A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FORPLAD Salvador, 18 de setembro de 2008 "Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais" Diretoria de Desenvolvimento da Rede IFES – DIFES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FORPLAD Salvador, 18 de setembro de 2008 "Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais" Diretoria de Desenvolvimento da Rede IFES – DIFES."— Transcrição da apresentação:

1 FORPLAD Salvador, 18 de setembro de 2008 "Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais" Diretoria de Desenvolvimento da Rede IFES – DIFES

2 REUNI - CICLOS RECENTES Primeiro Ciclo - Expansão para o Interior – 2003/2006 Programa de Expansão da Educação Superior Pública (IFES), SESu/MEC Criação de 10 novas Universidades Federais em todas as regiões; Consolidação de 2 Universidades Federais; Criação e Consolidação de 49 campi Universitários; Interiorização (capilaridade ): atendimento forte demanda do interior; impacto positivo nas estruturas - física, política, social, cultural, econômica, ambiental; novas demandas; criação e ampliação oferta novas oportunidades locais/regionais; combate às desigualdades regionais e espaciais.

3 Segundo Ciclo - Expansão com Reestruturação – 2007/2012 REUNi (Decreto de Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, (Decreto 6.096/ ; Diretrizes – Grupo Assessor (Portaria MEC/SESu 552 de ) Adesão da totalidade das 53 IFES; 12 projetos com elementos componentes de inovação; Consolidação e implantação de = 109 campi universitários; Expansão cursos (53%), vagas(70%) e matrículas (66%), até Terceiro Ciclo – Expansão com ênfase nas interfaces internacionais – (tramitando no Congresso Nacional) Universidade Federal da Integração Latino-Americana-UNILA, Foz do Iguaçu-PR; Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA, Santarém-PA; Universidade Luso Afro-Brasileira- Universidade-UNILAB, Redenção-CE; Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, Chapecó-SC.

4 Situação atual: 59 Universidades Federais 4 em apreciação no Congresso 12 implantadas – 2003 a implantadas até

5 REUNI: OBJETIVOS, METAS, DIRETRIZES GERAIS Criar condições (aporte de recursos) para: Ampliação do acesso e permanência na educação superior NÍVEL DE GRADUAÇÃO; Aumentar a qualidade Inovação, adequação novas exigências; Articulação graduação=pós-graduação-educação básica, profissional e tecnológica. Melhorar aproveitamento: Infra-estrutura física; Recursos humanos das UFs. Objetivos

6 Metas Globais (Decreto de ) Elevação gradual da taxa de conclusão média dos cursos de graduação presenciais para 90%. Elevação gradual, em cursos presenciais de graduação, da relação alunos/professor = 18. Prazo de 5 anos para cumprimento das metas, a contar do início de cada plano. Aumento mínimo de 20% nas matrículas de graduação.

7 Diretrizes Seis dimensões: 1.Ampliação da Oferta de Educação Superior Pública 2.Reestruturação Acadêmico-Curricular 3.Renovação Pedagógica da Educação Superior 4.Mobilidade Intra e Inter-Institucional 5.Compromisso Social da Instituição 6.Suporte da pós-graduação ao desenvolvimento e aperfeiçoamento qualitativo dos cursos de graduação

8 ETAPAS: 1- Elaboração do projeto 2- Análise e Aprovação 3- Concessão de Recursos 4- Implantação 5- Acompanhamento 6- Avaliação SITUAÇÃO ATUAL

9 Investimento + Custeio Total 0, Investimento Custeio (+Pessoal) Despesa Quadro geral de recursos BolsasAno 2008 Ano 2009Ano 2010Ano 2011Ano 2012 Bolsas Mestrados , , , , ,00 Bolsas Doutorado , , , , ,00 Bolsas Pós Doutorado , , , , ,00 Bolsas

10 CARGO QUANTITATIVO DE VAGAS TOTAL Professores da Carreira de Magistério Superior Técnico-Administrativo em Educação - Nível Superior (classe E) Técnico-Administrativo em Educação - Nível Intermediário (classes B, C e D) TO TA L AUTORIZAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO Fonte: PORTARIA Nº 286, DE 2 DE SETEMBRO DE 2008 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Pessoal docente e técnico

