A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional

2 Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1.Definir cultura organizacional. 2.Descrever a relação entre cultura organizacional e o contexto do negócio. Como a cultura contribui para a inovação e sucesso organizacional. 3.Discutir a contribuição a cultura organizacional para o gestão da mudança; descrever os elementos analíticos da cultura organizacional, tais como os tipos diferentes de cultura e os modelos de maturidade organizacional. 4.Descrever como a cultura organizacional interfere na gestão do conhecimento. 5.Discutir os principais obstáculos e facilitadores da cultura organizacional para o compartilhamento efetivo do conhecimento e para a GC. Módulo 7. O Papel da Cultura Organizacional. Objetivos

3 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Gestão do Conhecimento. Eras Gestão da Experiência Gestão da Informação Gestão de Idéias WWW 2005 Web 2.0 Repositórios Digitais Conhecimento Explícito (Foco no conhecimento explícito contido em documentos) Comunidades de Prática (COPs) Narrativas Conhecimento Tácito (Foco na experiência das pessoas) Networks Conhecimento Coletivo (Foco na sabedoria coletiva para resolver problemas e inovar) Fonte: Nancy Dixon - Julho/2002 Etienne Wenger Começamos a aprender a usar o conhecimento coletivo Aumenta a importância da cultura organizacional e do clima colaborativo BP Framework Exemplo: Projeto Eureka - Xerox

4 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1.Implemente GC e as pessoas vão aderir – Pessoas raramente separam tempo para aprender o uso de novas ferramentas – Pessoas nem sempre encontram na tecnologia o que elas querem ou precisam – Pessoas nem sempre sabem o que precisam 2.Tecnologia substituirá contato pessoal – Não devemos ignorar: Compartilhamento do conhecimento tácito valioso Papel importante das redes informais Aprendizagem entre pares Introdução: Mitos na Área de GC

5 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 3. A primeira coisa que deve ser mudada para implementar GC é a cultura organizacional. Deve-se criar uma cultura de aprendizagem – Muitas organizações que implementaram com êxito GC tinham uma sólida cultura de aprendizagem – Em outras organizações, levaria muito tempo para mudar a cultura Organização precisará de muito tempo para implantar GC Introdução: Mitos na Área de GC

6 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Algumas organizações estão prontas para GC Outras estão quase prontas Existem organizações que estão muito longe de ter um cultura favorável à implementação da GC Cultura organizacional desempenha papel crucial no sucesso ou fracasso da GC Cultura Organizacional

7 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Avaliar Contextualizar Atualizar Compartilhamento e disseminação do conhecimento Internalização e utilização do conhecimento Criação e/ou captação do conhecimento Fonte: DALKIR, 2005 Cultura Organizacional Ambiente Organizacional

8 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura – Valores, crenças e códigos de conduta de uma comunidade Organizações também têm sua cultura Cultura organizacional: – Elemento de avaliação que envolve expectativas e padrões – Valores e crenças que unem pessoas em grupos O que é Cultura Organizacional?

9 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1.Quais são as estruturas de referência compartilhada que torna a organização possível 2.De onde veem essas estruturas 3.Como elas são criadas, comunicadas e mantidas? 3 Perguntas para entender cultura organizacional

10 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1.Valores declarados e não-declarados 2.Expectativas implícitas e explícitas sobre o comportamento dos membros 3.Costumes e rituais 4.Histórias e mitos sobre a história do grupo 5.Jargão 6.Clima: – Sentimentos existentes entre os membros do grupo na sua interação, na interação com membros externos e ambiente externo 7.Metáforas e símbolos – Podem ser inconscientes e presentes em outros elementos culturais Elementos de uma cultura organizacional

11 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura organizacional – Conjunto de entendimentos (com frequência não ditos) que os membros têm em comum – Pode ser ensinada a novos membros da organização como “correta” ou maneira aceitável de pensar, perceber e sentir em relação ao trabalho e a problemas organizacionais – Inconsciente Há uma relação recíproca entre cultura organizacional e comunicação Comunicação – Ferramenta que ajuda a transmitir a cultura organizacional para membros recém-chegados – Cultura molda e altera a comunicação – Cultura estimula certos assuntos e desestimula outros Cultura organizacional

12 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura organizacional – Maneira como a organização resolve problemas, atinge suas metas e se mantém ao longo do tempo Dimensões da Cultura Organizacional Sociabilidade = medida de amizade entre as pessoas – Foco nas pessoas – Foco no trabalho em equipe – Foco no processo em vez de resultados Solidariedade = mede o foco na tarefa – Alta solidariedade = pessoas podem trabalhar bem juntas em busca de certos objetivos, apesar de disputas pessoais e conflitos Cultura Organizacional

