A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paradigmas Emergentes de Inovação e Competitividade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paradigmas Emergentes de Inovação e Competitividade."— Transcrição da apresentação:

1 Paradigmas Emergentes de Inovação e Competitividade

2 1. Excelência em Gestão Sob a ótica dos Fractais da Excelência Projeto Desafio, FNQ 2008

3 Economia Planeta Ética Pessoas Sustentabilidade Empresa sustentável é a que contribui para o Desenvolvimento Sustentável, gerando, simultaneamente, benefícios econômicos, sociais e ambientais. Ética É o alicerce que sustenta os demais princípios, assegurando a reputação e próspera sobrevivência da Organização. Projeto Desafio, FNQ 2008 Princípios Fundamentais da Excelência em Gestão

4 Indivíduo, Comunidade, Sociedade Resultados, Valor Gerado, Rentabilidade, Lucros, Dividendos Ecologia, Meio Ambiente Compromisso com a Ética

5 TOP MGMT MIDDLE MGMT FRONT LINE CUSTOMERS Os Princípios Fundamentais devem ser observados por todas as Pessoas da Organização, em todos os Setores, em todos os Níveis.

6 Um fractal é um objeto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao modelo original. Fractais têm infinitos detalhes, são geralmente auto-similares e independem de escala. Em muitos casos um fractal pode ser gerado por um padrão repetido, tipicamente um processo recorrente ou iterativo. Fractais

7 Organizations as Fractals Dorothy Leonard: Wellsprings of Knowledge. HBS, 1998 The remarkable aspect of vibrant and self renewing organizations is the consistency of certain characteristics – no matter what level or unit of analysis one adresses. Talking to individuals, listening to project meetings, seeting in on a board of directors session – one hears certain themes over and over again. (...) Rather, one finds a pattern of thought and behavior that is observable at all levels and that gives the organization its Character. The mathematical geometry of fractals provides a good metaphor here. If one examines these objects at different size scales, one repeatedly encounters the same fundamental elements.

8 TOP MGMT MIDDLE MGMT FRONT LINE CUSTOMERS FRACTAIS DA EXCELÊNCIA

9 Fractal da Excelência É um símbolo da Excelência em Gestão no Século XXI. Deve estar presente em todos os níveis de análise de uma Organização, tanto na compreensão do todo como na mais mínima avaliação dos detalhes. Representado por um tetraedro, cujos vértices são articulados pelo princípio ético em relação ao triple botton-line. Projeto Desafio, FNQ 2008

10 PROCON Fractais não observados ÉTICA OESP Telefônica é multada em R$ 60 milhões Grande quantidade de reclamações originou ação civil pública; empresa diz que vai recorrer

11 Fractais não observados Resultados Financeiros Oferta de empréstimos sem comprovação de renda nos Estados Unidos

12 AIG paga US$ 160 milhões em bônus, até para ex-funcionários Fractais não observados Resultados Financeiros

13 Fractais não observados Sociedade / Planeta OESP Frigoríficos não cumprem meta ambiental Empresas do setor pedem mais três meses de prazo para o Greenpeace para cadastrar e monitorar seus fornecedores de gado na Amazônia

14 Fractais não observados PESSOAS CRISE Mais um suicídio na France Telecom, total de 25 em 18 meses

15 1. Excelência em Gestão Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter The Next Industrial Revolution

16 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 The industrial-age assault on natural capital continues. Decisões Empresariais Pessoas e Ecossistemas afetados Buy-and-sell decisions are executed by faceless agents living on the other side of the world...

17 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 We cannot afford another century like the last one. George Schaller, Wildlife Conservation Society In the future, people like me will go to jail. Ray Anderson, Chairman of Interface – Carpeting Industry

18 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 Goods in Production Goods in Use Extraction Sales Waste from Production Waste from Use Discard Waste Why – and How – Industrial-Age Systems Produce Waste:

19 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 Pessoas Planeta Ética Economia Racionalismo Humanismo Naturalismo Três Dimensões da Sustentabilidade Lógica do Progresso Lógica do Aprendizado Lógica dos Sistemas Naturais

20 1. Excelência em Gestão 2. The Next Industrial Revolution 3. Racionalismo e o Erro de Descartes

21 Racionalismo: A Lógica do Progresso O ERRO DE DESCARTES A emoção é parte integrante do processo de raciocínio e pode ajudá-lo, ao invés de, como se costumava supor, necessariamente perturbá-lo. O Erro de Descartes, Antônio Damásio (Neurologista, Iowa) What we do becomes inseparably from who we are. Peter Senge O êxito de uma intervenção depende fundamentalmente do estado interno do interventor. Peter Senge

22 Racionalismo: A Lógica do Progresso Problema Complexo: Problema Simples

23 1. Excelência em Gestão 2. The Next Industrial Revolution 3. Racionalismo: o Erro de Descartes 4. Naturalismo: Biomimicry

24 BIOMIMICRY BIOMIMICRY BIOSMIMESIS BIOS (vida) + MIMESIS (imitar) Levantamento: Adriana Baraldi

25 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 Living Systems Follow Cycles: Living System Regeneration Decay Nutrients

26 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 How Industry Can Reduce Waste: A Cyclic Industrial System That Mimics Nature Natural Resources Extraction Sales Waste from Production Waste from Use Waste from Discard Goods in Production Goods in Use Waste Regeneration Natural Nutrientes Technical Nutrientes Discard