11 Escalonamento de Provimento

12 Engenharia Elétrica 10Licenciatura em Matemática 13 Enfermagem 10Relações Internacionais 14 Ciências Biológicas 10Engenharia Química 14 Engenharia Florestal 11Sistemas de Informação 17 Psicologia 11Serviço Social 16 Engenharia de Alimentos 11Fisioterapia 17 Direito 11Engenharia Ambiental 17 Ciências Econômicas 11Engenharia de Produção 18 Engenharia Mecânica 12Pedagogia 20 Ciências Contábeis 12Administração 22 CURSOS DE GRADUAÇÃO PROJETADOS COM MAIOR FREQÜÊNCIA Fonte: SESu/DIFES, 2008 ACOMPANHAMENTO

13 Ciências Sociais 4Letras 11 Educação Física 4Geografia 10 Formação de Professores em Ciências Naturais 4Física 14 Formação de Professores em Ciências Humanas 5Ciências Biológicas 17 Dança 6Química 20 Filosofia 7Matemática 20 História 10Pedagogia 20 LICENCIATURAS PROJETADAS COM MAIOR FREQÜÊNCIA Fonte: Coord. Geral de Expansão e Gestão da Rede IFES/SESu/DIFES, 2008 Licenciaturas: expansão = 70%

14 BACHARELADOS PROJETADOS MAIS FREQUENTES BGA - Ciências da Vida4 BGA - Ciências Exatas e Tecnologias4 BGA - Ciências Humanas e Sociais4 Bacharelado em Ciências e Tecnologia2 Bacharelado em Ciências Exatas e Tecnológicas2 BGA - Letras e Artes2 Ciência e Tecnologia - Bacharelado2 Ciência e Tecnologia Agroalimentar2 Bacharelado Interdisciplinar em Saúde Coletiva1 BICT - Tecnólogos1 Fonte: Coord. Geral de Expansão e Gestão da Rede IFES/SESu/DIFES, 2008

15 Estruturação de um sistema de acompanhamento ESTRATÉGIAS Componentes do Sistema SESU: Equipe Técnica SESU Grupo Assessor CONSULTORES AD HOC UNIVERSIDADES: Interlocutores Equipes REUNi locais/Pró-Reitoria de Planejamento Coleta de Dados DIRETOS: Universidades federais: interlocutores, equipes REUNI locais Sub-sistemas SIMEC/SESu: Obras; Pessoal; Bolsas; Acadêmico INDIRETOS: sistemas existentes on line: SIMEC, PINGIFES, DATACAPES

16 3-4 julho 2008BrasíliaI Encontro técnico com pareceristas ad hoc: sistema de acompanhamento do REUNI 01 abril 2008BrasíliaI Reunião Técnica: Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação agosto 2008 GoiâniaII Reunião Técnica: infra-estrutura para a reestruturação e a expansão das universidades federais 6-7 março 2008BrasíliaII Seminário: Gestão administrativa maio 2008 NatalIII Seminário: Inovações acadêmicas, reestruturação e impactos administrativos julho 2008 Belo Horizonte IV Seminário: Licenciaturas presenciais diurnas, noturnas e com educação a distância: respostas às demandas de formação de professores setembro 2008 MaceióV Seminário: Demanda de inovação na formação em saúde Novembro 2008BrasíliaVI Seminário: Estado da implantação do REUNI 27 julho 2007 BrasíliaI Seminário: Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Apresentação das Diretrizes Gerais: Aspectos Políticos e Indicadores DATALOCALTEMÁTICA Eventos Nacionais do REUNi

17 REUNI: AMPLIAÇÃO DA OFERTA DE CURSOS DE GRADUAÇÃO (DIURNOS E NOTURNOS), VAGAS E MATRÍCULAS ( ) TOTAL DAS 53 UNIVERSIDADES FEDERAIS PARTICIPANTES (2008) Indicadores Total+ %total+%Acresc.total+ %Acrésc. Nº de Cursos Total , , Noturno , ,20669 Vagas Anuais Total , , Noturno , , Matríc. Proj. Total , , Noturno , ,

18 Observações a partir dos dados de 2007: Tempo operacional: um semestre para concretização; Ampliação da oferta de cerca de 9% dos cursos totais, já em 2008; expressiva ampliação de 15% cursos noturnos; 2009: grande salto expansão cursos (>34%) vagas (>43%) anuais e matrículas projetadas (>40%), em relação a 2007; ampliação 70% cursos noturnos e 84% de suas vagas; Percentuais de progresso anual esperados: vigorosos e crescentes; A partir de 2012: estabilização expansão; ano-limite provisão recursos novos - humanos e materiais; daí por diante, recursos de custeio expansão orçamento anual.

