A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão."— Transcrição da apresentação:

1 Documento de Área Interdisciplinar Triênio Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão de Área Interdisciplinar Documento de Área Interdisciplinar Brasília, Novembro de 2008

2 Documento de Área Interdisciplinar Triênio I – INTRODUÇÃO I.1 - INTERDISCIPLINARIDADE NO CONTEXTO DA CAPES I.2 - INTERDISCIPLINARIDADE COMO DESAFIO PARA O AVANÇO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA I.3 - DESAFIOS PARA OS PROGRAMAS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR II - HISTÓRICO DA ÁREA II.1 - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE ÁREA DE AVALIAÇÃO I.2 - EVOLUÇÃO DA ÁREA DE AVALIAÇÃO III - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO III.1 – CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DO QUALIS III.2 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO TRIENAL 2010 [ ] III.3 – REQUISITOS PARA A CRIAÇÃO DE CURSOS NOVOS SUMÁRIO DO DOCUMENTO DE ÁREA

3 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio IV – ANEXOS IV.1 - FICHA DE AVALIAÇÃO - MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO IV.2 - FICHA DE AVALIAÇÃO - MESTRADO PROFISSIONAL IV.3 - FICHA DE AVALIAÇÃO DE CURSO NOVO IV.4 – RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO TRIENAL 2007 [ ] SUMÁRIO DO DOCUMENTO DE ÁREA

4 Documento de Área Interdisciplinar Triênio OBJETIVOS Apresentar conceitos e critérios que norteiam o processo de avaliação adotado pela CAInter/CAPES; Refletir o entendimento deste tema em seu estágio atual.

5 Documento de Área Interdisciplinar Triênio MULTIDISCIPLINARIDADE Entende-se por Multidisciplinar: estudo que agrega diferentes áreas do conhecimento em torno de um ou mais temas, no qual cada área ainda preserva sua metodologia e independência.

6 Documento de Área Interdisciplinar Triênio INTERDISCIPLINARIDADE Nova forma de produção do conhecimento. Implica trocas teóricas e metodológicas. Geração de novos conceitos e metodologias. Graus crescentes de intersubjetividade. Natureza múltipla de fenômenos de maior complexidade;

7 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio INTERDISCIPLINARIDADE Entende-se por Interdisciplinaridade: Convergência de duas ou mais áreas do conhecimento, não pertencentes à mesma classe, que contribua para o avanço das fronteiras da ciência e tecnologia, transfira métodos de uma área para outra, gerando novos conhecimentos ou disciplinas. Novo profissional com perfil distinto dos existentes, com formação básica sólida e integradora.

8 Documento de Área Interdisciplinar Triênio Enfrentamento de novas perspectivas teórico-metodológicas de pesquisa, ensino e inovação que conduzam para além do paradigma predominante na ciência tradicional, nas novas e atuais propostas dos programas da área; Incorporação de metodologias interdisciplinares nos projetos de pesquisa dos docentes e discentes; DESAFIOS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR

9 Documento de Área Interdisciplinar Triênio Aprofundar características definidoras dos conceitos de pluri, multi, e interdisciplinaridade, seus diferentes contextos teórico- metodológicos, tendo em vista suas relações e diferenciações, possibilidades e limites; Embasar propostas de ensino e pesquisa, com linhas inovadoras e as avaliações dos diferentes programas da Área Interdisciplinar; Identificar canais para intensificação do diálogo inter e intra câmaras temáticas da Área Interdisciplinar, para trocas de experiências entre programas e para divulgação do conhecimento interdisciplinar gerado. DESAFIOS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR

10 Documento de Área Interdisciplinar Triênio COMISSÃO DE ÁREA DE AVALIAÇÃO RepresentanteInstituiçãoPeríodo Luiz BevilacquaLNCC/MCT Cláudio SampaioUNIFESP Cláudio HabertCOPPE/UFRJ Carlos NobreCPTEC/INPE Arlindo Philippi Jr.USP Câmara Temática (CT)CoordenadorInstituição CT I : Meio Ambiente & AgráriasWaldir MantovaniUSP CT II: Sociais & HumanidadesDaniel HoganUNICAMP CT III: Engenharia, Tecnologia & Gestão Augusto GaleãoLNCC CT IV: Saúde & BiológicasPedro G. PascuttiUFRJ

11 PROCESSO DE ESTUDO INTERDISCIPLINAR Assis 2000 adapt. (Klein 1990) Documento de Área Interdisciplinar Triênio COMISSÃO DE ÁREA INTERDISCIPLINAR TRIÊNIO Coordenador de ÁreaInstituiçãoAdjuntoInstituição Arlindo Philippi JrUSPPedro G. PascuttiUFRJ Câmara TemáticaPresidenteInstituiçãoSuplenteInstituição I: Meio Ambiente & AgráriasMaria do Carmo SobralUFPEJoão E. de LimaUFV II: Sociais & HumanidadesMargarete AxtUFRGSAndré T. FurtadoUNICAMP III: Engenharia, Tecnologia & GestãoAugusto GaleãoLNCCAntônio J. Silva NetoUERJ IV: Saúde & BiológicasMárcio F. ColomboUNESPSonia Nair BaoUnB

