A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 10 O Que É um Bom Negócio?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 10 O Que É um Bom Negócio?"— Transcrição da apresentação:

1 1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 10 O Que É um Bom Negócio?

2 2 Capa O Que É um Bom Negócio?

3 3 Capa Objetivos do Capítulo Entender como empreendedores e seus negócios são avaliados; Identificar características relevantes de bons planos de negócios, e de bons negócios; Desenvolver habilidade para analisar empreendimentos através de sumários executivos e planos de negócios; Tirar suas próprias conclusões quanto a o que é um bom negócio; Refletir criticamente sobre as características de seu empreendimento, e de seu plano de negócios.

4 4 Capa Prêmio Santander de Empreendedorismo

5 5 Capa Prêmio Santander de Empreendedorismo Premia projetos de estudantes com perfil e postura empreendedora; categorias: indústria, cultura e educação, tecnologia da informação e comunicação, e biotecnologia; Em paralelo: Prêmio Santander de Ciência e inovação.

6 6 Capa Prêmio Santander de Empreendedorismo Objetivos gerais e específicos do projeto na área de aplicação; Viabilidade financeira e infra-estrutura para implantação do projeto (viável é entendido como: passível de implementação); Valor criado para a sociedade brasileira; impacto para o seu desenvolvimento; Descrição dos indicadores dos resultados esperados (quantitativos e qualitativos); Caráter inovador: inovação de produto ou de processo; Potencial para geração de riqueza e empregos no País; Análise de impacto social e ambiental – riscos e benefícios. Critérios para seleção dos projetos vencedores

7 7 Capa Prêmio Santander de Empreendedorismo Fase 1: submissão de sumário executivo; Fase 2: os grupos selecionados através do sumário executivo submetem um plano de negócios completo; Fase 3: ocorre mais uma seleção, e os finalistas comparecem pessoalmente a uma cerimônia de premiação. Fases:

8 8 Capa Desafio GV-Intel Venture Capital e Empreendedorismo

9 9 Capa Desafio GV-Intel Venture Capital e Empreendedorismo Premia projetos de estudantes e jovens empreendedores, com potencial para alcançar o mercado global; Oferece a investidores a oportunidade de entrar em contato com esses projetos; Promovido pelo GVcepe - Centro de Estudo em Private Equity e Venture Capital da FGV, e pela Intel, que opera fundos de capital de risco na área de tecnologia.

10 10 Capa Desafio GV-Intel Venture Capital e Empreendedorismo Sumários executivos precisam responder: por que é interessante investir nesse negócio? Seleção com base em plano de negócios; Fase final (16 projetos): apresentação do projeto pelos empreendedores, e argüição por banca avaliadora composta por profissionais de mercado. Fases:

11 11 Capa Desafio GV-Intel Venture Capital e Empreendedorismo Consistência do Plano de Negócio (peso 1): Mercadológica, técnica, financeira, jurídica, operacional. Idéia inovadora (peso 2): Possibilidade de proteção da idéia, facilidade de cópia/imitação, originalidade, inovação. Viabilidade na criação do negócio (peso 1): Viabilidade econômico-financeira, sazonalidade do Setor, efeitos da economia, controles governamentais, barreiras à entrada da empresa no mercado, possibilidade de retaliação. Capacidade de Globalização (peso1): Escalabilidade do negócio, grau de internacionalização, localização geográfica. Critérios de Seleção:

12 12 Capa Intel+UC Berkeley Technology Entrepreneurship Challenge

13 13 Capa Intel+UC Berkeley Technology Entrepreneurship Challenge Visa identificar, no mundo inteiro, projetos com potencial para geral alto retorno financeiro, através de novas tecnologias, em áreas como semicondutores, nanotecnologia, tecnologia móvel e sem fio, software, e equipamentos eletrônicos; Os vencedores do Desafio Intel-GV representam o Brasil no Intel+UC Berkeley Technology Entrepreneurship Challenge.

14 14 Capa Venture e Seed Foruns - FINEP Fóruns para reunir empreendedores em busca de investimentos, e investidores em busca de boas oportunidades; Empreendedores são previamente selecionados, e preparados para participar do evento.

