A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo 2 – A Formação a distância do segundo milénio UNIDADE 2 – O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS … de… a … de Abril 200. Formador/a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo 2 – A Formação a distância do segundo milénio UNIDADE 2 – O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS … de… a … de Abril 200. Formador/a."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo 2 – A Formação a distância do segundo milénio UNIDADE 2 – O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS … de… a … de Abril 200. Formador/a

2 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Objectivos da Unidade Objectivos da Unidade O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS Objectivos da Unidade Caracterizar e enquadrar a noção de materiais pedagógicos. Conhecer o ciclo de produção dos materiais. Reconhecer e explorar as ferramentas. Avaliar os materiais pedagógicos produzidos. F á ti m a N e v e s

3 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos ESTRUTURA ESTRUTURA O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS Componentes Principais §Os materiais pedagógicos e o conceptor/formadorOs materiais pedagógicos e o conceptor/formador Instructional System Design Passos simples para a construção de materiais pedagógicos A avaliação de conteúdos – Os Produtos Multimédia Elementos Adicionais Objectos de Aprendizagem Ferramentas de Autor Ferramentas de Gestão da Aprendizagem – Open Source Mapas Conceptuais – Ferramentas Cognitivas

4 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Materiais pedagógicos e o conceptor/formador As preocupações são as mesmas das formações tradicionais: Como transmitir informação? Como responder aos diferentes estilos de aprendizagem? Como potenciar/possibilitar a aquisição de competências? O e-learning não resolve por si só si as dificuldades da formação. Tem de existir, previamente, uma estrutura temática, uma estratégia metodológica, um conjunto de objectivos a atingir, etc … Tecnologia é um meio, não uma receita milagrosa que tudo resolve.

5 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Materiais pedagógicos e o conceptor/formador Um sistema de formação a distância deve integrar harmoniosamente conteúdos e metodologias formativas. Características dos Materiais Pedagógicos: Interactividade dos conteúdos. Maior importância ao conteúdo do que ao aspecto gráfico. Adequados às necessidades do contexto e dos formandos. Utilização de ferramentas tecnológicas de suporte. Desenhar os conteúdos tendo em vista a sua fácil e rápida actualização. Definição da estratégia formativa.

6 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Materiais pedagógicos e o conceptor/formador O sucesso do e-learning está muito associado à capacidade de personalizar os percursos formativos com base em conteúdos interactivos modulares. Elementos a considerar: Motivantes e envolventes. Feedback. Exemplos reais. Fazer a ponte entre o posto de trabalho e a formação. Permitir a reutilização do conteúdo depois da formação. mecanismos de interactividade: formando-formando formandoformador tutor e formando-sistema.

7 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Materiais pedagógicos e o conceptor/formador TAXONOMIA DA INTERACTIVIDADE O grande desafio é criar um ambiente de aprendizagem em que se aprende «COM» (modelo construtivista). O objectivo desta proposta é afastar a ênfase do conceito do nível de interactividade física no interface (número de cliques ou teclas pressionadas) entrando em consideração com uma interactividade cognitiva.

8 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Instructional System Design Definição Instructional System Design – Definição Instructional Design is the systematic development of instructional specifications using learning and instructional theory to ensure the quality of instruction. It is the entire process of analysis of learning needs and goals and the development of a delivery system to meet those needs. It includes development of instructional materials and activities; and try out and evaluation of all instruction and learner activities.

9 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Instructional System Design Vantagens Providencia os meios para um processo de decisão fundamentado que permite responder ao quem (formandos), ao quê (conteúdos), ao onde (contexto), ao porquê e ao como (pedagogia) da formação. Vantagens de uma abordagem sistémica visão global, articulada e processual da formação. Abordagem sistémica cursos/programas de formação são continuamente desenvolvidos de forma eficiente e efectiva de modo a adequado às diversas necessidades. Processo ordenado/sequencial de recolha e de análise de performances individuais e colectivas que respondam a necessidades de formação identificadas.

10 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Instructional System Design Fases MODELO EVOLUTIVO EM FASES O objectivo do Instructional Design é maximizar os resultados da formação on-line. Um estudo do laboratório de pesquisa da Penn State University define o Instructional Design como o desenvolvimento sistemático de especificações de instrução com base em teorias pedagógicas de aprendizagem que garantem a qualidade da formação. análise de necessidades de formação e objectivos; desenvolvimento de um dispositivo de aprendizagem; desenvolvimento de materiais formativos e actividades; avaliação e validação desses mesmos materiais.

