A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Participantes do Processo de Desenvolvimento de Software Eveline Alonso Veloso PUC-Minas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Participantes do Processo de Desenvolvimento de Software Eveline Alonso Veloso PUC-Minas."— Transcrição da apresentação:

1 Participantes do Processo de Desenvolvimento de Software Eveline Alonso Veloso PUC-Minas

2 Bibliografia YOURDON, Edward. Análise Estruturada Moderna. Rio de Janeiro: Campus, Capítulo 3.

3 Participantes do Processo de Desenvolvimento de Software Usuários Gerentes Auditores Analistas de Requisitos Arquitetos de Software Programadores Testadores Analistas de Suporte Pessoal de Operação

4 Usuários Participantes mais importantes do processo de desenvolvimento de software. Grupo de pessoas para o qual o sistema é construído; utilizará o sistema desenvolvido. Sistema surge da solicitação formal de seus futuros usuários. O usuário nem sempre é o cliente.

5 Usuários O analista de requisitos deve realizar entrevistas/reuniões; diretamente com os futuros usuários do sistema; sob pena de não conseguir especificar adequadamente os requisitos desse sistema. Intermediários podem não conhecer os verdadeiros requisitos do sistema. Após as entrevistas/reuniões, é aconselhável que o analista de requisitos produza documentações/atas formais.

6 Tipos de Usuários Por tipo de função: Usuário Operacional Usuário Supervisor Usuário Executivo Por nível de experiência em tecnologia da informação: Amador Novato Arrogante Familiarizado com TI

7 Usuários Operacionais Normalmente, terão contato diário com o sistema; irão operar o sistema. Preocupados com aspectos relacionados às: interfaces de usuário (telas e relatórios); visão física do sistema; têm, em geral, dificuldades para realizar abstrações; funcionalidades do sistema.

8 Usuários Operacionais Possuem visão local detalhada das tarefas que realizam; mas não do funcionamento de todo o sistema. O sistema fará parte das tarefas que eles realizam atualmente manualmente. Freqüentemente, demonstram medo de serem substituídos pelo sistema; dificultando, às vezes, seu processo de especificação e modelagem.

9 Usuários Supervisores Gerenciam um grupo de usuários operacionais; sendo responsáveis por seu desempenho. Usuários de nível gerencial. Muitas vezes, são os intermediários entre o analista de requisitos e os usuários operacionais.

10 Usuários Supervisores Nem sempre conhecem bem o trabalho dos usuários operacionais; e as tarefas que o sistema deve contemplar. Podem ou não ter visão local do sistema. Supervisores e usuários operacionais podem ter objetivos diferentes. Supervisores podem ter como objetivo: redução do número de usuários operacionais; aumento, com o sistema, da produtividade de seu setor.

11 Usuários Executivos Visão global e abstrata. Preocupações estratégicas; e de longo prazo. Na maioria das vezes, nunca foram usuários operacionais; não conhecem detalhadamente a operação do sistema; não definem requisitos; não estão diretamente envolvidos.

12 Usuários Executivos Dão suporte ao projeto. Representam a autoridade financeira do projeto. Estabelecem prazos.

13 Usuários – Níveis de Experiência em Tecnologia da Informação Amador: Nunca utilizou um computador; ou o utiliza rara e restritamente. Não compreende as técnicas de modelagem. Novato Arrogante: Possui alguns conhecimentos em tecnologia. Pode se preocupar demais com a solução tecnológica.

14 Usuários – Níveis de Experiência em Tecnologia da Informação Novato Arrogante: Pode dar diversos palpites sobre a forma de modelar o sistema; sem, no entanto, conhecer adequadamente as técnicas de modelagem. Familiarizado com TI: Possui conhecimentos avançados em tecnologia. Pode se preocupar demais com a solução tecnológica.

15 Gerentes de Projetos Responsáveis pelo projeto de desenvolvimento do sistema; e pela alocação de recursos de toda a equipe técnica no desenvolvimento desse sistema. Interface do projeto. Em geral, para cada projeto há um gerente de projeto: na organização desenvolvedora de software; e outro na organização cliente. Controlam os recursos do projeto.

16 Outros Gerentes Definem: objetivos; prioridades; prazo; orçamento. Pode haver conflitos entre os diversos níveis gerenciais. Decidem sobre a continuidade; ou interrupção do projeto de desenvolvimento do sistema.

17 Auditores Compreendem: auditores internos; auditores externos; grupo de garantia da qualidade. Identificam problemas. Devem ter postura isenta e imparcial. Garantem o desenvolvimento dos sistemas de acordo com padrões: externos; da própria empresa.

18 Analistas de Requisitos Especificam o problema dos usuários. Atuam como mediadores; entre os diversos participantes de um projeto. Devem possuir: aptidões interpessoais; conhecimento de tecnologia; raciocínio lógico e abstrato; criatividade; capacidade de mediação.

19 Analistas de Requisitos Em um projeto de desenvolvimento de sistema, os analistas de requisitos lidam com diferentes pessoas. Devem ficar atentos se: a linguagem utilizada é familiar a essas pessoas; os modelos e documentos apresentados são familiares a essas pessoas; e estão sendo compreendidos por elas.

20 Arquitetos de Software Recebem o resultado do trabalho do analista de requisitos. Utilizam os requisitos do usuário; para criar um projeto arquitetural do sistema; que servirá como base para o trabalho dos programadores.

21 Arquitetos de Software Constante interação entre o arquiteto de software e o analista de requisitos. Verificam se os requisitos especificados são viáveis. Se os requisitos não forem tecnicamente viáveis; o analista de requisitos pode ter que negociar com o usuário uma mudança nos requisitos.

22 Programadores Codificam o sistema; a partir do trabalho do arquiteto de software. Conhecem mais da tecnologia; e menos do negócio do cliente. Muitas vezes descobrem erros e ambigüidades no trabalho do analista de requisitos. Interagem com o analista de requisitos quando existe a necessidade de realizar alguma correção nos modelos de análise.

23 Testadores Testam os componentes de código desenvolvidos a procura de erros; inclusive erros de não- conformidade do produto com seus requisitos.

24 Analistas de Suporte Pouco contato com o usuário. Às vezes, o sistema apresenta alguma restrição; por causa do ambiente de operação. Exemplos: DBA; Analista de Desempenho; Analista de Redes; etc.

25 Pessoal de Operação Técnicos responsáveis por: backup; atualizações de versões; instalação de ferramentas; manutenção dos equipamentos; controle de impressão; etc.


Carregar ppt "Participantes do Processo de Desenvolvimento de Software Eveline Alonso Veloso PUC-Minas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google