A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Psicologia Genética (Jean Piaget) Disciplina: Psicologia Educacional Prof. Me. Edimar Roberto de Lima Sartoro

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Psicologia Genética (Jean Piaget) Disciplina: Psicologia Educacional Prof. Me. Edimar Roberto de Lima Sartoro"— Transcrição da apresentação:

1 Psicologia Genética (Jean Piaget) Disciplina: Psicologia Educacional Prof. Me. Edimar Roberto de Lima Sartoro

2 Jean Piaget ( ), doutor em Ciências Naturais, foi professor de Psicologia, Sociologia, Filosofia das Ciências e do Pensamento Científico. Seu primeiro artigo foi publicado sobre a biologia em 1907, com 11 anos. Em 1920, aos 24 anos de idade, já havia publicado vinte e cinco trabalhos, todos sobre Biologia. Entretanto, pesquisou e escreveu sobre Biologia, Filosofia, Psicologia, Lógica, Sociologia, História da Ciência, Física e Matemática.

3 Objeto de estudo de Piaget Perguntas de Piaget: Como a inteligência se desenvolve? Como o ser humano produz conhecimento? Piaget batiza sua teoria de epistemologia (filosofia da ciência – é a parte que estuda o fenômeno do conhecimento) genética (gênese - evolução, construção).

4 Psicologia Genética Teoria: estuda a origem lógica dos conhecimentos científicos, mas especificamente como essa lógica se origina e se desenvolve na criança. Origem: Jean Piaget ( )

5 A grande questão: Como os homens constróem conhecimento??? Ao elaborar a Teoria Psicogenética, procurou mostrar quais as mudanças qualitativas por que passa a criança, desde o estágio inicial de uma inteligência prática (período sensório-motor), até o pensamento formal, lógico-dedutivo, a partir da adolescência. O conhecimento não pode ser concebido como algo predeterminado desde o nascimento (inatismo), nem como resultado do simples registro de percepções e informações (empirismo). Resulta das ações e interações do sujeito com o ambiente onde vive.

6 A psicologia cognitiva esforça-se para responder questões espistemológicas (episteme significa ciência – conhecimento metódico e sistematizado), principalmente aquelas relativas à natureza do conhecimento, seus componentes, suas origens, seu desenvolvimento e seu emprego.

7 A Psicologia Genética estuda os processos mentais, tais como pensamento, percepção, memória, atenção, resolução de problemas e linguagem; Visa à aquisição de conhecimentos precisos sobre como os processos mentais funcionam e como são aplicados na vida cotidiana.

8 Piaget estava interessado no desenvolvimento intelectual das crianças, observando-as e entrevistando-as mediante a utilização do método clínico e a observação naturalista. Piaget apelidou a sua teoria de epistemologia genética procura compreender a génese das estruturas cognitivas que permitem compreender o mundo e realizar a adaptação à realidade. A sua obra inovadora alterou a forma de ver o mundo intelectual desde a infância à adolescência.

9 O CONCEITO DE COMPORTAMENTO Segundo Piaget, o nosso desenvolvimento intelectual não depende exclusivamente do meio, nem unicamente das estruturas inatas; Piaget define o conhecimento como um processo de adaptação ao meio que resulta da interação do organismo-meio.

10 CONSTRUTIVISMO CONSTRUTIVISMO: o comportamento e o desenvolvimento da inteligência resultam de uma construção progressiva do sujeito em interação como meio físico e social. O construtivismo é uma abordagem psicogenética e interacionista do comportamento: mostra como as estruturas que nos permitem conhecer desenvolvem-se na interação com o meio.

11 Para Piaget, existe uma relação de interdependência entre o sujeito conhecedor e o objeto a conhecer. Esse processo se efetua através de um mecanismo auto-regulatório que consiste no processo de equilibração progressiva do organismo com o meio em que o indivíduo está inserido, como procuraremos expor em seguida.

12 Piaget acreditava que a maturação biológica estabelece as pré-condições para o desenvolvimento cognitivo. Existem 2 aspectos principais nesta teoria: 1. O processo de conhecer e 2. Os estágios pelos quais nós passamos à medida que adquirimos essa habilidade (estágios: sensório-motor, pré-operatório, operatório-concreto e operatório formal). A formação de Piaget como biólogo influenciou ambos os aspectos desta teoria. Como biólogo, Piaget estava interessado em como é que um organismo se adapta ao seu ambiente (ele descreveu esta capacidade como inteligência).

13 MECANISMOS DE ADAPTAÇÃO AO MEIO ASSIMILAÇÃO: O sujeito ao entrar em contato com o objeto de conhecimento retira dele certas informações e incorpora às suas estruturas já existentes possibilitando a ampliação de seu universo cognitivo; No contanto com o objeto/problema todo o meu conhecimento de mundo vem à tona e entre em conflito com o fenômeno de conhecimento. Isso produz desequilíbrio. O sujeito vê-se obrigado a reestruturar o conteúdo de sua mente para dar contar desse novo conhecimento;

14 Acomodação É a modificação de uma estrutura já existente em função das particularidades do objeto a ser assimilado; O objeto de conhecimento não se dá a conhecer imediatamente, impõe resistências ao conhecimento, assim a organização mental se modifica para dar conta do novo, do objeto; Acomodar significa modificação o velho para receber o novo.