13 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura comunitária – Dá aos membros senso de pertencimento – Tem foco em tarefas – Líderes = carismáticos – Aspecto negativo: líder exerce muita influência Cultura em rede – Membros são tratados como amigos e família – Pessoas estão próximas e se apreciam – Há disposição para compartilhar informação e conhecimento – Aspecto negativo: pessoas são tão boas com as outras que não sabem criticar desempenho ruim Tipos de Cultura Organizacional

14 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura Mercenária – Foco somente em metas – Há expectativa que as pessoas cumpram metas rapidamente – Aspecto negativo: quem tem desempenho ruim é tratado de forma desumana Cultura Fragmentada – Fraco senso de pertencimento e identificação com a organização – Individualismo domina. Compromisso é primeiro com o indivíduo – Aspecto negativo: falta cooperação Tipos de Cultura Organizacional

15 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Pré-requisito de uma cultura promotora da Gestão do Conhecimento = confiança Confiança elimina sensação que – destinatário não utilizará o conhecimento com adequação e – autoria do conhecimento não será reconhecida Cultura Organizacional

16 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Quando as pessoas sentem que... Então... São respeitadas Serão tratadas de maneira profissional Podem confiar nas outras pessoas Haverá aumento no compartilhamento do conhecimento

17 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Implementação da GC quase sempre requer mudança organizacional (pelo menos em parte) para promover uma cultura de compartilhamento do conhecimento e colaboração GC quase sempre provocará mudança que desencadeará processo de evolução Pessoas resistem a mudança quando sentem que ela está sendo imposta Cultura de compartilhamento é baseada na confiança. Por isso, é fundamental informar, envolver e inspirar pessoas sobre mudanças necessárias GC e Cultura Organizacional

18 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Cultura organizacional – Componente essencial para que a informação e conhecimentos críticos fluam na organização – Cultura organizacional será quase sempre mais importantes do que as tecnologias de comunicação implementadas para promover o compartilhamento de conhecimento Cultura de compartilhamento do conhecimento Compartilhar conhecimento é norma, não exceção. Pessoas são encorajadas a trabalhar juntas, colaborar e compartilhar e são recompensadas por isso. GC e Cultura Organizacional

19 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Mudança de Paradigma Conhecimento é poder Compartilhar conhecimento é mais poderoso

20 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Clima colaborativo = um dos principais fatores que influenciam a efetividade do trabalho do conhecimento

21 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1.Sistema de recompensa = reconhecimento do compartilhamento do conhecimento com os colegas 2.Abertura/transparência = inexistência de agendas ocultas 3.Apoio ao compartilhamento = comunicação e coordenação entre grupos 4.Confiança – objetivos compartilhados 5.Apoio da alta Adminsitração = comunicação de cima para baixo e de baixo para cima Ambiente de apoio ao Compartilhamento

22 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Como construir uma cultura de compartilhamento do conhecimento 1.Exemplo da alta administração – Compartilhando conhecimento – Recompensando a colaboração 2.Compartilhar histórias em ambiente informal (narrativas) aos novos funcionários sobre “como as coisas funcionam na organização” 3.Líderes comunicando e reforçando os valores e princípios organizacionais em momentos de crise

23 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Como construir uma cultura de compartilhamento do conhecimento 4. Implantar sistema de recompensa – Exemplo: Universidade que não promove professor que recebeu prêmio de qualidade de ensino. Mensagem: ensino não é importante. 5. Alocar recursos em coisas importantes para a GC 6. Cuidado com o que a alta administra comunica – Alta administração compartilha valores importantes para a organização “Os cem mais do compartilhamento”

24 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Passos para criar uma cultura de compartilhamento do conhecimento

25 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1) Entrevistar pessoas para registrar: projetos, melhores práticas, lições aprendidas e boas histórias

26 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 2) Realizar encontros informais de GC para que as pessoas se conheçam. Encontros temáticos com apoio gerencial

27 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 3) Publicar boletins sobre iniciativas de GC

28 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 4) Lançar projetos piloto de GC. Exemplos: i) Páginas Amarelas; ii) Comunidades de Prática; e iii) Análise de Redes Sociais

29 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 5) Valorizar compartilhamento do conhecimento nas avaliações de desempenho

30 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 6) Recompensar o compartilhamento do conhecimento

31 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 7) Redesenhar ambientes de trabalho e incluir locais de encontro para compartilhamento do conhecimento

