A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão."— Transcrição da apresentação:

1 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão de Área Interdisciplinar Documento de Área Interdisciplinar Brasília, Novembro de 2008

2 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 I – INTRODUÇÃO I.1 - INTERDISCIPLINARIDADE NO CONTEXTO DA CAPES I.2 - INTERDISCIPLINARIDADE COMO DESAFIO PARA O AVANÇO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA I.3 - DESAFIOS PARA OS PROGRAMAS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR II - HISTÓRICO DA ÁREA II.1 - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO DE ÁREA DE AVALIAÇÃO I.2 - EVOLUÇÃO DA ÁREA DE AVALIAÇÃO III - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO III.1 – CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DO QUALIS III.2 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO TRIENAL 2010 [2007-2009] III.3 – REQUISITOS PARA A CRIAÇÃO DE CURSOS NOVOS SUMÁRIO DO DOCUMENTO DE ÁREA

3 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 IV – ANEXOS IV.1 - FICHA DE AVALIAÇÃO - MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO IV.2 - FICHA DE AVALIAÇÃO - MESTRADO PROFISSIONAL IV.3 - FICHA DE AVALIAÇÃO DE CURSO NOVO IV.4 – RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO TRIENAL 2007 [2004-2006] SUMÁRIO DO DOCUMENTO DE ÁREA

4 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 OBJETIVOS Apresentar conceitos e critérios que norteiam o processo de avaliação adotado pela CAInter/CAPES; Refletir o entendimento deste tema em seu estágio atual.

5 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 MULTIDISCIPLINARIDADE Entende-se por Multidisciplinar: estudo que agrega diferentes áreas do conhecimento em torno de um ou mais temas, no qual cada área ainda preserva sua metodologia e independência.

6 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 INTERDISCIPLINARIDADE Nova forma de produção do conhecimento. Implica trocas teóricas e metodológicas. Geração de novos conceitos e metodologias. Graus crescentes de intersubjetividade. Natureza múltipla de fenômenos de maior complexidade;

7 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 INTERDISCIPLINARIDADE Entende-se por Interdisciplinaridade: Convergência de duas ou mais áreas do conhecimento, não pertencentes à mesma classe, que contribua para o avanço das fronteiras da ciência e tecnologia, transfira métodos de uma área para outra, gerando novos conhecimentos ou disciplinas. Novo profissional com perfil distinto dos existentes, com formação básica sólida e integradora.

8 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Enfrentamento de novas perspectivas teórico-metodológicas de pesquisa, ensino e inovação que conduzam para além do paradigma predominante na ciência tradicional, nas novas e atuais propostas dos programas da área; Incorporação de metodologias interdisciplinares nos projetos de pesquisa dos docentes e discentes; DESAFIOS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR

9 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Aprofundar características definidoras dos conceitos de pluri, multi, e interdisciplinaridade, seus diferentes contextos teórico- metodológicos, tendo em vista suas relações e diferenciações, possibilidades e limites; Embasar propostas de ensino e pesquisa, com linhas inovadoras e as avaliações dos diferentes programas da Área Interdisciplinar; Identificar canais para intensificação do diálogo inter e intra câmaras temáticas da Área Interdisciplinar, para trocas de experiências entre programas e para divulgação do conhecimento interdisciplinar gerado. DESAFIOS DA ÁREA INTERDISCIPLINAR

10 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 COMISSÃO DE ÁREA DE AVALIAÇÃO RepresentanteInstituiçãoPeríodo Luiz BevilacquaLNCC/MCT1999-2003 Cláudio SampaioUNIFESP2003-2004 Cláudio HabertCOPPE/UFRJ2004-2005 Carlos NobreCPTEC/INPE2005-2008 Arlindo Philippi Jr.USP2008-2011 Câmara Temática (CT)CoordenadorInstituição CT I : Meio Ambiente & AgráriasWaldir MantovaniUSP CT II: Sociais & HumanidadesDaniel HoganUNICAMP CT III: Engenharia, Tecnologia & Gestão Augusto GaleãoLNCC CT IV: Saúde & BiológicasPedro G. PascuttiUFRJ

11 PROCESSO DE ESTUDO INTERDISCIPLINAR Assis 2000 adapt. (Klein 1990) Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 COMISSÃO DE ÁREA INTERDISCIPLINAR TRIÊNIO 2008-2011 Coordenador de ÁreaInstituiçãoAdjuntoInstituição Arlindo Philippi JrUSPPedro G. PascuttiUFRJ Câmara TemáticaPresidenteInstituiçãoSuplenteInstituição I: Meio Ambiente & AgráriasMaria do Carmo SobralUFPEJoão E. de LimaUFV II: Sociais & HumanidadesMargarete AxtUFRGSAndré T. FurtadoUNICAMP III: Engenharia, Tecnologia & GestãoAugusto GaleãoLNCCAntônio J. Silva NetoUERJ IV: Saúde & BiológicasMárcio F. ColomboUNESPSonia Nair BaoUnB

