A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como estimular a realização da leitura, da reflexão e da pesquisa em nossos alunos? Núcleo de Assessoria Pedagógica Unisal – Lorena 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como estimular a realização da leitura, da reflexão e da pesquisa em nossos alunos? Núcleo de Assessoria Pedagógica Unisal – Lorena 2006."— Transcrição da apresentação:

1 Como estimular a realização da leitura, da reflexão e da pesquisa em nossos alunos? Núcleo de Assessoria Pedagógica Unisal – Lorena 2006

2 Reflexão: O que é ensinar? Considero que ensinar seja a criação proposital de situações, nas quais os aprendizes motivados não devem conseguir escapar sem aprender ou desenvolver-se. John Cowan - propósito, - tutor, - aprendiz.

3 Qual o nosso papel no curso em que trabalhamos? -Transmitir conhecimentos; -Despejar conteúdos; -Formar integralmente o aluno; -Favorecer a reflexão, o espírito crítico; -Promover a aplicabilidade dos conhecimentos em situações práticas.

4 Relação entre aula, leitura, reflexão e pesquisa. Não sei se já alguma vez disse ao leitor que as idéias, para mim, são como nozes, e que até hoje não descobri melhor processo para saber o que está dentro de umas e de outras, senão quebrá-las. Machado de Assis

5 A aula e seus movimentos A aula operatória: Sondagem, Contextualização, Problematização, Sistematização e Generalização. Caracteriza-se pelo estímulo e desenvolvimento de diferentes e constantes movimentos operatórios – desenvolvimento de habilidades.

6 A aula e seus movimentos Aprendizagem e conflitos cognitivos; Desafios; Aula operatória: movimentos de ANÁLISE e de SÍNTESE. Valorização da leitura e da escrita; Contextualização; Problematização; Inserção na realidade do aluno.

7 Por que Leitura?...cresce a cada dia a importância da idéia de que conhecer é (...) partilhar significados. Os significados, por sua vez, são construídos por meio de relações estabelecidos entre os objetos, as noções, os conceitos. Um significado é como um feixe de relações. O significado de algo é construído falando-se sobre o tema, estabelecendo conexões pertinentes, às vezes, insuspeitadas entre os diversos temas. Os feixes de relações, por sua vez, articulam-se em uma grande teia de significações. O conhecimento é uma teia desse tipo. Nilson José Machado.

8 A Leitura no Ensino Superior Ensino Superior e Leitura; A questão das apostilas, dos esquemas; A necessidade da leitura nos originais( na fonte), nos clássicos; Um problema: considerar que aluno já tenha incorporado a habilidade de leitura; Co-responsabilidade dos professores, de todas as áreas, no tratamento das habilidades de leitura.

9 A postura do professor em relação à leitura: - Vocês leram o capítulo que indiquei para a nossa reflexão dessa manhã? Silêncio sepulcral. - Professor...., ler nós lemos, mas não entendemos absolutamente nada! O silêncio foi quebrado com o seguinte comentário do professor....

10 Resposta do professor Paulo Freire: - Eu também não entendi nada, mas vamos tentar entender juntos! - Humildade interpretativa; - Instrumentalização para a leitura.

11 Tratamento didático da leitura 1. Leitura para pesquisa: ANTES: Motivar, Esclarecer objetivos, Relacionar conhecimentos prévios. DURANTE: Orientar os caminhos da pesquisa e sua orientação. DEPOIS: apresentação esmerada

12 Leitura para Aprendizagem ANTES: Preparação: termos e idéias; Apresentação, motivação; Conhecimentos prévios. DURANTE: Leitura compartilhada, comentário grupal. DEPOIS: Representação, esquema, aplicação, atividades.

13 Leitura Espontânea ANTES Estímulo ConhecimentoS Prévios DURANTE Incorporação de Conteúdos DEPOIS Deleite pessoal

14 Leitura Resolutiva ANTES Centrar atenção Despertar Interesses DURANTE Determinar o problema Identificar índices de leitura Relacioná-los de maneira organizada. DEPOIS Planejar a resolução.

15 A Construção da Habilidade de Leitura 1. Identificar sinais gráficos com fluidez; 2. Reler, avançar ou utilizar elementos de ajuda externa para a compreensão léxica; 3. Avaliar a consistência interna do conteúdo do texto; 4.Distinguir o que é fundamental do que é pouco relevante; 5. Construir o significado global;

16 6. Realizar inferências; Observações: - Conhecimento estrutural; - Atenção concentrada; - Conhecer os objetivos da leitura: o quê? Por quê? Para quê?

17 A reflexão na sala de aula do ensino superior O que permite/facilita a reflexão? A prática da verbalização para se fazer compreender pelo outro; O diálogo, a discussão, o conhecimento de outros pontos de vista; A prática de textos explicativos; Exemplificar.

18 Professor que promove a reflexão: Concentrar-se em descobrir como os alunos aprendem; Parceria com os alunos no processo da aprendizagem; Transformação dos alunos em pesquisadores ativos de suas práticas; Assumir riscos e experimentar diferentes maneiras de ensinar;

19 No colegiado dos cursos, suscitar um trabalho coletivo, por afinidade, a respeito da aprendizagem reflexiva; Pesquisar na área pedagógica; Produzir conhecimentos e torná-los públicos.

20 Não há nada mais difícil de realizar, e mais arriscado de conduzir, do que tomar a frente na introdução de coisas novas, pois a inovação tem como inimigos todos aqueles que estavam bem com as velhas condições, e defensores indiferentes naqueles que poderiam ficar bem com as novas. Niccolò Machiavelli, O Príncipe, livro VI


Carregar ppt "Como estimular a realização da leitura, da reflexão e da pesquisa em nossos alunos? Núcleo de Assessoria Pedagógica Unisal – Lorena 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google