A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Publico e Privado em Saude Sebastião Loureiro Coordenador do PECS – Programa de Economia da Saúde – ISC/UFBA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Publico e Privado em Saude Sebastião Loureiro Coordenador do PECS – Programa de Economia da Saúde – ISC/UFBA."— Transcrição da apresentação:

1 Publico e Privado em Saude Sebastião Loureiro Coordenador do PECS – Programa de Economia da Saúde – ISC/UFBA

2 Público x Privado Evolução de conceitos (Doença questão privada) Evolução de conceitos (Doença questão privada) Público X Estatal (Santa Casa) Público X Estatal (Santa Casa) Vasos Comunicantes Vasos Comunicantes FinanciamentoFinanciamento ProvedoresProvedores ProfissionaisProfissionais PacientesPacientes

3 Produtores de Tecnologia Produtores de Necessidades Provedores de Serviços Financiadores CONSUMIDORES

4 AGENCIAS REGULADORAS Sistema de Ciência e Tecnologia e Inovação Formação Profissional Sistema Jurídico

5 Produtores de necessidade Profissionais de Saude Profissionais de Saude CorporaçãoCorporação Especialistas Especialistas Farmaceuticos Farmaceuticos Empresas de Tecnologia Empresas de Tecnologia Provedores Provedores Associação de Portadores de Patologias Especiais Associação de Portadores de Patologias Especiais

6 PROVEDORES DE SERVICOS PUBLICOS E PRIVADOS PUBLICOS E PRIVADOS Como se Distribuem?Como se Distribuem? por grau de complexidade por grau de complexidade geograficamente geograficamente Quem financia?Quem financia? AcessoAcesso EquidadeEquidade

7 AGENCIAS REGULADORAS Eficácia e Segurança – ANVISA Eficácia e Segurança – ANVISA Preço e Qualidade – ANS Preço e Qualidade – ANS Ética – Conselhos Profissionais Ética – Conselhos Profissionais Equidade ? Equidade ?

8 Produtores de Tecnologia Medicamentos Medicamentos Imagem Imagem Ortese e Proteses Ortese e Proteses Softwares % Midlewares Softwares % Midlewares Angio-cardio tecnologias Angio-cardio tecnologias

9 Tabela – Número de equipamentos de média e alta complexidade / alto custo por habitantes, segundo SUS e Não-SUS – Brasil, FONTE: IBGE, MAS, 2005 – apud Santos, Ugá e Porto (200?)

10

11 Balança comercial no complexo produtivo da saúde por segmento – 2006 SEGMENTOS TOTAL ExportaçãoImportaçãoSaldo Equip./ Materiais , , , , 00 ( ,00 ) ( ,00 ) Ap. ñ eletrônicos Ap. ñ eletrônicos , , , ,00 ( ,00) ( ,00) Ap. eletrônicos Ap. eletrônicos , , , ,00 ( ,00 ) ( ,00 ) Próteses/ órteses Próteses/ órteses , , , ,00 ( ,00) ( ,00) Mat. consumo Mat. consumo , , , ,00 ( ,00 ) ( ,00 ) Vacinas , , , ,00 ( ,00 ) ( ,00 ) Reag. diagnóstico , , , ,00 ( ,00 ) ( ,00 ) Hemoderivados , , , ,00 ( ,00 ) ( ,00 ) Medicamentos , , , , 00 ( , 00) ( , 00) Fármacos , , , , 00 ( ,00 ) ( ,00 ) Outros Produtos* , , , ,00 ( ,00) ( ,00) TOTAL , , , , 00 ( , 00) ( , 00) Fonte: Gadelha (2008), a partir de levantamento efetuado na Rede Alice (SECEX/MDIC) * Soros e Toxinas Valores em USD FOB correntes

12 Tabela - Investimentos nacionais em ciência e tecnologia (C&T) (1) 2000 – 2007 FONTES: PIB: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE; Tabela - Investimentos nacionais em ciência e tecnologia (C&T)(1) 2000 – 2007

13

14 Gráfico - Participação das atividades no valor adicionado da saúde Brasil

15


Carregar ppt "Publico e Privado em Saude Sebastião Loureiro Coordenador do PECS – Programa de Economia da Saúde – ISC/UFBA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google