A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério das Cidades Denatran REQUALIFICAÇÃO DIDÁTICA DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO UNIDADE 1 O IMPORTANTE PAPEL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério das Cidades Denatran REQUALIFICAÇÃO DIDÁTICA DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO UNIDADE 1 O IMPORTANTE PAPEL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério das Cidades Denatran REQUALIFICAÇÃO DIDÁTICA DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO UNIDADE 1 O IMPORTANTE PAPEL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO

2 Ministério das Cidades Denatran O PRIMEIRO PASSO (...) Não aguento ser apenas um sujeito que abre portas, que puxa válvulas, que olha o relógio, que compra pão às 6 horas da tarde, que vai lá fora que aponta o lápis, que vê a uva etc. etc. Perdoai. Mas eu preciso ser Outros. Eu penso renovar o homem usando borboletas. BARROS, Manoel. Retrato do artista quando coisa. Rio de Janeiro: Record, 1998.

3 Ministério das Cidades Denatran O PRIMEIRO PASSO MAS...  Somos capazes de mudar nossos pensamentos, nossos ideais, nossos sentimentos, nosso comportamento?  Somos capazes de romper com determinadas normas e padrões que nos são impostos?  Somos capazes de criar, de construir, de transformar, de agir eticamente?

4 Ministério das Cidades Denatran O PRIMEIRO PASSO Será possível você dar uma aula sobre o perigo do uso do celular no trânsito, por exemplo, se você dirige e fala no celular? Falar sobre álcool, se você bebe e dirige? Que verdade você transmitirá às pessoas? Como ensinar valores sem praticá-los?

5 Ministério das Cidades Denatran O PRIMEIRO PASSO O primeiro passo para a renovação de sua prática como instrutor de trânsito é sua própria renovação. Ter consciência disso é fundamental para o trabalho educativo transformador.

6 Ministério das Cidades Denatran O PAPEL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO  Facilitador do processo de aprendizagem.  Muito mais do que uma fonte de informações.  Ter disponibilidade e motivação.  Proporcionar atividades interessantes e controlar todas as condições que favorecem a aprendizagem.  Ser modelo de organização, de educação, de gentileza.  Ser prestativo, demonstrar interesse pelas necessidades de cada participante.  Envolver-se diretamente no processo de ensino-aprendizagem.

7 Ministério das Cidades Denatran RESPONSABILIDADES DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO  Elaborar um plano instrucional das atividades que serão realizadas.  Utilizar e conservar os recursos didáticos disponíveis.  Manter-se atualizado em relação ao conteúdo e às técnicas instrucionais.  Promover um ambiente de integração entre os participantes do grupo.

8 Ministério das Cidades Denatran PERFIL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO Tido como modelo em sala de aula, você deve apresentar comportamentos e perfil adequados para a função. Portanto...  seja responsável;  tenha iniciativa;  tenha controle emocional;  seja organizado;  esmere-se em sua forma de comunicação;  seja atento.

9 Ministério das Cidades Denatran PERFIL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO Para não comprometer sua imagem profissional frente ao grupo e, consequentemente, o processo de aprendizagem, preocupe-se com:  a formulação das perguntas dirigidas aos participantes;  a exemplificação prática das exposições teóricas;  o reforço dos conteúdos ministrados ao participante;  a variedade de metodologias, a fim de estimular a participação;  a correlação entre os conteúdos apresentados;  o favorecimento de uma visão sistêmica dos conteúdos.

10 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Uma das habilidades mais importantes para um instrutor de trânsito teórico-técnico é saber se COMUNICAR.

11 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE A palavra é o instrumento mais eficaz na comunicação que estabelecemos com o outro. Ela organiza nosso pensamento, faz com que possamos explicitá-lo e nos acompanha nas inúmeras atividades que desenvolvemos ao longo de nossas vidas. (linguagem verbal)

12 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Em nossa comunicação diária utilizamo-nos de meios que dispensam o uso da palavra. Nossos gestos e olhares são prova disso. A maneira com que nos vestimos e até como nos portamos nos vários ambientes que frequentamos também comunica, a quem nos observa, preferências e modos de vida. (linguagem não verbal)

13 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Tão importante quanto saber falar é saber se “comportar” diante de um grupo de futuros condutores. É essencial estabelecer uma linguagem corporal positiva:  imagem pessoal (vestuário, cabelo, etc.);  postura (manter-se ereto);  gestos moderados;  fala clara e ritmada;  fisionomia “animada”;  movimentos seguros (andar enquanto faz uma exposição);  olhar a plateia, fazendo contato visual.

14 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Além de uma linguagem corporal positiva, é necessário preparar-se para falar. Em primeiro lugar, você deve dominar o conteúdo que será explicitado. Ao falar, também é fundamental:  ter calma e tranquilidade;  ter clareza e objetividade;  ter sequência lógica de ideias;  evitar leituras prolongadas;  evitar repetição de palavras ou de expressões (“né”, “ta”, “daí”);  não se desviar do assunto programado.

15 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Ao responder perguntas:  mantenha o foco na pergunta realizada e responda sem fazer “rodeios”;  não se prolongue nas respostas e mostre seu conhecimento;  caso não saiba responder a algum questionamento, não se preocupe. Diga, tranquilamente, que pesquisará sobre o assunto e, mais tarde, responderá com segurança.

