A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reconstruindo a Educação: Blocos Básicos Cap. 1 – Tomorrow`s Children Riane Eisler Angela Fleury Lúcia Silva Rafael Savi Fundamentos Cognitivos da Informação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reconstruindo a Educação: Blocos Básicos Cap. 1 – Tomorrow`s Children Riane Eisler Angela Fleury Lúcia Silva Rafael Savi Fundamentos Cognitivos da Informação."— Transcrição da apresentação:

1 Reconstruindo a Educação: Blocos Básicos Cap. 1 – Tomorrow`s Children Riane Eisler Angela Fleury Lúcia Silva Rafael Savi Fundamentos Cognitivos da Informação

2 Sumário 1.Objetivo 2.Diferenças entre Modelo de Parceria e Modelo Dominante 3.Constatações Relevantes 4.Marcos para a educação em parceria: –Processo –Conteúdo –Estrutura 5.Juntando os blocos 6. Reflexos do Modelo de Parceria no ambiente organizacional

3 Objetivo Apresentar uma nova forma de estruturar a educação, para reconstrução de uma nova sociedade, detentora de possibilidades humanas, que assegurem um mundo mais sustentado e adequado para se viver no futuro. Modelo de PARCERIA na Educação

4 Elementos Centrais do Modelo Dominante Estrutura social e familiar autoritária e hierárquica Domínio masculino rígido Alto nível de medo; violência e abuso institucionalizados Sistemas de crença, histórias e valores que respaldam o Status Quo

5 Elementos Centrais do Modelo de Parceria Estrutura familiar e social mais democrática e igualitária Igualdade de gêneros Homem = Mulher Baixo nível de violência e abuso institucionalizados Sistemas de crenças, histórias e valores que suportam e validam a estrutura como normal e correta

6 O Contínuo Parceria-Dominação: Configurações Centrais Modelo de ParceriaModelo Dominador Estrutura igualitária com hierarquias de realização Estrutura autoritária com hierarquias de dominação Valorização igual de fêmeas e machos Classificação de machos sobre fêmeas Institucionalização de honra e respeito mútuos, e resolução pacífica de conflitos Institucionalização do medo, violência e abuso Alto investimento social em características e atividades estereotipicamente femininas, como empatia, cuidados, não violência e criação Alto investimento social em características e atividades estereotipicamente masculinas, como o controle e conquista das pessoas e da natureza Mitos e histórias que honram e sagram a parceria Mitos e histórias que honram e sagram a dominação

7 Constatações Relevantes Cuidados – (material, mental e emocional) nos três primeiros anos de vida abrem caminhos nas capacidades mentais e repertório habitual dos indivíduos Toques amorosos, abraços, conversas, sorrisos – podem ser ensinados e aprendidos Crianças de hoje vão encarar desafios sem precedentes e precisam estar melhor preparados Jovens podem encontrar em professores testemunhas de ajuda para ampliar significados e propósitos na vida, entendendo melhor as categorias sociais e as relações entre elas

8 Os Métodos de Ensino nos Dois Modelos Modelo Dominante Obedecer sem questionar Inibir a curiosidade Aceitar seu lugar na hierarquia Competir sem empatia Abusar de poder e violência é normal e correto Usar as motivações negativas como: medo, culpa e vergonha Modelo de Parceria Questionar contribuindo Pensar sistemicamente Trabalhar em equipe Cooperar com empatia Reconhecer os seus direitos e os dos outros Ter papel ativo nas mudanças

9 Três Marcos para a Educação em Parceria O Processo (como ensinamos) O Conteúdo (o que ensinamos) A Estrutura (como repartimos poder e tarefas)

10 O Processo da Educação em Parceria O processo educacional em parceria focaliza indivíduos completos com diversos estilos de aprendizagem Prioriza não apenas a dimensão cognitiva ou intelectual, mas também aprendizado afetivo ou emocional Reconhece o aprendizado somático ou corporal e o aprendizado conativo (vontade de agir)

