A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Qualidade na Manutenção. Gestão pela Qualidade Total (GQT): – É uma ferramenta para se obter a satisfação do cliente e alcançar competitividade empresarial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Qualidade na Manutenção. Gestão pela Qualidade Total (GQT): – É uma ferramenta para se obter a satisfação do cliente e alcançar competitividade empresarial."— Transcrição da apresentação:

1 Qualidade na Manutenção

2 Gestão pela Qualidade Total (GQT): – É uma ferramenta para se obter a satisfação do cliente e alcançar competitividade empresarial. – A Qualidade Total busca a melhoria contínua dos processos e o zero defeito através da interação entre os diversos segmentos da empresa: projeto, produção (operação e manutenção), controle, entrega e pós-venda. – Portanto, a cultura da Qualidade Total deve estar presente na Manutenção

3 Qualidade na Manutenção O papel da Manutenção na GQT: – Cultura do cliente interno: produção (e outros) Mudança de Cultura Cultura da Mudança

4 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 1.Satisfação Total dos Clientes: – Conhecer bem as necessidades do cliente; – Definir o que precisa ser feito para bem atendê- lo; – Superar as expectivas do cliente. 2.Gerencia Participativa: – Trabalho em equipe – Líder x chefe

5 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 3.Desenvolvimento Humano: – Conhecimento Técnico: Qualificação - Saber; – Desenvolvimento Pessoal: Motivação – Querer. 4.Constância de Propósitos: – Clara definição de metas: curto, médio e longo prazo; – Planos de ação (melhores práticas)

6 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 5.Desenvolvimento Contínuo: – Indicadores para medição, análise e ação. – Comparação de resultados 6.Gerenciamento de processos: – Aplicação do PDCA (Plan, Do, Check, Act): Planejar, Fazer, Verificar e Corrigir.

7 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 7.Delegação: – A filosofia básica é: Dar o poder de decisão para quem está perto de onde ocorre a ação. – Ganha-se em agilidade e, portanto, em competitividade. 8.Disseminação da Informação: – Sistema de comunicação rápido, claro e objetivo; – Integração de informações entre todos os níveis da administração.

8 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 9.Garantia da Qualidade: – Procedimentos escritos; – Treinamentos sobre procedimentos; – Certificação ISO 9000.

9 Os 10 Princípios Básicos da Qualidade 10. Não Aceitação de Erros: – Buscar as causas básicas dos erros para corrigí-los definitivamente; – Principais causas básicas de erros na manutenção: Falta de capacitação das pessoas; Falta de definição de procedimentos; Procedimentos incorretos; Sobressalentes inadequados; Documentação técnica incorreta; Fatores humanos intrísecos (psicológicos, motivacionais, etc.) Terceirização com fornecedores inadequadas; Procedimentos contratuais incorretos.

10 Qualidade na Manutenção Influência das relações trabalhistas na qualidade: Fatores favoráveis da implantação qualidade: – Maior confiabilidade e disponibilidade operacional; – Maior produtividade; – Maior competitividade; – Redução de custos; – Eliminação de desperdícios; – Redução de retrabalhos; – Maior motivação e espírito de equipe.

11 Qualidade na Manutenção Fatores restritivos à implantação qualidade: – Falta de comprometimento das gerências; – Falta de visão sistêmica; – Resistências às mudanças; – Falta de planos de ação com responsáveis e prazos; – Excesso de burocracia, perdendo-se de vista os resultados; – Modismos, ou seja, uso de ferramentas como um fim e não como um meio para alcançar resultados esperados; – Terceirização com lacunas; – Falta de percepção de que os resultados não são imediatos.

12 Qualidade na Manutenção Ferramentas e práticas básicas: – ISO 9000: Série de normas que assegura que o produto (bem ou serviço) esteja em conformidade com os requisitos espeficados (qualidade intrínseca, preço, prazo e local de entrega, quantidade, documentação, etc.); Criada em 1987, revisada em 1994 e reformulada em 2000.

13 Qualidade na Manutenção Ferramentas e práticas básicas : – Programa 5 S: O início de um programa de qualidade deve ser feito com a implantação de um programa 5S; Apesar de sua simplicidade onde muitos dizem conhecer, poucos realmente o praticam. Sua prática resulta, no mínimo, em: – Melhoria da qualidade; – Redução de custos; – Melhoria de atendimento ao cliente. – Moral do grupo; – Aumento da segurança pessoal e das instalações; – Melhoria das condições de trabalho dos colaboradores.

14 Qualidade na Manutenção Ferramentas e práticas básicas : – Manutenção da Produtividade Total (MPT): Total Productive Maintenance (TPM) – Polivalência ou Multiespecialização: Ampliação da capacitação das pessoas proporcionando maior garantia da qualidade dos serviços.


Carregar ppt "Qualidade na Manutenção. Gestão pela Qualidade Total (GQT): – É uma ferramenta para se obter a satisfação do cliente e alcançar competitividade empresarial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google