11 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Instructional System Design Fases. 1. Análise 2. Desenho 3. Desenvolvimento 4. Implementação 5. Avaliação Desenvolvimento de um sistema de e-learning 1. Análise 2. Desenho 3. Desenvolvimento 4. Implementação 5. Avaliação Desenvolvimento de conteúdos

12 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos 1. Análise – recolha de informação e planificação do projecto Análise das necessidades da organização Análise das necessidades dos utilizadores Análise técnica (identificação dos recursos informáticos) Gestor do Projecto Especialista em Desenho e Concepção Gestor do Projecto Especialista na área dos conteúdos (técnicos, formadores, etc.) Especialista em Desenho e Concepção Gestor do Projecto Analista de Sistemas de e-Learning Instructional System Design Fases

13 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos 2. Desenho – uma das fase mais críticas do processo. Desenho e teste da interface; desenho dos templates e desenho e concepção dos cursos (guião – storyboard) Desenho da Interface Teste à usabilidade da interface Designer Gráfico Especialista em Desenho e Concepção Analista de Sistemas de e-Learning Especialista em Desenho e Concepção Design de templates Design pedagógico Analista de Sistemas Programadores Especialista em Desenho e Concepção Apoio do Especialista na área de conteúdos (técnicos, formadores, etc.) Instructional System Design Fases

14 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos 3. Desenvolvimento – programação e criação de media, customização e integração num LMS Criação de media Criação de documentos HTML Especialista em Desenho e Concepção Designer Gráfico Técnico de Vídeo e Áudio Programador Especialista em Desenho e Concepção Programador Programação – Integração de bases de dados Programação (Hard Core) Especialista em Desenho e Concepção Designer Gráfico Técnico de Vídeo e Áudio Programador Instructional System Design Fases

15 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos 4. Implementação – conteúdos são inseridos, por ex., num LMS. Testes e eventual formação dos formadores/tutores Instalação Manutenção Especialista em LMS Administrador de Sistemas Programador Administrador de Sistemas Webmaster Instructional System Design Fases

16 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos 5. Avaliação – avaliação do projecto, planificação e execução de alterações pontuais aos conteúdos Teste e avaliação Fecho do projecto e planificação das actualizações Todos os intervenientes no projecto Gestor do Projecto Metodologia de controlo do projecto (gestão e garantia de qualidade) Gestor do Projecto Instructional System Design Fases

17 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Passos simples para a Construção de Materiais Pedagógicos Conteúdos Multimédia Os cinco passos para a construção de materiais : 1. Elaboração de um resumo descritivo da aplicação (storyboard) Breve ideia do que poderá ser o produto final. 2. Pesquisa e selecção dos conteúdos Qualidade e pertinência da informação – recolha de informação em vários formatos e suportes possíveis. 3. Organização da informação e representação da estrutura da aplicação Esquematização no papel das relações entre os diferentes momentos e conceitos que integram a aplicação (macro-estrutura utilização de esquema/diagrama).

18 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Passos para a Construção de Materiais Pedagógicos Conteúdos Multimédia (cont.) 4. Desenho da interface Mesmo que não seja o formador a desenvolver esta interface é fundamental que dê indicações do que pretende (configurações, estilo gráfico do ecrã, disposição no espaço, feedback, modalidades de interacção, etc.). 5. Redacção dos conteúdos e especificação dos elementos multimédia Concretização das tarefas referidas atrás.

19 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Dicas em contexto multimédia Scripto Utilizar uma ou duas fontes, preferencialmente as standard, usando diferentes tamanhos ou estilos para enfatizar títulos, conceitos, etc. Times New Roman e Arial são algumas das fontes mais comuns e usadas nos PC. Evitar usar apenas letras maiúsculas, excepto para enfatizar uma ou outra palavra e preferencialmente para títulos. Ter em conta que o texto em itálico é pouco legível. Considerar que linhas muito longas, de margem a margem do ecrã, ou demasiado curtas, ou então uma ou duas palavras por linha, são difíceis de ler e dificultam a compreensão do texto. Resumir o texto o mais possível mantendo a sua compreensão: retirar as palavras redundantes.

20 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos A avaliação de conteúdos Os Produtos Multimédia Como ensinar e aprender com recurso a software multimédia? Que critérios devem ser privilegiados na avaliação da qualidade deste tipo de recursos? Que orientações e recomendações deve ter quem produz este tipo de materiais? A avaliação dos materiais pedagógicos não deve contemplar apenas o produto em si mesmo, mas deve estender a análise ao contexto de utilização e à efectividade na aprendizagem.

21 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos A avaliação de conteúdos Os Produtos Multimédia A avaliação centrada nos resultados de aprendizagem Natureza da aprendizagem Requisitos da tarefa. Conhecimentos e capacidades cognitivas. Factores contextuais e situacionais. A avaliação centrada na utilização em contexto Qualidade na utilização. A exploração dos produtos. Conhecimentos e competências para a utilização. A avaliação centrada nas características intrínsecas do produto Relação produto/objecto. Formular juízos de valor independentes da utilização ou da sua relevância e eficácia. Aspectos técnicos da construção.

