A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metonímia A Metonímia consiste no emprego de uma palavra por outra com a qual ela se relaciona. Ocorre a metonímia quando empregamos: a) O autor troca.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metonímia A Metonímia consiste no emprego de uma palavra por outra com a qual ela se relaciona. Ocorre a metonímia quando empregamos: a) O autor troca."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Metonímia A Metonímia consiste no emprego de uma palavra por outra com a qual ela se relaciona. Ocorre a metonímia quando empregamos: a) O autor troca o criador pela obra Ex.: Gosto de ler Jorge Amado. b) O efeito pela causa e vice-versa: Ex.: Ganho a vida com suor do meu rosto. Vivo do meu trabalho. Ex.: Ganho a vida com suor do meu rosto. Vivo do meu trabalho.

4 c) O continente pelo conteúdo. Exemplo: Ela comeu uma caixa de doces. Observe, no primeiro exemplo, que suor é o efeito ou resultado e está sendo usado no lugar da causa, ou seja, trabalho. Já no segundo exemplo, o trabalho é causa e está no lugar do efeito ou resultado, ou seja, o lucro. A palavra caixa, que designa o continente ou aquilo que contém, está sendo usada no lugar da palavra doces, que designaria o conteúdo.

5 d) O abstrato pelo concreto e vice-versa. Exemplos: A velhice deve ser respeitada. Ele tem um grande coração. No primeiro exemplo, o abstrato velhice está no lugar do concreto, ou seja, pessoas velhas. No segundo exemplo, o concreto coração está no lugar do abstrato, ou seja, bondade. e) O instrumento pela pessoa que o utiliza. Exemplo: Ele é um bom volante. O termo volante está sendo usado no lugar do termo piloto ou motorista.

6 f) O lugar pelo produto. Exemplo: Gosto muito de tomar um Porto. Neste exemplo, o produto vinho foi substituído pelo nome do lugar em que é feito, ou seja, a cidade do Porto. g) O símbolo ou sinal pela coisa significada. Exemplo: g) O símbolo ou sinal pela coisa significada. Exemplo: Os revolucionários queriam o trono. A palavra trono, nesse caso, simboliza o império, o poder.

7 h) A parte pelo todo. Exemplo: Não há teto para os necessitados. A parte teto está no lugar do todo, “ a casa”. i) O indivíduo pela classe ou espécie. Exemplo: Ele foi o judas do grupo. O nome próprio de Judas está sendo usado como substantivo comum, designando a espécie dos homens traidores.

8 k) O gênero ou a qualidade pela espécie. Exemplo: Os mortais são imperfeitos. A palavra mortais está no lugar de seres humanos. O singular homem está sendo usado no lugar do plural homens. O homem é um animal racional. j) O singular pelo plural. Exemplo: l) A matéria pelo objeto. Exemplo: Ele não tem um níquel. A matéria níquel é usada no lugar da coisa fabricada, que é moeda.

9 Metáfora Consiste em atribuir a uma palavra características de outra, em função de uma analogia estabelecida De forma bem subjetiva. Exemplo: “Meu verso é sangue!” Manuel Bandeira Metáfora Consiste em atribuir a uma palavra características de outra, em função de uma analogia estabelecida De forma bem subjetiva. Exemplo: “Meu verso é sangue!” Manuel Bandeira Observe que ao associar o verso a sangue, o poeta estabeleceu uma analogia entre essas duas palavras, vendo nelas uma relação de semelhança. todos os significados que a palavra sangue sugere ao leitor passam também para a palavra verso. Observe que ao associar o verso a sangue, o poeta estabeleceu uma analogia entre essas duas palavras, vendo nelas uma relação de semelhança. todos os significados que a palavra sangue sugere ao leitor passam também para a palavra verso.

10 Os poetas são mestres na criação de metáforas Surpreendentes, ricas em significados. Veja este outro exemplo: Os poetas são mestres na criação de metáforas Surpreendentes, ricas em significados. Veja este outro exemplo: “Ó minha amada que os olhos teus são cais Carnudos cheios de adeus.” Vinícius de Moraes “Ó minha amada que os olhos teus são cais Carnudos cheios de adeus.” Vinícius de Moraes

11 Hipérbole Ocorre a hipérbole quando, para realçar uma Idéia, exageramos na sua representação. Ex: Está muito calor. Os jogadores estão morrendo de sede no campo. Hipérbole Ocorre a hipérbole quando, para realçar uma Idéia, exageramos na sua representação. Ex: Está muito calor. Os jogadores estão morrendo de sede no campo.

