A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Campo de estudo que investiga o impacto que os indivíduos, grupos e estrutura organizacional tem sobre o comportamento dentro da empresa. Estuda ainda.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Campo de estudo que investiga o impacto que os indivíduos, grupos e estrutura organizacional tem sobre o comportamento dentro da empresa. Estuda ainda."— Transcrição da apresentação:

1 Campo de estudo que investiga o impacto que os indivíduos, grupos e estrutura organizacional tem sobre o comportamento dentro da empresa. Estuda ainda o efeito da organização sobre o comportamento dos indivíduos e grupos que nela trabalham

2 Comportamento humano em ambientes organizacionais A organização Ambiente externo A interface indivíduo - organização

3 Psicologia – estudo das diferenças individuais, personalidade, emoção, percepção, motivação, tomada de decisão e aprendizagem nos fenômenos organizacionais. Sociologia – estudos dos grupos e sua dinâmica, liderança e relações sociais. Antropologia e Ciências Políticas – reflexões sobre o sistema organizacional e a sua relação com as pessoas que nela trabalham.

4 Robbins (2004) nos coloca que os objetivos do estudo do CO seriam:  explicar - no sentido de entender as causas que levam ou levaram a pessoa a se comportar daquela maneira.  prever - antecipar aos tipos de comportamento que possam ser apresentados.  controlar o comportamento humano - esse controle não deve ser manipulativo ou ferir a liberdade individual. Ex. entender como levar as pessoas a se esforçarem mais.

5 O Administrador deve conhecer as pessoas com quem trabalha, de modo que possa liderar indivíduos e equipes em função dos objetivos.

6 O homem não só muda o seu mundo externo como simultaneamente se transforma de maneira autoconsciente pelo seu trabalho. No nível individual, ao optar pela sobrevivência, opta pelo trabalho. No nível de espécie, o homem se fez homem ao transformar o mundo pelo seu trabalho. O homem e o trabalho

7 O valor do trabalho não reside no fato de que se façam coisas, mas em que coisas sejam feitas pelo homem, portanto, as fontes de dignidade do trabalho devem buscar-se, principalmente, não em sua dimensão objetiva, mas em sua dimensão subjetiva. Zavattaro (1999) O homem e o trabalho

8 EVOLUÇÃO DAS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO E ORGANIZAÇÃO PeriodoPré Natureza da AGRÁRIAIndustrialPós-Industrial sociedade Local do Fazenda/larFábricaEscritório trabalho Natureza do Agric/ArtesanatoFísica - Manufatura ServiçosAbstrata: mediada trabalhosociaispor computadores Recurso TerraMaquinárioConhecimento principal Teorias daPré-cientifica Clássica NeoclássicaModerna administração Teoria daRelaçõesCiência da AdministraçãoHumanasAdministração ComportamentalTeoria dos Sistemas AdministraçãoTeoria Contingencial Científica EstruturalistasComport. Organizacional SuposiçõesPessoa econômicaPessoa socialPessoa auto-Pessoa natureza humanarealizantecomplexa Foco do controle Padrões de movimentos físicos e maneirasPadrões de interaçãoPadrões de atenção gerencialprecisas de executar o trabalho.social Papel da gerênciaControle do comportamento dos empregadosManutenção dos sistemasFacilitar o desenv. sociais dos empregadosdos empregados

9  Individual Diferenças individuais Personalidade Percepção Emoção Motivação  Grupo Comunicação Equipe Conflitos Liderança  Sistema Estrutura Planejamento de trabalho Efeitos das políticas de RH Cultura Mudanças Níveis de análise no estudo do comportamento organizacional

10 As vezes é preciso parar e olhar para longe para conseguir enxergar o que está diante de nós! Ninguém é tão grande que não tenha nada para aprender... Nem tão pequeno que não tenha nada para ensinar!!! Devemos aprender a aceitar e a respeitar as diferenças! Agindo assim estaremos contribuindo para o nosso próprio crescimento!!! “AFINAL... SER HUMANO É SER DIFERENTE!!!”

11 Um produto histórico, um ser social e o conjunto de suas relações. A natureza biológica não basta para garantir a vida em sociedade. O homem precisa adquirir várias aptidões e aprender formas de satisfazer as necessidades. O SER HUMANO

12  Um ser ao mesmo tempo genérico e singular  Um ser ativo e reflexivo  Um ser de palavra  Um ser de desejo  Um ser simbólico  Um ser espaço temporal  Objeto e sujeito de sua ciência O SER HUMANO

13 AS PESSOAS SÃO DIFERENTES

14 Há três maneiras de lidar com diferenças individuais: Você pode considerar outra pessoa errada e se indignar; Você pode considerar você mesmo errado e se deprimir, ou você pode considerar que as duas formas são justificáveis e interessantemente divertidas e simplesmente se DIVERTIR!!!

15 Principais Categorias da Diversidade da Mão-de-obra Sexo Raça Origem Idade Deficiência Parceiros Religião

16  A herança biológica, a história pessoal determina QUEM SOU?  O TER, O FAZER e O SER.  O conflito. QUEM SOU? QUEM QUERO SER? O SER ENQUANTO PESSOA

17 PERSONALIDADE Personalidade vem do latim persona, que significa a “máscara do ator”. Na maioria das definições, encontramos em comum que personalidade são traços e características individuais, relativamente estáveis, que distinguem uma pessoa das demais.

