A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Abordagem estruturalista. O MODELO DA BUROCRACIA UM CONJUNTO DE PRECEITOS QUE RESOLVESSE AS LIMITAÇÕES DAS TEORIAS CLÁSSICAS E DAS ESCOLAS DE RELAÇÕES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Abordagem estruturalista. O MODELO DA BUROCRACIA UM CONJUNTO DE PRECEITOS QUE RESOLVESSE AS LIMITAÇÕES DAS TEORIAS CLÁSSICAS E DAS ESCOLAS DE RELAÇÕES."— Transcrição da apresentação:

1 Abordagem estruturalista

2 O MODELO DA BUROCRACIA UM CONJUNTO DE PRECEITOS QUE RESOLVESSE AS LIMITAÇÕES DAS TEORIAS CLÁSSICAS E DAS ESCOLAS DE RELAÇÕES HUMANAS. COM AS TRANSFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES EM FUNÇÃO DE SUAS COMPLEXIDADE, ERA NECESSÁRIO UMA TEORIA QUE SE ADEQUASSE A ESTA NOVA COMPLEXIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

3 CARACTERÍSTICAS: BUROCRACIA A HIERARQUIZAÇÃO E A RACIONALIDADE DA AUTORIDADE A AUTORIDADE LIMITADA AO CARGO, REGIDA POR NORMAS EXPLÍCITAS, SENDO A REMUNERAÇÃO FIXA EM FUNÇÃO DA HIERARQUIA BUSCAVA A COMPETÊNCIA TÉCNICA DOS FUNCIONÁRIOS, NOMEADOS E NÃO ELEITOS PARA OS CARGOS ÊNFASE NAS REGRAS GERAIS E NAS COMUNICAÇÕES ESCRITAS DISCIPLINA RACIONAL

4 Os Tipos de Dominação- Weber Tradicional – Impõe-se pela tradição. Os quadros administrativos são formados em respeito à ordem e às tradições em que vigora o respeito aos mais velhos. Os valores de cada comunidade ou nação são os definidores dos quadros administrativos, e que diferem dos modelos das sociedades ocidentais.

5 Os Tipos de Dominação- Weber CARISMÁTICA – Baseada no carisma do líder. Os subordinados vêem no líder condições especiais de domínio de santidade e de heroísmo. Os quadros administrativos são escolhidos dentre aquelas pessoas que endeusam o líder e dizem amém a todas as determinações do líder. Pertencem ao mesmo grupo, tem a mesma forma de pensar, ou são submissos definitivamente.

6 Os Tipos de Dominação- Weber BUROCRÁTICA – É o império de lei. O funcionário público vai ser escolhido pelo mérito, pela competência. Ele não é dono do cargo, como também o soberano não o é. Tudo passa a ser regido e determinado pela lei.

7 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS 1.Caráter legal das normas e regulamentos. 2.Caráter formal das comunicações. 3.Caráter racional e divisão do trabalho. 4.Impessoalidade nas relações. 5.Hierarquia de autoridade. 6.Rotinas e procedimentos padronizados. 7.Competência técnica e meritocracia. 8.Especialização da Administração. 9.Profissionalização dos participantes. 10.Completa previsibilidade do comportamento.

8 Algumas vantagens da burocracia Racionalidade. Precisão na definição do cargo e da operação. Rapidez nas decisões. Univocidade de interpretação. Uniformidade de rotinas e procedimentos. Continuidade da organização. Redução do atrito entre as pessoas. Constância. Confiabilidade. Benefícios para as pessoas na organização.

9 Graus de burocratização Escassez de burocratização: Excesso de Burocratização: Falta de especialização, bagunça, confusão Falta de autoridade Liberdade excessiva Ausência de documentos, informalidade Ênfase nas pessoas Apadrinhamento Superespecialização, hiper-responsabilidade Excesso de autoridade. Autocracia e imposição Ordem e disciplina Excesso de papelório. Formalismo Ênfase nos cargos Excesso de exigências Divisão do trabalho Hierarquia Regras e Regulamentos Formalização das Comunicações Impesoalidade Seleção e Promoção do Pessoal Desordem Eficiência Rigidez

10 Apreciação Crítica Excesso de formalismo da burocracia. Mecanicismo e as limitações da teoria da máquina. Conservantismo da burocracia. Abordagem de sistema fechado. Abordagem descritiva e explicativa.

11 A BUROCRACIA Vantagens - Weber A razão decisiva para o progresso da organização burocrática foi sempre a superioridade puramente técnica sobre qualquer outra forma de organização. O mecanismo burocrático plenamente desenvolvido compara-se às outras organizações exatamente da mesma forma pela qual a máquina se compara aos modos não-mecânicos de produção.

12 Burocracia – Resumo Funções definidas e competências estabelecidas por lei Direitos e deveres baseados no princípio da igualdade burocrática Definições de hierarquia e especialização de funções Impessoalidade nas relações Objetivos explícitos e estrutura formalizada Autoridade racional-legal Racionalidade instrumental

13 Burocracia – As Críticas A impessoalidade – Despersonalização dos relacionamentos; Limitação da espontaneidade Substituição dos objetivos pelas regras

14 CONSIDERAÇÕES SOBRE A BUROCRACIA DE WEBER VOLTA À PREOCUPAÇÃO DOS CLÁSSICOS(ENGENHEIROS E ANATÔMICOS) COM A EFICIÊNCIA QUE GERA A PRODUTIVIDADE QUE AUMENTA O LUCRO. (O espírito do Capitalismo) LIMITAÇÃO DA ESPONTANEIDADE – O EXCESSO DE REGRAS IMPEDE A ESPONTANEIDADE DOS INDIVÍDUOS – O SERVIÇO PÚBLICO E A BUROCRACIA. SUPERVALORIZAÇÃO DAS REGRAS EM DETRIMENTO DOS OBJETIVOS CONFLITO ENTRE CLIENTES E FUNCIONÁRIOS – EXISTE UMA NORMA A SER SEGUIDA E TODOS DEVEM SE SUBMETER A ELAS, MESMO O CLIENTE.


Carregar ppt "Abordagem estruturalista. O MODELO DA BUROCRACIA UM CONJUNTO DE PRECEITOS QUE RESOLVESSE AS LIMITAÇÕES DAS TEORIAS CLÁSSICAS E DAS ESCOLAS DE RELAÇÕES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google