A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Seminário Técnico de Programas de Alimentação e Nutrição Projeto Cozinhas Comunitárias Secretaria.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Seminário Técnico de Programas de Alimentação e Nutrição Projeto Cozinhas Comunitárias Secretaria."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Seminário Técnico de Programas de Alimentação e Nutrição Projeto Cozinhas Comunitárias Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Departamento de Promoção de Sistemas Descentralizados Coordenação Geral de Promoção de Programas de Alimentação e Nutrição

2 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 2 1. Apresentação O Projeto de Incentivo à Instalação de Cozinhas Comunitárias faz parte do conjunto de ações voltadas para garantir o direito humano à alimentação, combatendo a insegurança alimentar que atinge parcela considerável da população do País. As Cozinhas Comunitárias têm se mostrado um instrumento de intervenção eficiente no fornecimento de alimentação de qualidade para a população em situação de vulnerabilidade alimentar e pobreza.

3 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 3 1. Apresentação O Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, responsável pela implementação da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, propõe a criação de Cozinhas Comunitárias visando implementar uma rede de proteção alimentar, em locais onde existam segmentos mais vulneráveis à fome, como trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, idosos, possibilitando-lhes o acesso a refeições balanceadas e de qualidade oriundos de processos seguros.

4 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 4 2.Objetivos 2.1Objetivo Geral Incentivar e apoiar a implantação de Unidades de Alimentação e Nutrição – UAN, para produção de refeições em ambientes adequados, com qualidade e compatíveis com os requisitos para uma alimentação saudável e uma vida digna, respeitando as diferenças regionais proporcionando, assim, aos segmentos mais vulneráveis à fome acesso a uma alimentação saborosa, saudável, diversificada, econômica e rica em nutrientes.

5 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 5 2.2Objetivos Específicos Estimular o auto-abastecimento; Contribuir para melhorar a dieta alimentar das comunidades envolvidas visando o avanço da condição nutricional; Proporcionar às famílias em situação de extrema pobreza uma alimentação saborosa, saudável, diversificada, econômica e rica em nutrientes, introduzindo hábitos alimentares saudáveis; Interromper a carência nutricional da população vulnerável à fome, respeitando as diferenças regionais; Transferir tecnologia de produção de alimentos por meio de processo educativo;

6 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 6 2.2Objetivos Específicos (Cont.) Reduzir os índices de anemia e desnutrição; Capacitar os beneficiários do projeto para a gestão empreendedora de negócios de caráter associativo; Promover ações de educação alimentar voltadas à segurança alimentar e nutricional, preservação e resgate da cultura gastronômica, combate ao desperdício e promoção da saúde; Garantir a participação da comunidade na gestão das Cozinhas Comunitárias de forma a manter sua operação sustentável ao longo do tempo, mesmo que a atuação do Poder Público seja reduzida ou excluída;

7 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 7 2.2Objetivos Específicos (Cont.) Apoiar a auto-sustentabilidade via a produção de gêneros alimentícios (hortas, lavouras, etc.); Melhorar o cardápio das creches comunitárias, asilos, entidades beneficentes e outros; Utilizar cardápios de baixo custo, que valorizem os hábitos alimentares existentes nas comunidades; Utilizar o espaço da Cozinha Comunitária, para atividades de geração de emprego e renda (Ex: padaria, confeitaria (bolos, doces e compotas), etc).

8 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 8 3.Diretrizes para implantação Produção – mínima de 200 refeições/dia por unidade; Funcionamento – mínimo de 05 dias por semana; Operacionalização – pode ser assumida por Organizações Comunitárias; Repasse de recursos (Convênio) – exclusivamente com os Entes Federativos (Municípios, Estados e Distrito Federal); Refeição (almoço, jantar) – fornecimento de preparação dietética normocalórica, no mínimo de cal/refeição, cardápio básico e balanceado; Refeições Leves (desjejum, lanches) - 05 Refeições leves equivalem à 01 Refeição normocalórica);

9 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 9 3.Diretrizes para implantação 3.1Público Alvo e Área de Abrangência Deverá ser constituído, prioritariamente, por grupos sociais vulneráveis à fome, a exemplo: - trabalhadores de baixa renda, idosos, desempregados, agricultores familiares oriundos de comunidades de baixa renda, populações desassistidas e pessoas situadas abaixo da linha de pobreza; Tendo como área de abrangência todo o território nacional, com especial atenção às áreas com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), elevado índice de vulnerabilidade social, municípios do semi-árido, regiões metropolitanas e municípios do CONSAD.

10 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 10 Projeto Cozinhas Comunitárias 3.Diretrizes para implantação 3.2Recursos Humanos Equipe:- 1 Nutricionista; - 2 Cozinheiros; - 3 Auxiliares de cozinha; Membros da comunidade; Contratação de terceiros.

11 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 11 Projeto Cozinhas Comunitárias 3.Diretrizes para implantação 3.2Recursos Humanos Equipe:- 1 Nutricionista; - 2 Cozinheiros; - 3 Auxiliares de cozinha; Membros da comunidade; Contratação de terceiros.

12 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 12 Projeto Cozinhas Comunitárias 4.Fases do Convênio EtapaData 1- Lançamento do Edital SESAN/MDS n° 03/2006 na Internet06/02/ Disponibilização do Formulário do Proponente na Internet06/02/ Data final para postagem do Ofício de encaminhamento e do Formulário do Proponente 22/02/ Divulgação do Resultado (Proponentes Habilitados Selecionados)10/03/ Realização de Mesa Técnica (MDS) com proponentes selecionados17/03/ Data final para postagem de Projeto Técnico, Plano de Trabalho e Documentação 13/04/2006

13 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 13 Projeto Cozinhas Comunitárias 5. Dados Convênios Cozinhas Comunitárias Ano Número de Convênios Número de Cozinhas Conveniadas Valor Disponibilizado MDS TotalMunicípiosEstados , , , (Previsão) ,00 Total ,85

14 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

15 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

16 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

17 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

18 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Brasília, 17 de março de 2006 Projeto Cozinhas Comunitárias 18 Contatos George Bernardo Sousa Miranda (61) Flávia Renata Lemos de Souza (61) Marilian Medeiros de Araújo Silva (61) Luana Carolina de Medeiros Paiva (61) Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministro Patrus Ananias de Souza Coordenação Geral de Promoção de Programas de Alimentação e Nutrição Fátima Regina Carneiro Cassanti (61) Projeto Cozinhas Comunitárias


Carregar ppt "Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Seminário Técnico de Programas de Alimentação e Nutrição Projeto Cozinhas Comunitárias Secretaria."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google