15 15 Capa Venture e Seed Foruns - FINEP Áreas tecnológicas: tecnologia da informação, biotecnologia, saúde, química, energia, meio-ambiente, máquinas e equipamentos, automação; Inovação como elemento de diferenciação; Produtos com características proprietárias (desenvolvimento próprio) e de inovação, implicando em vantagens competitivas explícitas; Mercado com altas taxas de crescimento (ou potencial); Retorno financeiro: a rentabilidade, em função do investimento e de receitas projetadas; As alternativas de saída do investidor, no futuro. Critérios de Seleção:

16 16 Capa Prêmio Empreendedores do Novo Brasil Foco na pessoa do empreendedor; Seleção em três etapas: formulário eletrônico, entrevista com o empreendedor, e apresentação a uma banca.

17 17 Capa Prêmio Empreendedores do Novo Brasil Comunicação e apresentação pessoal e do negócio; Relevância da história pessoal e do negócio em relação aos objetivos do programa; Pioneirismo e inovação: exploração de oportunidade de negócios pioneira e inovadora, quebrando paradigmas, e com significativo potencial de transformação da indústria; Potencial de crescimento do negócio: empreendimento com potencial para geração de empregos e para o desenvolvimento econômico do país; Visão do negócio: clareza na apresentação de objetivos de curto, médio e longo prazo; Critérios:

18 18 Capa Prêmio Empreendedores do Novo Brasil Conhecimento e comprometimento com o negócio: conhecimento dos fatores críticos para o sucesso do seu negócio: vantagens competitivas, barreiras de entrada, modelo de receitas, equipe de gestão, estrutura societária; Liderança e habilidade de execução: habilidade do empreendedor para atrair e liderar talentos complementares, mobilizar os recursos necessários; definir e atingir metas gerando resultado financeiro; Criatividade: capacidade do empreendedor para desenvolver maneiras alternativas e inovadoras de conduzir o negócio, reduzir custos, conquistar clientes e outras atividades do negócio. Critérios:

19 19 Capa Como Negócios São Avaliados? 1.Preferência por áreas tecnológicas: tecnologia da informação, biotecnologia e outras;

20 20 Capa Como Negócios São Avaliados? 2.Indicadores financeiros: viabilidade, altas taxas de retorno, estratégias de saída;

21 21 Capa Como Negócios São Avaliados? 3.Inovação, originalidade, potencial de transformação da indústria;

22 22 Capa Como Negócios São Avaliados? 4.Resultantes da inovação: possibilidade de proteção, propriedade intelectual;

23 23 Capa Como Negócios São Avaliados? 5.Indicadores que aumentam a probabilidade de sucesso ou o volume financeiro: escalabilidade, potencial de globalização, mercado em crescimento, potencial de crescimento do negócio;

24 24 Capa Como Negócios São Avaliados? 6.Plano de negócio consistente: principais indicadores objetivamente apresentados, credibilidade das informações, consistência entre uma informação e outra, honestidade;

25 25 Capa Como Negócios São Avaliados? 7.Sumário executivo capaz de demonstrar o potencial do empreendimento: deve apresentar claramente a oferta ao investidor e os principais indicadores; deve despertar o desejo de consultar o plano completo;

26 26 Capa Como Negócios São Avaliados? 8.Empreendedor motivado, comprometido e capaz. O sumário, o plano de negócio e as apresentações devem refletir os atributos do empreendedor.

27 27 Capa Atividades Atividade 10.1 Exercício em Grupo: Avaliar Empreendimentos dos Colegas. Três fases: sumários executivos, planos de negócio completos, apresentação oral. Sugere-se seguir os 8 critérios apontados.

28 28 Capa Atividades Atividade 10.2 Discussão: O Que Vale Mais - Idéia, Plano de Negócio ou Equipe? Atividade 10.3 O Que É um Bom Negócio para Você? Defina seus Próprios critérios livremente.

29 29 Capa O mundo estará diferente daqui a alguns anos. Tecnologias que hoje não existem, passarão a existir. Também surgirão empresas que hoje ainda não existem. Algumas destas empresas serão grandes, e irão revolucionar o mercado, a distribuição de riquezas e a vida de muita gente.

30 30 Capa Faz parte do seu sonho construir essas tecnologias e empresas? Você tem a palavra Empreendedor em seu sobrenome?

31 31 Capa Você É um Empreendedor Tecnológico? O empreendedor transforma a sociedade. O empreendedor tecnológico transforma tecnologia em qualidade de vida: traz novas tecnologias ao mercado para melhorar a vida das pessoas.

32 32 Capa Experimente.

33 33 Capa Empreenda.

34 34 Capa Transforme a sociedade.

35 35 Capa Transforme sua vida.


Carregar ppt "1 Empreendorismo para Computação Criando Negócios de Tecnologia Capítulo 10 O Que É um Bom Negócio?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google