A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 7. 1. Conceitos de Arquivo / Análise Crítica 2. A Perspectiva Sistêmica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 7. 1. Conceitos de Arquivo / Análise Crítica 2. A Perspectiva Sistêmica."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 7

2 1. Conceitos de Arquivo / Análise Crítica 2. A Perspectiva Sistêmica

3  Alguns problemas da Arquivística:  Polissemia da palavra Arquivo (conceitos distintos expressos numa mesma palavra);  Normatização dos conceitos / Terminologia;  Utilização da Palavras / o poder das palavras (arquivo morto, queima de arquivo, ‘arquiva’);  Cada país utiliza sua experiência administrativa para dar significado aos conceitos de arquivo.  Falta de normalização nacional e internacional com leituras diversificadas dos princípios arquivísticos;

4  Polisemia:  Conjunto de documentos/Arquivo serviço / Arqui- vo da Instituição Arquivo informação / Arquivo construção arquitetônica / Arquivo móveis.  “O arquivo do Arquivo Municipal de João Pes- soa não se encontra, no arquivo, junto dos arquivos depositado no arquivo daquele Arquivo”. (Mouta. 1989, p. 12)

5  Jean Favier (1975):  “Os arquivos são um conjunto de documentos re- cebidos ou constituídos por uma pessoa física ou jurídica ou por um organismo público ou privado, resultante de suas atividades, organizado e con- servado em vista de sua utilização eventual.”  Bautier (1970):  “Um fundo de arquivo é um conjunto de peças de toda natureza que todos corpos administrativos, to- das as pessoas físicas ou jurídicas reúne em razão das suas funções e atividades”.  Distinção entre arquivo e Fundo de arquivo.

6  Antonia Heredia Herrera (1987):  “Arquivo é um ou mais conjuntos de documentos seja qual for a sua data, sua forma e suporte, acumulados em um processo natural por uma pessoa ou instituição pública ou privada no transcurso de sua gestão. Conservados, respei- tando aquela ordem para servir como teste- munho e informação…”  Michael Cook (1986):  Distinção entre arquivo e serviço de arquivo (Records management and Archives).

7  Elio Lodolini (1984):  “Arquivo é um complexo de documentos formados por uma pessoa física ou jurídica no curso de suas atividades e portanto ligados por um vínculo neces-sário”  Schellemberg:  Arquivo é formado de documentos de qualquer instituição pública ou privada, que tenham sido considerados de valor, merecendo preservação.  Lei de Arquivo 8.159/91  Art. 2º Consideram-se arquivos os conjuntos de documen- tos produzidos e recebidos por órgãos públicos, instituições de caráter público e entidades privadas, em decorrência do exercício de atividades específicas, bem como por pessoa física, qualquer que seja o suporte da informação ou a natureza dos documentos.

8  Bellotto (2002):  Conjunto documentais produzidos/recebidos/ acu- mulados pelas entidades públicas ou privadas no exercício das suas funções, conjunto de documen- tos sobre os quais a Arquivística vai aplicar sua teoria, metodologia e praxis para chegar a seus objetivos  Objetivo – dar acesso à informação arquivística.

9  Dicionário de Terminologia Arquivística:  Conjunto de documentos que, independentemente da natureza ou do suporte são reunidos por acu- mulação ao longo das atividades de pessoas físicas ou jurídicas, públicas ou privadas.  Dicionário Brasileiro de Terminologia Arquivísti- ca:  Conjunto de documentos produzidos e acumulados por uma entidade coletiva, pública ou privada, pessoa ou família, no desempenho de suas ativi- dades, independente da natureza dos suportes.

10  O que Sistema e Sistemismo: “Complexo de elementos em interação de natureza ordenada (…)” (Bertalanfy s/d)  Um sistema é composto de partes interdepen- dentes entre si. O Todo (sistema) é formado pela agregação organizada das partes que o formam”  Neste sentido o mais significativo conceito de arquivo é:

11  O Arquivo é um sistema (semi-)fechado de informação social materializada em qualquer tipo de suporte, configurado por dois fatores essenciais – a natureza orgânica (estrutura) e a natureza funcional (serviço/uso) – a que se associa um terceiro – a memória – imbricado nas anteriores.

12  O que Sistema e Sistemismo:  “Complexo de elementos em interação de natureza ordenada (…)” (Bertalanfy, s/d)  Um sistema é composto de partes interdepen- dentes entre si. O todo (sistema) é formado pela agregação organizada das partes que o formam.  Todas as partes se relacionam entre si forman- do uma rede causal.

13  Cada componente do sistema se relaciona com algum outro de maneira direta ou indi- retamente.  O sistema sempre estabelece um fronteira quase sempre uma imposição sujeita a con- tigências.

14  Neste sentido o mais significativo conceito de arquivo é:  “O Arquivo é um sistema (semi-)fechado de informa- ção social materializada em qualquer tipo de supor- te, configurado por dois fatores essenciais – a natu- reza orgânica (estrutura) e a natu-reza funcional (serviço/ uso) – a que se associa um terceiro – a memória – imbricado nas anteriores.” (Silva, 1999)

15  “As definições vigentes reduzem a Arquivística a uma ciência instrumental, essencialmente técnica.” (Silva, et all. 1999, p. 213)  Dependência da noção de ‘fundo’.  A Arquivística pode e deve ser uma ciência para além do meramente instrumental:  Substituição do fazer pelo conhecer, tendo que existir um conhecimento arquivístico;  Objeto cognoscível terá de surgir mais ampliado.  O arquivo é uma unidade integral e aberta aos contextos dinâmicos e históricos que o substancializam.  Entra a noção de sistema ajustada à informação social

16  A seu termo Arquivística será:  “(…) uma ciência de informação social, que estuda os arquivos (sistema de informação (semi- fechados), quer na sua estrutura interna e sua dinâmica própria, quer na interação com outros sistemas correlativos que coexistem no contexto envolvente.  A representação teórica do objeto necessita da aplicação metodológica a partir do método quadripolar.

17  Este conceito inaugura a Fase pós-custodial da Arquivologia.  Crítica a noção de Fundo  Dá o caráter científico da Arquivologia:  Teoria e metodologia próprias.


Carregar ppt "Aula 7. 1. Conceitos de Arquivo / Análise Crítica 2. A Perspectiva Sistêmica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google