32 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Fase de Maturidade Descrição 1.Caótica  Cultura não é coesa  Liderança não toma decisões  Estrutura de liderança vaga  Modelo de gestão operacional indefinido  Elevado turn over dos funcionários 2. Ad hoc  Culturas locais múltiplas  Tomada de decisões local  Turn over elevado com exceção em cargos considerados prioritários Estágios de Maturidade Organizacional Fonte: DALKIR, Kimiz, Adaptado de Fujitsu Consulting

33 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Fase de Maturidade Descrição 3. Organizada  Decisões tomadas com base na estratégia corporativa  Chefias intermediárias alinhadas com alta administração  Modelo de gestão corporativo  Número de funcionários estável 4. Gerenciada  Cultura corporativa coesa e modelo de gestão operacional  Estratégia corporativa conduz ações operacionais  Equipe da alta administração treina e empodera chefias intermediárias Estágios de Maturidade Organizacional Fonte: DALKIR, Kimiz, Adaptado de Fujitsu Consulting

34 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Fase de Maturidade Descrição 5. Ágil  Cultura se adapta estrategicamente  Modelo de gestão operacional muda de forma dinâmica para se ajustar a mudanças no ambiente  Profissionais competem entre si para trabalhar na organização Estágios de Maturidade Organizacional Fonte: DALKIR, Kimiz, Adaptado de Fujitsu Consulting

35 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Como promover a mudança na cultura organizacional necessário para o sucesso da GC Implicações Estratégicas da Cultura Organizacional

36 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 1) Defina claramente os resultados culturais desejados

37 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 2) Avaliar a situação atual da cultura organizacional

38 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 3) Diagnosticar a situação atual do compartilhamento do conhecimento

39 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 4) Avaliar a resistência à mudança

40 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 5) Identifique facilitadores e obstáculos à mudança

41 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 6) Avalie o grau de maturidade da organização em GC

42 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 7) Identificar facilitadores e obstáculos à implementação da GC

43 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira BatistaVersão /09/12 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista 8) Analise a diferença entre situação atual e a desejável em relação à cultura organizacional

44 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Trabalho em Equipes Artigo: “Collaborative Climate and Effectiveness of Knowledge Work” Karl-Erik Sveiby e Roland Simons

45 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista HipótesesSeria Comprovada na sua organização? H1 = Respondentes mais velhos são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que outros grupos H2 = Funcionários com mais tempo de emprego são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que aqueles com menos tempo H3 = Funcionários com menos tempo de experiência são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que funcionários com mais experiência Hipóteses – Pesquisa Clima Colaborativo Compare os resultados da pesquisa de Sveiby e Simons com o que você entende que seriam os resultados empíricos de uma pesquisa semelhante na sua organização

46 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista HipótesesSeria Comprovada na sua organização? H4 = Respondentes com nível mais alto de escolaridade são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que outros H5 = Respondentes que ocupam funções gerenciais são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que outros grupos H6 = Pessoas que avaliam mal seu supervisor também têm uma visão negativa da organização como um todo H7 = Respondentes em organizações menores são mais favoráveis ao “Clima Colaborativo” do que funcionários de organizações maiores. Hipóteses – Pesquisa Clima Colaborativo

47 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista HipótesesSeria Comprovada na sua organização? H8 = “Clima Colaborativo” foi pior avaliado em relação à “Organizational Culture” (OS = Cultura Organizational) do que em relação ao “Work Group Support” (Apoio da Equipe de Trabalho” H 9 = Respondentes do setor público avaliam o “Clima Colaborativo” de maneira menos favorável do que respondentes do setor privado. Hipóteses – Pesquisa Clima Colaborativo

48 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista FIM DO MÓDULO 7. O Papel da Cultura Organizacional Obrigado! Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Técnico de Planejamento e Pesquisa Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) Presidência da República Tel.: (61) Professor do Mestrado em Gestão do Conhecimento e da Tecnologia da Informação (MGCTI) Universidade Católica de Brasília

49 Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Próximo Módulo: Práticas de Gestão do Conhecimento (Módulo 8) Texto a ser resumido para a próxima aula: BATISTA, Fábio F. et. al. Práticas de gestão do conhecimento in BATISTA, Fábio F. et. al. Gestão do Conhecimento na Administração Pública. Brasília: Ipea, 2005 (Texto para Discussão no 1095), pp Disponível em Acessado em 19/09/12. Leitura para a próxima aula


Carregar ppt "Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional Versão: abril de 2014 © Prof. Dr. Fábio Ferreira Batista Módulo 7: O Papel da Cultura Organizacional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google