A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

(Proposta elaborada pela CPA) Novembro, 2007 Profa. Dra. Kátia Sgrillo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "(Proposta elaborada pela CPA) Novembro, 2007 Profa. Dra. Kátia Sgrillo"— Transcrição da apresentação:

1 (Proposta elaborada pela CPA) Novembro, 2007 Profa. Dra. Kátia Sgrillo

2 Não é possível melhorar o que não se conhece… avaliação institucional ferramenta de diagnóstico correção de rumos avaliação institucional é uma excelente ferramenta de diagnóstico e de correção de rumos. processo abordagem construtiva A avaliação institucional quando aplicada às Instituições de Ensino Superior - IES, é um processo de regulação do ensino superior, dentro de uma abordagem construtiva e dialógica.

3 É o Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior !! A Comissão Especial de Avaliação apresentou a proposta original do SINAES ao MEC em 27 de agosto de Após amplo debate nos fóruns de reitores e pró-reitores, nos sindicatos, nas sociedades científicas, na mídia, na academia, no parlamento e na sociedade em geral, surgiram contribuições que alteraram a proposta original, convergindo ao texto da Lei n o de 14 de abril de 2004, aprovado na Câmara do Deputados e no Senado. Lei n o Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providencias

4

5

6 TODA TODA comunidade acadêmica, coordenada pela CPA – Comissão Própria de Avaliação. Membros da CPA (Lei de 14 de abril de 2004) : atuação autônoma representação de todos os segmentos da comunidade universitária vedada “Colegiado de atuação autônoma em relação aos conselhos e demais colegiados e órgãos da Universidade, com representação de todos os segmentos da comunidade universitária, vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos”

7 Lei (Lei ) 1. A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2. O Ensino (Graduação e Pós-graduação), a Pesquisa e a Extensão 3. Responsabilidade Social (inclusão social) 4. Comunicação com a sociedade 5. Pessoal 6. Organização e Gestão da Instituição 7. Infra-estrutura 8. Planejamento e Avaliação 9. Atendimento aos Egressos 10. Sustentabilidade Financeira

8 Que análise e crítica dos dados devem ser feitas para responder ao MEC/Conaes? O que o MEC / Conaes pergunta? Que dados devem ser coletados para suportar as respostas? Relatório

9 Questionários Reuniões com grupos focais Entrevistas Dados institucionais

10

11 1 vez por ano (em várias partes) pela internet

12 2/3 1 vez por semestre pela internet

13 Será adotado o critério de amostragem: … 1 população indefinida … 2 população definida Onde: Z = abscissa da curva normal padrão fixado um nível de confiança; p = estimativa da verdadeira proporção de um dos níveis da variável escolhida; q = 1 – p; N = tamanho da população; e = erro amostral, que e a diferença admitida entre a verdadeira população e a proporção calculada a partir da amostra.

14 Z = 1,96 (nível de confiança de 95%) p = 0,7 (70% dos alunos satisfeitos com a IES) q = 1 – 0,7 = 0,3 (30% dos alunos insatisfeitos com a IES) N = 1600 alunos na IES e = 5% = 0,05 Portanto, utilizando a equação 2, tem-se: alunos 270 alunos dos 1600 alunos da instituição nível de confiança de 95%. Logo é preciso entrevistar uma amostra de 270 alunos para representar o grau de satisfação dos 1600 alunos da instituição, considerando um nível de confiança de 95%.

15

16 complementar Durante o período de coleta de dados diversas entrevistas serão realizadas com objetivo de complementar a coleta de dados.  Dirigentes  Coordenadores de Cursos  Professores  Representates de alunos grupos específicos comentários Questionários Também serão realizadas reuniões envolvendo grupos específicos para tratar de temas específicos, de acordo com os comentários obtidos nos Questionários.

17

18

19

20 Os dados da PG também serão coletados de forma similar.

21 (e fluxograma)

22

23 representação dos processos nas instâncias acadêmicas como nas administrativas e ainda nos Órgãos Colegiados da IES. 3 dias20 dias 2 meses arquivo Setor X Inicio do processo análise e decisão superior ? s/ prazo def.

