A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MIDIAS DIGITAIS POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EVANGELIZACAO Pe. Gildásio Mendes, sdb.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MIDIAS DIGITAIS POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EVANGELIZACAO Pe. Gildásio Mendes, sdb."— Transcrição da apresentação:

1 MIDIAS DIGITAIS POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EVANGELIZACAO Pe. Gildásio Mendes, sdb

2 Parte I Mudanças profundas no mundo, na Igreja e na Pastoral Mudanças profundas no mundo, na Igreja e na Pastoral

3 Nova Época e Novos Tempos "Mudança de Época" e “Nova Época” (Novo Millenio Ineunte e Documento de Aparecida). "Mudança de Época" e “Nova Época” (Novo Millenio Ineunte e Documento de Aparecida). "Os Novos Tempos” (Santo Domingos). "Os Novos Tempos” (Santo Domingos). “Nova Cultura” “Cultura Midiática” “Aldeia Global” “Grandes Areópagos”– João Paulo II (A Igreja e Internet e Ética na Internet) “Nova Cultura” “Cultura Midiática” “Aldeia Global” “Grandes Areópagos”– João Paulo II (A Igreja e Internet e Ética na Internet)

4 Mudanças culturais A Igreja e o seu Magistério refletem sobre “a profunda transformação que a internet e as novas tecnologias têm realizado na vida cultural e social da nossa sociedade” (Mensagem do Papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais, Junho de 2011) A Igreja e o seu Magistério refletem sobre “a profunda transformação que a internet e as novas tecnologias têm realizado na vida cultural e social da nossa sociedade” (Mensagem do Papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais, Junho de 2011)

5 Internautas no Brasil Numero de internautas no Brasil ultrapassou os 83,4 milhões. Desde 2009, a quantidade de brasileiros que faz uso da rede mundial de computadores aumentou 19%. (25/08/2012)

6 Crescimento Redes Sociais O número mundial de usuários de redes sociais - Facebook, Twitter, Orkut, Badoo e outras - chegará perto de 1,5 bilhão de pessoas, ou seja, cerca de 21% do globo.

7 Brasil lidera redes sociais os EUA : 49,9% da população total que usam redes sociais. Canadá:49,3%; Coréia do Sul, com 46,6%, Austrália, com 44,4% e Rússia, com 41,9%. Brasil é o primeiro da lista: 87,6% das pessoas que usam internet estão, simultaneamente, nas redes sociais.

8 Jogos onlines Os jogos online: crescimento de 27% nos primeiros quatro meses deste ano, em comparação ao mesmo período de 2009 Os jogos online: crescimento de 27% nos primeiros quatro meses deste ano, em comparação ao mesmo período de 2009

9 Telefonia Celular Total 257,90 milhões de acessos de celulares. A cada 100 brasileiros, 131,16 têm um número de celular, ou seja, há mais de uma linha para cada habitante. Teledensidade Total 257,90 milhões de acessos de celulares. A cada 100 brasileiros, 131,16 têm um número de celular, ou seja, há mais de uma linha para cada habitante.

10 A expansão do continente digital Um terço dos seres humanos estão conectados hoje e 39% estarão em Um terço dos seres humanos estão conectados hoje e 39% estarão em Mais da metade da humanidade (56%) dispõe de um telefone celular clássico ou "inteligente" - aparelhos que ainda têm margens significativas de desenvolvimento na Ásia e na África Mais da metade da humanidade (56%) dispõe de um telefone celular clássico ou "inteligente" - aparelhos que ainda têm margens significativas de desenvolvimento na Ásia e na África

11 Parte II: As gramáticas antigas e novas

12 Novas Gerações – De famílias flexíveis De famílias flexíveis Convívio com o divórcio Convívio com o divórcio Influência da mãe(mais educada e empregada) Influência da mãe(mais educada e empregada) Mae e pai no trabalho(filho – cursos, treinamento) Mae e pai no trabalho(filho – cursos, treinamento) Senso de competição(estudo-trabalho) Senso de competição(estudo-trabalho) TV assinatura. Vídeo-Game; Internet TV assinatura. Vídeo-Game; Internet Competidores; colaboradores; interativos Competidores; colaboradores; interativos

13 Tecnologias digitais e redes socias O Computador e as Tecnologias Digitais: o maior e mais significante fator de mudança na juventude O Computador e as Tecnologias Digitais: o maior e mais significante fator de mudança na juventude Fatores de mudança: Internet, I-Pod, Fatores de mudança: Internet, I-Pod, You-Tube, linguagem HTML, XML You-Tube, linguagem HTML, XML Criação de conteúdos na internet(XML) Criação de conteúdos na internet(XML) Redes Sociais – Orkuts Redes Sociais – Orkuts A Tecnologia é como ar A Tecnologia é como ar Nova percepção, nova atitude e comportamento Nova percepção, nova atitude e comportamento

14 Continente Relacional Vivemos novos tempos de busca relacional e não simplesmente tecnológica. Vivemos novos tempos de busca relacional e não simplesmente tecnológica.

