A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Normas para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos na UCG * Professoras: Dra. Mariana Pires de Campos Telles e Dra. Vera Saddi Universidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Normas para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos na UCG * Professoras: Dra. Mariana Pires de Campos Telles e Dra. Vera Saddi Universidade."— Transcrição da apresentação:

1 Normas para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos na UCG * Professoras: Dra. Mariana Pires de Campos Telles e Dra. Vera Saddi Universidade Católica de Goiás Mestrado em Genética

2 Roteiro Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) Modalidades de TCC na Zootecnia/UCG Critérios para formatação dos trabalhos Estrutura da Apresentação do texto Norma para Referências bibliográficas (ABNT) Dicas para Apresentação do Trabalho

3 Redação científica Algumas qualidades de um bom texto : 1.Clareza de expressão 2.Objetividade na apresentação 3.Precisão na linguagem 4.Utilização correta das regras da língua Ao redigir, coloque-se sempre na posição do leitor.

4 Redação científica Algumas qualidades de um bom texto : 1.Clareza de expressão As sentenças estão bem construídas? As idéias estão bem encadeadas? Há uma seqüência adequada na apresentação dos seus resultados e de sua argumentação? Leia cuidadosamente o que escreveu como se você fosse o seu leitor. Será que ele estará recebendo a mensagem que quer transmitir? Se você tropeçar na leitura, pior será com seu leitor. Ao redigir, coloque-se sempre na posição do leitor.

5 Redação científica Algumas qualidades de um bom texto : 2. Objetividade na apresentação Convém escolher criteriosamente o material que será utilizado no texto de uma dissertação, tese ou artigo. Nem tudo que foi observado durante a execução do trabalho ou que foi lido na literatura deverá ser necessariamente relatado ao leitor. Muitas observações talvez tenham sido importantes em uma determinada fase do projeto, mas perderam sua importância. Terminado o trabalho, alguns tópicos talvez acabaram se revelando apenas como tentativas de análises ou de experimentos, mas que terminaram em becos sem saída. Há observações e argumentos que não contribuem com a idéia central do relato e desviam a atenção do leitor para pontos menos importantes. Selecione a informação que você dispõe e apresente só o que for relevante. O leitor quer um relato lógico, objetivo e, se possível, retilíneo tanto das observações como do raciocínio feitos pelo autor. Ao redigir, coloque-se sempre na posição do leitor.

6 Redação científica Algumas qualidades de um bom texto : 3. Precisão na linguagem A linguagem científica deve ser precisa. As palavras (e, se for o caso, seus acompanhantes – figuras, gráficos, tabelas) são signos, são símbolos. Por isso elas necessitam ser decodificadas pelo leitor, à medida que este percorre o texto. Será que os signos são facilmente decodificáveis? Muitos signos têm várias possibilidades de decodificação (muitas palavras têm vários significados). Cuidado com termos vagos ou que podem ser mal interpretados. Para o leitor, nada deve ficar obscuro ou subentendido. As palavras e figuras que entrarão no seu texto devem ser escolhidas com cuidado para exprimir o que o você tem em mente. Os vários sinônimos de uma palavra têm diferenças pequenas e sutis entre si. Você está usando sempre aquele que melhor transmite seu pensamento? Vale a pena pensar em cada uma das palavras a serem usadas no seu texto assim como no conjunto lógico que elas devem irão constituir. Ao redigir, coloque-se sempre na posição do leitor.

7 Redação científica Algumas qualidades de um bom texto : 4. Utilização correta das regras da língua Não é necessário perder muito tempo e espaço com esta recomendação. Escrever erradamente pode resultar de ignorância ou de desleixo. Se for por ignorância, informe-se melhor, consulte dicionários e textos de gramática. Se for por desleixo, o leitor (e membro da Banca Examinadora) terá todo direito de pensar que o trabalho em si também foi feito com desleixo. Seja qual for a razão, é um desrespeito ao leitor. Ao redigir, coloque-se sempre na posição do leitor.