15 Equilibração Equilibração – vem da idéia de equilíbrio; Equilibração: processo que procura estabelecer um esquilíbrio entre a assimilação e a acomodação; O objeto de conhecimento impõe resistência, isso cria conflito cognitivo – desequilíbrio no sujeito. Para dar conta de conhecer esse objeto ele precisa acomodar-se isto é modificar-se. O desenvolvimento da inteligência implica num processo de desequilíbrio/reequilibração.

16

17 Estágios Três estágios: sensório-motor (0 a 2 anos); pré-operatório (2 a 7 anos); operatório (7 anos em diante) concreto (7 a 11) formal (de 11 em diante).

18 Conceito de estágio De acordo com Piaget, o desenvolvimento cognitivo é um processo de sucessivas mudanças das estruturas cognitivas derivando cada estrutura de estruturas precedentes. Cada estágio tem um tema dominante – uma especificidade; Cada estágio possui uma lógica interna que é diferente dos estágios anteriores ou posteriores; Os estágios são universais. Todos independente da cultura, classe etc irão passar pelos mesmos estágios. Todas as crianças passam pelos mesmos estágios na mesma ordem (não pode pular para um estágio mais adiantado sem passar primeiro por um estágio anterior)

19 Sensório-motor (0 a 2 anos); Tema principal: inteligência prática; É uma fase muito rica em que a criança começa a estruturar o mundo psicológico; Seu conhecimento do mundo é mediado pelas percepções sensoriais (visão, audição, tato, paladar, olfato) e esquemas motores (movimentos com o corpo) que são essencialmente práticos.

20 Pré-operatório (2-7 anos) Tema principal: representação simbólica; Representação - capacidade de pensar um objeto através de outro objeto; Ex: palavra casa. O som casa não é o objeto, mas substitui o objeto. É no pré-operatório que ocorre a introdução a linguagem, a introdução a moralidade e o egocentrismo - a criança tem dificuldade em ver o ponto de vista do outro.

21 Operatório concreto (7-11 anos) Tema principal: organização do seu pensamento por meio da lógica; Operatório: ação interiorizada reversível. Ação = agir sobre o mundo. Ação interiorizada = ação através da representação. Mediação das imagens. Ação interiorizada reversível: pensar a ação e a anulação dessa mesma ação.

22 Operatório formal Tema principal: pensamento abstrato. Habilidade de engajar-se no raciocínio abstrato-as deduções lógicas podem ser feitas sem o apoio de objetos concretos;

23 Piaget e a Educação Ele não era um educador, como alguns pensam, e não fez uma teoria ou proposta pedagógica. Ele foi um estudioso também na área da psicologia, cujas teorias dão base de sustentação a diversos movimentos pedagógicos, inclusive os que ocorreram anteriormente. Como enfatiza Piaget, a lógica, a moral, a linguagem e a compreensão de regras sociais não são inatas, ou seja, pré-formadas na criança, nem são impostas de fora para dentro, por pressão do meio. São construídas por cada um dos indivíduos ao longo do processo de desenvolvimento, processo este entendido como sucessão de estágios que se diferenciam uns dos outros, por mudanças qualitativas. Para que o processo (assimilação-acomodação-adaptação) se efetive, é importante considerar o principal objetivo da educação, que é a autonomia, tanto intelectual como moral.

24 Em uma visão construtivista baseada em Piaget, a escola deve proporcionar aos alunos momentos em que ele possa realizar suas próprias experiências e construir o seu conhecimento; A aprendizagem do aluno se dá mediada por sua própria ação; A proposta é que a escola seja ativa, levando-os a construir, individualmente, o conhecimento.

25 A aprendizagem O desenvolvimento é responsável pela aprendizagem, antecede a esta; A aprendizagem [...] depende do desenvolvimento. Exercícios, discussões, estabelecimento de conflitos, etc., contribuem para o desenvolvimento de estruturas, mas não têm o poder de estabelecê-las sem levar em conta as possibilidades prévias da criança. Ou seja, há um efeito desencadeador, que otimiza o desenvolvimento, mas com a condição deste ser valorizado o tempo todo (MACEDO, 1994, p. 134).

26 Piaget (1988a) afirma que a escola deve promover a ação do aluno sobre o objeto de conhecimento, baseando-se no interesse e na necessidade pessoal; [...] o objetivo da educação intelectual não é saber repetir ou conservar verdades acabadas, pois uma verdade que é reproduzida não passa de uma semiverdade: é aprender por si próprio a conquista do verdadeiro, correndo o risco de despender tempo nisso e de passar todos os rodeios que uma atividade real pressupõe. (PIAGET, 1988a, p. 61).

27 Referências PIAGET, Jean. O Nascimento da Inteligência na Criança. Rio de Janeiro: Guanabara, ______, A Construção do Real na Criança. Rio de Janeiro: Zahar, PIAGET, J. (1996) Biologia e Conhecimento. 2. Ed. São Paulo, SP: Vozes. PIAGET, Jean. O desenvolvimento do pensamento: equilibração das estruturas cognitivas. Lisboa: Dom Quixote, 1977.


Carregar ppt "Psicologia Genética (Jean Piaget) Disciplina: Psicologia Educacional Prof. Me. Edimar Roberto de Lima Sartoro"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google