15 Continente Digital

16 Virtual=virtus=virtualis Força, potencia, vigor, vitalidade

17 Parte II A pastoral nos tempos midiaticos A pastoral nos tempos midiaticos

18 Novas linguagens e simbolos

19 Imaginação Espacial

20 Hiperlink

21 Novos conceitos de comunidade “Em nossos dias, além das comunidades territorialmente estabelecidas, nos deparamos com comunidades: “Em nossos dias, além das comunidades territorialmente estabelecidas, nos deparamos com comunidades:

22 Comunidades Afetivas Transterritoriais Transterritoriais Ambientais Ambientais Afetivas Afetivas (Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, , n. 56) (Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, , n. 56)

23 A linguagem dos nossos destinatarios naspastorais Eles querem liberdade em tudo o que fazem, da liberdade de escolha a liberdade de expressão. Eles querem liberdade em tudo o que fazem, da liberdade de escolha a liberdade de expressão. Eles adoram customizar e personalizar Eles adoram customizar e personalizar Eles gostam do estético (no vestir, no habitar) Eles gostam do estético (no vestir, no habitar) Eles gostam de customizar e personificar o proprio ambiente(quarto, cozinha) Eles gostam de customizar e personificar o proprio ambiente(quarto, cozinha) Eles são afetivos - familia Eles são afetivos - familia Eles procuram integridade e abertura Eles procuram integridade e abertura Eles são colaboradores e inovativos Eles são colaboradores e inovativos

24 Estilo de vida dos catequizandos e lideres jovens Eles precisam de velocidade Eles precisam de velocidade Eles querem entretenimento no trabalho, na vida comunitária e na educação Eles querem entretenimento no trabalho, na vida comunitária e na educação Eles buscam relacionamento e senso de cooperação. Eles buscam relacionamento e senso de cooperação. Eles gostam de estar e viver em Rede Eles gostam de estar e viver em Rede

25 A nova linguagem dos jovens Eles respiram tecnologias digitais Eles respiram tecnologias digitais Eles são interativos – video-games Eles são interativos – video-games Eles são competitivos – jogos online Eles são competitivos – jogos online Eles são imersivos no mundo de bits Eles são imersivos no mundo de bits

26 Os novos autores nas pastorais Eles tem um modo diferente de processar informações. Eles tem um modo diferente de processar informações. Eles acreditam numa espiritualidade sistemica(saude, corpo, afetividade, relacionamento, valorização, dinheiro, viagens) Eles acreditam numa espiritualidade sistemica(saude, corpo, afetividade, relacionamento, valorização, dinheiro, viagens) Eles gostam da liturgia vivencial e experimental Eles gostam da liturgia vivencial e experimental Eles buscam os valores percebidos(amor, autoridade, pobreza, castidade) Eles buscam os valores percebidos(amor, autoridade, pobreza, castidade)

27 Parte III Os 4 jardins – as novas midias e as pastorais Os 4 jardins – as novas midias e as pastorais

28 Jardim Origem hebraica: Gan+eden = proteger, prazer, satisfação, encanto. Origem hebraica: Gan+eden = proteger, prazer, satisfação, encanto. Jardim: encantamento Jardim: encantamento Portugues: harmonia, satisfação e beleza Portugues: harmonia, satisfação e beleza

29 Jardins Segundo o livro do Genesis (2,8)“Deus plantou o Jardim do Éden, no Oriente”... “Deus fez brotar do solo todas as espécies de árvores formosas e saborosas”..., “e aí colocou o homem para que o cultivasse e conservasse. Segundo o livro do Genesis (2,8)“Deus plantou o Jardim do Éden, no Oriente”... “Deus fez brotar do solo todas as espécies de árvores formosas e saborosas”..., “e aí colocou o homem para que o cultivasse e conservasse.