8 Trabalhos Acadêmicos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) –Monografia (Graduação * e Especialização) –Dissertação (Mestrado) –Tese (Doutorado) Projeto de pesquisa * nem sempre é obrigatório

9 Critérios para formatação dos trabalhos Fonte: Abrahamsohn, 2004

10 Critérios para formatação dos trabalhos Tipo do papel: cor branca, formato A4 Tipo de letra: Times New Roman ou Arial Tamanho da fonte: –14 títulos –12 texto –10 citações longas e notas de rodapé Margem: –Esquerda 4,0 cm –Superior 3,0 cm –Direita e inferior 2,0 cm Espacejamento das entrelinhas e outros: –Parágrafos e entrelinhas 1,5 cm –Nos finais das seções espaço duplo Paginações

11 Estrutura da Apresentação do texto Principais elementos: –pré-textual –textual –pós-textual

12 Estrutura da Apresentação do texto Parte pré-textual –Capa –Folha de rosto –Folha de Aprovação –Dedicatória* –Agradecimentos * –Epígrafe * –Resumo e Abstract* –Sumário * –Lista de ilustrações * –Lista de Tabelas e Quadros * –Lista de abreviaturas, siglas e símbolos * * Os itens assinalados são opcionais

13 Parte Textual –Introdução (10% a 15% do texto) –Desenvolvimento (70% a 80% do texto) ou –Material e Métodos – Resultados e Discussão ou –Material e Métodos – Resultados Esperados –Conclusão Estrutura da Apresentação do texto

14 Parte pós-textual –Referências bibliográficas –Apêndices (s) –Anexo (s) –Glossário Estrutura da Apresentação do texto

15 Projeto de pesquisa Introdução –Hipóteses –Objetivos –Justificativa Revisão de literatura (bibliografia consultada) Material e Métodos Resultados Esperados Orçamento Cronograma de execução financeira Cronograma de execução física Fontes de Financiamento Referências bibliográficas Elementos Textuais

16 Links úteis para autores de textos acadêmicos Aplicativos para gerenciamento de bibliografia Instruções para redação de artigos, adotadas por editoras Instruções para redação de artigos (institucionais) Nomes de compostos químicos Normas e instruções para organizar referências bibliográficas e citações Normas e instruções para redação de dissertações e teses (institucionais) Ortografia e gramática Siglas e acrônimos, unidades internacionais de pesos e medidas, abreviaturas de periódicos

17 LISTA DE CHECAGEM FINAL DO TCC

18

19

20

21 Obrigada ! Profa. Dra. Mariana Pires de Campos Telles

22 Associação Brasileira de Normas Técnicas

23 Livro LEHNINGER, A. L.; NELSON, D. L.; COX, M. M. Princípios de bioquímica. São Paulo: Ed. Sarvier, KINLAW, D. C. Empresa competitiva e ecológica: desempenho sustentado na era ambiental. Tradução de Lenke Peres Alves de Araújo. São Paulo: Makron Books, Capítulo de livro SOLÉ-CAVA, A. M. Biodiversidade molecular e genética da conservação. In: MATIOLI, S. R. Biologia Molecular e Evolução. Ribeirão Preto: Holos Editora, cap.17, p Norma gerais para apresentação dos elementos da Referência

24 Site ROCHA, D. C. C. Criação e manejo de animais silvestres em cativeiro e zoológicos. In: Anais do 1º Fórum Ambiental de Maringá. Disponível: Acesso em: 17 julho Primeiro Relatório Nacional para a Convenção sobre Diversidade Biológica – BRASIL. Situação da Diversidade Biológica Brasileira. Capítulo 2. Disponível: Acesso em:21 abril EIZIRIK, E. Tampão Easy blood: Endereço eletrônico: Norma gerais para apresentação dos elementos da Referência