22 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos A avaliação de conteúdos Os Produtos Multimédia Critérios e Indicadores Conjunto alargado de informação que possibilite a construção de grelhas de avaliação dos conteúdos. QuestõesCritériosIndicadores Interrogações que permitem explicitar cada componente e delimitar o respectivo conteúdo. Formulações de carácter afirmativo que permitem a diferenciação em cada uma das categorias a avaliar e que permitirão a posterior emissão de juízos valorativos. Conjunto de evidências observáveis que fornecem a informação necessária à operacionalização dos critérios.

23 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos A avaliação de conteúdos Os Produtos Multimédia Níveis ou Planos de Análise Nível analítico e descritivo, visa a descrição pormenorizada de cada aspecto, permitindo uma ideia mais precisa, em extensão, do material pedagógico analisado. PERFIL DE CADA MATERIAL PEDAGÓGICO Nível valorativo que, com base na informação recolhida para o nível anterior, permite uma apreciação fundamentada de cada um dos componentes em análise. AVALIAÇÃO GLOBAL

24 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem O Que São? « pedaço de conhecimento pedagogicamente formatado para uma experiência de aprendizagem curta (dezenas de minutos) e que inclui, pelo menos, um objectivo, uma instrução e uma avaliação» in Guia para a Concepção de Conteúdos de e-Learning, p. 64 Textos, artigos, etc. Sessões síncronasEtc., etc. Links para sites da InternetTestes de avaliação Vídeos

25 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem Objecto de Aprendizagem Estrutura de um curso de e-learning Curso X Módulo 1 Unidade de Aprendizagem 1 Objecto de aprendizagem 1 Módulo 2 Módulo n Unidade de Aprendizagem 2 Unidade de Aprendizagem n Objecto de aprendizagem 2 Objecto de aprendizagem n

26 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem.... apenas um conjunto de recursos que foram desenvolvidos com recurso a diversas tecnologias.... uma filosofia de criação e de distribuição de conteúdos em e- learning. Não é... É...

27 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem Os Objectos de Aprendizagem (abordagem mais recente) Objectos estão «arrumados»/depositados numa base, são autónomos, podem ser reutilizados, organizados de forma personalizada e integrados em percursos de aprendizagem. Objectos de Aprendizagem Cursos Personalizados LCMSLCMS

28 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem Objecto de aprendizagem deverá conter: 1.Objectivo – definido e coerente do ponto de vista pedagógico. 2. Instrução – conteúdos que suporte o objectivo. 3. Avaliação – fundamental para assegurar e aferir se o conhecimento foi apreendido ou se a competência foi adquirida.

29 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem Vantagens Utilização da «filosofia»/lógica objecto de aprendizagem permite: Poupança/rentabilização dos investimentos em desenvolvimento de conteúdos. Construção de cursos «à medida», respeito pelas diferenças de nível de cada formando, sem comprometer os objectivos gerais do curso. Criação rápida de um curso adaptado a necessidades específicas.

30 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Os Objectos de Aprendizagem Vantagens Utilização da «filosofia»/lógica objecto de aprendizagem permite: (continuação) Aplicabilidade em múltiplos contextos. Constante actualização dos conteúdos. Pesquisa e a organização dos conteúdos de aprendizagem. Operacionalidade com outros sistemas e matérias de aprendizagem.

31 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Autor O QUE SÃO FERRAMENTAS DE AUTOR (AUTHORING TOOLS)? ferramenta de trabalho que permite aos formadores e conceptores de recursos didáticos a integração de diferentes componentes de media, criando conteúdos pedagógicos digitais interactivos. Trabalham com base no conceito de objectos de aprendizagem. Permitem a criação de diferentes percursos formativos a partir dos mesmos objectos. Funcionam como ferramentas de criação de conteúdos.

32 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Autor PORQUÊ UTILIZAR FERRAMENTAS DE AUTOR? Os formadores e conceptores de materiais pedagógicos procuram formas rápidas e simples de criar e distribuir conteúdos na Internet, Intranet e CD-Rom. As ferramentas de autor permitem: a criação e desenvolvimento de conteúdos de forma mais rápida; maior autonomia relativamente aos programadores multimédia; mais user friendly; componente fundamental do kit de ferramentas de produção.

33 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Autor COMO ESCOLHER AS FERRAMENTAS DE AUTOR MAIS ADEQUADAS? Elementos a considerar para a escolha: a complexidade do conteúdo ou da metodologia pedagógica de exploração; facilidade de utilização; criatividade pedagógica e a produção de conteúdos; tipologia: específicas para conteúdos ou generalistas; tipo de actividades a realizar: simulações, produção de avaliações…

34 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Autor QUAIS AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE AUTOR?