12 Cursos Credenciados dos Programas de Pós-Graduação da Área Interdisciplinar EVOLUÇÃO Documento de Área Interdisciplinar Triênio

13

14 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio Ficha de Avaliação Mestrado Acadêmico e Doutorado

15 Documento de Área Interdisciplinar Triênio QUESITO I – PROPOSTA DO PROGRAMA Síntese da avaliação ItensAvaliação (1) 1 Coerência, consistência, abrangência e atualização das áreas de concentração, linhas de pesquisa e projetos em andamento (pesquisa, desenvolvimento e extensão). 2 Coerência, consistência e abrangência da estrutura curricular. 3 Infra-estrutura para ensino, pesquisa e extensão. 4 Adequação às diretrizes que caracterizam a multi/interdisciplinaridade Comissão (1) Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

16 Documento de Área Interdisciplinar Triênio QUESITO II – CORPO DOCENTE Peso Definido pela Área Interdisciplinar 20% ItensPesosAvaliação 1 Formação (titulação, diversificação na origem de formação, aprimoramento e experiência).20% 2 Adequação da dimensão, composição e dedicação dos DOCENTES PERMANENTES para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e orientação do programa. 15% 3 Perfil, grau de multidisciplinaridade, compatibilidade e integração do corpo docente permanente com a Proposta do Programa (especialidade e adequação em relação à proposta do programa). 25% 4 Atividade docente e distribuição de carga letiva entre os docentes permanentes. 10% 5 Participação dos docentes nas atividades de ensino e pesquisa na GRADUAÇÃO (no caso de IES com curso de graduação na área), com particular atenção à repercussão que este item pode ter na formação de futuros ingressantes na PG. 10% 6. Participação dos docentes em pesquisa e desenvolvimento de projetos. 20% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

17 QUESITO III - CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES Peso Definido pela Área Interdisciplinar 35% ItensPesosAvaliação 1 Orientações de teses e dissertações concluídas no período de avaliação em relação ao corpo docente permanente e à dimensão do corpo discente.15% 2 Adequação e compatibilidade da relação orientador/discente. (Orientação do CTC: 10% Documento de Área Interdisciplinar Triênio Participação de discentes autores da pós-graduação e da graduação (neste caso, se a IES possuir graduação na área) na produção científica do programa. 25% 4 Qualidade das Teses e Dissertações: Teses e Dissertações vinculadas a publicações. 30% 5 Qualidade das Teses e Dissertações: Outros Indicadores. 10% 6 Eficiência do Programa na formação de mestres e doutores: tempo de formação de mestres e doutores e percentual de bolsistas da Capes e do CNPq titulados. 10% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

18 QUESITO IV - PRODUÇÃO INTELECTUAL Peso Definido pela Área Interdisciplinar 35% Itens PesosAvaliação 1 Publicações qualificadas do Programa por docente permanente. 40% 2 Distribuição de publicações qualificadas em relação ao corpo docente do Programa. 35% Documento de Área Interdisciplinar Triênio Outras produções consideradas relevantes, à exceção da artística (produção, técnica, patentes, produtos etc.)25% 4 Produção artística, nas áreas em que tal tipo de produção for pertinente. 0% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

19 QUESITO V – INSERÇÃO SOCIAL Peso Definido pela Área Interdisciplinar: 10% ItensPesosAvaliação 1.Inserção e impacto regional e (ou) nacional do programa. a)Impacto Educacional b)Impacto Social c)Impacto Cultural d)Impacto Tecnológico e econômico 35% 2. Integração e cooperação com outros programas com vistas ao desenvolvimento da pesquisa e da pós-graduação35% 3. Visibilidade ou transparência dada pelo Programa à sua atuação: a)Manutenção de página Web b)Garantia de amplo acesso a teses e dissertações 30% Documento de Área Interdisciplinar Triênio Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

20 CRITÉRIOS PARA ATRIBUIÇÃO DAS NOTAS 6 e 7 ItensPesosAvaliação 1. Nível de qualificação, de produção e de desempenho equivalentes ao dos centros internacionais de excelência na formação de recursos humanos 35% 2.Consolidação e liderança nacional do programa como formador de recursos humanos para a pesquisa e a pós-graduação. a)Nível de consolidação do programa como formador de recursos humanos e não apenas como importante centro de produção de pesquisa b)Liderança nacional na nucleação de programas de PG e de grupos de pesquisa. 35% 3. Inserção e impacto regional e (ou) nacional do programa; integração e solidariedade com outros programas com vistas ao desenvolvimento da pesquisa e da pós-graduação e visibilidade ou transparência dada à sua atuação. 30% Documento de Área Interdisciplinar Triênio Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

21 Documento de Área Interdisciplinar Triênio

22 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. SÍNTESE DA AVALIAÇÃO QuesitoPesosAvaliação PROPOSTA DO PROGRAMA0% CORPO DOCENTE20% CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES35% PRODUÇÃO INTELECTUAL35% INSERÇÃO SOCIAL10% ATRIBUIÇÃO DE NOTAS 6 OU 70% Data Chancela Nota Comissão Conceito Documento de Área Interdisciplinar Triênio


Carregar ppt "Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google