A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MULTIMÍDIA 1850-1888 A SUBSTITUIÇÃO TRABALHO ESCRAVO TRABALHO LIVRE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MULTIMÍDIA 1850-1888 A SUBSTITUIÇÃO TRABALHO ESCRAVO TRABALHO LIVRE."— Transcrição da apresentação:

1

2 MULTIMÍDIA

3 A SUBSTITUIÇÃO TRABALHO ESCRAVO TRABALHO LIVRE

4 ANTECEDENTES

5 1. Pressões inglesas pelo fim do comércio de escravos  Comerciantes ingleses querem ampliar o mercado consumidor brasileiro. OS MOTIVOS: OS RESULTADOS: -A Monarquia brasileira resiste até 1850 quando aprova a...  Comerciantes ingleses de olho no dinheiro dos mercadores de escravos brasileiros. LEI EUSÉBIO DE QUEIRÓS, tráfico de escravos que proíbe definitivamente o tráfico de escravos com a África. CUIDADO Não confundir com: “os ingleses querem os escravos transformados em trabalhadores livres e consumidores”

6 A SUBSTITUIÇÃO e suas razões

7 1. O ALTO CUSTO DO ESCRAVO Fim do tráfico, mortalidade e fugas provocam: Com a queda da oferta de escravos... Em 1871, com a quantia necessária para adquirir 100 escravos contratava-se trabalhadores livres.

8 2. As Vantagens do Trabalhador Livre “Um colono vale mais que três escravos” (Martinico Prado, fazendeiro) PREÇO MENOR E COM PAGAMENTO FUTURO; PREÇO MENOR E COM PAGAMENTO FUTURO; MAIOR PRODUTIVIDADE; MAIOR PRODUTIVIDADE; SEM DESPESA COM ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SEM DESPESA COM ALIMENTAÇÃO, MORADIA, CUIDADOS MÉDICOS; POSSIBILIDADE DE DISPENSA EM TEMPOS DE NEGÓCIOS FRACOS. POSSIBILIDADE DE DISPENSA EM TEMPOS DE NEGÓCIOS FRACOS.

9 3. Incentivo à Imigração fazendeiros criam a Associação Auxiliadora de Colonização e Imigração governo de São Paulo subsidia os gastos de viagem de imigrantes fazendeiros criam a Sociedade Promotora de Imigração, em São Paulo. ENTRADA DE IMIGRANTES NO BRASIL

10 A SUBSTITUIÇÃO GERA CONFLITOS A SUBSTITUIÇÃO GERA CONFLITOS X Abolicionistas X Governo

11 Movimento Abolicionista Criam-se clubes abolicionistas: -Sociedade Brasileira contra a Escravidão (RJ) -Centro Abolicionista (SP) -Caifazes (SP) Lançam-se publicações: -A Abolição -A Liberdade -O Amigo do Escravo Objetivo: Abolicionistas trazem a público escravas espancadas Motivação: - Moral, - Humanitária, - Científica. Ações: - Classe média quer leis que acelerem a Substituição

12 Reação do Governo: Legislação Abolicionista Dava liberdade aos filhos de escravas Permitia a tutela das crianças, pelo proprietário, até os 8 anos de idade, quando então poderia optar por receber uma indenização (600 mil réis) ou utilizar-se do trabalho da criança até os 21 anos. Escravocratas procuram DETER a Abolição 1871: Lei do Ventre Livre - Adiar ao máximo a Abolição Objetivo :

13 Declarava livre o escravo com mais de 60 anos. Favorecia o proprietário que se livrava de um escravo improdutivo, dispendioso e impossível de vender. E ainda recebia uma indenização e mais cinco anos de trabalho gratuito do escravo. - Dificuldades comerciais e diplomáticas, após a abolição em Cuba (1880). - Em 1884, Ceará, Amazonas e Rio Grande do Sul abolem o trabalho escravo. 1888: Lei Áurea Declarava extinta a escravidão no Brasil. Num momento em que o número de cativos na população de São Paulo se limitava a 1% Novas Pressões: MAS O GOVERNO RESISTE 1885: Lei do Sexagenário - Crescem as fugas - Em 1887, a Igreja e o Partido Republicano apóiam abolição E Mais Pressões: O GOVERNO CEDE

14 FIM


Carregar ppt "MULTIMÍDIA 1850-1888 A SUBSTITUIÇÃO TRABALHO ESCRAVO TRABALHO LIVRE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google