19 26, licenciaturas 36, cursos noturnos 29, totais: + %acréscimo de vagasVagas REUNI REUNI: incremento de vagas (primeiro ano de implantação )

20

21

22 EXPANSÃO COM REESTRUTURAÇÃO: OPORTUNIDADE DE INOVAÇÃO E DE EXPERIMENTAÇÃO Expandir a quantidade: novas vagas, novos cursos (inclusão) Aprimorar a qualidade: (reestruturação e inovação da graduação e pós) Oportunizar a: Valorização do papel institucional universidade como vetor de desenvolvimento includente; Consideração/valorização particularidades locais/regionais (o local como universal - relações local- global); Contradição: respostas novas e velhas demandas e dinâmicas: sociedade do conhecimento X sociedade do subdesenvolvimento. Renovação/inovação do cenário da educação superior: novos projetos pedagógicos: cursos, modalidades, percursos formativos, flexibilidade e interdisciplinaridade; conhecimento da realidade e complexidade: diálogo de saberes; interfaces da educação em todos os níveis; mobilidade docente e discente intra e entre instituições; formação universitária e cidadã. Superação de: estruturas e conteúdos universitários obsoletos e inadequados novas dinâmicas (locais, nacionais e globais).

23 Dados Gerais

24

25

26 Investimento

27 Custeio = 933%

28 Brasil: Instituições de Ensino Superior

29 Ano 2008 Ano 2009Ano 2010Ano 2011Ano 2012 Bolsas Mestrados , , , , ,00 Bolsas Doutorado , , , , ,00 Bolsas Pós Doutorado , , , , ,00 Bolsas pós-graduação

30 Universidades: dados do perfil atual (fonte: Censo da Educação Superior, 2006) Tabela 1. Evolução da Distribuição das Instituições Públicas e Privadas ( ) 89,0788,988,574,4Privadas 10,9311,111,925,6Públicas Instituições (em %) Tabela 3 – Matrículas de Graduação por Turno (2006) (74,1) (25,9) Total (84,3) (15,7) Noturno (58,4) (41,6) Diurno Privado %Público %BrasilTurno

31 Crescimento percentual das vagas de graduação, por Região ( ) Fonte: SESu/MEC, 2008

32 Informes Gerais DIFES - SESU

33 Apoio 2008: Edital no. 08 Apresentação de 53 propostas sendo que somente 8 já concluíram as correções dos Planos de Trabalho e apresentaram Termos de Referêcia. Prazo máximo para apresentação das correções: 15/10/08

34 REUNI – 1º. CICLO = Expansão Fase I Repactuação - Recursos 2008 Foram encaminhadas MENSAGENS para todas as Instituições que ainda faltavam os recursos. Ainda existem Instituições que não encaminharam os projetos. Prazo máximo para apresentação da documentação: 15/10/08 O não encaminhamento implicará no CANCELAMENTO DA MENSAGEM.

35 REUNI – 2º. CICLO Monitoramento de Obras no SIMEC 34 Instituições registraram suas obras no sistema. As obras não cadastradas no sistema serão consideradas como não iniciadas ou seja a meta não estará sendo cumprida. Aferição dos dados em Novembro. Continuaremos a Supervisão neste mês.

36 Banco de Projetos Fase de Análise da melhor estratégia para a implantação do Banco no SIMEC Captação de Projetos; Captação de Boas Práticas; Desenvolvimento junto com a UFABC dois Editais de Licitação que farão parte do banco: Fiscalização de obra. Gerenciadora de projeto e obra de um campus. O Edital da Gerenciadora será submetido ao TCU.

37 REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS Ofício Circular sobre imóveis com dificuldade de regularização MP - SPU

38 CONECTIVIDADE DOS CAMPI Acordo com a RNP Ofício Circular N º 89/2008 às IFES. Somente 6 responderam.


Carregar ppt "FORPLAD Salvador, 18 de setembro de 2008 "Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais" Diretoria de Desenvolvimento da Rede IFES – DIFES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google