A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIVERGÊNCIAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Piaget não aceita em suas provas "ajudas externas", por considerá-las inviáveis para detectar e possibilitar a evolução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIVERGÊNCIAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Piaget não aceita em suas provas "ajudas externas", por considerá-las inviáveis para detectar e possibilitar a evolução."— Transcrição da apresentação:

1 DIVERGÊNCIAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Piaget não aceita em suas provas "ajudas externas", por considerá-las inviáveis para detectar e possibilitar a evolução mental do sujeito. Vygotsky não só as aceita, como as considera fundamentais para o processo evolutivo. 1 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

2 DIVERGÊNCIAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Um dos pontos divergentes entre Piaget e Vygotsky está centrado na concepção de desenvolvimento: A teoria piagetiana considera o desenvolvimento em sua forma retrospectiva, isto é, o nível mental atingido determina o que o sujeito pode fazer. A teoria vygotskyana, considera desenvolvimento na dimensão prospectiva, ou seja, enfatiza que o processo em formação pode ser concluído através da ajuda oferecida ao sujeito na realização de uma tarefa. 2 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

3 Piaget leva em conta o desenvolvimento como um limite para adequar o tipo de conteúdo de ensino a um nível evolutivo do aluno. Vygotsky estabelece que o conteúdo é uma seqüência que permite o progresso de forma adequada, impulsionando novas aquisições, sem esperar a maturação "mecânica“. É desta concepção que Vygotsky afirma que a aprendizagem vai à frente do desenvolvimento. PIAGET X VYGOTSKY 3 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

4 PIAGET E VYGOTSKY Para Vygotsky, as potencialidades do indivíduo devem ser levadas em conta durante o processo de ensino - aprendizagem. A partir do contato com uma pessoa mais experiente e com os apectos histórico-culturais, as potencialidades do aprendiz são transformadas em situações que ativam os esquemas processuais cognitivos e comportamentais, este convívio produz no indivíduo novas potencialidades, num processo dialético contínuo. A teoria de Piaget é de etapas, que pressupõe que os seres humanos passam por uma série de mudanças ordenadas e previsíveis. 4 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

5 VYGOTSKY E PIAGET A aprendizagem impulsiona o desenvolvimento; A escola deve dirigir o ensino para etapas ainda não alcançadas pelos alunos, funcionando como incentivadora de novas conquistas e desenvolvimento potencial do aluno. Para Piaget é na interação organismo-meio que acontece a organização interna e a adaptação ao meio. 5 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

6 A adaptação ocorre através da assimilação e acomodação. Os esquemas de assimilação vão se modificando, configurando os estágios de desenvolvimento. Principais objetivos da educação: Formar de homens "criativos, inventivos e descobridores; Pessoas críticas e ativas na busca da construção da autonomia; Construir o sujeito ativo que compara, exclui, ordena, categoriza, classifica, reformula, comprova, formula hipóteses, etc... em uma ação interiorizada (pensamento) ou em ação efetiva (segundo o seu desenvolvimento). PIAGET 6 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

7 PIAGET E A APRENDIZAGEM Os objetivos pedagógicos necessitam estar centrados no aluno, partir das atividades do aluno. Primazia de um método que leve ao descobrimento por parte do aluno ao invés de receber passivamente através do professor. A aprendizagem é um processo construído internamente e depende do nível de desenvolvimento do sujeito. É um processo de reorganização cognitiva. Os conflitos cognitivos são importantes para o desenvolvimento da aprendizagem. 7 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

8 VYGOTSKY Segundo Vygotsky, a evolução intelectual é caracterizada por saltos qualitativos de um nível de conhecimento para outro. Desenvolveu o conceito de ZONA DE DESENVOLVIMENTO PROXIMAL, que é a distância entre o desenvolvimento real e o potencial, que está próximo mas ainda não foi atingido. O meio é sempre revestido de significados culturais. Por exemplo, armário (meio) não tem sentido em si. Só tem o sentido cultural, que lhe damos. 8 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

9 DIFERENÇAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Para Vygotsky, é a aprendizagem que gera o desenvolvimento. Em suas palavras, "o aprendizado adequadamente organizado resulta em desenvolvimento mental e põe em movimento vários processos de desenvolvimento que, de outra forma, seriam impossíveis". Piaget, ao contrário, defende que é o desenvolvimento progressivo das estruturas intelectuais que nos torna capazes de aprender. 9 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira


Carregar ppt "DIVERGÊNCIAS ENTRE VYGOTSKY E PIAGET Piaget não aceita em suas provas "ajudas externas", por considerá-las inviáveis para detectar e possibilitar a evolução."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google