A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Currículo e Prática Pedagógica na EJA: o que falta para torná- los atrativos para o aluno SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VARGEM GRANDE Profª Angélica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Currículo e Prática Pedagógica na EJA: o que falta para torná- los atrativos para o aluno SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VARGEM GRANDE Profª Angélica."— Transcrição da apresentação:

1 Currículo e Prática Pedagógica na EJA: o que falta para torná- los atrativos para o aluno SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VARGEM GRANDE Profª Angélica Maria Frazão de Souza

2 Currículo Termo polissêmico  Currículo - caminho, direção que orienta o percurso para atingir certas finalidades;  Currículo é projeto. É um documento de identidade. (Silva, 2000);  um projeto em formação (envolvendo conteúdos, valores/atitudes e experiências), cuja construção se faz a partir de uma multiplicidade de práticas interrelacionadas através de deliberações tomadas nos contextos social, cultural, político, ideológico e econômico.

3  Currículo Escolar é um elo entre a declaração de princípios gerais e sua tradução operacional, entre a teoria educacional e a prática pedagógica, entre o planejamento e a ação, entre o que é prescrito e o que realmente sucede nas salas de aula ”. César Coll  é aquilo que se espera que os alunos fiquem a saber e a ser capazes de fazer e agir, depois de terem frequentado a escola (Roldão,2002). Currículo Escolar

4 COMPONENTES  O que são componentes curriculares? Elementos pelos quais o Currículo cumpre suas funções. (CÉSAR COLL)  O que esses componentes proporcionam? Informações sobre: - o que ensinar (explicita a intenção) - como ensinar; - quando ensinar; - o que, como e quando avaliar. (explicita o plano de ação) CURRÍCULO ESCOLAR

5  Fontes do currículo : são todas as informações que se deve considerar na elaboração do currículo.  Finalidades do currículo: possibilitar o crescimento dos aprendizes  Função do currículo: é explicitar o projeto, as intenções e o plano de ação que preside as atividade educativas escolares  Currículo como projeto: é um guia para os educadores - um instrumento para orientar a prática pedagógica, uma ajuda ao professor CURRÍCULO ESCOLAR Bases de sustentação

6 Relação entre currículo, trabalho e sociedade O currículo deve ser construído a partir do conjunto das relações sociais estabelecidas pelos trabalhadores, setor produtivo e a sociedade. Nessa construção, precisa-se levar em consideração os conhecimentos, as experiências dos sujeitos bem como suas diversidades. Dessa forma, o currículo precisa expressar claramente essas relações nos seus princípios, programas e metodologias e não constituir-se apenas como uma série ordenada de conteúdos.

7 Na concepção de aprendizagem como centro da atividade escolar, o professor caracteriza-se como um profissional da aprendizagem, portanto sua prática pedagógica deve estar voltada para a promoção de conhecimentos que possam ser mobilizados em competências e habilidades que instrumentalizam os alunos a enfrentar os problemas do mundo. Prática Pedagógica

8 A prática pedagógica é influenciada pelos aspectos conjunturais e estruturais da sociedade brasileira. A conjuntura pode ser visualizada nos aspectos da gestão educacional, do desenvolvimento das propostas curriculares, dos programas sociais – a exemplo do Bolsa Escola -, políticas de cotas etc. A estrutura é marcada pelas relações sociais de classe, de desigualdades e de concentração de renda, além das dimensões da dominação do campo da política internacional e dos processos decisórios que geram impactos na esfera escolar. Prática Pedagógica

9 A prática pedagógica envolve estratégias, ou seja, ações pelas quais o professor guia seu trabalho. São elas:  seleção (daquilo que interessa o conteúdo);  predição (levantamento de hipóteses sobre o que virá);  inferência (conclusões e mensagens abstraídas);  autocontrole (atitude de reavaliar suas estratégias);  autocorreção (correção de hipóteses levantadas por inferências ou predição) Kenneth S Goodman Prática Pedagógica

10 A prática pedagógica é fundamentada a partir de objetivos cada vez mais atualizados (por exemplo, aprender a aprender, a raciocinar, a comunicar). É um desafio para os professores lidarem com as práticas pedagógicas modernas, que incluem: plano de trabalho, avaliação, interdisciplinaridade, temas transversais, inclusão, entre outros. Prática Pedagógica

11 A prática pedagógica do professor em sala de aula tem papel fundamental no desenvolvimento intelectual de seu aluno. Ele pode ser o foco de crescimento ou de introspecção do aluno quando da sua aplicação metodológica na condução da aprendizagem. GADOTTI (2000:9) afirma que o educador é um mediador do conhecimento, diante do aluno que é o sujeito da sua própria formação

12 Prática Pedagógica é também uma Prática Social A prática pedagógica se caracteriza como uma prática social, na medida em que nós, professores, trabalhamos para um mundo melhor, mais justo, mais solidário. Ao elegermos como nossos objetivos a formação de cidadãos autônomos, conscientes, capazes de melhorarem a sua própria existência e o mundo ao seu redor, estamos imprimindo à nossa prática pedagógica o caráter de prática social: estamos contribuindo para transformar a sociedade.

13 Prática social [...] toda prática social é determinada por um jogo de forças (interesses, motivações, intencionalidades); pelo grau de consciência de seus atores; pela visão de mundo que os orienta; pelo contexto onde esta prática se dá; pelas necessidades e possibilidades próprias a seus atores e próprias à realidade em que se situam. (Carvalho & Netto, 1994) Os nossos interesses e motivações determinam as nossas intenções, ou seja, a prática social tem sempre por trás dela uma intencionalidade, um desejo de mudança, de reforma, de transformação (ou de conservação?). Prática Pedagógica é também uma Prática Social

14 Prática Pedagógica / CIDADANIA A cidadania expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social. (DALLARI, 1998)

15 A prática pedagógica da escola, tem como função maior oferecer, aos jovens e adultos de sua unidade, um ensino que propicie a integração de seus estudantes na sociedade, como sujeito atuante, crítico e construtivo, ou seja, no exercício pleno da cidadania com a efetiva participação no mercado de trabalho. Prática Pedagógica/Escola/EJA

16 É preciso que as escolas estejam com as condições necessárias para prepararem seus alunos para o mundo que os espera, além das fronteiras escolares. Para tanto a escola deve:  prepará-los para exercer seu papel de profissional, de cidadão;  ofertar condições necessárias para o exercício de uma prática pedagógica que atenda a especificidade de EJA;  elaborar uma Proposta Pedagógica da EJA Prática Pedagógica/Escola/EJA

17  conhecimento das especificidades da EJA;  registro das ações desenvolvidas na proposta pedagógica;  metodologia de acordo com as especificidades da EJA;  responsabilidade diferentes instâncias do nosso sistema educacional;  formação docente;  acompanhamento sistemático. Mudanças necessárias

18 O problema da evasão e da repetência escolar no nosso país tem sido um dos maiores desafios enfrentados pelas redes do ensino público, pois as causas e conseqüências estão ligadas a muitos fatores como social, cultural, político e econômico, como também a escola onde professores têm contribuído a cada dia para o problema se agravar, diante de uma prática didática ultrapassada. Causas da evasão e da repetência em EJA

19 OBRIGADA Angélica Maria Frazão de Souza (98)


Carregar ppt "Currículo e Prática Pedagógica na EJA: o que falta para torná- los atrativos para o aluno SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VARGEM GRANDE Profª Angélica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google