12 Cursos Credenciados dos Programas de Pós-Graduação da Área Interdisciplinar EVOLUÇÃO Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009

13

14 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Ficha de Avaliação Mestrado Acadêmico e Doutorado

15 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 QUESITO I – PROPOSTA DO PROGRAMA Síntese da avaliação ItensAvaliação (1) 1 Coerência, consistência, abrangência e atualização das áreas de concentração, linhas de pesquisa e projetos em andamento (pesquisa, desenvolvimento e extensão). 2 Coerência, consistência e abrangência da estrutura curricular. 3 Infra-estrutura para ensino, pesquisa e extensão. 4 Adequação às diretrizes que caracterizam a multi/interdisciplinaridade Comissão (1) Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

16 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 QUESITO II – CORPO DOCENTE Peso Definido pela Área Interdisciplinar 20% ItensPesosAvaliação 1 Formação (titulação, diversificação na origem de formação, aprimoramento e experiência).20% 2 Adequação da dimensão, composição e dedicação dos DOCENTES PERMANENTES para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e orientação do programa. 15% 3 Perfil, grau de multidisciplinaridade, compatibilidade e integração do corpo docente permanente com a Proposta do Programa (especialidade e adequação em relação à proposta do programa). 25% 4 Atividade docente e distribuição de carga letiva entre os docentes permanentes. 10% 5 Participação dos docentes nas atividades de ensino e pesquisa na GRADUAÇÃO (no caso de IES com curso de graduação na área), com particular atenção à repercussão que este item pode ter na formação de futuros ingressantes na PG. 10% 6. Participação dos docentes em pesquisa e desenvolvimento de projetos. 20% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

17 QUESITO III - CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES Peso Definido pela Área Interdisciplinar 35% ItensPesosAvaliação 1 Orientações de teses e dissertações concluídas no período de avaliação em relação ao corpo docente permanente e à dimensão do corpo discente.15% 2 Adequação e compatibilidade da relação orientador/discente. (Orientação do CTC: 10% Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 3 Participação de discentes autores da pós-graduação e da graduação (neste caso, se a IES possuir graduação na área) na produção científica do programa. 25% 4 Qualidade das Teses e Dissertações: Teses e Dissertações vinculadas a publicações. 30% 5 Qualidade das Teses e Dissertações: Outros Indicadores. 10% 6 Eficiência do Programa na formação de mestres e doutores: tempo de formação de mestres e doutores e percentual de bolsistas da Capes e do CNPq titulados. 10% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

18 QUESITO IV - PRODUÇÃO INTELECTUAL Peso Definido pela Área Interdisciplinar 35% Itens PesosAvaliação 1 Publicações qualificadas do Programa por docente permanente. 40% 2 Distribuição de publicações qualificadas em relação ao corpo docente do Programa. 35% Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 3 Outras produções consideradas relevantes, à exceção da artística (produção, técnica, patentes, produtos etc.)25% 4 Produção artística, nas áreas em que tal tipo de produção for pertinente. 0% Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

19 QUESITO V – INSERÇÃO SOCIAL Peso Definido pela Área Interdisciplinar: 10% ItensPesosAvaliação 1.Inserção e impacto regional e (ou) nacional do programa. a)Impacto Educacional b)Impacto Social c)Impacto Cultural d)Impacto Tecnológico e econômico 35% 2. Integração e cooperação com outros programas com vistas ao desenvolvimento da pesquisa e da pós-graduação35% 3. Visibilidade ou transparência dada pelo Programa à sua atuação: a)Manutenção de página Web b)Garantia de amplo acesso a teses e dissertações 30% Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

20 CRITÉRIOS PARA ATRIBUIÇÃO DAS NOTAS 6 e 7 ItensPesosAvaliação 1. Nível de qualificação, de produção e de desempenho equivalentes ao dos centros internacionais de excelência na formação de recursos humanos 35% 2.Consolidação e liderança nacional do programa como formador de recursos humanos para a pesquisa e a pós-graduação. a)Nível de consolidação do programa como formador de recursos humanos e não apenas como importante centro de produção de pesquisa b)Liderança nacional na nucleação de programas de PG e de grupos de pesquisa. 35% 3. Inserção e impacto regional e (ou) nacional do programa; integração e solidariedade com outros programas com vistas ao desenvolvimento da pesquisa e da pós-graduação e visibilidade ou transparência dada à sua atuação. 30% Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Atributos: Muito Bom, Bom, Regular, Fraco, Deficiente.

21 Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009

22 Complexidade, Interdisciplinaridade e Saber Ambiental Arlindo Philippi Jr. SÍNTESE DA AVALIAÇÃO QuesitoPesosAvaliação PROPOSTA DO PROGRAMA0% CORPO DOCENTE20% CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES35% PRODUÇÃO INTELECTUAL35% INSERÇÃO SOCIAL10% ATRIBUIÇÃO DE NOTAS 6 OU 70% Data Chancela Nota Comissão Conceito Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009


Carregar ppt "Documento de Área Interdisciplinar Triênio 2007-2009 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação Comissão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google