A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GESTÃO DAS OPERAÇÕES PREVISÕES DE DEMANDA PROF. PAULO ROBERTO LEITE Correa e Correa, pag. 250; Slack, pag. 717.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GESTÃO DAS OPERAÇÕES PREVISÕES DE DEMANDA PROF. PAULO ROBERTO LEITE Correa e Correa, pag. 250; Slack, pag. 717."— Transcrição da apresentação:

1 GESTÃO DAS OPERAÇÕES PREVISÕES DE DEMANDA PROF. PAULO ROBERTO LEITE Correa e Correa, pag. 250; Slack, pag. 717

2 PROF PAULO ROBERTO LEITE IMPORTÂNCIA DAS PREVISÕES Horizonte da previsão ? Longo, médio e curto prazo Quanto será realizado? Previsões e metas Precisão: Horizonte Menor o horizonte maior precisão Agregação Maior agregação maior precisão Erros inevitáveis

3 PROF PAULO ROBERTO LEITE AGREGAÇÃO x PRAZO SanduíchePrevisões para o mês Especial de queijo2500 Big Mac6000 Hamburquer4500 Cheesburger3000 File de peixe1200 MacChicken1800 Total18000

4 PROF PAULO ROBERTO LEITE VENDA EFETIVAS SanduícheVendas efetivas % erro por sanduíche Média dos erros das previs ões por sanduí che 20,8% Especial de queijo193022,8% Big Mac726921,5% Hamburquer498010,6% Cheesburger27309,0% File de peixe142919% MacChicken105041,6% Total184432,4%

5 PROF PAULO ROBERTO LEITE TIPO DE PREVISÕES BASEADAS EM MÉTODOS QUANTITATIVOS UTILIZA MODELOS MATEMÁTICOS E VALORES DE DEMANDA DO PASSADO PARA INFERIR AS QUANTIDADES FUTURAS. BASEADAS EM METODOS QUALITATIVOS UTILIZA ANÁLISES DE PAINEL DE OPINIÕES E AVALIAÇÕES PESSOAIS DE EXPERTS

6 PROF PAULO ROBERTO LEITE MÉTODOS QUANTITATIVOS PROJEÇÃO ( SERIES TEMPORAIS): ADMITE QUE O FUTURO É UMA REPETIÇÃO DO PASSADO EXPLICAÇÃO(CAUSAIS): RELACIONA OS DADOS HISTORICOS DO CONSUMO COM OUTRAS VARIÁVEIS DE EVOLUÇÃO CONHECIDA E DE MELHOR PREVÍSIBILIDADE: PIB, IPI, RENDA PER CAPITA, TAXA DE NATALIDADE, ETC... DERIVADA:RELACIONA A DEMANDA ( CONSUMO ) CONHECIDA DE UM BEM DO QUAL É COMPONENTE ( INSUMO) OU COMPLEMENTAR

7 PROF PAULO ROBERTO LEITE MÉTODOS QUALITATIVOS PREDILEÇÃO OU PREVISÃO DE OPINIÕES : UTILIZA A OPINIÃO DE EXPERTS, ATRAVÉS DE MÉTODOS QUALITATIVOS OBTENDO VALORES DE CONSUMO PARA O FUTURO. COLABORAM NORMALMENTE : PESSOAL DE VENDAS ; VENDAS REGIONAIS; COMPRADORES; PESQUISADORES DE MERCADO; PRODUÇÃO ; CONSULTORES; ETC...

8 PROF PAULO ROBERTO LEITE TÉCNICAS USADAS NO HORIZONTE OPERACIONAL ITENS INDEPENDENTES : DE ALTA IMPORTÂNCIA ( A) : PROJEÇÃO + PREDILEÇÃO ALTO NIVEL EMPRESARIAL COMITÊ DE PLANEJAMENTO MEDIA IMPORTÂNCIA (B): PROJEÇÃO INFORMATIZAÇÃO AUTOMATIZADO BAIXA IMPORTÂNCIA (C): CONTROLE VISUAL ITENS DEPENDENTES DERIVADA ( MRP)

9 PROF PAULO ROBERTO LEITE PROCESSO DE PREVISÃO INFORMAÇÕES EXTERNAS Conjuntura Comercial Mercado Clientes Concorrentes Tratamento quantitativo e / ou qualitativo Formulação de modelos INFORMAÇÕES INTERNAS Dados históricos Atipicidades Previsão de vendas Avaliação dos erros Decisão sobre processo

10 PROF PAULO ROBERTO LEITE DEMANDAS

11 PROF PAULO ROBERTO LEITE CICLO DE VIDA X DEMANDA

12 PROF PAULO ROBERTO LEITE MÉDIA MÓVEL DEMANDA ESTÁVEL E MUITOS REGISTROS

13 PROF PAULO ROBERTO LEITE MÉDIA MÓVEL PONDERADA DEMANDA ESTÁVEL E MUITOS REGISTROS

14 PROF PAULO ROBERTO LEITE MÉDIA COM FATOR DE SUAVIZAÇÃO DEMANDA ESTÁVEL E POUCOS REGISTROS

15 PROF PAULO ROBERTO LEITE EFEITO DA SUAVIZAÇÃO DEMANDA PERIODOS REAL a = 0,3 a = 0,1

16 PROF PAULO ROBERTO LEITE REGRESSÃO LINEAR Y = n a + b X X Y = a X + b X²

17 PROF PAULO ROBERTO LEITE REGRESSÃO LINEAR

18 PROF PAULO ROBERTO LEITE REGRESSÃO LINEAR

19 PROF PAULO ROBERTO LEITE CALCULO DE PREVISÕES (planilha) (planilha)

20 PROF PAULO ROBERTO LEITE CALCULO DE PREVISÕES

21 PROF PAULO ROBERTO LEITE CALCULO DE PREVISÕES

22 PROF PAULO ROBERTO LEITE EXEMPLO: CONSUMO EM UNIDADES

23 PROF PAULO ROBERTO LEITE CALCULO DOS ÍNDICES DE SAZONALIDADE

24 PROF PAULO ROBERTO LEITE CÁLCULO DA PREVISÃO ACRESCIMO NA MÉDIA TRIMESTRAL = = 300 / 4 = 75 UNID/ANO MÉDIA ANUAL PREVISTA PARA O 5º ANO = = 625 UNID.

25 PROF PAULO ROBERTO LEITE ERRO DAS PREVISÕES MEDIDA ABSOLUTA DIFERENÇA ENTRE DEMANDA REAL E A PREVISTA DESVIO ABSOLUTO MÉDIO ( DAM) SOMA DOS DESVIOS / NÚMERO DE OBSERVAÇÕES

26 PROF PAULO ROBERTO LEITE RESUMO DO CAPÍTULO TIPOS E FUNÇÕES DOS ESTOQUES TIPO E RESSUPRIMENTO DOS ITENS TER OU NÃO TER ESTOQUES FUNÇÃO DAS PREVISÕES INCERTEZA DE DEMANDAS HORIZONTE/AGREGAÇÃO TIPOS / MÉTODOS DE ESTIMATIVAS AJUSTE DO MODELO

27 PROF PAULO ROBERTO LEITE PONTOS CHAVES A busca da minimização dos estoques O Brasil e os estoques A precisão da previsão deve ser função da importância do item Entender o nível de incerteza da demanda. O tipo e método adotado determina a precisão das previsões. Precisão de previsões deve ser uma busca constante.


Carregar ppt "GESTÃO DAS OPERAÇÕES PREVISÕES DE DEMANDA PROF. PAULO ROBERTO LEITE Correa e Correa, pag. 250; Slack, pag. 717."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google