A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

... objetivando a formula ç ão de um esquema que seja adequado à maximiza ç ão dos retornos dos propriet á rios das a ç ões ordin á rias da empresa, ao.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "... objetivando a formula ç ão de um esquema que seja adequado à maximiza ç ão dos retornos dos propriet á rios das a ç ões ordin á rias da empresa, ao."— Transcrição da apresentação:

1 ... objetivando a formula ç ão de um esquema que seja adequado à maximiza ç ão dos retornos dos propriet á rios das a ç ões ordin á rias da empresa, ao mesmo tempo em que possa propiciar a manuten ç ão de um certo grau de liquidez.

2 Objetivo da Função Financeira Maximização da Rentabilidade x Liquidez O Papel da Administração Financeira Meta da Administração Financeira Maximização da Riqueza x Maximização dos Lucros

3 Aspectos: 1.Perspectiva de longo prazo; 2.Valor do dinheiro no tempo; 3.Retorno do capital próprio; 4.Dividendos; 5.Risco.

4 Áreas de decisões financeiras: 1.Investimento; 2.Financiamento; 3.Destinação dos lucros.

5 O Administrador Financeiro: 1.Análise e planejamento; 2.Administração da estrutura do ativo; 3.Administração da estrutura financeira.

6 Sistema Financeiro Nacional – SFN Autoridades normativas: 1.CMN – Conselho Monetário Nacional 2.BC ou Bacen – Banco Central do Brasil Sistema Operativo 1.Instituições financeiras

7 Conselho Monetário Nacional Atribuições: 1.adapta ç ão do volume dos meios de pagamento as reais necessidades da economia e ao seu processo de desenvolvimento; 2.melhor utiliza ç ão dos recursos de moeda estrangeira, buscando o equil í brio do Balan ç o de Pagamentos e regulando o valor externo da moeda; 3.aprimoramento das institui ç ões e dos instrumentos com vistas a maior eficiência na mobiliza ç ão de recursos para atividades produtivas; 4.zelo pela liquidez e solvência das institui ç ões financeiras; 5.coordena ç ão das pol í ticas monet á ria, credit í cia, fiscal, or ç ament á ria e da d í vida p ú blica.

8 Banco Central do Brasil Atribuições: 1.Banco dos Bancos: deposit á rio dos dep ó sitos compuls ó rios dos Bancos Comerciais; fornecer empr é stimos de liquidez e descontos para atender as necessidade imediatas das institui ç ões financeiras; regulamenta o funcionamento dos servi ç os de compensa ç ão de cheques e outros pap é is; 2.Superintendente do SFN: fiscalizar e controlar as atividades das institui ç ões financeiras; concede autoriza ç ão para o funcionamento de institui ç ões financeiras: decreta interven ç ão ou liquida ç ão extra- judicial.

9 Banco Central do Brasil Atribuições: 3. Executor de política monetária: regula a expansão dos meios de pagamento, elaborando o or ç amento monet á rio, utilizando os instrumentos da pol í tica monet á ria. 4.Banco Emissor: ú nico respons á vel pela emissão do papel-moeda e da moeda met á lica. 5.Banqueiro do Governo: financia o Tesouro Nacional, mediante a coloca ç ão de t í tulos p ú blicos e a administra ç ão da d í vida p ú blica (interna e externa); deposit á rio das reservas internacionais do pa í s; respons á vel pelas opera ç ões ligadas aos organismos internacionais.

10 1 o.) - Institui ç ões de cr é dito a curto prazo bancos comerciais caixas econômicas cooperativas de crédito 2 o.) - Institui ç ões de cr é dito de m é dio e longo prazo bancos de desenvolvimento bancos de investimento 3 o.) - Institui ç ões de cr é dito para financiamento de bens de consumo dur á veis sociedades de crédito, financiamento, investimento caixa econômica federal

11 4 o.) - Sistema Financeira de Habita ç ão caixas econômicas associações de poupança e empréstimo sociedade de crédito imobiliário 5 o.) - Institui ç ões de Intermedia ç ão no Mercado de Capitais sociedades corretores (CCVM) sociedades distribuidores (DTVM) insvestidores instituicionais 6 o.) - Institui ç ões de Seguro e Capitaliza ç ão seguradoras corretoras de seguro entidades abertas e fechadas de previdência privada sociedades de capitalização

12 Bancos Comerciais Os Bancos Comerciais constituem a base do sistema monet á rio, possuindo a capacidade de criar, sob efeito multiplicador a principal fra ç ão do conceito convencional da moeda (a moeda escritural), constitu í da pelo total de dep ó sitos a vista nestas institui ç ões. Por este motivo, são pass í veis de permanente vigilância do Bacen, que controla a expansão da oferta monet á ria atrav é s de: 1.opera ç ões de mercado aberto 2.opera ç ões de redesconto 3.recolhimentos compuls ó rios

13 Caixa Econômica Cooperativas de Crédito Sociedades Corretoras Sociedades Distribuidoras Sociedades de Arrendamento Mercantil (Leasing) Investidores Institucionais 1.Fundos Mútuos de Investimento; 2.Entidades Abertas e Fechadas de Previdência Privada; 3.Seguradoras. Bancos Múltiplos Bancos Cooperativos


Carregar ppt "... objetivando a formula ç ão de um esquema que seja adequado à maximiza ç ão dos retornos dos propriet á rios das a ç ões ordin á rias da empresa, ao."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google