A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caracterização de Vibrio spp. e Aeromonas spp. ocorrentes em animais marinhos capturados no litoral do Brasil. Dalia dos Prazeres Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caracterização de Vibrio spp. e Aeromonas spp. ocorrentes em animais marinhos capturados no litoral do Brasil. Dalia dos Prazeres Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 Caracterização de Vibrio spp. e Aeromonas spp. ocorrentes em animais marinhos capturados no litoral do Brasil. Dalia dos Prazeres Rodrigues

2 Ambiente natural de Vibrio spp. e Aeromonas spp ANIMAIS Homem Alimentos Água Microrganismo s Meio Ambiente ANIMAIS Homem Alimentos Água Microrganismos Meio Ambiente Cadeia Alimentar

3 Ambiente aquático Gêneros: Vibrio: 48 espécies Photobacterium: 8 espécies Allomonas: 1 espécie Listonella: 2 espécies Enhydrobacter: 1 espécie Salinivibrio: 2 espécies Enterovibrio: 1 espécie Gêneros: Aeromonas: 26 espécies Oceanomonas: 2 espécies Tolumonas: 1 espécie Família VibrionaceaeAeromonadaceae Microrganismos predominantes

4 Distribuição de Vibrio spp. em diferentes fontes aquáticas

5

6 Vibrio cholerae O1 Vibrio alginolyticus Vibrio vulnificus Características Morfológicas V.parahaemolyticus Vibrio cholerae Pili Flagelo A.hydrophila (adesão- epitelio intestinal)

7 Características Ecológicas: Vibrio spp Habitat: ambiente aquático Recursos: celulose e quitinase Temperatura ótima: 17°C a 35°C Salinidade: 0.5 a 3.5 % Maior número de espécies: água salgada Áreas poluídas X Patógenos Aeromonas spp. Habitat: ambiente aquático Contato com espécies de peixes e anfíbios Temperatura: 4°C a 37°C com ótimo a 28°C Ocorrência espécies: água doce> água salobra> água salgada

8 Fatores de patogenicidade Vibrio spp Enterotoxina CT, Zot, Ace Toxina semelhante a CT Toxina NAG-ST Citolisina Shiga Like Toxin TDH - TRH Colagenase, elastase, hemolisina,... Aeromonas spp Camada S Hemolisinas Enzimas Extracelulares Sideróforos Exotoxinas Enterotoxina Citotóxica e Citolítica Enterotoxinas citotônicas Invasinas Plasmídeos Adesinas

9 Vibrio spp Homem: 12 espécies (?) Animais: 14 espécies (?) Aeromonas spp Homem: (?) Animais: (?) sangue quente sangue frio Espécies patogênicas

10 Espécies patogênicas para o homem Vibrio spp. V.alginolyticus V.carchariae V.cholerae O 1, O139, não O1 V.cincinatiensis V.damsela V.fluvialis V.furnissii V.hollisae V.metschnikovii V.mimicus V.parahaemolyticus V.vulnificus Aeromonas spp. A.hydrophila A.caviae A.veronii biog. sobria A.veronii biog.veronii A.media A.jandaei A.schubertii

11 Vibrio spp. patogênicas para espécies animais Espécies de Vibrio PeixesMoluscosCrustáceosCnidáriosCorais V.alginolyticus Úlcera V.parahaemolyticus Úlcera Inf.cutâneas V.anguillarum Inf. cutâneas septicemia Inf. cutâneasInf. cutâneas septicemia V.carchariae Vasculite V.damsela Inf. cutâneas V.ordalli Inf.cutâneas V.cholerae Hemorragia petéquias V.vulnificus Inf. cutâneas V.harveyi Inf. cutâneas,Inf. cutâneas V.splendidus Inf. cutâneas V.furnissii Inf.cutâneasInf cutâneas V.fluvialis Inf.cutâneasInf cutâneas V.metschnikovii Inf. cutâneas V.fisheri Inf. cutâneas V.orientalis Inf. cutâneas V.campbelli Inf. cutâneas Vibrio AK-1 Vibrioses

12 Fenoespécies de Aeromonas patogênicas para animais Fenoespécies A.hydrophila A.salmonicida A.caviae A.media A.eucrenophila A.sobria A.veronii A.encheleia A.schubertii Grupo 501 A.trota Animais aquáticos Furunculose Podridão: rabo, barbatanas Septicemia hemorrágica Pneumonia Hemorragia: guelras, cutânea Úlceras e estomatite ulcerativa Abscessos e lesões cutâneas Exoftalmia Protrusão de escamas Flacidez muscular Distensão abdominal Aves e Animais terrestres Pneumonia Dermatite Aborto em vacas Septicemia em cachorro Diarréia em porcos

13 Úlcera cutânea Vermelhidão de barbatanas Septicemia hemorrágicaFurunculose crônica Exemplos de infecções em peixes

14 Infecções cutâneas em crustáceos Exemplos de infecções em animais aquáticos Infecções em Corais Infecções em Golfinhos Infecções em peixes

15 Objetivo Monitorar a presença de microrganismos exóticos e seu risco para animais residentes em nosso ecossistema marinho e conseqüências para o homem. Objetivos específicos: Caracterização das diferentes espécies; Determinação fenotípica e genotípica de seus fatores de virulência; Avaliação da suscetibilidade aos antimicrobianos e metais pesados; Rastreamento molecular dos clones circulantes; Caracterização das espécies/clones epidêmicos ocorrentes em paises dos hemisférios norte/sul que representam risco para o homem.

