A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ciência da Informação e Gestão do Conhecimento: a convergência a partir da Sociedade da Informação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ciência da Informação e Gestão do Conhecimento: a convergência a partir da Sociedade da Informação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da."— Transcrição da apresentação:

1 Ciência da Informação e Gestão do Conhecimento: a convergência a partir da Sociedade da Informação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Professores: Suzana Mueller e Antõnio Miranda

2 Platão O conhecimento humano integral é dividido em dois graus: o conhecimento particular, mutável e relativo e o conhecimento intelectual, universal, imutável, absoluto, que ilumina o primeiro conhecimento, mas que dele não se pode derivar Francis Bacon ( ) Saber é poder Gestão do Conhecimento Evolução

3 Nassau William Senior ( ) Economista, Precursor do sistema de produção-e-demanda Alfred Marshall (1890) Matemático e Economista Frederick Taylor (1903) O conhecimento pode ser explicitado Edith Penrose (1959) O papel da tecnologia na economia Fritz Machlup (1962) Economista Reconheceu a Economia do Conhecimento Mediu a produção do conhecimento Gestão do Conhecimento Evolução

4 Michael Polanyi (1963) Conhecimento Tácito e Explícito Gary Becker (1964) Premio Nobel de Economia de 1992 Paul Romer (1990) Capital Humano Thomas Stewart (1994) Capital Intelectual Peter Drucker (1969) Grande pensador do mundo dos negócios Daniel Bell (1973) Sociedade pós-industrial Gestão do Conhecimento Evolução

5 Thomas Davenport e Laurence Prusak (1998) Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Ikujiro Nonaka e Hirotaka Takeuchi (1995) Criação de conhecimento na empresa Karl-Erik Sveiby (2000) Arte de criar valor a partir dos bens intangíveis de uma organização Gestão do Conhecimento Evolução

6 Valor dos ativos intangíveis valem mais que o lucro bruto no mercado de ações. Interdependência do Conhecimento Criar conhecimento para inovar é essencial para a sobrevivência Por que só agora tem importância?

7 Maior valor agregado na produção provém atualmente do conhecimento Informação é um insumo básico para a competitividade Agilidade, velocidade e qualidade são agora essenciais Inovação em constante mudança Sociedade da Informação Indutores Críticos do Crescimento e da Competitividade

8 Criatividade Adequada infra-estrutura de comunicações Mão-de-obra educada, flexível e treinada que possa aprimorar continuamente suas habilidades Inovação e espírito empreendedor para enfrentar a revolução do conhecimento Sociedade da Informação Indutores Críticos do Crescimento e da Competitividade

9 Acesso ao conhecimento global Criação e adaptação de conhecimento Disseminação do conhecimento Utilização do conhecimento Sociedade da Informação Aspectos Críticos

10 O futuro da economia está intimamente ligado à educação e ao conhecimento

11 A estratégia da competitividade é portanto, complexa, mas depende fundamentalmente de uma revolução no sistema de educação e de geração e difusão de conhecimento. A chave dessa transformação reside em ações voltadas para elevação da qualidade da educação básica e na criação de condições para o desenvolvimento de um sistema de educação continuada flexível e de qualidade

12 Criação do Conhecimento Inovação Contínua Vantagem Competitiva Conhecimento é um recurso competitivo Inteligência Competitiva Vantagem Competitiva

13 Karl M. Wiig cunhou a expressão Gestão do Conhecimento em uma Conferência da OIT, na Suíça em 1986, e a definiu como: Construção sistemática, explícita e intencional do conhecimento e sua aplicação para maximizar a eficiência e o retorno sobre os ativos de conhecimento da organização. Definições Gestão do Conhecimento

14 Verna Allee Gestão do Conhecimento é a facilitação do processo de priorizar, usar, compartilhar, aplicar, criar, mapear, comunicar, organizar, indexar, renovar, distribuir, codificar, adquirir e armazenar o conhecimento para melhorar o desempenho organizacional Betty-Ann Mackintosh é o processo de desenvolver, aplicar, avaliar, transformar, transferir, atualizar e preservar o conhecimento Gestão do Conhecimento Definições

15 Tom Davenportt & Larry Prusak Experiências, valores, informação e opiniões de especialistas que permitem a avaliação e incorporação de novas experiências e informação. Nas organizações, muitas vezes não está contido apenas nos documentos e repositórios, mas também nas rotinas organizacionais, processos, práticas e normas. Gestão do Conhecimento Definições

16 Knowledge Transfer International estratégia que transforma o capital intelectual de uma organização - tanto a informação registrada quanto as competências de seus empregados - em maior produtividade, novos valores e aumento de competitividade. Ensina as organizações - do decisor ao empregado - a produzir e otimizar habilidades como uma entidade coletiva. Gestão do Conhecimento Definições

