A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Segunda Vinda de Cristo Estudo sobre Apocalipse.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Segunda Vinda de Cristo Estudo sobre Apocalipse."— Transcrição da apresentação:

1

2 A Segunda Vinda de Cristo Estudo sobre Apocalipse

3 Texto básico: Mateus Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos, para lhe mostrarem os edifícios do templo. 2 Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. 3 E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. 4 Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane. 5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. 6 E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim. 7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares. 8 Mas todas essas coisas são o princípio das dores.

4 INTRODUÇÃO Nesta passagem, os discípulos interrogam a Jesus sobre os sinais da sua vinda e do fim do mundo, eles achavam que o mundo (a terra) seria destruído após a volta de Cristo (grande parte da Igreja hoje ainda acredita nisto). Mas Jesus nunca ensinou que o a terra acabaria e nem a Bíblia ensina desta maneira o que a Palavra de Deus ensina é que haverá um fim da presente dispensação da história humana e que para se iniciar a dispensação do governo eterno de Deus, o cosmos. Ou seja, o universo incluindo a terra sofrerá uma transformação, Ap ;

5 Introdução Nesta aula trataremos da segunda vinda de Cristo, obedecendo a seguinte ordem: A vinda de Cristo em relação a humanidade, Os sinais que antecedem a volta de Cristo e o arrebatamento da Igreja.

6 I – A VINDA DE CRISTO EM RELAÇÃO À HUMANIDADE Os povos da terra sob o ponto de vista humano estão divididos em milhares de grupos étnicos, mas sob o ponto de vista Divino a humanidade é dividida em três grupos, a saber: Judeus, gentios e igreja de Deus. I Co Vejamos como será a vinda de Cristo em relação a estes grupos.

7 I – A VINDA DE CRISTO EM RELAÇÃO À HUMANIDADE 1º - Para a Igreja > Jesus virá como seu noivo para levá-la para estar com Ele para sempre. Jo.14.3; I Ts , isto isso inclui todos os salvos em Cristo de todas as épocas.

8 I – A VINDA DE CRISTO EM RELAÇÃO À HUMANIDADE 2º - Para Israel > Jesus virá como seu Messias e Libertador, para prová-lo, purificá-lo e o restaurar, durante a grande tribulação. Dn ; 12.1; Rm

9 I – A VINDA DE CRISTO EM RELAÇÃO À HUMANIDADE 3º - Para os gentios, isto é; todos as nações > Jesus virá como Senhor e Juiz para julgá-las e finalmente para reinar sobre toda as nações da terra e o seu reino será um reino de justiça, paz e prosperidade e também o único reino que não será destruído. Sl ; ; Is.9.6-7; Dn ; Ap.12.5;

10 II – OS SINAIS QUE ANTECEDEM A VINDA DE CRISTO

11 Os sinais que antecedem a vinda É interessante observarmos na expressão que Cristo usa no versículo de número oito do texto em que lemos: “porém tudo isto é o princípio de dores “. A partir do versículo de número cinco Jesus está falando dos Sinais que antecedem sua volta, ao falar de vários sinais, Ele usa esta expressão que no original se refere às dores de parto quando uma mulher está para dar a luz a um filho, ou seja; quanto mais se aproxima o momento, as dores (contrações)

12 Os sinais que antecedem a vinda aumentam É interessante observarmos na expressão que Cristo usa no versículo de número oito do texto em que lemos: “porém tudo isto é o princípio de dores “. A partir do versículo de número cinco Jesus está falando dos Sinais que antecedem sua volta, ao falar de vários sinais, Ele usa esta expressão que no original se refere às dores de parto quando uma mulher está para dar a luz a um filho, ou seja; quanto mais se aproxima o momento, as dores (contrações) aumentam

13 Os Sinais que antecedem a vinda. Podemos então entender que sempre houve guerras, rumores de guerras, fomes, doenças, terremotos, falsos profetas, etc... Mas nunca com a intensidade que estamos presenciando hoje. Analisemos, portanto, alguns dos sinais que Cristo previu, bem como outros que a Bíblia nos relata em outras passagens.

14 Os Sinais que antecedem a vinda Falsos profetas. Mt 24.5 Apostasia. I Tm 4.1-3; Extrema corrupção dentro da própria Igreja. II Tm Guerras e rumores de guerras. Mt 24.6,7ª. Fome

15 Os Sinais que antecedem a vinda Doenças Terremotos. Mt 24.7b. Agitação social e o aumento da Ciência Dn 12.4 Extrema corrupção moral na humanidade. Mt O retorno de Israel para a sua terra. Ez ;

16 Os sinais da vinda de Jesus No livro do profeta Ezequiel, no capítulo , temos a visão do vale de ossos secos que reviveram. Esta visão retrata muito bem a restauração de Israel nestes últimos dias. Podemos considerar então Israel como o principal relógio de Deus no que diz respeito à volta de Cristo.

17 Vejamos um breve histórico da histórico da diáspora e do retorno dos Judeus para sua terra. Mt ; Concluindo então este tópico “os sinais que antecedem a volta de Cristo”, podemos afirmar que todos os acontecimentos nos levam a crer que estamos bem próximos da volta de Cristo. É necessário então estarmos vigilantes esperando a qualquer momento o toque da trombeta, estejamos preparados!!!

