A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A vontade humana perante a morte IDOSOS Dr. Paulo Fernandes Formighieri Geriatra – HCRPUSP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A vontade humana perante a morte IDOSOS Dr. Paulo Fernandes Formighieri Geriatra – HCRPUSP."— Transcrição da apresentação:

1 A vontade humana perante a morte IDOSOS Dr. Paulo Fernandes Formighieri Geriatra – HCRPUSP

2 Morte nas diferentes fases da vida A morte passa de algo improvável ou fatídico para uma perspectiva próxima e irrevogável A morte passa de algo improvável ou fatídico para uma perspectiva próxima e irrevogável O envelhecimento abre caminho à reflexão, à re-análise do ciclo vital O envelhecimento abre caminho à reflexão, à re-análise do ciclo vital A morte ou sua perspectiva, impõe um prazo final para as expectativas de concretização de sonhos ou correção de erros A morte ou sua perspectiva, impõe um prazo final para as expectativas de concretização de sonhos ou correção de erros

3 Como o idoso enxerga a morte População com grande heterogeneidade População com grande heterogeneidade O indivíduo se prepara para a morte... mas que morte?! O indivíduo se prepara para a morte... mas que morte?!

4 Como o idoso enxerga a morte Idosos no Brasil: vivência, desafios e expectativas na terceira idade (Fund Perseu Abramo/SESC 2006) (Fund Perseu Abramo/SESC 2006) 81% dos idosos não teme a morte 81% dos idosos não teme a morte Inevitabilidade/falta de domínio/questões religiosas/passagem Inevitabilidade/falta de domínio/questões religiosas/passagem Medo da morte associada à Medo da morte associada à Dependência (80%) Dependência (80%) Dor e sofrimento (87%) Dor e sofrimento (87%) 75% dos idosos associaram o medo da morte ao medo de estarem sozinhos na hora de morrer 75% dos idosos associaram o medo da morte ao medo de estarem sozinhos na hora de morrer

5 Potencias problemas para a correta interpretação da vontade expressa Recursos culturais para compreender e dimensionar suas condições de saúde Recursos culturais para compreender e dimensionar suas condições de saúde Condições psíquicas e cognitivas Condições psíquicas e cognitivas Produto final deve ser reflexo de uma análise criteriosa de todo o contexto Produto final deve ser reflexo de uma análise criteriosa de todo o contexto Encontrar o comum acordo com familiares e/ou responsáveis Encontrar o comum acordo com familiares e/ou responsáveis

6 Breitbart (2008, Palliative care for the pshyco oncologist) Pacientes idosos ao fim da vida querem: 1.Tomar suas próprias decisões 2.Estar sem dor 3.Poder respirar sem esforço 4.Manterem-se limpos e confortáveis 5.Saber quais são as expectativas acerca da sua condição física 6.Saber se os familiares estão ciente e tranqüilos sobre sua morte 7.Profissionais que os vejam como seres humanos por inteiro, com quem possam partilhar seus medos obscuros, dúvidas, estranhezas, perplexidades e inquietações 8.A presença de pessoas importantes na sua vida 9.Finalizar suas pendências

7 Sobre a Morte e o Morrer – Elisabeth Klüber-Ross Cuidados Paliatiavos. Discutindo a Vida, a Morte e o Morrer – Franklin Santana Santos


Carregar ppt "A vontade humana perante a morte IDOSOS Dr. Paulo Fernandes Formighieri Geriatra – HCRPUSP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google