30 Jardim como rede O Jardim- rede onde tudo está interconectado e dependente: arvores frutíferas, flores, água, piscina, fonte, verduras, frutas O Jardim- rede onde tudo está interconectado e dependente: arvores frutíferas, flores, água, piscina, fonte, verduras, frutas Natureza e pessoas se tornam uma co-existencia natural. O jardim de modo amplo, o centro da vida das pessoas Natureza e pessoas se tornam uma co-existencia natural. O jardim de modo amplo, o centro da vida das pessoas

31 Ambiencia do jardim O dom e o compromisso da comunicação neste novo ambiente exige responsabilidade diante do dom da vida que é sagrado, que cresce e se desenvolve nesta ambiência O dom e o compromisso da comunicação neste novo ambiente exige responsabilidade diante do dom da vida que é sagrado, que cresce e se desenvolve nesta ambiência

32 Jardim da Criação

33 Linguagem da Cruz A condição humana da dor, da perda e do sofrimento humano A condição humana da dor, da perda e do sofrimento humano A humanização libertadora da cruz A humanização libertadora da cruz A dimensão misericordiosa e amorosa A dimensão misericordiosa e amorosa

34 Jardim da Paixão Marcos 14:32-36 Marcos 14:32-36

35 Linguagem da ressurreição A vitória da vida sobre a morte A vitória da vida sobre a morte O evento inspirador e marcante da história da salvação O evento inspirador e marcante da história da salvação Fonte da vida liturgica Fonte da vida liturgica Familia humana e fraternidade universal Familia humana e fraternidade universal

36 Jardim da Ressurreição João 20: 11-18

37 Linguagem da redenção A realização do Reino de Deus A realização do Reino de Deus A alegria e gloria da Familia redimida A alegria e gloria da Familia redimida A esperança compartilhada A esperança compartilhada A glorificação do Cordeiro de Deus A glorificação do Cordeiro de Deus Gaudim et Spes da Humanidade Gaudim et Spes da Humanidade

38 Jardim da Redenção Apocalipse 22:2 A Árvore da Vida e a Praça A Árvore da Vida e a Praça

39 Novo ambiente existencial Novas midias e lógica digital: traz em si uma mudança cultural e antropológica. Novas midias e lógica digital: traz em si uma mudança cultural e antropológica. As redes são um ambiente, um novo contexto existencial. As redes são um ambiente, um novo contexto existencial.

40 As novas teias de relação comunitária As redes sociais não são meramente aparatos tecnológicos, mas ambientes de relações. As redes sociais não são meramente aparatos tecnológicos, mas ambientes de relações.

41 Nova pedagogia relacional e midias Lógica digital para construir um outro conceito de mundo e para reinterpretar a realidade e as relações sociais. Lógica digital para construir um outro conceito de mundo e para reinterpretar a realidade e as relações sociais. A lógica digital quebra com a linearidade do pensamento, modificando o conceito de tempo e espaço nas relações humanas. A lógica digital quebra com a linearidade do pensamento, modificando o conceito de tempo e espaço nas relações humanas.

42 Novas mediações Pelas mediações sociais do universo virtual podemos habitar muitos espaços sociais ao mesmo tempo(ubiqüidade). Essas mediações tornam-se meios de construção da própria identidade social Pelas mediações sociais do universo virtual podemos habitar muitos espaços sociais ao mesmo tempo(ubiqüidade). Essas mediações tornam-se meios de construção da própria identidade social

43 Novo sentido de autoridade A hierarquização das relações é diferente. A comunicação em rede é de igual para igual. A hierarquização das relações é diferente. A comunicação em rede é de igual para igual. As redes são um lugar do provisório e do ambíguo. Neste novo espaço e tempo virtuais, a pessoa experiência situações psicológicas novas que exigem estudos e aprofundamentos para futuras orientações educativas e formativas. As redes são um lugar do provisório e do ambíguo. Neste novo espaço e tempo virtuais, a pessoa experiência situações psicológicas novas que exigem estudos e aprofundamentos para futuras orientações educativas e formativas.

44 Privacidade e segurança Cada pessoa que participa das redes sociais deve estar consciente da exposição de seus dados pessoais, sua privacidade e sua segurança Cada pessoa que participa das redes sociais deve estar consciente da exposição de seus dados pessoais, sua privacidade e sua segurança

45 Novas comunidades virtuais As redes sociais favorecem as chamadas comunidades virtuais. Essas comunidades cooperam para que as pessoas e grupos de interesse interajam facilitando a comunicação por meio de uma interatividade elástica, fluida, rápida e flexível. Elas somam com as comunidades tradicionais. As redes sociais favorecem as chamadas comunidades virtuais. Essas comunidades cooperam para que as pessoas e grupos de interesse interajam facilitando a comunicação por meio de uma interatividade elástica, fluida, rápida e flexível. Elas somam com as comunidades tradicionais.