18 III – A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

19 A segunda vinda de Cristo é mencionada ao menos 318 vezes no novo testamento, mas precisamos fazer um exame cuidadoso, para não ficarmos confusos e acharmos que a Bíblia entra em contradição no que diz respeito a este ensino III – A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

20 Isto porque há texto que afirma que Ele ficará nos ares e nós é que vamos ao seu encontro, I Ts 4.16,17, com base nesta passagem podemos afirmar, portanto, que sua vinda será invisível para os não salvos. III – A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

21 Já em outra passagem afirma que todos os povos o verão e se lamentarão ao ver Jesus descer das regiões celestiais com poder e grande glória, Mt 24.29,30. Esta passagem nos parece que concorda com o anúncio dos anjos, aos discípulos que viram Jesus subir ao céu, At , e que concorda também com a passagem no livro do profeta Zacarias quando afirma que naquele dia os seus pés estarão sobre o monte das oliveiras que está de frente para Jerusalém, Zc 14.4,5. III – A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

22 Qual a dificuldade então? A Bíblia estaria errada? Há contradição bíblica? Não de maneira alguma, a questão é que, no primeiro texto mencionado, o Apóstolo Paulo está falando do arrebatamento da Igreja e no segundo Jesus está falando de sua manifestação pessoal que ocorrerá dentro do nosso entendimento escatológico após a grande tribulação. Ou seja; a segunda vinda de Cristo acontecerá em duas fases distintas. III – A SEGUNDA VINDA DE CRISTO

23 1ª Fase A primeira para arrebatar a Igreja para estar com Ele.

24 2ª Fase A segunda para manifestar-se pessoalmente ao mundo, para a batalha do Armagedom, para prender o anti-Cristo, o falso profeta e satanás, para julgar as nações e para implantar o seu reino milenar nesta terra. Este assunto será então tratado em outra palestra mais precisamente quando falarmos da batalha do Armagedom.

25 1º - Conheçamos então o ensino sobre o arrebatamento da Igreja. I Ts O arrebatamento é um mistério que só será compreendido plenamente quando acontecer, I Co Este será o evento inicial que desencadeará vários outros, abrangendo a Igreja, Israel e toda a humanidade, ou seja; este evento será o primeiro dos eventos que mudará a história humana na terra.

26 O Arrebatamento da Igreja A. O propósito de Cristo no arrebatamento é levar a Igreja ( sua noiva ) para estar com Ele, I Ts ; Mt

27 O Arrebatamento da Igreja B. Passagens que nos faz entender que a Igreja não passará pela grande tribulação. I Ts 1.10; 5.9; II Ts 2.1-8; Ap A. O propósito de Cristo no arrebatamento é levar a Igreja ( sua noiva ) para estar com Ele, I Ts ; Mt

28 O Arrebatamento da Igreja Como acontecerá o arrebatamento. Ao toque da trombeta os mortos ressuscitarão. I Ts 4.16; I Co 15.51,52. Logo em seguida os salvos terão seus corpos transformados em milésimos de segundos I Co 15.52,53, veja a expressão num abrir e fechar de olhos, no original literalmente, “num pestanejar”.

29 O Arrebatamento da Igreja Logo após nos juntaremos com aqueles que ressuscitaram nas nuvens, certamente ainda dentro da atmosfera terrestre, veja a expressão, “nas nuvens”. I Ts Em seguida, todos juntos encontraremos o Senhor nos ares. No original, regiões celestiais, ou seja; certamente fora da atmosfera terrestre. I Ts Por este motivo entendemos que no arrebatamento Jesus não se mostrará a este mundo.

30 O Arrebatamento da Igreja Compreendendo melhor as fases da ressurreição. A ressurreição da Igreja: Primeira fase: já aconteceu; Cristo e as primícias. I Co 15.23; Mt –A segunda fase ocorrerá na ocasião do arrebatamento, onde os salvos da igreja de todos os tempos até hoje ressuscitarão. I Co 15.51,52; I Ts 4.15,16.

31 O Arrebatamento da Igreja Compreendendo melhor as fases da ressurreição. –A terceira etapa será a ressurreição da grande tribulação. Is 26.19; Dn 12.2; Ap

32 O Arrebatamento da Igreja –A ressurreição dos que morreram sem conhecer a Deus acontecerá por ocasião do juízo final. Ap Obs.: sobre o juízo final devemos analisar mais detalhadamente, ler com muita atenção o que diz o Senhor sobre esse advento.

33 CONCLUSÃO DA FASE DO ARREBATAMENRO Concluindo o assunto arrebatamento, queremos lembrar a todos, que precisamos estar preparados para este momento como se Cristo voltasse agora, pois Ele mesmo afirmou que sobre aquele dia e hora ninguém sabe somente o Pai, Mt 24.36, Portanto, vigiemos para que estejamos preparados para o grande encontro com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!!!

34 Pr. Wilian Gomes site: wiliangomes.com Fone: (61) (61) Para falar comigo


Carregar ppt "A Segunda Vinda de Cristo Estudo sobre Apocalipse."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google