A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Domar o Réptil trazido até vós por: Bruno Gonçalo Nazaré Gonçalves DEI-FCT/UC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Domar o Réptil trazido até vós por: Bruno Gonçalo Nazaré Gonçalves DEI-FCT/UC."— Transcrição da apresentação:

1 Domar o Réptil trazido até vós por: Bruno Gonçalo Nazaré Gonçalves DEI-FCT/UC

2 Introdução A teoria do cérebro tripartido; A teoria do cérebro tripartido; A comutação entre cérebros. A comutação entre cérebros. A educação dos répteis; A educação dos répteis; Trabalhar com os répteis. Trabalhar com os répteis.

3 O Cérebro Tripartido Complexo Reptiliano Complexo Reptiliano Sistema Límbico Sistema Límbico Neo-Córtex Neo-Córtex

4 O Complexo Reptiliano Remanescente da nossa natureza selvagem; Controla funções primárias; Controla instintos básicos; Movido pelo medo; Não possui as capacidades para verbalizar. Exemplos: Olhar-se ao espelho; Irritar-se com invasões do seu território.

5 O Sistema Límbico Responsável pela actividade emocional; Produz químicos que favorecem a memória; Liga informação a conteúdo emocional. Exemplos: Vontade de chorar ao ouvir uma música; Associar uma imagem a uma recordação; Apegar-se a um objecto banal (mas com grande carga emocional).

6 O Neo-Córtex Constitui 5/6 da massa cerebral; Permite construções mentais complexas; Responsável pelos processo mentais de alto nível. Exemplos: Discutir e argumentar; Cálculo matemático; Utilizar a criatividade.

7 O Funcionamento do Cérebro Tripartido As três partes funcionam em paralelo As três partes funcionam em paralelo O complexo reptiliano controla as funções vitais e mantém- nos atentos. O complexo reptiliano controla as funções vitais e mantém- nos atentos. O sistema límbico liga a memória às emoções. O sistema límbico liga a memória às emoções. Assim, o neo-córtex domina a actividade cerebral e fica disponível para interpretar os sentidos e planear o futuro. Assim, o neo-córtex domina a actividade cerebral e fica disponível para interpretar os sentidos e planear o futuro. Uma delas domina Uma delas domina Idealmente domina o neo-córtex Idealmente domina o neo-córtex

8 Comutando entre Cérebros Nesta comutação reside a essência da apresentação Nesta comutação reside a essência da apresentação É necessário equilibrar as três partes É necessário equilibrar as três partes Sistema Límbico Complexo Reptiliano Neo-Córtex Elogios e Recompensas Criticismo e Medo

9 A educação dos Répteis Relaxar o complexo reptiliano: Relaxar o complexo reptiliano: Elogios frequentes; Elogios frequentes; Utilizar a música; Utilizar a música; Minimizar a competição. Minimizar a competição. Criar ligações cognitivo-emocionais: Criar ligações cognitivo-emocionais: Fornecer actividades interactivas e agradáveis; Fornecer actividades interactivas e agradáveis; Associar a matéria a material familiar ao instruendo (histórias, mitos). Associar a matéria a material familiar ao instruendo (histórias, mitos). Desafiar o cérebro pensante: Desafiar o cérebro pensante: Estimular todas as suas partes; Estimular todas as suas partes; Apresentar a informação de uma forma visual; Apresentar a informação de uma forma visual; Apresentar a informação de forma lógica e sistémica. Apresentar a informação de forma lógica e sistémica.

10 Trabalhar com os Répteis A Problemática O que faz surgir os répteis no local de trabalho? Três problemas(medos) principais: Três problemas(medos) principais: Medo do embaraço; Medo do embaraço; Medo de falhar; Medo de falhar; Medo (irracional) de ser suprimido. Medo (irracional) de ser suprimido. Quando estes medos estão activos, a pessoa entra em modo réptil e apresentam-se-lhe duas opções básicas: lutar ou fugir.

11 Trabalhar com os Répteis O que fazer? Reduzir os medos animais; Reduzir os medos animais; Promover a sua (dos répteis) sobrevivência: Promover a sua (dos répteis) sobrevivência: É necessário que as situações e locais dêem a sensação de serem seguros; É necessário que as situações e locais dêem a sensação de serem seguros; Diferentes pessoas reagem de forma diferente da nossa perante a mesma situação. Diferentes pessoas reagem de forma diferente da nossa perante a mesma situação.

12 Domando o Réptil O que fazer em caso de ataque de réptil? Mostrar-lhe que está seguro e assegurar-lhe que vai sobreviver; Mostrar-lhe que está seguro e assegurar-lhe que vai sobreviver; Ouvir activamente o que diz e reagir às suas palavras; Ouvir activamente o que diz e reagir às suas palavras; Deixá-lo exprimir os seus sentimentos; Deixá-lo exprimir os seus sentimentos; NÃO contra-atacar. NÃO contra-atacar. Não cumprir esta última regra resulta frequentemente num escalar da situação e pode levar a que se entre também em modo réptil. Não cumprir esta última regra resulta frequentemente num escalar da situação e pode levar a que se entre também em modo réptil. É possível tomar uma atitude preventiva e transformar o ambiente de trabalho de forma a não excitar o complexo reptiliano. É possível tomar uma atitude preventiva e transformar o ambiente de trabalho de forma a não excitar o complexo reptiliano.

13 Conclusões O cérebro humano divide-se em três partes O cérebro humano divide-se em três partes Todas as partes devem funcionar em conjunto mas com o neo-córtex a dominar Todas as partes devem funcionar em conjunto mas com o neo-córtex a dominar Para maximizar o cérebro tripartido: Para maximizar o cérebro tripartido: Relaxar o complexo reptiliano; Relaxar o complexo reptiliano; Promover ligações cognitivo-emocionais; Promover ligações cognitivo-emocionais; Tornar o uso do neo-córtex confortável. Tornar o uso do neo-córtex confortável.


Carregar ppt "Domar o Réptil trazido até vós por: Bruno Gonçalo Nazaré Gonçalves DEI-FCT/UC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google