24 Será possível: 1) conscientizar, tanto o funcionário como o Setor envolvido, sobre sua responsabilidade; 2) identificar duplicação de documentos arquivados; 3) identificar a re-coleta de dados; 4) simplificar processos; 5) identificar a necessidade de informatização de processos; 6) identificar a necessidade de capacitação de pessoas ou realocação de pessoas; 7) melhorar a qualidade dos serviços devido a maior confiabilidade e unicidade de dados; 8) melhorar da gestão, devido ao acesso mais rápido a informação.

25

26 análise quantitativa e qualitativa Os dados obtidos através de TODOS os instrumentos ( questionários, do preenchimento das tabelas, entrevistas e reuniões com grupos focais ) serão a base para análise quantitativa e qualitativa. Inicialmente os dados serão organizados numa base de dados relacional desenvolvida para este fim.

27

28 Pesos atribuídos para cada tipo de resposta dos questionários NotasÍndices Nunca/insuficiente (I) Raramente/regular (II) As vezes/médio (III) Quase sempre/bom (IV) Sempre/excelente (V) Peso

29

30

31 Exemplo de análise gráfica obtida a partir de dados obtidos com o Sub-Sistema Análise Ensino. Avalia a evolução no número de cursos autorizados pelo MEC ao longo do tempo. ? Exemplo (hipotético) de comentários obtidos nas perguntas dos Questionários. Sub-Sistema Análise Questionários.

32

33

34

35

36

37 A análise deverá ter por princípio a comparação com o PDI (Políticas Institucionais) da UNIMEP e a utilização da seguinte tabela: CritériosDescrição Insuficientenão foi implantado ou não coincide com o PDI (Política correspondente). Regularfoi implantado mais diverge, de forma negativa, grandemente do PDI (Política correspondente). Médiofoi implantado recentemente, ainda sem resultados demonstrados. Bomfoi implantado a um certo tempo, podendo melhorar devido ao seu potencial. Ótimofoi implantado, coincide fortemente com o PDI ou não era previsto no PDI (Política correspondente), mas apresenta excelentes resultados.

38 Complementarmente serão calculados índices específicos, tais como índice de formação, índice de retenção e índice de evasão, usados para avaliar a evolução do alunado em cada curso de graduação e pós- graduação oferecido pela UNIMEP. …6 …7 …8

39 tipo de gráfico (pizza, barras, linhas Por exemplo, serão construídos gráficos de barra para avaliar a evolução do número de cursos oferecidos pela UNIMEP. Outros gráficos que serão construídos referem-se a proporção entre o número de alunos matriculados e a evasão por curso; o número de salas disponíveis por curso; o número de alunos por turma; o número de laboratórios por curso; etc., podendo variar o tipo de gráfico (pizza, barras, linhas, etc.) escolhendo- se aquele que melhor visualize o parâmetro em estudo. também será utilizada para complementar as discussões e conclusões. adotar medidas corretivas na Instituiçãodados forma holística Para que se possa adotar medidas corretivas na Instituição, estes dados (na forma de gráficos) não poderão ser utilizados de forma isolada e sim de forma holística. Isto é, será necessário avaliar a influência relativa de parâmetros específicos neste sistema que tem gerado estas respostas.

40 Coincide com o PDI - 1 % Conhecem, mas difere do PDI 9 % Desconhecem 90 % Exemplo de análise gráfica, gerada a partir de dados fictícios no Sub- Sistema Análise.

41 Titulação do Corpo Docente Doutores Mestres Especialistas Graduados Exemplo de análise gráfica, gerada a partir de dados fictícios no Sub-Sistema Análise.

42

43 Sua opinião é muito importante! Envie suas sugestões para: Texto completo do Projeto disponível em: Texto completo do Projeto disponível em:


Carregar ppt "(Proposta elaborada pela CPA) Novembro, 2007 Profa. Dra. Kátia Sgrillo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google