A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 1 A CRISE MUNDIAL E SEUS EFEITOS NO BRASIL Nelson Barbosa Secretário de Política Econômica 2 de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 1 A CRISE MUNDIAL E SEUS EFEITOS NO BRASIL Nelson Barbosa Secretário de Política Econômica 2 de."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 1 A CRISE MUNDIAL E SEUS EFEITOS NO BRASIL Nelson Barbosa Secretário de Política Econômica 2 de Julho de 2009

2 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 2 PIB e ATIVIDADE

3 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 3 (*) inclui veículos, motos, partes e peças e materiais de construção. Fonte: IBGE.Elaboração: MF/SPE PRODUÇÃO INDUSTRIAL Índice com ajuste sazonal (jan/2007 = 100)

4 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 4 CRESCIMENTO DO PIB Fonte: IBGE

5 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 5 PIB (Variação trimestral em relação ao mesmo trimestre do ano anterior: %) Fonte: IBGE.Elaboração: MF/SPE.

6 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 6 TAXA ANUAL DE CRESCIMENTO DO PIB */ Projeções do Governo. Fonte: IBGEElaboração: MF/SPE. 1,6% Média ,7% Média

7 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 7 POLÍTICA MONETÁRIA

8 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 8 10 anos de metas de inflação */ Focus: 26/06/09. Fontes: IBGE e BCBElaboração: MF/SPE

9 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 9 Taxas de Juros (Selic over/Expectativas do IPCA) */ Taxa do dia 26/Jun. Fonte: BCB.Elaboração: MF/SPE Taxa nominal abaixo de 10% Taxa real abaixo de 5% Redução nas taxas de juro com controle da inflação

10 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 10 SETOR EXTERNO

11 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 11 MOVIMENTO DE CÂMBIO MENSAL* (US$ bilhões) */ Dados até o dia 26/Junho/2009. Fonte: BCB.Elaboração: MF/SPE

12 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 12 USOS E FONTES */ Projeções do BCB Fonte: BCBElaboração: MF/SPE.

13 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 13 Taxa Real de Câmbio Efetiva (*) (Índice: Junho/94 = 100) (*) Média da cotação da moeda brasileira em relação às moedas de 15 países ponderada pela participação desses no total das exportações brasileiras para esse grupo de países. Preços Externos: IPCPreços Domésticos: IPCA. Fonte:BCB.Elaboração: MF/SPE.

14 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 14 RESERVAS INTERNACIONAIS LIQUIDEZ INTERNACIONAL (US$ bilhões) (*) Posição do dia 30 de junho/09. Fonte: BCB.Elaboração: MF/SPE.

15 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 15 POLÍTICA FISCAL

16 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 16 Resultado Primário do Governo Central */ valores acumulados em 12 meses até Mai/09 Fonte: MF/STNElaboração: MF/SPE

17 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 17 Fonte: BCBElaboração: MF/SPE RESULTADO FISCAL DO SETOR PÚBLICO sem Petrobrás (% do PIB) (*) Acumulados em 12 meses até Maio/09

18 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 18 Fonte: BCBElaboração: MF/SPE DÍVIDA LÍQUIDA DO SETOR PÚBLICO sem Petrobrás (% do PIB) (*) Posição de Maio/09

19 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 19 Fonte: BCBElaboração: MF/SPE DÍVIDA LÍQUIDA DO SETOR PÚBLICO sem Petrobrás (% do PIB)

20 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 20 Investimentos do Governo Federal e Petrobrás (% PIB) */ Projeções. Fontes: MF/STN & MP/DEST.Elaboração: MF/SPE

21 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 21 ÚLTIMAS MEDIDAS

22 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 22 Desonerações Mais Recentes  Redução de IR pessoa física (nova tabela, R$ 5 bi)  Redução temporária de IPI: veículos (com garantia de emprego)  Redução temporária de IPI: linha branca  Redução temporária IPI: material de construção  Alíquota zero: COFINS sobre motos (com garantia de emprego)  Alíquota Zero: PIS/COFINS sobre trigo, farinha, pãozinho

23 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 23

24 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 24 Redução do Custo Financeiro: Taxa de Juro  Redução da TJLP de 6,25% para 6,00%  Redução do custo do empréstimo da União para o BNDES (MP 462)  Taxa inicial: TJLP+2,5% (8,75%)  Nova taxa: TJLP “careca” (6,00%)

25 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 25 Redução do Custo Financeiro: Equalização de Taxa de Juros  Redução da taxa de juro para o tomador final, em empréstimos do BNDES para a aquisição e produção de bens de capitais e para inovação  Equalização de taxa de juro por parte da União:  até 5,5 pontos percentuais  Prazo para contratação do crédito  até 31/dez/2009  Valor passível de equalização:  até R$ 42 bilhões INCENTIVO TEMPORÁRIO

26 Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 26 Redução do Custo Financeiro Fundo Garantidor de Crédito  Criação de dois fundos garantidores de crédito para MPMEs e para compras de bens de capital.  Aporte por parte da União: R$ 4 bilhões (R$ 1 bi em 2009 R$ 3 bi em 2010).  Cobertura: até 80% da operação  Limite de inadimplência: 7% da carteira de crédito  Contribuição dos bancos: 0,5% da operação garantida  Administração: BNDES e Banco do Brasil


Carregar ppt "Ministério da Fazenda Secretaria de Política Econômica 1 A CRISE MUNDIAL E SEUS EFEITOS NO BRASIL Nelson Barbosa Secretário de Política Econômica 2 de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google