11 O Processo da Educação em Parceria Valoriza as inteligências múltiplas Cultiva maneiras de aprender menos lineares e mais intuitivas, contextualizadas e holísticas (ensino conectado) Busca realizar o ensino centrado na criança e o ensino cooperativo ou colaborativo

12 Resultantes do Processo de Educação em Parceria As crianças poderão: Aprender através de aceitação e entendimento Respeitar regras que instilam respeito em vez de medo e questionamento em vez de obediência Vivenciar experiências não verbais através da arte e da música, drama e poesia, contato com a natureza e brincadeiras

13 Conteúdo da Educação em Parceria Processo e conteúdo são duas metades complementares da educação em parceria Visões antagônicas entre currículo tradicional e focado na realidade Redefinir o que queremos por EDUCAÇÃO Construir um currículo que atenda aos desafios do nosso tempo sem necessariamente começar do zero

14 Conteúdo da Educação em Parceria Equilíbrio de gêneros e multiculturalismo podem trazer resultados duradouros Narrativas de parceria podem criar atitudes e comportamentos de parceria

15 Estrutura de Parceria Os alunos têm um papel chave na formulação e no cumprimento das regras da escola, encorajando a responsabilidade e se preparando para o processo democrático e de liderança Modelagem mais igualitária, em vez de vertical e autoritária Equilíbrio de gêneros, em vez da dominação masculina Fomento de relações não violentas, baseadas em consideração e respeito

16 Estrutura de Parceria Uso de hierarquias de efetivação baseadas não em uso de poder sobre, mas, em poder de (criar, ajudar) e poder com (trabalho em equipe) Líderes são inspiradores e dão poder em vez de tirar Competição é direcionada para usar as conquistas como semente para superação do próprio potencial Redução do número de alunos em sala de aula Valorização do professor (salários + suporte ao seu desenvolvimento + tempo para preparar o currículo)

17 Exemplos do Contínuo Parceria-Dominação no Processo, Conteúdo e Estrutura Educacionais O Modelo de Parceria Valores e Apoios O Modelo Dominador Valores e Apoios O conhecimento do professor e do aluno é experienciado e valorizado O professor é a única fonte de informação e conhecimento Aprendizado e ensino são integrados e multidisciplinares Aprendizado e ensino são artificialmente fragmentados e compartimentalizados Currículo, liderança e tomada de decisão são equilibrados entre sexos O currículo é masculinamente centrado; liderança e tomada de decisão são controladas pelos homens A realidade multicultural da experiência humana é valorizada e usada como fonte de aprendizado A visão de mundo de uma cultura é a medida pelas quais as outras são analisadas e avaliadas Ciências sociais e físicas enfatizam nossa interconexão com outras pessoas e a natureza Ciências sociais e físicas enfatizam a conquista de pessoas e da natureza Responsabilidade mútua, empatia e cuidados são destacados e modelados Relações baseadas em controle, manipulação e liderança única são destacadas e modeladas

18 Juntando os Blocos A escola para As Crianças do Amanhã... que possa ser um antídoto afetivo para o estresse das ruas e a mágoa de casa, um refúgio de segurança, aprendizado ordenado e crescimento pessoal, a escola como garantia do direito da criança à proteção, educação e amor. a ligação social da comunidade, um mecanismo com o qual a sociedade pode chegar às famílias com problemas e garantir que haja ajuda Sheila Mannix e Mark Harris

19 Reflexos do Modelo de Parceria no ambiente organizacional Organização de aprendizado – Peter Senge Diálogos – Willian Isacs Desmontagem gradual das estruturas Desburocratização Aprendizagem colaborativa Comunidades de prática Formação de clusters Conceito de cadeia de valor ampliada


Carregar ppt "Reconstruindo a Educação: Blocos Básicos Cap. 1 – Tomorrow`s Children Riane Eisler Angela Fleury Lúcia Silva Rafael Savi Fundamentos Cognitivos da Informação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google