12 Prosopopeia ou personificação A prosopopeia consiste em atribuir características humanas ou em dar vida e ação a seres inanimados ou irracionais. Ex: As ondas do mar gemem na praia deserta. Prosopopeia ou personificação A prosopopeia consiste em atribuir características humanas ou em dar vida e ação a seres inanimados ou irracionais. Ex: As ondas do mar gemem na praia deserta.

13 Eufemismo Ocorre o eufemismo quando, no lugar das Palavras próprias, são empregadas outras com A finalidade de atenuar ou evitar a expressão direta de uma idéia desagradável ou grosseira. Ex: Depois de muito sofrimento, ele entregou a alma a Deus. Eufemismo Ocorre o eufemismo quando, no lugar das Palavras próprias, são empregadas outras com A finalidade de atenuar ou evitar a expressão direta de uma idéia desagradável ou grosseira. Ex: Depois de muito sofrimento, ele entregou a alma a Deus.

14 Elipse é a omissão de um termo ou de uma oração inteira, sendo que essa omissão geralmente fica subentendida pelo contexto. Ex.: Sobre a mesa, apenas um copo d' água e uma maçã. Zeugma é um caso especial de elipse, quando o termo omitido já tiver sido expresso anteriormente. Ex.: Vamos jogar, só nós dois? Você chuta para mim e eu para você.

15 Anáfora é a figura sintática que consiste na repetição da mesma palavra ou construção no início de várias orações, períodos ou versos. Ex.: “Grande no pensamento, grande na ação, grande na glória, grande no infortúnio, ele morreu desconhecido e só." (Rocha Lima)

16 Pleonasmo é também um caso de repetição, mas que envolve uma redundância. Quer dizer, no pleonasmo há uma repetição desnecessária, tanto do ponto de vista sintático quanto do ponto de vista se Ex.: Aos rapazes, deu-lhes dinheiro.

17 Sinestesia é outro tipo de metáfora. Consiste em aproximar, na mesma expressão, sensações percebidas por diferentes órgãos dos sentidos. Como na metáfora, trata-se de relacionar elementos de universos diferentes. Ex.: Uma melodia azul tomou conta da sala. Sensação auditiva e Visual A sua voz áspera intimidava a platéia. sensação auditiva tátil Senti saudades amargas. sentimento sensação gustativa

18 A antítese consiste na exposição, no texto, de idéias contrárias. Na antítese, o contraste confere às palavras opostas ênfase que não teriam se apresentadas isoladamente. Ex.: Ele não odeia, ama; não chora, ri.

19 O paradoxo é figura em que há contradição de idéias. Em outras palavras, o paradoxo apresenta opinião contrária ao senso comum, mas que pode conter verdade. No paradoxo, as idéias aparentam ser contraditórias, mas podem ter explicação que transcende os limites da expressão verbal. Ex.: "Dor - tu és um prazer! (Castro Alves)

20 Discurso é toda atividade comunicativa formada por texto e contexto discursivo que é capaz de gerar sentido e é desenvolvida entre interlocutores. Intertextualidade é a relação entre dois textos caracterizada por um citar o outro.

21 Interdiscursividade é a relação entre dois discursos caracterizada por um citar o outro. Inferência é aquilo que se pode compreender acerca do texto.

22 Responda rápido...

23 a. A juventude é ousada. b. Vamos tomar um copo de laranjada. c. Ele vendeu algumas cabeças de gado. 1. Nas frases abaixo há exemplos de metonímia, exceto em: 1. Nas frases abaixo há exemplos de metonímia, exceto em: d. Sua voz é canção para meus ouvidos.

24 a. hipérbole b. prosopopéia c. eufemismo 2. Identifique as figuras de pensamento presentes nas frases d. antítese “Rios correrão dos olhos, se chorares...”

25 a. hipérbole b. prosopopéia c. eufemismo d. antítese “O inútil choro das tristes águas enche de mágoas a solidão...”

26 a. hipérbole b. prosopopéia c. eufemismo d. antítese “Residem juntamente no teu peito um demônio que ruge e um deus que chora...”

27 a. hipérbole b. prosopopéia c. eufemismo d. antítese “Um dia hei de ir embora adormecer no derradeiro sono...”

28


Carregar ppt "Metonímia A Metonímia consiste no emprego de uma palavra por outra com a qual ela se relaciona. Ocorre a metonímia quando empregamos: a) O autor troca."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google