16 Equipe participante Coleta - Transporte Ignacio S. Moreno GEMARS - Ignacio S. Moreno Paulo H. Ott FEEVALE - Paulo H. Ott GEMM-Lagos - Salvatore Siciliano DEENSP - Salvatore Siciliano Diagnóstico Laboratorial LABENT-LRNCEB Simone D. Amorim André F.M. Santos Christiane S. Pereira Evaldo Soares Grace Nazareth D. Theophilo Dalia dos P. Rodrigues Animais marinhos Aves marinhas Origem Coleta ColetaTransporte Amostras

17 Diagnóstico Laboratorial

18 Agua Peptonada Alcalina Agar GSP Agar TCBS Agar Nutriente KIA LIA Enriquecimento Isolamento Triagem Isolamento

19 VMVP 10µg Sensibilidade O/ µg Oxidase Aminoácidos Via metabólica: glicose Fonte de Carbono Caracterização antigênica Exemplo de testes empregados na caracterização das espécies Fermentação de Carbohidratos Fatores de virulência Rastreamento Suscetibilidade antimicrobianos e metais pesados

20 Período de análise: Total de amostras analisadas: 198 Mamíferos marinhos - Vibrio spp.: 108 Aeromonas spp.: 93 Aves marinhas - Vibrio spp.: 37 Resultados:

21 Distribuição de Vibrio spp. caracterizadas em mamíferos marinhos

22 Distribuição de Aeromonas spp. caracterizadas em mamíferos marinhos

23 Baleia- franca- do- sul Categoria de ameaça: Vulnerável Espécies identificadas: V. parahaemolyticus V. cincinnatiensis V. fluvialis Baleia- de- Bryde Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. vulnificus Jubarte Categoria de ameaça: Vulnerável Espécies identificadas: V. vulnificus V. cincinnatiensis Baleia- de- True Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. vulnificus V. parahaemolyticus V. alginolyticus V. fluvialis Baleia- Minke- anã Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. vulnificus V. alginolyticus V. carchariae Boto-amarelo Categoria de ameaça: perigo Espécies identificadas: V. vulnificus V. alginolyticus V. carchariae V. harveyi V. parahaemolyticus V. fluvialis V. cincinnatiensis V. furnisii

24 Boto- cinza Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. vulnificus V. alginolyticus V. damsela V. parahaemolyticus V. mimicus V. pelagius biog. I Golfinho-pintado-do-atlântico Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. pelagius biog. I V. alginolyticus Golfinho-comum-de-bico-curto Categoria de ameaça: ? Espécies identificadas: V. parahaemolyticus V. pelagius biog. I V. mimicus V. harveyi Leão- marinho-do-sul Categoria de ameaça: baixo risco Espécies identificadas: V. pelagius biog. II V. aestuarinus

25 Distribuição de Vibrio spp. caracterizadas em aves marinhos Espécie AtobáOstreiroPingüimFura- buxo SocozinhoPardellaFragataGarça Branca Total V. orientalis 1 1 Vibrio sp V. alginolyticus V. carchariae 1 12 V. harveyi 3 3 V. metschnikovii 1 1 V. logei 1 1 V. splendidus biog. I 1 1 V. vulnificus 1 1 V. mediterranei 1 1 V. natriegens 1 1 V. anguillarum 1 1 V. parahaemolyticus 11 V. pelagius biog. II 1 1 Total

26 : Fatores que propiciam as patogenias em animais marinhos :   Condições de stress resultantes de aprisionamento em redes de pesca;  Elevados índices de poluição, com redução de alimentos e desvio da rota migratória; Relevância dos resultados : Possibilidade da introdução de espécies bacterianas exóticas com danos para aqüicultura; Introdução de bactérias exóticas que podem determinar surtos epidêmicos no homem; Possibilidade de transferência de genes de resistência antimicrobiana e/ou virulência para bactérias autóctones com conseqüentes danos para o homem; : Principais aspectos a considerar:  Complementar a análise das cepas feno e genotipicamente visando ampliar o conhecimento quanto as suas características.  Necessidade de efetivar o monitoramento contínuo para determinar a introdução de microrganismos exóticos.  Ampliar o conhecimento, contribuindo para preservação ambiental, particularmente em animais ameaçados de extinção  Ampliar o conhecimento, contribuindo para preservação ambiental, particularmente em animais ameaçados de extinção. Avaliação parcial dos resultados: Elevado percentual e diversidade de espécies patogênicas.

27 AdministraçãoInformática Laboratório de Enterobactérias Lab. Ref. Nacional de Cólera e Enteroinfecções Bacterianas Av. Brasil, 4365 – Pav. Rocha Lima Tel # 0 xx R E.Hofer


Carregar ppt "Caracterização de Vibrio spp. e Aeromonas spp. ocorrentes em animais marinhos capturados no litoral do Brasil. Dalia dos Prazeres Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google