A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FISIOLOGIA ANIMAL DIGESTÃO CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS 2ª FASE A ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 2009 -BIOLOGIA www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com/

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FISIOLOGIA ANIMAL DIGESTÃO CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS 2ª FASE A ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 2009 -BIOLOGIA www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com/"— Transcrição da apresentação:

1 FISIOLOGIA ANIMAL DIGESTÃO CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS 2ª FASE A ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET BIOLOGIA

2 NUTRIÇÃO É o conjunto de processos pelos quais o organismo incorpora e utiliza os nutrientes. Compreende as seguintes funções: digestão, respiração, excreção e circulação. É o conjunto de processos pelos quais o organismo incorpora e utiliza os nutrientes. Compreende as seguintes funções: digestão, respiração, excreção e circulação. Pode ser classificada como autótrofa ou heterótrofa. Pode ser classificada como autótrofa ou heterótrofa.

3 DIGESTÃO É o conjunto das transformações, mecânicas e químicas, que os alimentos orgânicos sofrem ao longo de um sistema digestivo, para se converterem em compostos menores hidrossolúveis e absorvíveis. É o conjunto das transformações, mecânicas e químicas, que os alimentos orgânicos sofrem ao longo de um sistema digestivo, para se converterem em compostos menores hidrossolúveis e absorvíveis. mecânicasquímicas alimentos mecânicasquímicas alimentos Pode ser extra ou intracelular. Pode ser extra ou intracelular.

4 Sistema Digestório Humano

5 1.O esôfago é um longo tubo muscular que leva o alimento da boca para o estômago. 2.O abdômen contém todos os órgãos digestivos. 3.O estômago, situado na parte superior do abdômen, normalmente retém um pouco mais de 1500 ml de uma única refeição. Aqui, o alimento é misturado a um ácido produzido para auxiliar na digestão. No estômago, o ácido e outros sucos digestivos são adicionados ao alimento ingerido, para facilitar a fragmentação das proteínas complexas, gorduras e carboidratos em unidades pequenas e mais absorvíveis. 4.Uma válvula (cardia) na entrada para o estômago, vinda do esôfago, permite que o alimento entre, enquanto evita o "refluxo" para o esôfago do alimento misturado ao ácido, causando danos e dor. 5.O piloro é um pequeno músculo arredondado, localizado na saída do estômago e entrada para o duodeno (a primeira seção do intestino delgado). Ele fecha a saída do estômago, enquanto o alimento está sendo digerido e transformado em uma forma menor e mais facilmente absorvível. Quando o alimento é apropriadamente digerido, o piloro se abre e permite que o conteúdo do estômago passe para o duodeno.

6 6.O intestino delgado tem um comprimento de aproximadamente de 4,5 a 6 metros, onde ocorre a maior parte da absorção dos nutrientes do alimento. O intestino delgado é composto de três seções: duodeno, jejuno e íleo. 7.O duodeno é a primeira seção do intestino delgado, onde o alimento é misturado à bile produzida pelo fígado e outros sucos pancreáticos. É onde a maior parte de ferro e cálcio é absorvida. 8.O jejuno é a parte do meio do intestino delgado, que se estende do duodeno até o íleo e é responsável pela digestão. 9.O último segmento do intestino, o íleo, é onde a absorção das vitaminas A, D, E e K solúveis em gordura e outros nutrientes são absorvidos. 10.Uma outra válvula separa os intestinos delgado e grosso, para evitar que o conteúdo do cólon misturado a bactérias retorne ao intestino delgado. 11.No intestino grosso, o excesso de líquidos é absorvido, formando uma evacuação firme. O cólon pode absorver proteínas, quando necessário.

7 Fisiologia do Sistema Digestório Processo químico e mecânico que transforma o alimento( macromoléculas) em nutrientes

8 Trajetória do Alimento: 1. Boca (bolo alimentar) 2. Esôfago 3. Estômago (quimo) 4. Duodeno 5. Jejuno (quilo) 6. Intestino Grosso 7. Reto 8. Ânus

9 Tipos de Digestão: Mecânica (COMPRENDE A MASTIGAÇÃO E DEGLUTAÇÃO) Mecânica (COMPRENDE A MASTIGAÇÃO E DEGLUTAÇÃO) - boca,dentes e língua - boca,dentes e língua Química (ENVOLVE A PARTICIPAÇÃO DE ENZIMAS DIGESTÓRIAS) Química (ENVOLVE A PARTICIPAÇÃO DE ENZIMAS DIGESTÓRIAS) - saliva,suco gástrico e suco pancreático - saliva,suco gástrico e suco pancreático

10 Saliva : age na boca Transforma amido em maltose,um dissacarídeo Transforma amido em maltose,um dissacarídeo Suco Gástrico age no estômago HCl HCl - ação bacteriana, desmineralização - ação bacteriana, desmineralização - forma a pepsina - forma a pepsina Pepsina Pepsina - fragmenta as proteínas - fragmenta as proteínas - é ácida - é ácida Renina Renina - coagula o leite para a digestão - coagula o leite para a digestão - produzida por lactantes e crianças - produzida por lactantes e crianças

11 Fígado Maior glândula do corpo Maior glândula do corpo Converte glicose em glicogênio com auxílio da insulina do pâncreas Converte glicose em glicogênio com auxílio da insulina do pâncreas Armazena gordura Armazena gordura Produz a bile para emulsionar gordura( quebra) no duodeno Produz a bile para emulsionar gordura( quebra) no duodeno

12 Intestino Intestino Delgado: Intestino Delgado: - local onde ocorre a absorção dos nutrientes - local onde ocorre a absorção dos nutrientes Intestino Grosso: Intestino Grosso: - absorção da água e formação do bolo fecal( nutrientes não absorvidos) - absorção da água e formação do bolo fecal( nutrientes não absorvidos)

13 Funções da saliva Com 99% de água em sua composição, a saliva tem importante papel na saúde. Ela lubrifica e umedece o interior da boca para facilitar a fala e transformar os alimentos em uma massa fácil de ser digerida,. Com 99% de água em sua composição, a saliva tem importante papel na saúde. Ela lubrifica e umedece o interior da boca para facilitar a fala e transformar os alimentos em uma massa fácil de ser digerida,.

14 Suco gástrico O estômago produz o suco gástrico, um líquido claro, transparente, altamente ácido, que contêm ácido clorídrico, muco e várias enzimas, como a pepsina, a renina e a lipase. O estômago produz o suco gástrico, um líquido claro, transparente, altamente ácido, que contêm ácido clorídrico, muco e várias enzimas, como a pepsina, a renina e a lipase. A pepsina, na presença de ácido clorídrico, quebra as moléculas de proteínas em moléculas menores. A pepsina, na presença de ácido clorídrico, quebra as moléculas de proteínas em moléculas menores. A renina coagula o leite, A renina coagula o leite, E a lipase age sobre alguns tipos de gordura. A mucosa gástrica produz também o fator intrínseco, necessário à absorção da vitamina B12. E a lipase age sobre alguns tipos de gordura. A mucosa gástrica produz também o fator intrínseco, necessário à absorção da vitamina B12.

15 Obrigado !!! È só fazer os exercícios! Gauchada!!! È só fazer os exercícios! Gauchada!!!


Carregar ppt "FISIOLOGIA ANIMAL DIGESTÃO CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS 2ª FASE A ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 2009 -BIOLOGIA www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com/"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google