46 Novas Gramáticas da Pastoral Evangelizar a partir da lógica digital e educar nos espaços midiáticos exigem novos métodos e novas atitudes. Evangelizar a partir da lógica digital e educar nos espaços midiáticos exigem novos métodos e novas atitudes. Evangelizar nos espaços midiáticos: ser, testemunhar com verdade e coerência a capacidade de amar, de acolher, de estabelecer confiança e, a partir daí, fazer o caminho da descoberta de Jesus Cristo, do aprofundamento da fé e da vivência cristao. Evangelizar nos espaços midiáticos: ser, testemunhar com verdade e coerência a capacidade de amar, de acolher, de estabelecer confiança e, a partir daí, fazer o caminho da descoberta de Jesus Cristo, do aprofundamento da fé e da vivência cristao.

47 Novas linguagens Educar e catequizar a partir da nova lógica digital requer a compreensão e o conhecimento das novas habilidades e competências interativas das pessoas e suas novas linguagens de mediações Educar e catequizar a partir da nova lógica digital requer a compreensão e o conhecimento das novas habilidades e competências interativas das pessoas e suas novas linguagens de mediações

48 A linguagem das narrativas Cada pessoa na rede tem o seu perfil e um pouco da sua história registrada em fotos e imagens que formam seu vocabulário. Cada pessoa na rede tem o seu perfil e um pouco da sua história registrada em fotos e imagens que formam seu vocabulário. A pedagogia das narrativas. A pedagogia das narrativas. O Evangelho é uma enciclopédia de imagens com histórias contadas através de parábolas com beleza e apelo à imaginação e ao coração das pessoas. O Evangelho é uma enciclopédia de imagens com histórias contadas através de parábolas com beleza e apelo à imaginação e ao coração das pessoas.

49 Itinerancia religiosa e novas midias Viver nas redes sociais é viver uma realidade de itinerância. Três níveis da comunicação: o contato rápido e informativo; o contato de relacionamento; e o contato de engajamento. Viver nas redes sociais é viver uma realidade de itinerância. Três níveis da comunicação: o contato rápido e informativo; o contato de relacionamento; e o contato de engajamento.

50 Silencio e beleza O aspecto da beleza, do artístico e do silêncio são importantes na evangelização a partir da ótica digital. O aspecto da beleza, do artístico e do silêncio são importantes na evangelização a partir da ótica digital. A arte é uma linguagem muito próxima da linguagem digital pelos seus aspectos visuais, o apelo das cores, dos sons, do artístico em si mesmo. A arte é uma linguagem muito próxima da linguagem digital pelos seus aspectos visuais, o apelo das cores, dos sons, do artístico em si mesmo.

51 A arte é uma linguagem interativa A arte tem o poder de tocar o imaginário e o coração humano além do discurso racional. O silêncio é uma linguagem que favorece tanto o encontro com o mistério da vida e de Deus quanto o encontro com o poder criativo e imaginativo. A arte tem o poder de tocar o imaginário e o coração humano além do discurso racional. O silêncio é uma linguagem que favorece tanto o encontro com o mistério da vida e de Deus quanto o encontro com o poder criativo e imaginativo.

52 Nova mentalidade na Vida Comunitária Mentalidade 1 - O Evangelho e as novas midias: realidades conciliadoras Mentalidade 1 - O Evangelho e as novas midias: realidades conciliadoras Mentalidade 2 - A comunidade e os novos areópagos: identidade e diálogo cultural Mentalidade 2 - A comunidade e os novos areópagos: identidade e diálogo cultural

53 Novas mentalidades Mentalidade 3 – pastoralistas e destinatarios: relacionamento e interatividade Mentalidade 3 – pastoralistas e destinatarios: relacionamento e interatividade Mentalidade 4 - Comunicação e cultura midiática: inovação e mentalidade de rede Mentalidade 4 - Comunicação e cultura midiática: inovação e mentalidade de rede Mentalidade 5 – Relacionamento e interatividade na evangelizacao Mentalidade 5 – Relacionamento e interatividade na evangelizacao

54 Evangelizar Juntos

55 Contatos Pe. Gildásio Mendes,Ph.D Pe. Gildásio Mendes,Ph.D Fone : (67) Fone : (67) Site: https://www.msu.edu/~dossanto/ac ademics Site: https://www.msu.edu/~dossanto/ac ademics https://www.msu.edu/~dossanto/ac ademics https://www.msu.edu/~dossanto/ac ademics Twitter: oisadlig Twitter: oisadlig


Carregar ppt "MIDIAS DIGITAIS POSSIBILIDADES E DESAFIOS PARA A EVANGELIZACAO Pe. Gildásio Mendes, sdb."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google