 Exemplo de Ementa EDU-002: Curso de Capacitação Docente em Educação a Distância Extensão Universitária, Semipresencial, 120 horas O curso apresenta e discute os conceitos e as técnicas que compõem a Metodologia de EAD, visando sua aplicação na geração e conversão pedagógica de aulas virtuais baseadas na Internet e complementadas por outras mídias. O curso faz uma introdução à metodologia, após o que apresenta e discute suas ferramentas tecnológicas e pedagógicas. A metodologia é colocada em prática através de trabalhos desenvolvidos individualmente ou em grupo

12 Programa do Curso É feito em dois níveis: –Para fins de divulgação externa ou pré-curso. Contém apenas a lista dos conteúdos do programa (ementa estendida) –Para fins de orientação dos alunos durante o curso: contém mais detalhes, inclusive cronograma (calendário do curso), professor, etc. Especifica a estrutura do curso e a seqüência dos módulos, aulas, etc.

13 Público-Alvo É o público que se pretende atingir no curso. Necessário para definir nível de profundidade, certificação, quem dará o curso, quanto cobrar, créditos, etc. Permite às pessoas se pré-classificarem, ou seja, se elas realmente apresentam aqueles pré-requisitos. Necessário formular questões que permitam determinar o nível de conhecimento do aluno previamente à inscrição Em que contexto está o público-alvo. Ex.: internos à instituição, externos, profissionais liberais, etc.

14 Pré-requisitos É o conjunto de condições necessárias para que o aluno possa se inscrever no curso. Podem ser: –Ter atingido um determinado grau de educação –Possuir certas habilidades ou conhecimentos prévios –Ter acesso a ou saber utilizar determinados recursos tecnológicos que serão usados no curso –Estar inscrito previamente em outros programas educacionais ou ter realizado matérias prévias

15 Carga Horária É dividida de acordo com o tempo a ser efetivamente dedicado pelo aluno às diferentes atividades previstas: –Aulas expositivas –Leituras –Reuniões em grupo –Realização de trabalhos e exercícios –Realização de provas e exames Difícil de calcular em EAD, geralmente é feito uma estimativa inicial, baseada em regras, e depois recalculada durante a primeira realização do curso

16 Definição do Tipo de Curso e Duração Curso livre? Treinamento? Graduação Eletiva? Graduação Extracurricular? Pós-Graduação Extensão? Pós-Graduação Especialização? Pós-Graduação Strictu senso?

17 Estrutura e Organização Estrutura: os componentes do curso, tais como fases, módulos, e como eles se relacionarão entre si. Organização: como as atividades seão realizadas no espaço e no tempo

18 Exemplo de Estrutura e Organização O curso consta de três partes: Parte I: Preparatória (25 horas) Parte II: Laboratório Prático (50 horas) Parte III: Complementar e Realização do Trabalho de Conclusão de Curso (45 horas).

19 Metodologia Didática Metodologia Didática Abordagens pedagógicas e de ensino e aprendizagem que serão utilizadas durante o curso

20 Exemplo de Metodologia Didática As partes do curso realizadas a distância contarão com recursos didáticos disponibilizados na Web de forma assincrônica, interação assincrônica através de lista de discussão (eGroups) e chats. A parte presencial contará com um laboratório de microcomputadores em rede, totalmente equipado, e conectado à Internet, com um ou dois alunos por máquina.

21 Objetivos do Curso Definem o escopo do curso e o que se quer atingir com ele em relação as metas de aprendizado num contexto educacional maior

22 Exemplo de Objetivos Capacitar docentes a realizar o planejamento e coordenar o desenvolvimento de cursos a distância baseados na Internet

23 Equipe de Instrução (1) Selecionar docentes, tutores e analistas de suporte técnico para cada um dos módulos Por que? Para divisão da carga de ensino

24 Equipe de Instrução (2) Docente Responsável pela criação e/ou ministração do conteúdo instrucional, definição das linhas didáticas, de interação e de avaliação, etc. Tutor Auxilia o professor na interação com os alunos, correção de provas e trabalhos, etc. Técnico de Suporte Atende às demandas técnicas geradas pelos professores, tutores e alunos (colocação de material, correção de problemas, manutenção da plataforma, realização de atividades especializadas, etc.)

25 Estimativa da Carga Horária Aulas expositivas (slides + texto): 20 slides por hora Leituras: páginas por hora (leitura fácil) ou páginas por hora (leitura difícil, ou com diagramas) Provas: 5 questões expositivas por hora, 30 perguntas de múltipla escolha por hora Trabalhos escritos: 3-4 páginas por hora (for o tempo de pesquisa) Exercícios: altamente variável. Áudio ou vídeo: tempo real + 20%

26 Tipos de Cursos On-Line (1) Suporte on-line a cursos presenciais –Disponibilização do material instrucional –Interação extra-classe com os alunos Cursos semipresenciais –Parte presencial permite atingir objetivos que não seriam possíveis a distância –Contato humano, avaliação presencial Cursos inteiramente a distância –Distintas gradações de imitação da presencialidade

27 Tipos de Cursos On-Line (2) Baseado em ou Push, sem interação Baseado em ou Push, com interação Baseado em Newsgroup, com ou sem FTP Baseado na Web, sem interação Baseado na Web, com interação por ou lista de discussão/grupo de notícias Baseado na Web, com interação por chat

28 Tipos de Cursos On-Line (3) Cursos com estrutura complexa: Web, , grupos e listas de discussão, chat, FTP, etc. Baseados em teleconferência sem interação Baseados em teleconferência com interação Baseados em videoconferência Cursos mistos (video/teleconferência e suporte pela Web e )

29 Estrutura do Curso

30 A Necessidade de uma Estrutura Todo curso baseado na Web envolve uma grande quantidade de informações, tarefas e recursos e portanto deve ser estruturado de maneira lógica e familiar para que o usuário seja capaz de executar as tarefas necessárias ou acessar a informação.

31 Estrutura de um Curso


Carregar ppt "Planejamento de Um Curso On-Line Silvia Helena Cardoso e Renato M. E. Sabbatini Parte I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google