16 Ministério das Cidades Denatran UMA HABILIDADE MUITO IMPORTANTE Se sentir algum nervosismo no momento de sua apresentação:  use a linguagem do corpo para parecer mais confiante;  faça um esforço para sorrir e relaxe os ombros;  olhe as pessoas nos olhos e mantenha uma postura ereta e confortável;  não “brinque” com as mãos ou ponha as mãos no bolso;  relaxe e respire devagar e profundamente.

17 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Conviver é um desfio permanente. Em todos os momentos de nossas vidas somos levados a corresponder às expectativas dos outros em relação ao nosso comportamento. Em nossa vida profissional essa necessidade torna-se ainda mais presente.

18 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Você, como instrutor de trânsito, precisará exercitar constantemente sua capacidade de:  trabalhar bem com os outros;  entender e ser entendido;.  saber porque os outros não vêem a realidade como você;  deixar claro para os outros a intenção de seus atos e de suas palavras.

19 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Os processos de convivência despertam emoções diversas: atrações e rejeições, simpatias e antipatias, afeto e indiferença, colaboração e competição. O mais interessante é que esse processo de interação não é apenas verbal, ou seja, as pessoas não se relacionam apenas conversando. Pelo contrário, a linguagem dos gestos (e, às vezes, até mesmo os silêncios) também pode comunicar muito bem nosso sentimento. Seu trabalho depende da sua capacidade de se relacionar bem com quem depende de você: seus alunos futuros condutores.

20 Ministério das Cidades Denatran RELAÇÕES INTERPESSOAIS A cada minuto de nossas vidas em que precisamos nos relacionar, entramos em um processo de interação. O resultado desses processos é o que chamamos relações interpessoais.

21 Ministério das Cidades Denatran RELAÇÕES INTERPESSOAIS De que forma você pode assegurar uma interação realmente produtiva em seu ambiente de trabalho, com todas as pessoas que o cercam e, principalmente, com seus alunos? O segredo é apostar na cooperação, na união de esforços. Busque unir energias, conjugar esforços. E lembre-se: o resultado do trabalho será a soma de todos os esforços.

22 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS De acordo com Ivani Fazenda há quatro tipos de competência para os professores (competência professoral):  intuitiva;  intelectiva;  prática;  emocional.

23 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Competência intuitiva:  aquela que é própria da pessoa que vê além de seu tempo e de seu espaço;  não se contenta em trabalhar apenas com os recursos que lhe são oferecidos, indo além do convencional e buscando alternativas para seu trabalho. Nem sempre se dá bem, pois algumas instituições de ensino são rígidas e não perdoam quem ousa transgredir sua acomodação;  quer inovar, mas é competente, é equilibrado  e comprometido, ama a pesquisa, lê muito e incita seus alunos à leitura.

24 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Competência intelectiva:  aquela em que se destaca a reflexão;  o professor intelectivo é analítico por natureza e procura desenvolver o pensamento reflexivo;  adquire, facilmente, o respeito de seus alunos por ser um erudito, um filósofo;  ajuda a organizar ideias, classificá-las e defini-las.

25 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Competência prática:  a organização espaço-temporal é seu melhor atributo. Para este professor tudo deve ocorrer conforme o planejado e para isso faz uso de técnicas requintadas;  gosta da inovação, mas diferentemente do intuitivo, copia o que é bom, consegue boas cópias e alcança bons resultados;  é o professor querido pelos alunos que sentem nele seu porto seguro.

26 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Competência emocional:  este professor trabalha o conhecimento com base no autoconhecimento. Essa forma de trabalhar transmite tranquilidade e segurança ao grupo;  todo o seu trabalho tem um apelo grande aos afetos;  expõe suas idéias por meio de sentimentos e, com isso, consegue provocar uma sintonia imediata com os alunos;  auxilia na organização das emoções e contribui, também, para a organização de conhecimento mais próximos à vida dos alunos.

27 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Qual competência mais se relaciona à sua expressão como instrutor teórico-técnico de trânsito?

28 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Você expressará sua competência intuitiva quando:  incentivar a manifestação dos participantes, ouvir e considerar suas experiências;  estimular a leitura de apostilas, do Código de Trânsito Brasileiro e de outros textos importantes para serem estudados;  utilizar diferentes metodologias, com a finalidade de tornar suas aulas atraentes.

29 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Você expressará sua competência intelectiva quando:  promover debates que conduzam à análise crítica e à reflexão sobre os conteúdos apresentados em sala de aula;  demonstrar domínio acerca dos conteúdos abordados;  responder às perguntas e esclarecer as dúvidas expostas;  apresentar os conteúdos de forma organizada, clara e precisa.

30 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Você expressará sua competência prática quando:  estudar com profundidade os conteúdos que serão trabalhados;  impuser, educadamente, limites aos participantes (tempo para falar, tempo para ouvir...);  organizar e planejar suas aulas com antecedência;  respeitar os horários estabelecidos.

31 Ministério das Cidades Denatran COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS Você expressará sua competência emocional quando:  mantiver a calma e a tranquilidade, sem exaltar-se com os participantes;  oferecer um tratamento respeitoso, simpático e amistoso a todos os participantes, indistintamente;  respeitar as diferenças e oportunizar a participação de todos, favorecendo a inclusão;  evitar o constrangimento de um participante perante o grupo.


Carregar ppt "Ministério das Cidades Denatran REQUALIFICAÇÃO DIDÁTICA DO INSTRUTOR DE TRÂNSITO UNIDADE 1 O IMPORTANTE PAPEL DO INSTRUTOR TEÓRICO-TÉCNICO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google