35 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Autor LINKS FERRAMENTAS DE AUTOR GENERALISTAS Authorware 5, Director, Flash 5/MX, Dreamweaver Toolbook II da Click2Learn Trainersoft 7 DazzlerMax da MaxIT ReadyGo Edugen da Maris Technologies FERRAMENTAS DE PRODUÇÃO DE SIMULAÇÕES DE APLICATIVOS TutorAuthor da TutorPro ViewletBuilder da Qarbon RapidBuilder da Xstream Software WizTIM da Wizart FERRAMENTAS DE PRODUÇÃO DE AVALIAÇÕES QuestionMark Perception

36 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Ferramentas de Aprendizagem OpenSource Ambientes de Aprendizagem de Open Source, groupware, courseware e sistemas de gestão de aprendizagem DEFINIÇÃO: O software de Open Source (Fonte Aberta) é um conceito para um novo tipo de veículo da sociedade de informação. O termo software de Open Source referese a produtos informáticos cujo código de fonte está disponível para modificação e distribuição pelos utilizadores. O software de Fonte Aberta é desenvolvido em comunidades que trabalham na Internet. A abertura significa que a pessoa pode rectificar e aperfeiçoar o software para que este corresponda melhor às suas necessidades. Ultimamente, os governos e a União Europeia têm demonstrado um interesse crescente em apoiar o software de Open Source.

37 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Links Ferramentas de Aprendizagem OpenSource Ambientes de Aprendizagem de Open Source, groupware, courseware e sistemas de gestão de aprendizagem Software de Aprendizagem Colaborativa Apoiada: Groupware para escolas: Ferramentas de gestão de cursos:

38 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Mapas Conceptuais Ferramentas Cognitivas Ferramentas cognitivas ou mindtools são todas as tecnologias ou aplicações que, numa perspectiva construtivista da aprendizagem, facilitam o pensamento crítico, permitem uma aprendizagem significativa e envolvem activamente os alunos na construção do conhecimento, na conversação, na articulação, na colaboração, na reflexão. É o que Jonassen designa por «aprender com as tecnologias» (1996). Veja um exemplo Veja um exemplo

39 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Mapas Conceptuais Ferramentas Cognitivas Action Outline Aplicação muito útil para estruturação de ideias em formato outliner. Pode ser englobada na categoria de ferramentas cognitivas na medida em que ajuda a estruturar o pensamento e permite a sua representação visual, neste caso em forma de árvore. CMaps – Concept Mapping Software Este programa insere-se na categoria das aplicações que ajudam a pensar e a representar visualmente o conhecimento. Desenvolvido pelo The Institute for Human & Machine Cognition da University of West Florida (IHMC UWF), mas permite que os utilizadores colaborem, em rede, durante a construção dos mapas.

40 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Mapas Conceptuais Ferramentas Cognitivas Mind Manager MindManagerSmart é útil para criação de mapas conceptuais, diagramas, esquemas, etc. Pode ser utilizado em actividades de planificação, de estudo, em brainstorming, em actividades de avaliação e auto-avaliação, para só citar alguns exemplos. NeoBook O NeoBook permite-lhe criar facilmente aplicações multimédia. É muito fácil ligar textos, imagens, som e animações através de botões interactivos. Pode ser uma ferramenta útil para criar aplicações com interesse pedagógico, mas pode ser usada também como «ferramenta cognitiva».

41 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos EXEMPLO – MINDTOOLS

42 Mapas Conceptuais OpenSource Ferramentas de AutorObjectos de Aprendizagem A Formação a distância do segundo milénio O formador, conceptor e produtor de materiais pedagógicos Avaliação Noções sobre os Materiais Pedagógicos Instructional System Design Construção de Materiais Pedagógicos Informações sobre a Unidade Informações sobre a Unidade Informações sobre a Unidade Exercício de Avaliação da Aprendizagem – Trabalho de Grupo O exercício a realizar e os documentos de apoio ao mesmo encontram-se no espaço do módulo. O trabalho deverá ser realizado em grupo, sendo os grupos os mesmos do trabalho do módulo 1. Data de entrega do trabalho na área do Grupo: (data) Actividades Assíncronas Fórum: A Formação a Distância do Segundo Milénio Materiais para Auto-Estudo Apresentação Multimédia – exploração de temáticas úteis aos conceptores de conteúdos/formadores


Carregar ppt "Módulo 2 – A Formação a distância do segundo milénio UNIDADE 2 – O FORMADOR, CONCEPTOR E PRODUTOR DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS … de… a … de Abril 200. Formador/a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google