25 Periódicos e Anais de Congresso EIZIRIK, E. Ecologia Molecular, genética da conservação e o conceito de unidades evolutivamente significativas. Genetics and Molecular Biology, v. 19, n. 4, p , DODD, J.N.; MORRIS, B.G.; OLIVEIRA, D.A.A. e BERNOCO, D. DNA testing for parentege verification and individual identification in seven breeds of dog. Revista Brasileira de Reprodução Animal, v.25, n.1, p.35-41, TAVARES, D. Queixada – Cativeiro na floresta. Globo Rural, São Paulo, Ano 18, n° 211, p , maio Legislação BRASIL. Portaria 016/94, de Dispõe sobre Criadouros com finalidades de Pesquisas Científicas. Disponível em: Acesso em: 21 abr. 2003c. Norma gerais para apresentação dos elementos da Referência

26 Monografias, Dissertações e Teses TELLES, M. P. C. Divergência genética e estrutura populacional de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC.) do sudeste de Goiás f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia. Norma gerais para apresentação dos elementos da Referência

27 Capa É a folha de cobertura. Deve conter o nome da Instituição, o título do trabalho, nome do aluno e do orientador, o local e ano; O nome da Instituição e o título deverão ser centralizados; O nome do aluno e do orientador deverão ser alinhados à direita e; local, mês/ano, centralizados; Todos esses elementos terão tamanho 14 e negritados.

28 Outra folha Deve apresentar os elementos essenciais à identificação do trabalho, nome do autor, título, finalidade do trabalho, nome do orientador, local, mês e ano. Todos os elementos deverão ser em tamanho 14 e negrito.

29 Folha de aprovação A monografia deve apresentar o termo de aprovação, em página distinta das demais, citando o nome dos membros da comissão examinadora, com as respectivas unidades de ensino ou instituições a que pertencem e identificado o orientador.

30 DEDICATÓRIA Ao meu pai Bary Rodrigues da Silva (In memorian) opcional

31 AGRADECIMENTOS A todos que estiveram presentes na realização deste trabalho, participando direta ou indiretamente me incentivando e ajudando, principalmente aos meus pais Lindomar Gumercindo de Resende e Sebastiana Paniago Vilela Resende, aos meus irmãos Wesley Vilela Resende e Letise Vilela Resende, em geral a toda minha família, que foram fundamentais para a conclusão deste curso. opcional

32 ... Uma vez consumidos os tecidos mais sutis da sociedade, nada impedirá o desabamento das construções de nossa existência natural. Serge Moscovici opcional

33

34 Introdução Situar a questão (o problema): –o que se pretende demonstrar? –como? –por quê? –justificar –objetivo do trabalho

35 Desenvolvimento Argumentar e contra-argumentar –basear-se nos dados obtidos –expor questões teórico/prática –adator uma perspectiva crítica –ter objetividade e clareza ao apresentar explicações, discussões e a fundamentação Aplica-se: Relatório de estágio e Revisão bibliográfica

36 Material e Métodos Descrever: –local de realização do experimento; –Material biológico; –Metodologia de obtenção dos dados (delineamento); –Metodologia estatística; Aplica-se: Projetos e Relatórios de pesquisa

37 Resultados e Discussão Descrever: –resultados obtidos Texto Tabelas Gráficos, figuras e fotos Discutir os resultados Aplica-se: Relatórios de pesquisa

38 Tabela 3. Correlações matriciais e suas probabilidades entre as matrizes de similaridades e as de parentesco entre os seis indivíduos de cães da raça Pit Bull, sob as diferentes hipóteses de paternidade simples e múltipla. Fonte: Queiroz et al., 2003.

39 Figura 1. Análise de agrupamento UPGMA mostrando o relacionamento entre quatro raças de Bovinos, com base nas distâncias genéticas de Nei (1972). Fonte: Nascente et al., 2003.

40 Conclusão Apresentar sinteticamente a idéia central Apontar comentários e conseqüências próprias da pesquisa Elaborar, eventualmente, uma ou mais hipóteses; Indicar possíveis recomendações Indicar questões e possíveis pesquisas


Carregar ppt "Normas para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos na UCG * Professoras: Dra. Mariana Pires de Campos Telles e Dra. Vera Saddi Universidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google