A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PORTO Ribeira. Porto velho A CIDADE DO PORTO O Porto é a segunda maior cidade de Portugal e é considerada a capital do Norte do País. Está localizada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PORTO Ribeira. Porto velho A CIDADE DO PORTO O Porto é a segunda maior cidade de Portugal e é considerada a capital do Norte do País. Está localizada."— Transcrição da apresentação:

1 PORTO Ribeira

2 Porto velho

3 A CIDADE DO PORTO O Porto é a segunda maior cidade de Portugal e é considerada a capital do Norte do País. Está localizada na margem direita do rio Douro. A cidade tem cerca de 350 mil habitantes, mas a área metropolitana tem aproximadamente 1,2 milhões de habitantes. O nome deriva da palavra "portos" e "cale"(abrigo): "porto de cale" (a raiz do nome Portugal). A partir do século XII, a cidade designa-se apenas por "Portos", Porto.

4 Fotos da Ribeira

5 A gente do porto O Porto orgulha-se de ser conhecido como a cidade do trabalho. De facto, os seus habitantes desde sempre estiveram na primeira linha em defesa das causas nacionais e contribuíram largamente para o desenvolvimento da epopeia dos Descobrimentos e para o progresso económico da região. Ainda hoje o norte do país é reconhecido como uma das áreas mais dinâmicas do tecido empresarial português. A rudeza imposta pelo trabalho é, porém, superada pelo carácter franco e hospitaleiro da sua gente. O dinamismo dos habitantes do Porto não consegue disfarçar a sua paixão pelas coisas, dando-lhe uma imagem da autenticidade e de respeito.

6 Um pouco de História Um pouco de História Aquilo que hoje designamos de cidade teve a sua origem há cerca de anos numa região a que chamamos Crescente Fértil, no próximo oriente. Até à Idade Moderna o número de cidades e, sobretudo, a população aí residente era uma minoria (no final desta fase somente 10% da população mundial é urbana). A partir da década de 90 sabe-se que pelo menos metade da população mundial é urbana. Em conclusão, as cidades, tal qual as conhecemos hoje em dia, funcionam como fenómenos de inter-relações e de interacções humanas complexas, cujo equilíbrio urge conhecer de forma a aproveitar o que de bom, do ponto de vista da qualidade de vida, sem esquecer o equilíbrio ecológico. A cidade do Porto tem todos os defeitos e virtudes de qualquer cidade média mundial e, como em tudo neste mundo, vive no fio da navalha. Está nas nossas mãos tornar a vida urbana aceitável ou insuportável. Aquilo que hoje designamos de cidade teve a sua origem há cerca de anos numa região a que chamamos Crescente Fértil, no próximo oriente. Até à Idade Moderna o número de cidades e, sobretudo, a população aí residente era uma minoria (no final desta fase somente 10% da população mundial é urbana). A partir da década de 90 sabe-se que pelo menos metade da população mundial é urbana. Em conclusão, as cidades, tal qual as conhecemos hoje em dia, funcionam como fenómenos de inter-relações e de interacções humanas complexas, cujo equilíbrio urge conhecer de forma a aproveitar o que de bom, do ponto de vista da qualidade de vida, sem esquecer o equilíbrio ecológico. A cidade do Porto tem todos os defeitos e virtudes de qualquer cidade média mundial e, como em tudo neste mundo, vive no fio da navalha. Está nas nossas mãos tornar a vida urbana aceitável ou insuportável.

7 A cidade do Porto situa-se no litoral norte de Portugal, na margem direita do rio Douro. A área urbana do concelho do Porto é de somente 42 Km2 e a população de cerca de 400 mil habitantes. No entanto a Área Metropolitana do Porto tem cerca de habitantes. É imperativo pensar as cidades como um todo e não como um microcosmos onde um desenvolvimento harmonioso e integrado se torna quase impossível.

8 Informações extras: À beira-rio não é difícil imaginar a agitação do porto medieval: a multidão de mercadores, cobradores de impostos, peixeiras de canastras equilibradas à cabeça, compradores, ladrões e prostitutas. A travessia para a outra margem fazia-se então através de um passadiço assente em embarcações. Foi aí que, em Março de 1809, ocorreu a tragédia da Ponte das Barcas, quando a população, surpreendida pelo avanço das tropas napoleónicas, fugia em direcção a Gaia. Demasiado frágil, a passagem não resistiu ao peso excessivo e acabou por ceder colhendo inúmeras vidas. No mesmo lugar, logo no início do Cais da Ribeira, um baixo-relevo de bronze da autoria de Teixeira Lopes (pai), conhecido como as Alminhas da Ponte, reproduz o acontecimento. A posterior ponte pênsil, cujo pilar de pedra ainda é bem visível, viria a ser substituída pela actual Ponte D. Luís I, inaugurada no último dia de Dezembro de 1886 e desenhada pelo engenheiro belga Theophile Seyrig, colaborador de Gustave Eiffel.


Carregar ppt "PORTO Ribeira. Porto velho A CIDADE DO PORTO O Porto é a segunda maior cidade de Portugal e é considerada a capital do Norte do País. Está localizada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google