17 Timothy Powell forma integrada e estruturada de gerenciar o capital intelectual da uma organização Karl-Erik Sveiby arte de criar valor a partir dos bens intangíveis de uma organização Gestão do Conhecimento Definições

18 Hibbard Processo de busca e organização da expertise coletiva da organização, em qualquer lugar em que se encontre, e de sua distribuição para onde houver o maior retorno (1997) Definições Gestão do Conhecimento

19 Drucker Aquisição sistemática e objetiva de informação e sua aplicação, como o novo fundamento para o trabalho, a produtividade e desenvolvimento mundial (1969) Definições Gestão do Conhecimento

20 Tom Wilson Define-se como a aplicação de princípios administrativos à aquisição, organização controle, disseminação e uso da informação para a operacionalização efetiva de organizações de todos os tipos (1997) Definições Gestão do Conhecimento

21 Petrash Disponibilização do conhecimento certo para as pessoas certas, no momento certo, de modo que estas possam tomar as melhores decisões para a organização (1996) Definições Gestão do Conhecimento

22 Bair & Stear Uma disciplina que promove uma abordagem integrada para identificar, capturar, recuperar e avaliar os ativos informacionais da empresa. Esses ativos de informação podem incluir bancos de dados, documentos, políticas, procedimentos, bem como o conhecimento não capturado, tácito e próprio de cada empregado (1997) Definições Gestão do Conhecimento

23 Artigos Recentes sobre a relação da Gestão do Conhecimento e Ciência da Informação

24 Gestão do Conhecimento Journal of Information Science Journal of Documentation Journal of the American Society in Information Science Information Research Ciência da Informação

25 Gestão do Conhecimento

26 Gestão do Conhecimento School of Communication and Information, Nanyang Technological University, Singapore Royal Melbourne Institute of Technology, Austrália Institute of Information Science, University of Graz, Áustria Institute of Information Management, National Chiao Tung University, Taiwan Graduate School of Library and Information Studies, McGill University, Canadá Department of Information Science, Loughborough University, United Kingdom Department of Information Science, Bar-Ilan University, Israel Departamento de Ciências da Informação, Universidade Federal de São Carlos, Brasil Boots Healthcare International, Nottingham, United Kingdom

27 Gestão do Conhecimento

28 Loughborough University Gestão do Conhecimento está criando inúmeras mudanças para a Ciência da Informação tendo em vista a Economia do Conhecimento

29 Gestão do Conhecimento Loughborough University Em comum com a Ciência da Informação, a literatura emergente sobre Gestão do Conhecimento é relativamente fragmentada e não traz uma teoria unificada da disciplina

30 Gestão do Conhecimento Loughborough University Um dos argumentos para a evolução da Ciência da Informação em Gestão do Conhecimento, são as deficiências da primeira em trazer resultados tangíveis para nas organizações.

31 Gestão do Conhecimento Loughborough University Há muitas razões para essa situação, mas a situação só se torna mais complexa com o tempo.

32 Gestão do Conhecimento

33 University of Graz Qual a essência da Ciência da Informação ? Qual os limites entre a Ciência da Informação e o domínio do conhecimento ?

34 Gestão do Conhecimento University of Graz Os que tentaram explicar: Bates, 1999; Borko, 1968; Brookes, 1980; Debons et al., 1988; Farradene, 1980; Hawkins, 2001; Hjorland, 1998; Hjørland and Albrechtsen, 1995; Neill, 1992; Saracevic,1999; Vakkari, 1996; Vickery, 1997).

35 Gestão do Conhecimento University of Graz Os que tentaram explicar, sob a perspective histórica do campo a partir de : Buckland, 1999; Buckland and Liu, 1955; Heilprin, 1989; Ingwersen, 1995; Shera and Cleveland, 1985; Zunde and Gehl, 1979

36 Gestão do Conhecimento University of Graz Os que tentaram explicar, sob a perspective histórica do campo e amparados por: Buckland, 1991, Boyce and Kraft, 1985; Cornelius, 2002, 2004, Floridi, 2002, 2004

37 Gestão do Conhecimento Não são conceitos uniformes da Ciência da Informação. Por exemplo: Tem diferentes ângulos de análise: University of Graz Tradição bibliotecária Tradição documentalista Tradição computacional Tradição Cognitiva

38 Gestão do Conhecimento Ciência do Conhecimento para substituir Ciência da Informação 5 estágios para concluir University of Graz


Carregar ppt "Ciência da Informação e Gestão do Conhecimento: a convergência a partir da Sociedade da Informação Universidade de Brasília Departamento de Ciência da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google