27 1. Excelência em Gestão 2. The Next Industrial Revolution 3. Racionalismo: o Erro de Descartes 4. Naturalismo: Biomimicry 5. Humanismo: Presença, Teoria U

28

29 Peter Senge, C. Otto Scharmer, Joseph Joworski, Betty Sue Flowers; Presença: Propósito Humano e o Campo do Futuro. Cultrix, SP, 2007 Novas maneiras de pensar o Aprendizado Aprendizado reativo AB Pensar Fazer A B Recuperação de modelos mentais Reencenação de hábitos Níveis mais profundos de Aprendizado Pensar Agir Maior consciência do todo Ação que beneficia cada vez mais o todo

30 Peter Senge, C. Otto Scharmer, Joseph Joworski, Betty Sue Flowers; Presença: Propósito Humano e o Campo do Futuro. Cultrix, SP, 2007 CAMPO DO FUTURO Realidade que está emergindo. PRESENÇA Capacidade essencial para se ter acesso ao Campo do Futuro. Ato de ouvir com intensidade, abandonando preconceitos e paradigmas. Estado de abrir-se para receber, de participação consciente num campo mais vasto de mudança. Processo que implica um aquietamento essencial da mente, em que os limites conhecidos entre o eu e o mundo se dissolvem,

31 Peter Senge, C. Otto Scharmer, Joseph Joworski, Betty Sue Flowers; Presença: Propósito Humano e o Campo do Futuro. Cultrix, SP, 2007 Um segundo tipo de Aprendizado Sentir Concretizar Presenciar Observe, observe, observe – torne-se um com o mundo Aja rapidamente, com um fluxo natural Recolha-se e reflita – permita que o saber interior venha à tona. Três capacidades integrativas

32 3 Movements of the U Downloading Observe, observe, observe Retreat and reflect: Allow the inner knowing to emerge Act in an instant

33 U Process: 1 Process, 5 Stages 1. Co-initiating: uncover common intent stop and listen to others and to what life calls you to do 2. Co-sensing: observe, observe, observe connect with people and places to sense the system from the whole 5. Co-evolving: embody the new in ecosystems that facilitate acting from the whole 4. Co-creating: prototype the new in living examples to explore the future by doing 3. Presencing: connect to the source of inspiration and will go to the place of silence and allow the inner knowing to emerge

34 1. Excelência em Gestão 2. The Next Industrial Revolution 3. Racionalismo: o Erro de Descartes 4. Naturalismo: Biomimicry 5. Humanismo: Presença, Teoria U 6. A New Business Model

35 Visão tradicional de um Modelo de Negócios wikipedia Business Model Template Relações com Consumidores e Mercados Processos e Redes Proposta de Valor Administração Financeira wikipediaBusiness Model Template

36 Visão tradicional de um Modelo de Negócios wikipedia Business Model Template Processos e Redes Proposta de Valor Administração Financeira wikipediaBusiness Model Template

37 Visão tradicional de um Modelo de Negócios wikipedia Business Model Template Processos e Redes Administração Financeira wikipediaBusiness Model Template

38 Visão tradicional de um Modelo de Negócios wikipedia Business Model Template Administração Financeira wikipediaBusiness Model Template

39 Visão tradicional de um Modelo de Negócios wikipedia Business Model Template Processos --- Cadeias de Valor --- Redes Proposta de Valor Consumidores Mercados

40 Peter Senge & Goran Carstedt: Innovating Our Way to the Next Industrial Revolution. Sloan, winter 2001 Processos --- Cadeias de Valor --- Redes Proposta de Valor Consumidores Mercados Sociedade RecursosNaturais Pessoas Abordagem Sistêmica A Sociedade como Cliente Pessoas como Agentes de Inovação e Mudança Energia Limpa + Extração Ecoeficiente Processos Ecoeficientes Proposta de Valor Sustentável Produtos Não Poluentes, Biodegradáveis Crescimento condicionado à Redução de Perdas, em termos absolutos + Regeneração da Natureza

41 Modelo (Esquema) de Atuação de uma Organização A. Osterwalder & Y. Pigneur: Business Model Generation. Self Published, 2010 Key Partners Key Activities Value Proposition Customer Relationships Customer Segments Key Resources Channels Cost Structure Revenue Streams KP VP CH CR CS R$ C$ KR KA

42 1. Excelência em Gestão 2. The Next Industrial Revolution 3. Racionalismo: o Erro de Descartes 4. Naturalismo: Biomimicry 5. Humanismo: Presença, Teoria U 6. A New Business Model 7. Ecossistemas de Inovação

43 Business Ecosystem Business Ecosystem is a community of organizations and stakeholders (players) operating within a particular business environment, which colaborate and compete in na economic within a particular business environment, which colaborate and compete in na economic web of relationships. These relationships co-evolve through time subject to the general forces in the business environment and the specific moves made by tha web of players. These ecosystems are complex networks of players, that go far beyond traditional competitors, customers, and suppliers. They comprise communities of organizations that collaborate and compete in economic web of relationships.

44 Business Ecosystem: Visão tradicional Organizações são Sistemas Abertos (vivos), operando em Redes.

45 Innovation Ecosystem: Conceito proposto Economia SociedadePlaneta


Carregar ppt "Paradigmas Emergentes de Inovação e Competitividade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google