18 Foram identificados diversos traços de personalidade que permitem diferenciar as pessoas. Pervin define cinco grandes traços de personalidade fundamentais e relevantes para as organizações. São eles:  Sociabilidade  Consciência/meticulosidade  Estabilidade emocional  Extroversão  Abertura PERSONALIDADE

19 O conhecimento desses traços permite aos líderes uma melhor compreensão do comportamento de seus colaboradores. Devemos ter cuidado para não rotularmos as pessoas, uma vez que, outros fatores também podem interferir no comportamento das pessoas. PERSONALIDADE

20 Personalidade e comportamento A personalidade depende do nível de integração da sua estrutura psíquica e da sua dinâmica psíquica. Estrutura psíquica = predisposição biológica do individuo a se comportar. temperamento Dinâmica psíquica = como de fato ele se comporta, ligado a aprendizagem Estrutura é interna e o individuo pode frear sua tendência de comportamento, e ter uma conduta alternativa Só é possível analisar a dinâmica da personalidade do individuo.

21 Maneiras de Modelagem de comportamento Reforço positivo - resposta acompanhada de algo agradável Punição – causar uma condição desagradável na tentativa de eliminar um comportamento indesejável. Extinção – eliminar qualquer tipo de reforço

22

23  Cada pessoa compreende a realidade de forma diferente  O fato de um perceber de uma determinada forma não exclui a percepção do outro (certo-errado)  A não percepção do ponto de vista do outro pode acarretar problemas nos níveis prático e relacional.  Percepções diferentes podem aprofundar relacionamentos PERCEPÇÃO

24 Conceito de percepção  Processo em que as pessoas selecionam, organizam e interpretam informações existentes, por meio de suas impressões sensoriais (tato, olfato, paladar, audição e visão)com a finalidade de dar sentido ao ambiente (Robbins ou  Modo como vemos objetos e situação

25 Vemos o mundo da forma como fomos condicionados a vê-lo; Na verdade, quando descrevemos o que vemos, estamos descrevendo a nós mesmos, nossas percepções e paradigmas.

26 Fatores da situação Momento Ambiente de trabalho Ambiente social Fatores do alvo (externos) Novidade Sons Movimento Tempo Proximidade Tamanho Semelhança Fatores do observador (internos) Atitude Motivação Interesse Experiência Valores Emoção Expectativa Fatores que interferem na percepção

27  Autopercepção - como cada um se percebe, ou o conceito de si. Varia de acordo com as relações que mantemos, o trabalho que desenvolvemos e como lidamos com os nossos sucessos e fracassos.  Heteropercepção - como percebemos os outros. (gestos, voz, ação, reação etc) O comportamento (atitude, conduta) das pessoas é que nos leva a percebê-las e julgá-las.

28  A teoria da atribuição procura explicar como julgamos de maneiras diferentes as pessoas, diante do sentido que atribuímos a um dado comportamento.  A teoria sugere que quando observamos o comportamento de alguém, tentamos identificar se o que o motiva é interno ou externo. Causas internas - sob o controle do indivíduo. Causas externas - relacionadas a uma situação externa que ocasionou tal comportamento. Teoria da atribuição

29 Elementos determinantes da atribuição  Diferenciação: refere-se a comportamentos diferentes em situações diferentes.  Consenso: quando todas as pessoas que enfrentam determinada situação respondem de maneira semelhante (causa externa) se apenas uma (causa interna).  Coerência: o observador sempre busca uma coerência nas ações das pessoas. Se o comportamento é consistente ao longo do tempo (causa interna)

30 Distorção é o fenômeno pelo qual transformamos à realidade para que ela se adapte a nossa cultura, crença, valores e até mesmo às impressões e intenções momentâneas. Distorções da percepção

31  Percepção seletiva  Efeito de halo – impressão da pessoa a partir de uma só característica  Projeção – atribuição das características próprias a outra pessoa  Estereótipo – juízo formado a respeito da pessoa, segundo a percepção do grupo a qual pertence  Efeito de contraste – avaliação da pessoa a partir de comparação. Distorções da percepção

32 A percepção influi na forma como se descrevem as situações da organização. Administradores, subordinados, colegas veem e descrevem a mesma situação de maneira diferente. Conflitos podem surgir em razão de percepções diferentes. A percepção afeta a tomada de decisão nas organizações. Importância do estudo da percepção.

33 aumentar a frequência de observações e em situações diferenciadas; procurar um leque amplo de informações; tentar enxergar a situação como outros o fariam (empatia); estar consciente das distorções perceptivas; quanto melhor a compreensão de mim mesmo, maior a possibilidade de compreensão do outro. Pontos-chaves na administração da percepção


Carregar ppt "Campo de estudo que investiga o impacto que os indivíduos, grupos e estrutura organizacional tem sobre o comportamento dentro da empresa. Estuda ainda."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google