A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trechos selecionados do livro A OBSERVAÇÃO de Heraldo Marelim Vianna.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trechos selecionados do livro A OBSERVAÇÃO de Heraldo Marelim Vianna."— Transcrição da apresentação:

1 Trechos selecionados do livro A OBSERVAÇÃO de Heraldo Marelim Vianna

2 Metodologia da Observação Informação científica observação causal. A diferença centra- se, sobretudo, no fato de que as observações científicas procuram coletar dados que sejam válidos e confiáveis.

3 Para obter informações de valor científico, é preciso usar metodologias adequadas, a fim de evitar a identificação de fatores que têm pouca ou nenhuma relação com o comportamento complexo que se deseja estudar.

4 A pesquisa científica deve apoiar-se em fundamentos teóricos consistentes relaciona- dos ao que se deseja observar. Sem uma teoria sólida, a pesquisa observacional produzirá elementos sem importância.

5 É importante, dessa forma, iniciar a pesquisa fazendo uma revisão da literatura, e depois, partir para a formulação de algumas idéias (hipóteses) sobre a natureza do fenômeno a ser considerado.

6

7 Observação e atividade científica Ao observador não basta simplesmente olhar. Deve saber ver, identificar e descrever diversos tipos de interações e processos humanos. São essas interações que podem se constituir em problemas de pesquisa.

8 Algumas perguntas geradoras podem surgir, a partir de certas relações que não oferecem explicações amplamente satisfatórias para o problema enfocado.

9 Outras encontram-se na literatura técnica, em trabalhos teóricos a partir dos quais são feitas algumas deduções que precisam ser comprovadas, situações da vida prática, experiências e insights pessoais.

10 A observação faz parte do nosso cotidiano, mas essa situação não nos deve levar a pensar que possamos fazer observações sem uma formação e treinamento prévios que nos qualifique para o exercício dessa atividade. Sem esse treinamento, os resultados quase sempre são caóticos e não merecem credibilidade, por não terem a seriedade e a validade que seria de se esperar em um trabalho científico.

11 Uma observação, qualquer que seja o seu objetivo e suas finalidades, deve propor, inicialmente, quatro importantes questões a serem objeto de consideração ao longo de todo o trabalho:

12 O que deve ser efetivamente observado?

13 Como proceder para efetuar o registro dessas observações?

14 Quais os procedimentos a utilizar para garantir a validade das observações? Os Cinco Sentidos - Hans Makart

15 Que tipo de relação estabelecer entre o observador e o observado? Buscando o Impossível 1928 René Magritte ( )

16 Observação e suas diferentes fases 1) definir os objetivos do estudo;

17 2) decidir sobre o grupo de sujeitos a observar;

18 3) legitimar sua presença junto ao grupo a observar;

19 4) obter confiança dos sujeitos que se vai observar;

20 5) observar e registrar notas de campo durante semanas (ou um período mais longo, conforme a natureza do estudo);

21 6) gerenciar possíveis crises que possam ocorrer entre os sujeitos e o observador;

22 7) saber retirar-se do campo de observação;

23 8) analisar os dados;

24 9) elaborar um relatório sobre os elementos obtidos.

25 Na observação, é interessante para a análise estabelecer-se uma relação entre teoria e dados, sem engessar os dados pela teoria. A observação, no contexto de uma pesquisa, visa gerar novos conhecimentos e não confirmar, necessariamente, teorias.


Carregar ppt "Trechos selecionados do livro A OBSERVAÇÃO de Heraldo Marelim Vianna."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google